Ginecologia

O estado da garganta interna e externa do útero durante a gravidez: o que significa sua abertura ou fechamento?

Pin
Send
Share
Send
Send


O período de espera da criança faz numerosas mudanças no corpo de uma mulher. Um deles é o aumento oscilatório e periódico do colo do útero. O estado normal desta parte do corpo feminino parece um tecido friável rosa pálido, após alterações hormonais devido à concepção, adquire uma tonalidade azulada associada ao aumento do fluxo sanguíneo desta área. A aparência do colo do útero é um indicador muito informativo para o ginecologista durante a posição interessante da gestante. A funcionalidade da garganta interior visa proteger o desenvolvimento saudável do bebê contra infecções externas. O curso geral do período de espera do bebê pode ser avaliado pela localização, densidade e cor do tecido muscular, bem como pelos indicadores normais do fluxo ductal.

Se quaisquer alterações forem detectadas, como amolecimento das membranas mucosas ou abertura do canal, o médico geralmente prescreve procedimentos de diagnóstico e tratamento subsequente em caso de necessidade urgente. De acordo com condições médicas geralmente aceitas, o exame do colo do útero é realizado em determinados momentos, correspondendo a aproximadamente 20, 28, 32 e 36 semanas. Se forem necessários procedimentos de inspecção mais frequentes, existem alguns problemas, mesmo que não significativos, que o obrigam a ouvir as recomendações do médico e a cumprir todos os seus compromissos. O momento mais perigoso para abrir o útero é o primeiro trimestre, quando o feto ainda é muito pequeno e a possibilidade de aborto é bastante alta. O fechamento inadequado da parte inferior do colo do útero nem sempre é acompanhado por alterações hormonais inerentes à gravidez, por vezes, a causa pode ser distúrbios patológicos congênitos da estrutura uterina, causando insuficiência ístmico-cervical.

Sintomas que precedem a abertura do istmo

Sinais de expansão da parte inferior do colo do útero diferem em suas manifestações, dependendo da duração da gravidez. Muitas vezes, esse processo não é acompanhado por qualquer dor ou qualquer outro sinal, o que é extremamente perigoso, pois aumenta o risco de perder o feto às vezes. Às vezes, no primeiro trimestre, podem aparecer dores no abdome inferior de um caráter de cólica, informando sobre o aumento do tônus ​​do útero. O fechamento inadequado da faringe devido à insuficiência istmo-cervical (ICN) é caracterizado por síndrome da dor periódica, mas intensa, na área vaginal.

Com o ICN, o istmo, que segura o feto no interior da cavidade uterina, suaviza e relaxa tanto que perde sua capacidade funcional sob o peso do líquido amniótico. A clarificação da presença deste tipo de falha é realizada por um método de diagnóstico ultrassonográfico transvaginal. Já a maneira de medir a duração do colo uterino, que deveria estar no intervalo normal de 2-2,5 cm, não é totalmente eficaz.

Insuficiência ismico-cervical, como o arauto mais perigoso da possível abertura do orifício interno do colo do útero. Além da patologia congênita das passagens uterinas, o ICN tem dois tipos de origem: funcional, que ocorre com alterações hormonais, em especial o aumento de andrógenos masculinos e pós-traumáticos. Este último tipo se desenvolve após interrupções fracassadas ou frequentes da gravidez, bem como devido a lesões e rupturas no nascimento. Nos estágios iniciais do fenômeno deste diagnóstico aumenta o risco de aborto não é menos do que no meio ou no final do período. No início do modo de esperar pelo bebê, o risco de perder o feto reduz-se a seu pequeno tamanho e fraqueza dos músculos do istmo. Mas, a partir do segundo trimestre e até o final de toda a gravidez, a insuficiência cervical é capaz de provocar o aborto de outra maneira. Através da dilatação parcial do colo do útero, a infecção do líquido amniótico pode ocorrer com o desenvolvimento do processo inflamatório, o que inevitavelmente levará à ameaça de interrupção ou dano à formação de certas funções ou órgãos do próprio bebê.

Possíveis métodos de prevenção e tratamento com a ameaça de aborto espontâneo devido à divulgação da faringe interna.

Prevenção e tratamento

Das precauções preventivas, as principais são aquelas que impedem um aumento do tônus ​​muscular uterino:

  • Descanso sexual com exceção de relações sexuais até o final de todo o período de espera do bebê.
  • Uma dieta anti-cafeinada com ingestão limitada de chocolate.
  • Restrição de permanência em quartos quentes e abafados, bem como a adesão ao banho de sol.
  • Excepção de sobreaquecimento de todo o corpo em saunas, banhos de vapor e até banhos quentes.

De procedimentos médicos, devido à inadequação de medidas preventivas, comuns:

  • Intervenção cirúrgica. Se o diagnóstico é estabelecido com absoluta precisão e é realmente um risco de aborto, a única saída é a bainha do istmo, a fim de evitar um maior alongamento devido ao amolecimento. Os pontos são aplicados com material não absorvível por um período de um mês e meio até o final do prazo, ou mais precisamente, até 38 semanas. Infelizmente, em alguns casos, esse modo de preservar o feto pode não funcionar devido a vários motivos: das doenças da mãe à patologia da gravidez.
  • Instale o pessário do anel. Impacto mecânico, mantendo a abertura da faringe devido ao fortalecimento no colo do útero de uma estrutura em anel de plástico ou silicone, que tem o nome "anel de Meyer". O período de tratamento dura de 20 a 38 semanas de gravidez. A desvantagem deste método é a rejeição orgânica dos detalhes do corpo feminino e um risco aumentado de infecção do feto devido à estranheza do material.
  • O tratamento medicamentoso, expresso em injeções de gotejamento intravenoso, é prescrito na forma de terapia hormonal, assim como em medicamentos com concentração de magnésio, vitaminas e drogas antiespasmódicas.

Descrição do orifício interno do útero durante a gravidez

O útero está conectado com a vagina pelo colo do útero, cujo interior é chamado de canal cervical. Este canal estreito tem duas aberturas: um - antes de entrar no útero, o segundo - ao deixar a vagina. Buraco, que serve como uma transição do colo do útero diretamente para o órgão genital, chamado de garganta interna.

As funções do espaço extremo do canal cervical são proteger o útero da penetração de microrganismos patogênicos nele, reter o feto na cavidade uterina e proteger a bexiga fetal da infecção. Com o início da gravidez, o anel do canal localizado na entrada do útero adquire densidade e a saída para o colo do útero é completamente vedada.

Mais perto do momento do parto, o colo do útero começa a amolecer, o canal cervical encurta e a faringe abre-se gradualmente. Normalmente, esse processo ocorre na semana 36-38.

Faringe ao ar livre: o que é isso?

A faringe externa é um buraco localizado entre a vagina e o colo do útero. É a entrada para o canal cervical da vagina. Na zona da faringe externa, células de diferentes epitélios, cilíndricas e planas, estão em contato próximo.

No estado normal, essa combinação fornece a abertura com a capacidade de alongar e recuperar. No entanto, em violação dos processos internos, este lugar se torna o epicentro da degeneração celular em um tumor maligno.

A faringe externa é palpável durante um exame ginecológico. Em mulheres nulíparas, tem a forma de um anel fechado. Após o parto, o buraco assume a forma de uma fenda achatada. A faringe externa ou externa deve estar fechada.

Durante a gravidez, sua expansão começa durante a preparação do colo do útero para o processo de nascimento. De acordo com seu diâmetro, os médicos determinam a prontidão do útero para o parto. A abertura mais intensa da entrada externa do canal cervical começa após um aumento do lúmen do orifício interno devido à pressão do feto no colo do útero.

O que deveria ser faringe normal durante a gravidez?

O muco se forma entre a vagina e o útero, o que cria proteção adicional para o útero contra a penetração da microflora patogênica. Normalmente, ambas as entradas para o canal cervical devem ser fechadas até 36 semanas. O diâmetro da garganta exterior e interior pode atingir 2-4 mm (após numerosas entregas, 6 mm é permitido). A condição do lúmen uterino é verificada durante o ultrassom em 11-14, 20-22, 32-36 semanas.

A fenda externa examina o ginecologista em 20, 28, 32 e 36 semanas. Após 36 semanas, o colo do útero amolece. Nas mulheres que não deram à luz, a passagem para o canal cervical é de cerca de 0,5 cm, e as que deram à luz têm um orifício que se abre para cerca de um dedo. Abertura total é diagnosticada após atingir a abertura externa de um diâmetro de 10 cm.

O que é a divulgação perigosa da garganta?

A necessidade de monitorar constantemente o estado das aberturas cervicais é causada pelo fato de que a abertura do colo do útero geralmente ocorre sem sintomas claros. Uma mulher pode sentir ligeiro desconforto e contrações periódicas do útero. No entanto, apenas um médico é capaz de estabelecer que isso está conectado com o canal de abertura.

Razões para abrir a garganta:

  • preparação natural do canal de nascimento para o nascimento do bebê,
  • altos níveis de hormônios masculinos no corpo,
  • aumento da pressão no colo do útero durante gravidezes múltiplas,
  • insuficiência cervical,
  • anomalias congênitas dos órgãos genitais,
  • lesão do canal cervical devido a abortos ou operações ginecológicas,
  • progressão da erosão cervical,
  • baixos níveis de hormônio da gravidez.

A divulgação das aberturas do colo do útero nas últimas semanas de gestação indica o início iminente do trabalho de parto. Este é um processo normal que não representa um perigo para a mulher e o feto. No entanto, se o processo começar bem antes da data prevista de entrega, existe o risco de aborto espontâneo ou parto prematuro.

Se o médico diagnostica um aumento no espaço quando deixa a vagina, a gestante é enviada para um ultra-som. Com uma abertura interna normal, há uma alta probabilidade de um resultado favorável da gravidez sem o uso de medidas radicais.

Tratamento da abertura da garganta

A terapia para dilatação do colo do útero visa retardar o processo de expansão da abertura e preservação da gravidez. O regime de tratamento depende da gravidade do processo e do período de gestação em que a patologia é revelada. Uma mulher é enviada para um hospital onde um dos métodos de tratamento é usado:

  • medicamentous
  • estrutura de suporte de sobreposição
  • cirúrgico

O tratamento medicamentoso envolve drogas hormonais, antiespasmódicos e vitaminas. As drogas hormonais mais populares na gravidez são Utrozhestan e Duphaston. Ao identificar a ameaça do aborto, o médico prescreve um aumento da dose de medicação.

O tempo mínimo para tomar uma dose grande é de 7-14 dias. Após o término desse período, o ultrassom é realizado. Se o colo do útero não encurtar e o processo de abertura parar, o médico pode reduzir a dose do medicamento. Na maioria dos casos, a terapia hormonal continua até o último mês de gravidez. Às vezes, os hormônios são necessários até o nascimento.

Os medicamentos antiespasmódicos são usados ​​para reduzir a sensibilidade do útero e do colo do útero. A tensão do útero alivia o spasmalgon, No-shpa, papaverine. Medicamentos prescritos sob a forma de injeções, conta-gotas, comprimidos e supositórios. As drogas são canceladas quando o tom uterino é eliminado. Complexos vitamínicos são usados ​​como terapia de manutenção.

A identificação da patologia leva ao fato de que a mulher começa a sentir tensão nervosa. Para eliminar o estresse, recomenda-se beber sedativos.

A terapia medicamentosa é apropriada se uma abertura parcial da faringe externa for diagnosticada. A patologia da abertura interna e um aumento significativo no externo requerem o uso de um desenho especial ou a sutura do istmo do canal cervical. As características das técnicas são descritas na tabela.

  • tratamento da vagina com drogas de alerta dysbacteriosis,
  • drogas hormonais
  • a rápida disseminação da infecção não detectada antes da cirurgia
  • alergia material
  • aumento do tônus ​​uterino
  • rejeição imunitária de tecidos estranhos,
  • lesão cervical se o trabalho de parto começar antes que a sutura seja removida
  • tratamento da vagina com agentes anti-sépticos durante 7 dias,
  • estrito repouso nos primeiros 5 dias após a cirurgia,
  • uso de drogas antiespasmódicas.

Independentemente do método de tratamento escolhido, deve ser lembrado que o lúmen interno e externo não pode fechar completamente. Se o lúmen estiver aberto, é impossível devolvê-lo à sua posição original. No entanto, o uso da terapia ajuda a evitar a situação quando o orifício se abre completamente antes que o feto se torne viável.

Medidas preventivas

Para prever todas as complicações possíveis durante a gravidez é impossível. A fim de reduzir o risco de início prematuro do processo de trabalho, é necessário:

  • Planejando uma gravidez com um ginecologista. Uma mulher deve passar por um exame completo, curar patologias ginecológicas e abandonar maus hábitos.
  • Evite abortos. Eliminar a gravidez indesejada envolve interferir com o processo fisiológico natural. Como resultado do aborto, os hormônios são perturbados e os órgãos genitais são feridos. O risco de aborto aumenta quando você tenta engravidar uma criança maior de 25 anos.
  • Hora de se tornar uma conta médica. O registro antecipado permite a identificação oportuna e a eliminação de patologias de gravidez.
  • Mantenha um peso normal. O excesso de peso ao transportar um bebê leva a um aumento na carga de todos os órgãos e sistemas e a uma alteração no equilíbrio hormonal.
  • Durante a gravidez, recusar-se a visitar saunas.
  • Evite o estresse.
  • Para aderir ao calendário de visitas planejadas ao ginecologista e recomendações para o ultra-som.
  • Ao identificar a ameaça do aborto, siga claramente as instruções do médico assistente.

Se durante a primeira gravidez a mulher encontrou ICN, então com gestação repetida pode haver uma ameaça de aborto espontâneo. Aqueles que foram diagnosticados com este diagnóstico são recomendados para usar o pessário. Quando executando isto é necessário abandonar completamente a intimidade sexual e reduzir o esforço físico.

O que é o colo do útero?

Este é um tipo de tubo de ligação entre o útero e a vagina com cerca de 3-4 cm de comprimento e cerca de 2,5 cm de diâmetro.No colo do útero, existem duas partes: a inferior e superior. A parte inferior é chamada vaginal, porque entra na cavidade da vagina, e a parte superior - a supravaginal, porque está localizada acima da vagina. Dentro do colo do útero passa o canal cervical, que se abre para o útero com uma garganta interna. Do lado de fora, a superfície do colo do útero tem uma tonalidade rosada, é lisa e brilhante, durável e do lado de dentro - rosa brilhante, aveludada e solta.

Colo do útero após a concepção

Durante a gravidez, várias mudanças ocorrem nesse órgão. Por exemplo, pouco tempo após a fertilização, sua cor muda: torna-se azulada. A razão para isso é uma grade vascular extensa e seu suprimento de sangue. Ao mesmo tempo, as glândulas cervicais se dilatam e se tornam mais ramificadas.

Aos 9 meses de gravidez, o médico observa o amolecimento dos tecidos do colo do útero e sua "maturação". Tais mudanças no corpo de uma mulher grávida indicam prontidão para o nascimento de uma criança. Imediatamente antes do parto, o colo do útero é encurtado (para 10-15 mm) e está localizado no centro da pélvis. De acordo com a abertura do canal cervical, um obstetra-ginecologista determina a abordagem do trabalho de parto, que começa com a expansão da faringe interna e contrações.

Taxa cervical durante a gravidez

Durante 9 meses, a mulher é obrigada a visitar o ginecologista com frequência. Na melhor opção, isto é, com uma gravidez saudável, sem complicações, pelo menos 9-12 vezes. Se houver problemas de saúde ou o risco de aborto espontâneo, esse número pode ser várias vezes maior.

No primeiro exame, o médico encontra o colo do útero e determina sua forma, tamanho, consistência e localização. Na gravidez normal, o colo do útero é denso ao toque e inclinado para trás, enquanto o canal não é aceitável para o dedo. Se houver ameaça de aborto espontâneo, o médico determinará isso por meio de um colo do útero encurtado e amolecido, e o canal se abrirá.

Visitas periódicas ao ginecologista permitirão reconhecer a patologia ou doença e tomar as medidas necessárias. Durante os exames, o médico realiza testes: esfregaço na flora (essa análise ajudará a determinar o processo inflamatório, detectar alguns tipos de infecção (fungo, candidíase, gonorréia, tricomoníase, vaginose bacteriana) e exame citológico (estudando as características estruturais da superfície celular e do canal cervical). o que torna possível identificar várias doenças oncológicas nos primeiros estágios).

Por via de regra, se no início uma mulher não tem patologia cervical, um estudo planejado da condição deste órgão executa-se em 20, 28, 32, 36 semanas da gravidez. Если же отмечаются какие-либо нарушения, то обследования проводят чаще. Некоторые изменения состояния шейки матки, а также характер выделений могут свидетельствовать о возможной угрозе прерывания беременности. Принятые вовремя меры позволяют сохранить беременность.

Опишем наиболее распространенные заболевания шейки матки, которые могут существенно повлиять как на течение, так и исход беременности:

Истмико-цервикальная недостаточность во время беременности

Esta é uma condição patológica do colo do útero na qual os músculos na área do istmo do útero não são reduzidos. Ao mesmo tempo, o colo do útero se abre antes do tempo, o que causa a impossibilidade de segurar o feto. Lembre-se que em uma gravidez saudável, o colo do útero está bem fechado. Não tendo apoio, o feto desce gradualmente, a atividade ancestral se desenvolve e o aborto ocorre. Para insuficiência istmo-cervical, abortos tardios que ocorrem entre 20 e 30 semanas de gestação são mais relevantes. Em algumas mulheres, a dilatação prematura do colo do útero pode ser acompanhada de dor aguda na vagina, enquanto noutros pode ser assintomática.

Na maioria das vezes, o ICN se desenvolve devido ao subdesenvolvimento do útero e distúrbios hormonais, mas também entre as causas de sua ocorrência são as seguintes:

  • Distúrbios congênitos da estrutura do pescoço com um défice de fibras do tecido conjuntivo e um aumento relativo na proporção de tecido muscular liso.
  • Hipoplasia cervical congênita.
  • Trauma do istmo e colo do útero durante abortos, entrega de frutos grandes, a imposição de fórceps obstétrico.

Endocervicite cervical

Muitas vezes esta doença - inflamação do canal cervical - provoca abortos espontâneos e partos prematuros. Neste caso, uma quantidade aumentada de muco é secretada do canal cervical, o local da inflamação é escarlate. Por via de regra, as causas de endocervicitis são infecções sexualmente transmitidas, estreptococo, estafilococo, E. coli, enterococcus e outras doenças semelhantes. Os sintomas mais característicos desta doença são descargas copiosas com odor desagradável.

Erosão cervical durante a gravidez

A erosão implica uma condição patológica na qual as feridas se formam no colo do útero, ou seja, danos à integridade da superfície externa desse órgão são observados. As doenças inflamatórias do colo do útero, mais frequentemente causadas pelo HPV, distúrbios hormonais, lesões causadas pelo uso de contraceptivos químicos e de barreira, podem provocar erosão. A ferida em poucos dias é adiada, mas o problema é que ela não cresce demais com as células que cobrem a superfície externa do colo do útero, mas com outras que revestem a mucosa interna do colo do útero. Durante a gravidez, a erosão não toca e o tratamento é deixado para o período pós-parto.

O colo do útero durante a gravidez é um órgão importante, tanto anatômica quanto funcionalmente. Lembre-se que contribui para o processo de fertilização, previne a infecção no útero e apêndices, ajuda a "carregar" o feto, participa do parto. É por isso que monitorar o estado do colo do útero enquanto carrega um bebê é simplesmente necessário.

Especialmente paraberemennost.net - Ksenia Dakhno

O que é uma boca uterina?

A faringe uterina é a abertura cervical superior e inferior. A abertura superior que leva ao útero é chamada de garganta uterina interna, a abertura inferior que leva à vagina é chamada de garganta uterina externa. Este último pode ser palpado manualmente. Se uma mulher ainda não teve uma única gravidez, então a boca do útero tem uma forma ovalada. Após a gravidez - a forma da fenda transversal.

Gestação durante a gravidez e parto

Durante a gravidez, tanto o útero interno quanto o externo estão fechados. Isso impede a entrada de micróbios patogênicos no útero, o que pode levar ao desenvolvimento de infecção. Com o início do processo de trabalho de parto, as contrações se intensificam, o útero se abre e a garganta uterina se altera: ela encurta e se torna mole. Então a faringe uterina interna se abre. Em seguida vem a abertura da garganta externa. Quando se expande para cerca de 10 cm, começa o chamado período de exílio.

Faringe uterina e planejamento familiar natural

Assim, a boca uterina desempenha um papel importante durante a gravidez e o parto. Se a gravidez ainda não chegou, mas está planejada, o galpão uterino ajudará a determinar o período fértil. Durante o ciclo, a posição, elasticidade e abertura da faringe mudam. O estudo da garganta uterina é semelhante ao método de estudo do muco cervical, quando a descarga é examinada para determinar os melhores dias para conceber. No entanto, cada um dos dois métodos, usados ​​separadamente, não possui alta confiabilidade. É aconselhável usá-los em combinação com o método de temperatura. Mais informações sobre isso podem ser encontradas nos artigos “Método de Temperatura” e “Método Sintotérmico”.

Como a boca do útero

Após a menstruação, a faringe uterina é fechada e se projeta para dentro da vagina, o que facilita a sondagem. Parece uma cereja ou uma cartilagem de ponta do nariz. À medida que a ovulação se aproxima, a boca do útero se torna mais suave e sua abertura se expande. Ao mesmo tempo, ele muda de posição e recua 2–3 cm - durante este período é difícil sondar. Nesse estado, parece mais um lóbulo da orelha ou um lábio. Em geral, pode-se supor que os dias favoráveis ​​à concepção surgem quando o saco da mãe é o mais macio e aberto.

As chances de engravidar durante este período são especialmente grandes, pois os espermatozóides podem facilmente penetrar no útero. Após 1-2 dias após a ovulação, a boca do útero começa a fechar novamente e fica mais dura.

Como investigar o útero?

É melhor iniciar o estudo imediatamente após o sangramento menstrual, quando o útero é fácil de sentir. Para garantir que os resultados sejam tão bem sucedidos quanto possível, vale a pena realizar a pesquisa nas mesmas condições. Aqui estão algumas coisas a considerar:

  • examine a boca do útero todos os dias,
  • antes do procedimento, não se esqueça de lavar as mãos com sabão,
  • a bexiga deve estar vazia
  • use o mesmo dedo o máximo possível e assegure-se de que esteja limpo,
  • é desejável usar a mesma posição, por exemplo, levantando um pé no lado do banho ou deitado com uma perna levantada,
  • se você não consegue sentir a faringe uterina, você pode tentar mover o útero para baixo, pressionando a parte inferior do abdômen,
  • Devem ser feitos registros de sondagem da faringe para simplificar os exames de acompanhamento. Para isso, você pode, por exemplo, usar o calendário de ciclos no site Meu filho.

No início, tais estudos podem, é claro, causar alguma rejeição pessoal, e levará pelo menos dois ciclos antes que a mulher tenha sucesso em interpretar as alterações da faringe uterina corretamente. Mas, assim que o processo melhora, os estudos da garganta uterina em combinação com o método da temperatura podem ser uma boa ajuda no planejamento familiar natural.

Outros artigos sobre o tema: "faringe uterina"

O comprimento, condição do útero interno. Nós entendemos o que e como

O comprimento, condição do útero interno. Nós entendemos o que e como

Nem todas as mulheres sabem bem, mas também para lembrar sua anatomia. Especialmente quando não lhes diz respeito durante o curso natural da vida. No entanto, com o início de tão bonito e há muito aguardado poreio de nove meses, chamado gravidez, questões relacionadas à anatomia feminina tornam-se mais relevantes, cada vez causando mais e mais interesse. E o valor deste interesse é diretamente proporcional ao número de visitas ao médico, seguido de passar nos exames e passar ultrassonografia e outros exames obrigatórios.

Onde é isso

Tal conceito como a garganta interna do útero, muitas vezes aparece nos registros das observações do ginecologista e os resultados da ultra-sonografia. E futuras mães preocupadas e duvidosas estão preocupadas com a falta de compreensão da situação, buscando freneticamente respostas a perguntas sobre as vastas extensões da Internet.

O útero, um órgão oco (vazio, livre no interior), constituído por tecido muscular, que lhe confere a capacidade de se contrair no início da menstruação e do parto, empurrando o feto. Sua parte inferior, localizada na parte inferior da pélvis, é conectada diretamente à vagina. Entre o útero e a vagina há uma "passagem" tubular, cujo comprimento é de cerca de três a quatro centímetros e aproximadamente dois centímetros e meio de diâmetro. Essa "passagem" é chamada de colo do útero. O colo do útero é dividido em duas partes: a vaginal - a que é conectada à vagina e a supravaginal, que é conectada acima de sua borda, diretamente ao útero. Dentro do colo do útero em si é o canal cervical, que entra na cavidade uterina. Na borda do útero e canal cervical é a garganta interna do útero. Em condições normais, a faringe interna é fechada. Abre apenas em dois casos: durante a menstruação e o parto. Às vezes há uma anomalia congênita do orifício interno, quando ele está constantemente aberto - uma descoberta “não natural”. Além disso, esse fenômeno pode ser abortos.

Dimensões e condição durante a gravidez

Em princípio, na ocorrência da gravidez, a tarefa mais importante e crucial é atribuída à faringe interna: uma protetora que cobre o feto de influências externas.

Durante as inspeções, sua localização, condição e densidade são levadas em conta. Normalmente, sua condição é verificada a vigésima, vigésima oitava, trigésima segunda e trigésima sexta semana.

As dimensões que caracterizam a abertura interna do útero, em particular o seu diâmetro, é um indicador muito importante e necessário para a detecção precoce da fraqueza cervical e a tomada atempada das decisões corretas que podem afetar o resultado positivo da gravidez.

Em média, o tamanho da largura da garganta interna, começando com a décima e terminando a sexta semana, não sofre alterações significativas.

Protrusão das membranas e cerclagem

No entanto, às vezes há algumas protuberâncias das membranas - um canal cervical levemente dilatado. Se isso acontecer, o que é detectado por ultra-som, a faringe interna do útero não precisa ser alterada ou entreaberta. Esse tipo de "hérnia" pode ser formado em seu estado normal. Assim, com o surgimento de tal quadro, independentemente do estado da faringe uterina interna, é apresentado um procedimento que representa a sutura do colo uterino, a fim de evitar sua revelação e parto prematuros. Mesmo com o aumento do diâmetro da faringe maior que seis milímetros, já há motivos para correção ginecológica.

Tal mini-operação é chamada de cerclagem. Normalmente realiza-se estritamente no testemunho urgente, no período da décima sexta à vigésima segunda semana. Com o início da atividade laboral, que ocorreu a tempo, esses pontos são retirados de forma muito simples e não representam nenhum perigo e problemas para a mulher, tanto durante a gestação quanto após a mesma.

Alterações na estrutura e largura do colo do útero

Curiosamente, a estrutura e a largura do colo do útero mudam à medida que o termo do trabalho se aproxima. Se no início da gravidez era um cilindro, então na trigésima primeira semana toma a forma de um cone. Além disso, o tamanho do seu diâmetro ao nível da faringe interna é maior do que na parte do meio. E esta imagem persiste até o final da gravidez.

Com o início do terceiro trimestre, o comprimento da placenta para o orifício interno, com uma gravidez normal, deve ser superior a seis centímetros. Se as figuras não corresponderem e muito menos, isso pode indicar uma fixação muito baixa da placenta, que não permite que as feridas internas se abram totalmente. E se a placenta bloqueou a garganta interna do útero, isso indica sua apresentação.

Inspeções obrigatórias

Em qualquer caso, todos os exames e procedimentos designados devem ser atendidos. Você não deve ter medo ou inventar vários resultados de eventos, tendo visto números e símbolos completamente desconhecidos no cartão de troca. Pergunte tudo do seu médico e só dele. Nos recursos da Web, é improvável que você encontre as respostas para suas perguntas. Eles podem te dar apenas um obstetra-ginecologista.

O estado do útero interno durante a gravidez

Olá Tatiana! Por favor, explique a situação: um ultra-som foi realizado em 18 semanas de gravidez. O desenvolvimento do feto é normal, apenas a conclusão do aparelho de ultrassonografia foi alarmada: "Menor dilatação do orifício interno". O protocolo diz: "faringe interna: comprimento do colo do útero 59 mm (comprimento total), CK dilatada a 7 mm, até uma profundidade de 21-22 mm, uma porção fechada do colo do útero 34,5 mm". O médico-uzista disse observar a paz física e sexual. O ginecologista observando minha gravidez não deu atenção à conclusão sobre a expansão do orifício interno. Ainda assim, às 10 semanas uma colposcopia do colo do útero ocorreu e um pólipo cervical foi encontrado. Pode expandir por causa disso? E estou preocupado, eu já li muito sobre o ITSN e como isso ameaça. Diga-me quais são meus próximos passos? Eu também estou preocupado com formigamento na vagina.

  • Adicionado por:
  • Patologia e anormalidades

O colo do útero tem a importante função de manter o feto no útero. Até 37 semanas ela é normal no estado fechado, e após este período começa a ser preparado para o parto. Além disso, um canal cervical fechado () impede, em certa medida, a penetração da infecção no feto.

Comprimento e Consistência CervicalNormalmente, durante toda a gravidez, o pescoço é denso em consistência, seu comprimento médio é de 3-4 cm (pode ser ligeiramente menor em mulheres multíparas).

Estas são as características que tornam possível executar a função principal? retenção do feto. Após 37 semanas (o período a partir do qual a gravidez é considerada a termo), mudanças estruturais começam a ocorrer com o pescoço: suaviza, encurta, ocupa uma posição central e começa a se abrir levemente. Essas mudanças são necessárias para formar um único canal com o corpo do útero. Durante o parto (durante o primeiro período), gradativamente se abre para 10-12 cm e então (no período pós-parto) gradualmente retorna a um estado quase grávido (o galho externo do colo do útero torna-se semelhante a uma fenda e naqueles que não deram à luz é local).

A medição do colo do útero pode ser feita de duas maneiras:

  1. Quando um obstetra-ginecologista determina todas as características principais (comprimento, densidade, posição em relação ao eixo da pelve, a condição do orifício externo,). É realizado em cada exame na cadeira ginecológica para avaliar a dinâmica das mudanças.
  2. Exame ultra-sonográfico (ultra-som): você pode determinar o comprimento, a condição da faringe interna e externa, bem como o próprio canal cervical (o que é muito importante quando há uma ameaça de parto prematuro).

Patologia e anormalidades

Informação A patologia mais comum é um colo do útero curto durante a gravidez - insuficiência istmo-cervical (ICN).

Com ultra-som, o ICN é tomado como o comprimento do pescoço inferior a 25 mm. Outro critério é a expansão em forma de funil do orifício interno (que normalmente é fechado).

As causas da ICN são o trauma cervical em partos anteriores, após o aborto e após o tratamento cervical (). Neste caso, o pescoço não pode executar suas funções, há uma ameaça de nascimento prematuro. Também pode levar ao aborto habitual. O diagnóstico é baseado em dados de ultrassonografia (a cervicometria é realizada - medição do colo do útero e avaliação da condição da garganta interna). Quando encurtado para 25 mm ou menos, a sutura é realizada no pescoço, ou o pessário obstétrico de descarga é colocado.

Opcional O problema oposto é imaturidade cervical na gravidez a termo. É causada por uma violação da formação de um genérico dominante (por exemplo, com medo do parto), bem como características anatômicas, ou após intervenções no pescoço (torna-se pouco extensível).

O grau de maturidade do colo do útero é pontuado de acordo com um número de sinais, que é apresentado na tabela.

Estando em busca de informações sobre como conceber uma menina, também aprendi que isso ajudará no planejamento do meu filho. Espero que alguém ache isso útil. leia mais

Cervix durante a gravidez

O colo do útero é uma espécie de anel muscular que termina o útero e se junta à vagina. Seu comprimento é de cerca de um terço de todo o comprimento do útero, tem um pequeno orifício - a abertura do útero (canal cervical) através da qual sai o fluxo menstrual.

Os espermatozóides para fertilização do óvulo nas trompas de Falópio penetram no útero também através desta abertura. A faringe do útero é coberta com um tampão de muco, que é empurrado para fora durante o orgasmo. Nas mulheres que não deram à luz, a forma do colo do útero é diferente das que deram à luz. Naqueles que deram à luz, é redonda ou tem a forma de um cone truncado, enquanto que para aqueles que não deram à luz é plana, larga e cilíndrica. Após um aborto, a forma do colo do útero também muda, por isso não é possível enganar o médico. Determinar a forma do colo do útero, a sua consistência, tamanho, condição da abertura externa, a borda da garganta, o grau de abertura da garganta, o grau de maturidade pode ser com o exame vaginal. Então normalmente execute a inspeção com um espelho.

A maturidade do colo do útero é determinada por uma escala especial:

1. Consistência cervical: 1 ponto - Amolecida, mas 2 pontos compactados na faringe interna - Macia 3. Localização do colo do útero em relação ao eixo da pelve: 0 pontos - localizado na parte de trás 0 pontos - Galpão externo fechado, a ponta do dedo passa 1 ponto - O canal cervical perde 1 dedo, mas o selo na faringe interna apalpa por 2 pontos - Perde mais do que o 1º dedo, com o pescoço alisado mais de 2 cm Todas as mulheres sabem como funciona seu sistema sexual. Pelo menos aproximadamente tenha uma idéia das funções do útero, vagina e ovários. Mas eles sabem pouco sobre o colo do útero. Этот женский половой орган имеет большое значение при зачатии, в период беременности и при родах. Только внешне осмотрев шейку матки доктор легко сможет определить делала женщина аборт или нет, рожала ли она, через сколько у нее наступят месячные.

Шейка матки во время овуляции

В период овуляции шейка матки становится более мягкой, влажной и эластичной, потому что в цервикальном канале разжижается слизь. Выделяется слизь в больших количествах, а это служит помощью сперматозоидам при передвижении к яйцеклетке. A abertura do canal cervical se abre e o colo do útero se eleva para cima. Assim que a ovulação é completada, o colo do útero desce, fica duro e a faringe externa se fecha. Colo do útero e gravidez Durante toda a gravidez de uma mulher, o colo do útero muda significativamente. Quando a gravidez ocorre, a cor do colo do útero se torna azulada, suas glândulas se dilatam e se tornam muito ramificadas. Nos estágios iniciais da gravidez, sangramento e alargamento do orifício interno é um sinal muito perigoso, o aborto provavelmente não deve ser evitado. No final da gravidez, o colo do útero amadurece e amacia, o que indica a prontidão do corpo para o nascimento de uma criança. Imediatamente antes do nascimento de uma criança, o pescoço está no meio da pequena pélvis, o seu comprimento é 10-15 mm, o seu canal abre-se a 5-10 mm. O canal cervical passa suavemente para o segmento inferior. A expansão do canal interno e dores de colikidny fala do começo da atividade de trabalho. O pescoço durante o parto expande-se a 10 centímetros de diâmetro. Isso permite que a criança passe pelo canal do parto. Acontece que durante o progresso do colo do útero é rasgado. Isso pode ocorrer por várias razões - trabalho de parto fraco, parto rápido, feto grande, cirurgia no pescoço, rupturas durante partos anteriores. Se ocorrer uma ruptura, o médico irá suturar. Se você não notar a lacuna ou suturar mal, então na próxima gravidez surgem problemas - aborto espontâneo ou parto prematuro.

pescoço curto, 23 semanas. Gravidez e parto

Oi todos Eu tenho um período de 23 semanas, recentemente coloquei um pessário. Dados do ultra-som para a sua instalação: 23 mm, boca fechada - 32 mm, boca fechada - 26 mm, abertura em forma de V (os dois últimos são feitos com um intervalo de menos de um dia, a diferença é provavelmente devido a diferentes dispositivos e médicos). Depois de instalar o ultra-som (fez o mesmo, onde 26 mm antes foi) mostrou 20 mm e uma abertura em forma de U de 7 mm. Controle na próxima semana - eles disseram, o principal é observar a dinâmica. Velas prescritas para saneamento + Utrozhestan e.

Neste caso, fui implantado duas vezes e liberado até 38 semanas.

Bem, tenha cuidado lá e mentira mais - eles disseram. medicação não acrescentou mais nada :)

68º dia no hospital. Blog de Medikolga em 7ya.ru

Eu escrevi isso em 3 de outubro, porque eu só queria me expressar de alguma forma. Agora eu tenho certeza que isso pode suportar mais de uma garota. Hoje é o 68º dia em que estou no hospital. Felizmente não em linha :-). Esta é a terceira vez. e termina a terceira semana. E quando eles escrevem ainda é desconhecido. Hoje, no exame, o médico disse que, se eu pedir com insistência, talvez na semana que vem eles me deixem ir para casa descansar. Os médicos têm medo de me deixar desacompanhada e antes de dar à luz quase dois meses.

recomendações de baixa placenta. Gravidez e parto

Bom dia! definir baixa placentação em 20-21 semanas, 20mm. O médico de ultra-som disse sem limites em todos os sentidos, vai subir. Eu sei o que aumenta em média (com a criança mais velha houve até uma apresentação). O médico no monitor é quase histérico, urgente no hospital. Agora, algo mudou na prática? Sim, não há tom, etc. Eu escrevi uma renúncia, mas a "barata" se estabeleceu. O que você diz?

Gravidez após tratamento cervical

Anteriormente, acreditava-se que procedimentos como a eletroconização do colo do útero, a crioterapia e outros métodos de tratamento de condições pré-cancerosas do colo do útero, levam a problemas com a possibilidade de engravidar no futuro. Pesquisadores americanos à frente de Allison Naleway (Allison Naleway) provaram que o tratamento de doenças pré-cancerosas do colo do útero não prejudica a gravidez e a futura gravidez. Por 12 anos, os pesquisadores monitoraram a condição de cerca de 100.000 mulheres, algumas das quais foram submetidas.

Uzi em 15 semanas. bom e não tão bom. Gravidez e parto

As meninas visitaram o primeiro ultrassom! O prazo foi aumentado em 2 semanas, total 16 semanas começou. Como eu estava com medo de não colocar em palavras, porque quase não há barriga, mas está tudo bem com o bebê. KTR-88,8. TVP-2,2 mm. , HR - 147 batidas. Eles me deram uma foto de mim constantemente. Do não tão bom: hipertonia da parede posterior do útero, o córion é baixo na parede traseira, a borda inferior atinge a faringe interna. E o principal é o pescoço. O comprimento é de 40,0 mm, a largura "C" do canal é de 0,1 cm. O médico não se concentrou nisso, apenas a direção foi dada.

ICN :(. Gravidez e parto

Meninas que têm uma experiência positiva? Na internet, nada de bom. O médico assistindo parece calmamente ao resultado do ultra-som reagiu. Mas hoje no hospital-dia eles disseram que eu tinha que ir para a maternidade: (Medicação era prescrita por enquanto: pílulas, velas, injeções, conta-gotas, fisioterapia. Eu tento ficar positivo. Mas eu quero saber que isso não é uma sentença!

Eu relatório. Gravidez e parto

Um .. vendas ne não por onde começar. Fico feliz que estamos nos desenvolvendo com o tempo, o BPR é 52mm, OCh 165mm, DB 37mm (não pergunte o que gostaria de saber, mas está escrito que corresponde à data) Peso 450g, HR 142 batimentos / min, rítmico. Com a identidade da placenta, tudo é normal. É ruim que a cabeça esteja muito baixa, uma grande ameaça, o pescoço encurtado para 30 mm, a faringe interna não é visualizada devido à baixa localização da cabeça.

sobre a divulgação. Gravidez e parto

me explique, pliz. eles dizem abrindo tantos dedos ou tantos vêem isto e a mesma coisa. 2 dedos e 2 cm cheguei em rd com 2 dedos, e depois de 5-6 horas de trabalho havia apenas 4 cm. e mais - como ajudar a divulgação. Bem, é claro que é melhor andar do que mentir. e existem algumas outras maneiras?

Minha placenta fecha completamente a testa

O que fazer ontem ela estava em ultra-som, ela disse, o bebê está se desenvolvendo bem, mas a placenta completamente fechado o barracão da frente, isto é, se for por muito tempo, será uma apresentação. Agora disse para ser observado. E o que não pode mudar alguma coisa? E ela pode então se mover como deveria? e, em geral, o que significa que eu não posso fazer sexo agora? E se a longo prazo, haverá uma apresentação do que? Cesariana? Diga isso. Por favor, quem fez isso terminar o que? 13 semanas para nós.

Aberto pelo colo do útero. Gravidez e parto

Oi! Talvez, quem sabe, me diga o que é complicado. Minha irmã tem cerca de 25 semanas de idade. A Uzi mostrou a abertura do colo do útero em 0,8 cm, até onde eu entendi do lado do útero, ele ainda está fechado do lado de fora. Eles se deitaram para salvar. No momento, proibido de andar, basta deitar. Eu perguntei se costurar. Ela foi informada de que não, alegadamente pontos impor até 17 semanas. Diga-me o que eles estão fazendo neste caso, não tenho informações.

ultra-som para um colo do útero curto. Gravidez e parto

Eu estou indo para Art Med amanhã, eu não posso esperar até 12 de abril. Eu tive que segurar Shvets, ninguém tinha mais tempo livre. Eu escrevi ontem, anteontem sobre o pescoço curto (1.5cm). O que devo dizer ao médico e como ele vai parecer na realidade é curto? e como vai isso comigo? O que o ultra-som de amanhã vai me dar, senão eu sou um freio como de costume, eu tenho lido por um dia agora que se tornou assustador. Em suma, como olhar para o pescoço curto? embora eu vá apenas por um ultra-som, mas no momento o principal é não dar à luz.

Duas perguntas. Incluindo sobre o pescoço .. Gravidez e parto

1. E as crianças se movimentam mais à medida que ficam mais longas? Mais frequentemente? Mais forte? Isto é, como se sente? Eu só sei. Foi no meu dia que eles dormiram (eu escrevi um pôster aqui), mas hoje eles estão brincando um dia inteiro, não muito, mas obviamente eles não estão dormindo. 2. Sobre o pescoço. Até agora eu tenho tudo em ordem com ela. Mas ainda uma experiência um pouco assustadora de meninas, que de repente se abriram. O toco é claro que, enquanto tudo estiver normal, os médicos não farão nada. Mas ainda tenho um estilo de vida ativo (desde que nada interfira).

Sintomas de dilatação cervical. Gravidez e parto

Diga-me, quais são os sintomas ao abrir o colo do útero (não antes do parto, mas durante a gravidez). E então, por causa dessa sinfisite, ela começa a me machucar em todos os lugares periodicamente, não sei se esta vagina ou os ossos estão lá, está tudo lá. Em suma, as baratas começaram a enxamear na minha cabeça :)

Fomos informados nos cursos, embora, claro, tudo seja muito individual, mas há algo a ser definido. Se houver uma sensação de formigamento com uma agulha nas profundezas, no lugar onde, de acordo com seus cálculos, o pescoço está agora, isso pode significar que está se preparando lentamente e é mais macio para a abertura. É como se eles cutucassem uma agulha lá, não dolorosamente, mas sim inesperadamente. Uma vez e lá estava.

Se tudo isso é simultaneamente acompanhado por uma divergência dos ossos pélvicos (lombar, coxas doem), então isso, por experiência (não estatística, quero dizer!), Provavelmente significa que todo o processo começou ali, e o útero também está se preparando.

Bem, no parto é fácil. Em regra, a revelação de 7-8 cm corresponde à frequência de contrações de 1,5 minutos com um intervalo de 3-5 minutos.

comprimento cervical. Gravidez e parto

Meninas Diga-me, existem regras para isso? Eu tenho 23 semanas, fiz um ultra-som: não há tom, a faringe interna está fechada, o pescoço é de 32 mm. Maria MM escreve que o pescoço é um pouco curto. E quem se lembra, neste período quem como era? Eu tenho problemas com hormônios masculinos, eu bebo dexametasona. Talvez essas coisas estejam relacionadas. Maria Maria também escreve que você precisa seguir o pescoço. E como é isso? Faz muitas vezes ultra-som, ou olha para a cadeira? Na poltrona o mesmo comprimento não é visível, apenas a divulgação (pah pah pah, Deus não permita) pode ver?

Destrua os mitos sobre gravidez, parto e filhos. Parte 3

Sobre o parto Mito número 5. Parto é a maior dor que só pode ser e dura até 24 horas! Existem muitos mitos sobre gêneros, mas todos eles costumam falar sobre como é impossível ferir, como é difícil sobreviver e como nós, mulheres, não tivemos sorte nesta vida. Devo dizer que meu nascimento não foi tão suave e calmo quanto a gravidez. Mas mesmo assim, posso refutar esse mito! Então, em ordem ... Tudo começou em 5 de abril, por volta das 8 da manhã. O marido foi embora.

Por que os filhos dos primeiros dias de vida morrem? Um dos mais.

Todos os 9 meses você tem um bebê crescendo sob o seu coração, que é cercado não só pelo seu amor e carinho, mas também pela proteção confiável de membranas amnióticas e líquido amniótico. A bexiga fetal forma um tanque selado com um ambiente estéril, graças ao qual a criança é protegida contra a infecção. Normalmente, a ruptura das membranas fetais e a ruptura do líquido amniótico ocorrem antes do parto (quando o colo do útero está totalmente aberto) ou diretamente durante o parto. Se a integridade da bolha foi quebrada antes, é.

11. O médico sempre, com o exame, com certeza faz um diagnóstico de descarga prematura de água?
Com uma quebra massiva, o diagnóstico não é difícil. Mas, infelizmente, em quase metade dos casos, os médicos, mesmo nas principais clínicas, duvidam do diagnóstico, se dependerem apenas de dados de exames e métodos de pesquisa antigos.

12. É possível diagnosticar derramamento prematuro de água usando ultra-som?
Exame de ultra-som torna possível dizer se uma mulher tem oligohidramnios ou não. Mas a causa de oligohydramnios pode ser não só a ruptura das membranas fetais, mas também a função renal comprometida do feto e outras condições. Por outro lado, há casos em que ocorre uma pequena ruptura das membranas contra o pano de fundo de polidrâmnio, por exemplo, na patologia de um rim grávido. O ultra-som é um método importante de monitorar a condição de uma mulher que teve uma ruptura prematura das membranas, mas não responde à questão de saber se as membranas estão intactas.

13. É possível determinar o vazamento de água usando papel de tornassol?
De fato, existe um método para determinar o líquido amniótico, baseado na determinação da acidez do ambiente vaginal. É chamado o teste de nitrazina ou amniotest. Normalmente, o fluido vaginal é ácido e o líquido amniótico é neutro. Portanto, a penetração do líquido amniótico na vagina leva a uma diminuição na acidez do ambiente vaginal. Mas, infelizmente, a acidez do ambiente vaginal é reduzida em outras condições, como infecção, ingestão de urina, sêmen. Portanto, infelizmente, o teste baseado na determinação da acidez da vagina dá muitos resultados falso-positivos e falso-negativos.

14. Em muitas clínicas pré-natais, uma mancha na água, quão preciso é este método de diagnóstico de descarga prematura de água?
A descarga vaginal, contendo águas fetais, quando aplicada a uma lâmina de vidro e seca, forma um padrão que se assemelha a folhas de samambaia (fenômeno de samambaia). Infelizmente, o teste também fornece muitos resultados imprecisos. Além disso, em muitas instituições médicas, os laboratórios funcionam apenas durante o dia e durante a semana.
15. Quais são os métodos modernos de diagnóstico de ruptura prematura das membranas?
Os métodos modernos de diagnóstico de ruptura prematura das membranas fetais baseiam-se na identificação de proteínas específicas, das quais existem muitas no líquido amniótico e normalmente não são encontradas no fluido vaginal e noutros fluidos corporais. Para a detecção destas substâncias, desenvolva um sistema de anticorpos, que é aplicado à tira de teste. O princípio de funcionamento de tais testes se assemelha a um teste de gravidez. O teste mais preciso é um teste de detecção de proteínas chamado alfa-microglobulina placentária. O nome comercial é Amnishour (AmniSure®).

16. Qual é a precisão do teste Amnishur?
A precisão do teste Amnishur é de 98,7%.

17. Uma mulher pode fazer o teste de Amnishur sozinha?
Sim, ao contrário de todos os outros métodos de pesquisa, o teste de Amnyshur não requer exame em espelhos e uma mulher pode colocá-lo em casa. Tudo o que é necessário para a formulação do teste está incluído no conjunto. Este é um tampão, que é inserido na vagina a uma profundidade de 5-7 cm e mantido por 1 minuto, um tubo de ensaio com um solvente no qual o tampão é lavado por 1 minuto e então a tira de teste, que é inserida no tubo de teste, é ejetada. O resultado é lido após 10 minutos. No caso de um resultado positivo, como no teste de gravidez, aparecem 2 tiras. Com um resultado negativo - uma barra.

18. O que fazer se o resultado do teste for positivo?
Se o teste foi positivo, você deve chamar uma ambulância ou ir para a maternidade se o período de gestação for superior a 28 semanas e para o departamento de ginecologia do hospital se a gravidez for inferior a 28 semanas. Quanto mais cedo o tratamento é iniciado, mais chances de evitar complicações.

19. E se o teste for negativo?
Se o teste for negativo, você pode ficar em casa, mas na próxima visita ao médico, você precisa contar sobre os sintomas problemáticos.

20. Se mais de 12 horas se passaram desde o momento da suposta ruptura das membranas, é possível fazer o teste?
Não, se mais de 12 horas se passaram desde a suposta ruptura e os sinais de água pararam, então o teste pode mostrar um resultado incorreto.

Perguntas e respostas sobre vazamento prematuro de líquido amniótico

1. Com que frequência ocorre a ruptura prematura de membranas?
Uma verdadeira ruptura prematura das membranas ocorre em aproximadamente a cada dez gestantes. No entanto, quase todas as mulheres experimentam certos sintomas que podem ser confundidos com a ruptura prematura das membranas. Este aumento fisiológico da secreção vaginal, e uma pequena incontinência nos últimos estágios da gravidez e descarga abundante durante a infecção do trato genital.

2. Como a ruptura prematura de membranas se manifesta?
Se uma ruptura maciça das membranas fetais ocorreu, então não pode ser confundida com nada: uma grande quantidade de líquido transparente, inodoro e incolor é imediatamente liberada. No entanto, se o intervalo é pequeno, ainda é chamado pelos médicos como um gap lateral subclínico ou alto, então é muito difícil fazer um diagnóstico.

3. Qual é o perigo de ruptura prematura das membranas?
Existem 3 tipos de complicações que podem resultar da ruptura prematura das membranas. A complicação mais freqüente e grave é o desenvolvimento de uma infecção ascendente, até a sepse do recém-nascido. Nas gestações prematuras, a ruptura prematura das membranas pode levar ao nascimento prematuro com todas as conseqüências do nascimento de um bebê prematuro. Com uma descarga maciça de água, danos mecânicos ao feto, perda do cordão umbilical, descolamento prematuro da placenta são possíveis.

4. Quem tem maior probabilidade de romper as membranas?
Fatores de risco para ruptura prematura das membranas são infecção genital, alongamento excessivo das membranas como resultado de polidrâmnio ou múltiplas gravidezes, trauma abdominal, fechamento incompleto da boca uterina. Um importante fator de risco é a ruptura prematura de membranas durante uma gravidez anterior. No entanto, quase toda terceira mulher tem uma ruptura de membranas na ausência de quaisquer fatores de risco significativos.

5. Quão rápida é a atividade laboral em caso de ruptura prematura das membranas?
Isso é largamente determinado pela duração da gravidez. Na gravidez a termo em metade das mulheres, o trabalho de parto espontâneo ocorre dentro de 12 horas e mais de 90% em 48 horas. Em caso de gravidez prematura, é possível manter a gravidez por uma semana ou mais se a infecção não se juntar.

6. Uma pequena quantidade de líquido amniótico normalmente se destaca?
Normalmente, as membranas são seladas e não há a menor penetração de líquido amniótico na vagina. За подтекание околоплодных вод женщины часто принимают усилившуюся влагалищную секрецию или небольшое неудержание мочи.

7. Правда ли, что в случае преждевременного излития вод беременность прерывают независимо от срока?
A ruptura prematura das membranas é de fato uma complicação muito perigosa da gravidez, mas com diagnóstico oportuno, hospitalização e tratamento precoce, a gravidez prematura pode ser prolongada a menos que ocorra uma infecção. Com gravidez a termo e próximo a termo, como regra, estimulam o início do trabalho de parto. Os métodos modernos da diagnóstica e tratamento, neste caso, permitem preparar sem problemas uma mulher do parto.
8. Se houve uma ruptura prematura das membranas, mas o tampão de muco não se soltou, ele protege contra a infecção?
O tampão do muco protege contra infecções, mas quando as membranas fetais se rompem, um tampão de proteção da mucosa não é suficiente. Se o tratamento não for iniciado dentro de 24 horas a partir do momento da ruptura, podem ocorrer complicações infecciosas graves.

9. É verdade que as águas estão divididas em frente e atrás e a descarga das águas da frente não é perigosa, é freqüentemente encontrada na norma?
A água da fruta é realmente dividida em frente e atrás, mas não importa onde a lacuna ocorreu, é a porta de entrada para a infecção.

10. O que precede o intervalo?
Por si só, a ruptura das membranas ocorre sem dor e sem precursores.

Quais são os testes de vazamento de líquido amniótico.

Fonte [referência-1] Métodos tradicionais Inspeção em espelhos Técnica: Determinação visual do vazamento de líquido amniótico no fórnice vaginal posterior. Ao conduzir um estudo, uma mulher é solicitada a tossir. Precisão: Desvantagens Subjetivas: O exame requer uma inspeção nos espelhos. Urina, sêmen e outros fluidos podem ser facilmente confundidos com líquido amniótico. Nitrazina (pH) (todos os testes existentes de vários fabricantes, juntas e papéis litmus que reagem ao vazamento.

Meu milagre é gravidez. Diário 26. Dia do nascimento

39 semanas. Dia do Nascimento - continuado. 16h45 Eu faço para fora. Kapets maldito, eu fui louco. Eu tenho brigas, e aqui, porra, responda as perguntas, agora o sistema ... eles não pensam com a cabeça. Eles também perguntaram: "Bem, como estão eles agora, estão as lutas acontecendo?", Eu digo, sim, sim, já essas lutas decentes. E para mim: “bem, hoje você vai dar à luz antes das 23:00”. Eu digo "eu espero, eu quero hoje, bem, um máximo de 22 a 3 horas da noite". Surpreso, começou a perguntar por quê. Bem, eu rapidamente expliquei que as estrelas estão bem localizadas. Surpreso, provavelmente.

Meu milagre é gravidez. Diário 27. Dia do nascimento

39 semanas. Dia do Nascimento - uma conclusão bem sucedida! Então, comecei a sentir pressão na parte inferior das costas, mas tive medo de ligar para o médico, porque achava que estava confundindo alguma coisa. Mas quando a pressão começou a se intensificar e empurrar o traseiro, o marido rapidamente correu atrás do médico. Ela veio, sentiu, disse que já sentia a cabeça (com um corte de cabelo), mas minha abertura tinha apenas 8 cm e o pescoço estava rasgado. E eu já estava especificamente começando a chorar. Porra, o que é esse alívio quando já começa a doer. Eu não me importo que o pescoço esteja rasgado.

Dupla alegria Gravidez múltipla

. Além disso, muitas vezes apresentam complicações tão graves como a gestose (aumento da pressão, edema e proteína na urina), pré-eclâmpsia (alta pressão) e eclâmpsia (pressão extremamente alta, danificando o cérebro e os órgãos internos). Você deve sempre controlar a pressão e o peso. Uma das complicações graves é a ameaça de aborto espontâneo, pois uma carga dupla ou tripla no útero pode levar a uma revelação precoce da garganta uterina. Às vezes, o médico pode sugerir dispositivos especiais ou suturar o colo do útero, permitindo-lhe transmitir com segurança a gravidez até 36 semanas. Assim, o médico pode oferecer internação com um útero relaxante e procedimentos medicinais especiais que permitem trazer a gravidez para o momento certo, você não deve recusar o hospital & m.

Uma pequena descoberta. Gravidez e parto

As garotas, por 32 semanas, tomaram uma mancha hoje e procuraram uma leve revelação, embora o médico tenha dito que a multípara é a norma - mas ainda fico nervosa. Alguém já foi informado sobre a divulgação ao mesmo tempo? O último ultra-som foi às 28 semanas: 5 mm na boca, 2 mm do canal cervical e o comprimento do metro. 41 mm. Eu leio a Internet sobre normas - estou perdendo a cabeça, porque não entendo nada ((((

Fraqueza do trabalho. Parto, condição complicada.

. Diagnóstico de uma atividade laboral fraca O diagnóstico "fraqueza laboral" é definido pelo obstetra, o principal parto, com base na natureza das contrações, a dinâmica da dilatação cervical. A presença desta patologia é indicada por uma diminuição na taxa de revelação da garganta uterina. Então, se é normal, desde o início de um parto regular até a abertura da boca uterina, dura 3–4 cm em média por 6 horas, depois com o desenvolvimento da fraqueza do trabalho de parto, esse período aumenta para 8 horas ou mais. Durante o parto, o médico examina a mulher em trabalho de parto em intervalos regulares. Se por um certo período a dilatação cervical não é suficiente, então eles também falam de uma fraqueza da atividade laboral. As táticas de manejo adicional do parto após o diagnóstico.

Por que você precisa de ocitocina? Tudo sobre o parto

. A principal fraqueza da atividade laboral desenvolve-se desde o início do trabalho de parto, e a secundária - após um período prolongado de boa atividade laboral. A fraqueza da atividade laboral é diagnosticada de acordo com a dinâmica da abertura uterina abrandada (menos de 1-1,2 cm por hora) e devido à ausência de movimento fetal ao longo do canal do parto quando o tamanho da mãe e do feto é proporcional. A permanência imóvel prolongada do feto na cavidade pélvica pode levar à compressão dos tecidos moles da mãe, seguida pelo aparecimento de suas fístulas genitais ou genitais e efeitos adversos na cabeça do feto, até uma violação da circulação cerebral.
. Com especial cuidado decidir sobre a nomeação de ocitocina em gestações múltiplas e mioma uterino. A ocitocina é usada com extrema cautela, e na presença de sinais de hipóxia no feto - suprimento insuficiente de oxigênio, com o uso de ocitocina, contrações tornam-se mais freqüentes e mais longas e durante as contrações o suprimento sangüíneo à placenta é significativamente prejudicado. Para a prevenção de complicações do uso de ocitocina seguir rigorosamente a dosagem.

Se alguém lê isso.

Minha esposa tem um útero após o parto, o útero está aumentado, uma semana se passou e o médico (no trem) nos escreveu para administrar a ocitocina intramuta 2 vezes.

Podemos nos livrar dela, pode de alguma forma afetar a criança, já que o leite é nosso a partir do peito da matreteri.

O começo do trabalho duro. Tudo sobre o parto

Sobre a natureza das dores de parto e comportamento durante o primeiro estágio do trabalho de parto. O que mais assusta uma jovem se preparando pela primeira vez para se tornar mãe? A resposta sugere-se - contrações.
. O canal do parto está se preparando para “libertar” a criança do útero. A pressão intrauterina durante as contrações aumenta à medida que o próprio útero é reduzido em volume. Em última análise, isso leva à ruptura da bexiga fetal e à efusão de parte do líquido amniótico. Se isso coincide com a abertura total da garganta uterina, eles falam de descarga de água na hora certa, mas se a garganta uterina não se abriu suficientemente no momento da ruptura das membranas das membranas, essa descarga é chamada cedo. O primeiro período preparatório de parto leva, em média, 12 horas, se a mulher der à luz pela primeira vez, e 2-4 horas a menos, para aqueles cujo nascimento não é o primeiro. No começo do segundo período de parto (o período de expulsão) para.

Linguagem secreta O que dizem os médicos durante o parto? Tudo sobre o parto

. Cada signo é estimado de 0 a 2 pontos. Rating: 0-2 - pescoço imaturo, 3-4 - não maduro o suficiente, 5-6 - maduro. A abertura do colo do útero, o médico determina durante o exame vaginal. A quantidade de revelação da garganta uterina é medida em centímetros. Abertura total corresponde a 10 cm, às vezes você pode ouvir a expressão "abrir o colo do útero com 2-3 dedos". De fato, os obstetras idosos mediam a abertura nos dedos. Um dedo obstétrico é convencionalmente igual a 1,5 a 2 cm, mas a espessura dos dedos é diferente para todos, de modo que a medida em centímetros é mais precisa e objetiva. Durante o exame vaginal, o médico também faz uma conclusão sobre o estado da bexiga fetal e líquido amniótico. Então a mulher pode ouvir os termos.

Abertura ou perfuração. Tudo sobre o parto

. O polo inferior da bexiga cria raízes na garganta uterina interna e ajuda o colo do útero a se abrir. A abertura do colo do útero em primíparas e multíparas ocorre de diferentes maneiras. Nas primíparas, a boca interna do útero primeiro se abre, o colo do útero é alisado e afinado, e então a boca externa do útero se abre. Na faringe uterina externa multípara está entreaberta no final da gravidez. Durante o trabalho de parto, a abertura do óstio interno e externo e o alisamento do colo do útero ocorrem simultaneamente. O grau de dilatação cervical é determinado em centímetros durante o exame vaginal. A dilatação cervical de 11 a 12 cm, na qual as bordas não podem ser determinadas, é considerada completa. O primeiro estágio do trabalho de parto é caracterizado pela ocorrência.
. Na faringe uterina externa multípara está entreaberta no final da gravidez. Durante o trabalho de parto, a abertura do óstio interno e externo e o alisamento do colo do útero ocorrem simultaneamente. O grau de dilatação cervical é determinado em centímetros durante o exame vaginal. A dilatação cervical de 11 a 12 cm, na qual as bordas não podem ser determinadas, é considerada completa. O primeiro período de trabalho de parto caracteriza-se pela ocorrência de contrações regulares e pelo avanço da parte de apresentação do feto (a parte que primeiro passa pelo canal do parto e antes do parto é dirigida ao colo do útero) pelo canal do parto. Na maioria das vezes, a parte que apresenta o feto é a cabeça. No parto normal, a água sai sozinha. Geralmente poo fetal.

'' Ir para um avanço ''. Por que abrir a bexiga? Tudo sobre o parto

. Amiotomia tardia Às vezes, apesar da revelação completa da garganta uterina, a bexiga fetal permanece intacta e o período de exílio flui nas águas da frente que não se foram. As razões para esta patologia podem ser as seguintes: a densidade excessiva das membranas impede sua abertura oportuna sob pressão intrauterina, a elasticidade excessiva das membranas leva ao fato de que a bexiga fetal se torna mais fina e preenche uma parte significativa da vagina e às vezes sai da vagina para fora.
. Normalmente, a abertura da bexiga fetal ocorre quando a dilatação cervical é superior a 6 cm Lyudmila Petrova, Obstetra-ginecologista da categoria de qualificação mais alta, chefe da maternidade da maternidade N 16, São Petersburgo Artigo fornecido pela revista "Gravidez. Da concepção ao nascimento" N 03 2007.

Sobre a punção da bolha. Gravidez e parto

Em geral, estou sentado em casa com a gripe pribolemshi))) Eu leio todos os tipos de comentários sobre o parto, e agora finalmente recebi uma dica sobre um médico que agora está sendo vigiado. a menina escreve que ela veio com um ataque de 5 cm e imediatamente perfurou uma bolha com ela - eu estou sentado aqui e me perguntando - isso é necessário? ou o que se apressaria todo fazer? Isso também é algum tipo de estímulo ou estou entendendo mal alguma coisa? é normal que tal divulgação perfure a bolha?

Sinais, sintomas e manifestações da CI durante a gravidez: como é perigosa a abertura do colo interno do colo do útero, como é tratado

Durante a gravidez, uma mulher se torna a mais vulnerável, pois seu corpo trabalha para dois. Se houver várias frutas, a carga aumenta. A este respeito, pode desenvolver ICS - uma patologia perigosa que leva à perda de um bebê. Como determinar o início da doença e evitar consequências negativas, aprenda com o nosso artigo.

Além dos aspectos positivos, a gravidez tem muitos riscos e ameaças negativas para a saúde da mulher e do bebê. Uma das patologias perigosas é a insuficiência cervical. O que é isso? Quais são os sintomas e tratamento?

O que é insuficiência cervical (ICN)?

A insuficiência cervical é uma patologia do colo do útero, consistindo na incapacidade do corpo de segurar o feto. Como resultado, ocorre um aborto espontâneo ou parto prematuro. Uma característica distintiva é a ausência de sintomas, e a patologia só pode ser detectada por ultrassonografia e não antes do segundo trimestre.

Existem dois tipos de ICN:

  1. Traumático - causado devido a lesões do colo do útero.
  2. Funcional - o espectro de causas é mais amplo, na maioria das vezes a falta de progesterona ou no fundo de hiperandrogenismo.

A doença prossegue sem sintomas claros.

Manifestações raras de patologia:

  • sangramento leve
  • puxando dores no abdômen,
  • pressão no útero superior,
  • uma sensação de rasgar a vagina por dentro.

O esfíncter uterino mantém o útero em boa forma, e durante o período de carregar uma criança, ele controla que a abertura não acontece antes do tempo prescrito. Quando o processo do ICN é violado.

  • com aborto, operações fetais na história,
  • tendo pausas internas
  • submetidos a trabalho de parto quando se aplica pinça obstétrica ou apresentação pélvica,
  • após a cirurgia no colo do útero.

Estes procedimentos violam as fibras musculares, diminuindo o tom geral.

Também ocorre quando a estrutura anômala dos órgãos reprodutivos de uma mulher. Insuficiência cervical congênita é rara, pode ser diagnosticada mesmo em um paciente não gestante, neste caso, a dilatação cervical é observada durante a ovulação de mais de 0,8 cm.

Outras razões:

  • com aumento dos níveis de hormônios masculinos no corpo (hiperandrogenia),
  • água poli-hídrica - há uma pressão adicional sobre o canal cervical e não pode lidar,
  • fruta grande,
  • em pacientes com 30 anos, o risco de ICN aumenta,
  • concepção com FIV,
  • observado em pacientes que estão envolvidos em trabalho físico duro durante a gravidez.

O IC não incomoda a mãe no primeiro trimestre. No segundo, entre as idades de 16 a 24 semanas, pequenas hemorragias podem ocorrer, algumas vezes puxando o baixo-ventre. A criança está se desenvolvendo ativamente, aumentando e ganhando peso. Como resultado, o canal cervical está sob uma forte carga e, como as fibras musculares são destruídas e não têm o tom necessário, o feto é perdido.

Em casos avançados de insuficiência cervical, um método cirúrgico é usado - pontos são aplicados. Para isso, a faringe interna é reduzida com a ajuda de fios de seda.

Quão perigoso é se a garganta interna ou externa estiver aberta?

Quando o ICN observou a abertura da faringe interna ou externa. Isso representa uma ameaça para a vida do feto.

No primeiro trimestre, não é possível revelar o ICN, porque o embrião é pequeno e não afeta o útero. À medida que cresce, a carga aumenta e ocorre uma abertura prematura da faringe. Às vezes, a insuficiência cervical começa a se desenvolver a partir da semana 11, de acordo com o seguinte esquema:

  1. Há uma abertura da garganta interna.
  2. Abertura da faringe externa.
  3. Prolapso das membranas na vagina.
  4. Violação de sua integridade.
  5. Morte fetal

A partir do segundo trimestre, o ICN está se desenvolvendo ativamente, aumentando o risco de aborto espontâneo. Isso acontece com mais frequência entre as idades de 18 a 24 semanas. No final do termo, a patologia provoca parto prematuro com um alto risco para a vida da criança.

Para diagnosticar corretamente a insuficiência cervical, é necessário um complexo de procedimentos: exame ginecológico e monitorização ultrassonográfica.

Não é necessário realizar exames para o diagnóstico de ICN, pois só é possível determinar o estado do colo do útero por meio de ultrassonografia. Para um exame ginecológico, o médico faz um diagnóstico presuntivo.

Para determinar a patologia, é necessário um exame de ultrassonografia com um sensor vaginal (este método é mais eficiente). No processo de exame, o especialista avalia a condição do colo do útero, o comprimento e a presença da abertura do zyv interno. Quando o ICN, o órgão tem uma aparência em forma de V. Para confirmar o diagnóstico, o paciente é solicitado a tossir ou o médico pressiona o útero para aumentar a carga e verificar o funcionamento do órgão.

Comprimentos normais do canal cervical: até 6 meses de gestação - 3,5-4,5 cm, mais tarde 3-3,5 cm.

Os nascimentos na ICN são rápidos, pois o esfíncter uterino não desempenha sua função. As mulheres com esse diagnóstico são encaminhadas ao hospital com antecedência, onde param de tomar os remédios ou o médico retira o pessário ou os pontos. O parto ocorre naturalmente, se não houver indicadores para cesariana.

A insuficiência cervical é uma patologia grave que ameaça a vida de uma criança. Uma mulher pode ter um aborto espontâneo ou parto prematuro. Mesmo com o tratamento certo, existe um risco:

  • A instalação do pessário requer cuidadosa e regular reorganização para que os germes e bactérias não entrem nos órgãos internos e na criança,
  • sutura - cirurgia, que tem algumas contra-indicações.

O principal perigo do ICN é a ausência de sintomas. Um aborto freqüentemente ocorre, e só depois disso uma patologia é diagnosticada devido a um raio X das trompas de falópio.

A gravidez é um dos períodos mais importantes e emocionantes da vida de uma mulher. O período de espera pelo nascimento de uma nova vida é preenchido não apenas por emoções alegres, mas também pela preocupação com a vida do futuro bebê. A medicina moderna fez grandes progressos e hoje é possível estabelecer várias patologias nos estágios iniciais. No entanto, as futuras mamães ainda têm dúvidas relacionadas a esse período. В частности, женщин часто беспокоит вопрос нормы раскрытия внутреннего зева при беременности. Для ответа на этот вопрос нужно понять, как устроен женский организм.

Раскрытие внутреннего зева во время беременности при нормальном течении

При физиологичном течении шейка матки начинает готовиться к родам, начиная с 32-34 недель. Durante este período, torna-se mais suave em torno das bordas, muitas vezes vem em tom, o que leva ao amolecimento e desbaste de sua parte inferior. A parte de cima, ao contrário, fica mais densa. Essas mudanças levam ao fato de que a criança começa a cair gradualmente e seu peso provoca sua divulgação adicional. Este processo é bastante lento e demora cerca de um mês, aumentando alguns dias antes do parto.

Os seguintes sintomas são os precursores do parto:

  • o fundo do útero começa a cair. Demora cerca de 3 semanas diretamente para as próprias contrações. Este processo é uma conseqüência do fato de que o feto é pressionado contra a pelve. Uma mulher pode perceber isso pelo fato de que ela se tornou mais fácil de respirar,
  • a cabeça da criança pressiona a bexiga e os intestinos, o que leva a visitas mais freqüentes ao banheiro e à ocorrência de constipação,
  • o útero se torna mais sensível e reage tornando-se mais firme com a menor irritação (movimentos repentinos de uma mulher ou feto, quando tocados no estômago),
  • a mulher sente as contrações preparatórias, que são sentidas cada vez menos que as reais,
  • o pescoço se torna plástico e macio.

O exame vaginal do colo do útero é realizado rotineiramente nas semanas 20, 28, 32 e 36. Se houver algum problema, a inspeção será realizada com mais frequência. A abertura da faringe interna em 36-38 semanas de gravidez normalmente indica o término da preparação para o parto. No momento, já houve uma substituição parcial do tecido muscular no tecido conjuntivo, que é capaz de se esticar mais durante o trabalho de parto. O médico vê isso pelo fato de que o colo do útero se tornou mais solto e encurta, levando a um canal cervical escancarado. Se uma mulher está se preparando para se tornar mãe pela primeira vez, então a faringe externa permite que apenas uma ponta do dedo entre, para multíparas, um dedo. O pescoço começa a se desdobrar da garganta interna. Se o nascimento é o primeiro, então o canal em sua forma se assemelha a um cone truncado com uma base no topo. Além disso, a pressão do feto contribui para o alongamento e a faringe externa. Com o nascimento repetido, esse processo é mais fácil e leva menos tempo, devido ao fato de que as mandíbulas externas já estão abertas para um dedo. Neste caso, a boca externa e interna se abre quase simultaneamente.

Às vezes, esse processo começa bem antes do momento certo da entrega. Por exemplo, se o nascimento ainda está longe, e o médico fala em abrir o colo em 17 mm e o orifício interno em 6 a 7 mm, então é uma questão de patologia. A exposição precoce é mais perigosa no primeiro trimestre. As causas desta patologia são:

  • insuficiência cervical,
  • abortos e abortos pré-gravidez,
  • lesões cervicais,
  • erosão
  • deficiência de progesterona.

Tratamento da abertura interna da faringe durante a gravidez

Primeiro de tudo, uma mulher grávida deve garantir a paz de espírito, eliminando o estresse físico e emocional. Cumpra o repouso na cama.

Existem duas maneiras de impedir a divulgação:

  1. Cirúrgica (circlage ao abrir a faringe interna). Consiste em suturar o pescoço. A operação é realizada sob anestesia geral. Para sua implementação, as seguintes condições são necessárias:
  • integridade das membranas fetais,
  • até 28 semanas
  • ausência de processos infecciosos.

Quando o prolapso das membranas da gravidez durante a gravidez, gêmeos, características e consequências.

Uso de um pessário para gravidezes múltiplas, prevenção de trabalho de parto prematuro.

A abertura da faringe interna após a sutura ocorre normalmente após a remoção por um período de 37 semanas.

  1. Pessário de instalação. Considera-se uma maneira menos traumática do que a cirurgia. Método bastante eficaz e seguro que pode ser aplicado em qualquer período da gravidez. Se uma mulher está em risco, a instalação de um pessário obstétrico em 15-16 semanas aumenta o resultado do método para 97%. O princípio de seu trabalho é que ele aperta o pescoço, impedindo que ele se abra mais. Além disso, há uma diminuição da pressão fetal no colo uterino instável. A redistribuição da pressão leva ao fechamento do colo do útero pela abertura central do pessário, a formação e descarga do colo do útero. Tudo isso leva à preservação da criança.

Se você tiver alguma dúvida, nossos gerentes responderão prontamente.

Desculpe, houve um erro ao enviar o formulário. Por favor, tente novamente mais tarde.

O estado da garganta interna e externa do útero durante a gravidez: o que significa sua abertura ou fechamento?

Muitas vezes, durante o exame ou ultra-som, uma mulher grávida ouve sobre a faringe uterina fechada ou sua abertura. Via de regra, o ginecologista expressou a condição do orifício externo, e uma ultrassonografia descreve o orifício interno. O que esses conceitos significam? O que eles importam durante a gravidez? Qual é a abertura da garganta interior?

Como dar à luz um bebê saudável com o ICN?

Além dos aspectos positivos, a gravidez tem muitos riscos e ameaças negativas para a saúde da mulher e do bebê. Uma das patologias perigosas é a insuficiência cervical. O que é isso? Quais são os sintomas e tratamento?

Manifestações e dinâmica durante a gravidez

O IC não incomoda a mãe no primeiro trimestre. No segundo, entre as idades de 16 a 24 semanas, pequenas hemorragias podem ocorrer, algumas vezes puxando o baixo-ventre. A criança está se desenvolvendo ativamente, aumentando e ganhando peso. Como resultado, o canal cervical está sob uma forte carga e, como as fibras musculares são destruídas e não têm o tom necessário, o feto é perdido.

Em casos avançados de insuficiência cervical, um método cirúrgico é usado - pontos são aplicados. Para isso, a faringe interna é reduzida com a ajuda de fios de seda.

Nos estágios iniciais

No primeiro trimestre, não é possível revelar o ICN, porque o embrião é pequeno e não afeta o útero. À medida que cresce, a carga aumenta e ocorre a abertura prematura da faringe. Às vezes, a insuficiência cervical começa a se desenvolver a partir da semana 11, de acordo com o seguinte esquema:

  1. Há uma abertura da garganta interna.
  2. Abertura da faringe externa.
  3. Prolapso das membranas na vagina.
  4. Violação de sua integridade.
  5. Morte fetal

Em termos tardios

A partir do segundo trimestre, o ICN está se desenvolvendo ativamente, aumentando o risco de aborto espontâneo. Isso acontece com mais frequência entre as idades de 18 a 24 semanas. No final do termo, a patologia provoca parto prematuro com um alto risco para a vida da criança.

Como o diagnóstico é feito?

Para diagnosticar corretamente a insuficiência cervical, é necessário um complexo de procedimentos: exame ginecológico e monitorização ultrassonográfica.

Não é necessário realizar exames para o diagnóstico de ICN, pois só é possível determinar o estado do colo do útero por meio de ultrassonografia. Para um exame ginecológico, o médico faz um diagnóstico presuntivo.

Exame de ultrassonografia

Para determinar a patologia, é necessário um exame de ultrassonografia com um sensor vaginal (este método é mais eficiente). No processo de exame, o especialista avalia a condição do colo do útero, o comprimento e a presença da abertura do zyv interno. Quando o ICN, o órgão tem uma aparência em forma de V. Para confirmar o diagnóstico, o paciente é solicitado a tossir ou o médico pressiona o útero para aumentar a carga e verificar o funcionamento do órgão.

Comprimentos normais do canal cervical: até 6 meses de gestação - 3,5-4,5 cm, mais tarde 3-3,5 cm.

Como estão nascendo

Os nascimentos na ICN são rápidos, pois o esfíncter uterino não desempenha sua função. As mulheres com esse diagnóstico são encaminhadas ao hospital com antecedência, onde param de tomar os medicamentos, ou o médico retira o pessário ou os pontos. O parto ocorre naturalmente, se não houver indicadores para cesariana.

A insuficiência cervical é uma patologia grave que ameaça a vida de uma criança. Uma mulher pode ter um aborto espontâneo ou parto prematuro. Mesmo com o tratamento certo, existe um risco:

  • A instalação do pessário requer uma reorganização cuidadosa e regular para que os germes e bactérias não entrem nos órgãos internos e na criança,
  • sutura - cirurgia, que tem algumas contra-indicações.

O principal perigo do ICN é a ausência de sintomas. Um aborto freqüentemente ocorre, e só depois disso uma patologia é diagnosticada devido a um raio X das trompas de falópio.

Dilatação cervical mais cedo

Às vezes, esse processo começa bem antes do momento certo da entrega. Por exemplo, se o nascimento ainda está longe, e o médico fala em abrir o colo em 17 mm e o orifício interno em 6 a 7 mm, então é uma questão de patologia. A exposição precoce é mais perigosa no primeiro trimestre. As causas desta patologia são:

  • insuficiência cervical,
  • abortos e abortos pré-gravidez,
  • lesões cervicais,
  • erosão
  • deficiência de progesterona.

Pin
Send
Share
Send
Send