Gravidez

Quais métodos de tratamento da otite média são indicados durante a gravidez?

Pin
Send
Share
Send
Send


Gravidez - um período difícil para o corpo de uma mulher. Sob a influência de alterações hormonais e metabólicas no corpo ocorrem grandes mudanças. Alguns deles se tornam um fator no desenvolvimento de doenças.

Dor de ouvido durante a gravidez deve alertar a gestante, uma vez que o período de gestação aumenta a probabilidade de uma doença como otite. Este termo médicos referem-se ao processo inflamatório em um dos departamentos do ouvido.

A otite durante a gravidez está associada a vários sintomas desagradáveis ​​e pode complicar o curso da gestação. Para evitar isso, é necessário encontrar um tratamento eficaz que não prejudique o feto.

Por que a otite aparece durante a gravidez? A causa direta da doença é a inflamação causada por micróbios patogênicos. Patógenos também podem ser representantes da flora condicionalmente patogênica da pele e membranas mucosas.

Estes micróbios são normalmente suprimidos pelo sistema imunológico feminino, mas o seguinte acontece durante a gravidez:

  • Uma imunossupressão natural ocorre para que os sistemas de defesa da mãe não respondam aos antígenos da corrente sanguínea fetal.
  • Resistência não específica da pele e membranas mucosas é reduzida.
  • Uma gravidez dominante ocorre no cérebro que pode reduzir os impulsos dos tecidos periféricos.
  • A troca geral no corpo muda, a maioria das substâncias sintetizadas é entregue ao feto em detrimento de seu próprio corpo.

Um fator na ocorrência de otite pode ser chamado de qualquer processo infeccioso em outro corpo de uma mulher. Com o sangue, o micróbio é capaz de penetrar nas estruturas do ouvido e causar uma reação inflamatória. A situação é complicada pelo fato de que tratar infecções durante a gravidez é bastante difícil, e é por isso que vale a pena escolher um antibiótico seguro para o bebê.

Todos esses fatores podem ser pré-requisitos para o desenvolvimento de otite média. Se uma mulher já sofreu desta doença, a probabilidade de otite média aumenta drasticamente durante o período de gestação.

Classificação

Como as orelhas humanas têm uma estrutura bastante complicada, há uma classificação especial de otite, que ajuda o especialista a descobrir qual processo patológico é observado no paciente.

Ouvidos humanos são divididos em 3 seções:

  • Ouvido externo - inclui a aurícula e o canal auditivo externo que se estende ao tímpano. Neste local, pode ocorrer inflamação, chamada otite externa.
  • A orelha média é representada pela cavidade timpânica. Neste lugar, a inflamação ocorre mais freqüentemente. É chamado otite média.
  • O ouvido interno é a estrutura do labirinto. A otite também pode estar localizada aqui.

O ouvido externo está inflamado na presença de um foco inflamatório próximo, por exemplo, uma fervura purulenta, ou espontaneamente quando entra em contato com um patógeno.

O ouvido médio é uma cavidade conectada a outros espaços através de canais estreitos, o que predispõe à ocorrência de um processo inflamatório. A otite pode ser aguda e crônica.

O ouvido interno infla muito raramente. Como o labirinto é uma cavidade fechada, o exsudato inflamatório entra aqui com sangue ou através de perfurações na membrana da orelha média.

Existe outra classificação de otite. Eles são divididos em:

  1. Catarral - com inflamação viral e no início da bacteriana.
  2. Purulento - o ouvido está inflamado por bactérias, o processo é mais difícil.

Os sintomas da doença durante a gravidez não apresentam diferenças específicas. A gravidade das manifestações da doença depende da localização e gravidade do processo inflamatório, bem como da natureza do patógeno.

As principais manifestações da otite:

  • A doença começa com mais freqüência com uma sensação de abafamento no ouvido, às vezes há uma sensação de ruído.
  • A temperatura sobe. Estes sintomas aumentam no ouvido afetado.
  • Então de repente há dor, gradualmente aumenta e às vezes fica extremamente forte. A dor dá para a mandíbula, pescoço, garganta. Às vezes há uma irradiação de dor na órbita.
  • A temperatura atinge 40 graus. Durante este período, marcadas alterações inflamatórias são observadas no sangue.
  • Então a dor diminui gradualmente, se a perfuração do tímpano ocorreu durante a doença, o fluxo de saída do ouvido começa.
  • Ruído e deficiência auditiva persistem, a temperatura corporal gradualmente se normaliza.

Se a dor aumenta dramaticamente durante a otite, este é um sinal desfavorável de uma perfuração ameaçadora de uma das membranas do ouvido interno.

Qualquer dor nesta área deve levar uma grávida a um médico. Trate o processo o mais cedo possível.

Diagnóstico

Antes de selecionar gotas auriculares ou outro método de tratamento de uma doença, o médico deve confirmar o diagnóstico. Para isso, especialistas usam os seguintes procedimentos:

  • Exame do ouvido no otoscópio.
  • Amostra de Valsava para determinar a mobilidade do tímpano.
  • O estudo da audição, audiometria.
  • A timpanometria é um estudo da condutividade do som no ouvido médio.
  • Tomografia computadorizada - raramente usada.
  • Endoscopia da abertura faríngea da tuba auditiva - para identificar as causas da otite média.
  • Timpanopuntura - punção da membrana para coletar fluido do ouvido médio para análise. É levado a cabo com o objetivo diagnóstico e médico.

Na maioria dos casos, esses métodos são suficientes para fazer um diagnóstico e descobrir a localização da inflamação.

É necessário tratar a otite de várias maneiras, dependendo da sua forma. Otite externa durante a gravidez é tratada em casa usando os seguintes métodos:

  • Lavando o ouvido externo, removendo o pus.
  • Gotas auriculares com antibióticos e componentes anti-inflamatórios.
  • Antipiréticos - somente em altas temperaturas.
  • Antibióticos e medicamentos antivirais na forma de comprimidos.
  • Vitaminas do grupo B, vitamina C.

A otite média é mais frequentemente tratada em um hospital para evitar complicações na gravidez:

  • Os tratamentos incluem antibióticos em comprimidos.
  • Certifique-se de usar produtos locais - gotas para os ouvidos com componentes antibacterianos, anti-inflamatórios e analgésicos.
  • Drogas antipiréticas.
  • Procedimentos físicos durante a gravidez raramente são realizados, o médico decide sobre a viabilidade de um indivíduo.
  • Soprar o tubo auditivo nem sempre é feito.
  • Vasoconstritor cai no nariz - reduzir a pressão no ouvido médio.
  • Punção do ouvido médio para a evacuação de pus.
  • Tratamento cirúrgico - segundo as indicações.

A otite interna é uma forma grave da doença, requer tratamento hospitalar e a intervenção cirúrgica é frequentemente necessária.

É necessário tratar a otite com meios locais, usam-se para o tratamento da inflamação secundária e interna na orelha. Uma das drogas mais populares e eficazes é a Otipaks. Posso usá-lo durante a gravidez?

Otipaks é um agente combinado - em sua composição existem substâncias lidocaína e fenazol. Em combinação, eles podem ter vários efeitos terapêuticos:

  1. O fenazol é um medicamento anti-inflamatório não esteróide, que reduz a gravidade da resposta inflamatória.
  2. O inchaço diminui e a percepção auditiva melhora, o processo patológico pára.
  3. Pouco depois do começo do tratamento com baixas, a temperatura de Otipaks normaliza-se.
  4. A lidocaína é um anestésico - reduz efetivamente a gravidade da dor.
  5. Uma solução estéril de gotas Otipaks permite que você tenha um efeito anti-séptico, removendo mecanicamente pus e bactérias.

Otipaks pode ser usado durante a gravidez como uma droga sintomática. O fabricante indica em contra-indicações o período de lactação, alimentar o bebê no momento da utilização deve ser interrompido.

Lembre-se que a ferramenta Otipaks não contém antibióticos e elimina apenas as manifestações da doença.

Outras drogas

As baixas e as pastilhas são o método principal do tratamento da otite. Estas formas são utilizadas para o tratamento de meios como:

  • Antibióticos - metnonidazol, gentamicina, azitromicina e nitrofuranos são permitidos. As fluoroquinolonas, frequentemente utilizadas no tratamento da otite, são proibidas durante a gravidez.
  • Anestésicos locais - Otirelax, Otinum, Anauran. Estas gotas contêm na composição de agentes analgésicos permitidos durante a gravidez.
  • Anti-inflamatórios - AINEs e glucocorticosteróides. Em gotas, o uso das seguintes drogas é permissível: Polydex, Sofradex.

Para escolher quais gotas ou comprimidos devem ser usados ​​para um paciente específico, o médico responsável deve. Não arrisque a saúde de si mesmo e do bebê durante a gravidez, entre em contato com um especialista qualificado a tempo.

Sintomas da doença na forma aguda

A doença não se manifesta por muito tempo ou a mulher tem sinais leves: leve tontura, fadiga. Os sintomas são semelhantes aos da toxicose, dificultando o auto-diagnóstico na fase inicial. Gradualmente, os sintomas começam a crescer, os principais sintomas da otite aparecem:

  • dor no ouvido ou ouvidos de intensidade variável, pior à noite,
  • fadiga, condição letárgica
  • febre
  • dor de cabeça
  • secreção purulenta do ouvido do paciente,
  • zumbido, congestão.

De otite de perigo particular em mulheres grávidas está no 1 e 3 trimestre. O fruto, após a concepção bem-sucedida, é mais suscetível a infecções e a doença se torna a causa de patologias na criança. O terceiro trimestre - a intervenção de microorganismos patogênicos pode levar ao descolamento prematuro da placenta, nascimento prematuro, hipóxia fetal, infecção da criança.

Formas e tratamento da doença

Métodos de tratamento de otite média são selecionados com base na forma e estágio da doença.

  1. Otite externa. As gotas auriculares à base de neomitsina, seguras para o feto, são receitadas às futuras mães. Usado na ausência de evidência de perfuração do tímpano. Em sua ruptura, gotas à base de hidrocortisona são prescritas.
  2. Otite média bacteriana do ouvido interno ou médio. Os antibióticos de penicilina (flemoxina e amoxicilina) são prescritos para uso por mulheres grávidas. As contra-indicações são estudadas antes da administração e o benefício para a mãe é comparado com o risco para o feto.
  3. Otite purulenta. Os antibióticos são prescritos sob a forma de gotas para as orelhas ou pomadas (Levomekol, Vishnevsky pomada).

Quando a forma purulenta de patologia e a formação de uma fervura, o médico remove úlceras e trata a cavidade com anti-sépticos (Miramistin).

Quando o edema do canal auditivo é usado drogas vasoconstritoras. Eles selecionam-se em dosagens de crianças (crianças de Nazivin).

Drogas permitidas e proibidas

Ao primeiro sinal de inflamação no ouvido, uma mulher grávida precisa de cuidados médicos especializados. Para o alívio de sintomas desagradáveis, gotas de ouvido são prescritas.

  • É estritamente proibido usar as drogas "Normaks", "Annauran", "Cipromed" e análogos. Ingredientes têm um efeito tóxico e podem causar deficiência auditiva no feto.
  • Com a observância de uma dosagem de não mais de 3 dias sem supervisão médica, são aplicados os seguintes: “Polydex”, “Otofa”, “Sofradex”. Contra-indicação - perfuração do tímpano.
  • O tratamento de uma otite durante a gravidez executa-se pela medicina "Otipaks". É um remédio seguro para alívio da dor de ouvido. Não cura a doença e a causa, mas apenas reduz a dor.

Dificuldades no tratamento e seleção de medicamentos

No tratamento da otite média em mulheres grávidas, a forma da doença, estágio e trimestre são levadas em conta. Nas semanas 1-12, os medicamentos indevidamente escolhidos podem levar à morte fetal, aborto espontâneo e patologias no desenvolvimento de órgãos vitais. No terceiro trimestre, o bebê é protegido com segurança pela placenta, mas os antibióticos são capazes de penetrá-lo, causando hipóxia. Um período de 13 a 28 semanas é considerado um período relativamente seguro para o tratamento.

Mas quando se diagnostica otite, não se deve esperar pelo início do segundo trimestre ou do parto. A inflamação é perigosa para o feto, a infecção pode se espalhar pelo corpo e através do sangue vai para a criança. A infecção do feto não passa sem um traço.

Com otite sem complicações, a ênfase é colocada na fisioterapia. Eles são seguros para o paciente e a criança, ajudam a aliviar a inflamação em 5 sessões. A viabilidade da fisioterapia é discutida com o otorrinolaringologista e o terapeuta.

O que fazer com a forma crônica

Se a paciente tiver história de otite média crônica, recorrente várias vezes ao ano, ela precisa seguir as regras de prevenção para evitar a exacerbação. Com perda auditiva persistente, o tratamento cirúrgico é indicado sob anestesia local. A intervenção cirúrgica não afetará o desenvolvimento do feto, mas recomenda-se adiá-lo até o 2º trimestre.

Como parar uma recaída que uma mulher precisa aprender no início da gravidez contatando um otorrinolaringologista. O médico prescreverá medicamentos usados ​​no estágio inicial agudo e permitido às gestantes.

Primeiros socorros

A medicina alternativa é adequada para aliviar a dor. Esses métodos são usados ​​sem receita médica por no máximo 3 dias.

  1. Eliminar o desconforto ajuda a aquecer o azeite. Pingou no ouvido afetado e deitou-se no lado oposto. Não aplique quando o tímpano está rompido.
  2. Segure um saco de sal no microondas ou em uma panela perto da orelha do paciente. Não recomendado para otite purulenta após perfuração da membrana.
  3. A prevenção de doenças respiratórias e tratamento oportuno de rinite previne doenças de orelha. Com congestão nasal, massageie as narinas, o septo, tome mais líquido.
  4. Reduza a inalação de vapores de dor. A inalação de vapor quente não elimina a doença, mas ajuda a aliviar os sintomas por um tempo. Contra-indicações - alta temperatura.
  5. Se a dor cobre a cabeça e causa uma enxaqueca, coloque uma toalha embebida em água fria na testa.

O tratamento da otite média durante a gravidez não é recomendado com o uso de álcool bórico. É capaz de entrar na corrente sanguínea e através da placenta até o bebê. O álcool bórico muitas vezes prejudica mais do que os benefícios, e a utilidade do seu uso é discutida com o seu médico.

O impacto de fatores adversos no corpo de uma mulher é limitado a:

  • medicamentos antipiréticos e analgésicos não podem ser usados ​​a menos que absolutamente necessário e prescritos por um médico
  • quando excretando pus é impossível aquecer a orelha,
  • use um chapéu para proteger os ouvidos quando sair,
  • escove as orelhas suavemente, especialmente ao excretar o pus,
  • incluem legumes, frutas, peixe na dieta, excluem produtos carcinogênicos e alergênicos.

O tratamento não pára com o enfraquecimento dos sintomas. A forma crônica procede imperceptivelmente para o paciente, exercendo um efeito adverso no feto.

Meios permitidos de medicina tradicional

Segundo a recomendação do médico, o tratamento principal é complementado com medicina alternativa. É aconselhável usar receitas para uso local, em vez de administração oral - o efeito de muitas plantas sobre a fruta não foi estudado e as consequências do uso de decocções são imprevisíveis.

  • Umedeça uma turunda de algodão em aloe e suco de kalanchoe, em proporções iguais. Coloque no ouvido dolorido por 1-2 horas, repita duas vezes por dia. Este método ajuda a reduzir a dor e é adequado para uso na hora de dormir, para aliviar o desconforto à noite.
  • Corte a folha de gerânio, lave com água, amasse com os dedos. Deite no ouvido por 1-2 horas. Nem sempre adequado para mulheres grávidas por causa do cheiro desagradável da planta. Mas se o gerânio não causar náusea, use-o duas vezes ao dia para aliviar a inflamação.
  • Misture a tintura de própolis com óleo vegetal. Enterre-se na orelha dolorida 4-5 gotas, fechando com um cotonete por 15 minutos. Aplique a droga durante 3-5 horas depois da instilação da droga.
  • Lave os ouvidos com uma decocção quente da folha de louro. Repita não mais que 1 vez por dia. Não use quando perfurar o tímpano.
  • Lave o canal auditivo com uma decocção de camomila.
  • Esprema o suco das cebolas, molhe uma peça de algodão e coloque no ouvido dolorido por 2 horas.

Medidas preventivas para prevenir a doença

Otite durante a gravidez ocorre no fundo de doenças respiratórias. Corrimento nasal crônico, sinusite, inflamação das amígdalas - as principais causas de patologias do ouvido. A prevenção deles / delas, tratamento oportuno de doenças contagiosas e viróticas, nutrição adequada e resto apropriado se tornam os métodos principais da prevenção. Não devemos esquecer a higiene adequada das orelhas, a proteção contra ferimentos e a entrada de água.

O enfraquecimento da imunidade no período da gravidez contribui para o rápido desenvolvimento da patologia. Para excluir doença crônica e saúde fetal com risco de vida, é necessário entrar em contato com um otorrinolaringologista nos primeiros sintomas. A automedicação é inaceitável.

Otite refere-se a doenças inflamatórias comuns. É caracterizada por dor latejante intensa, ruído nos ouvidos e cabeça, fraqueza, febre. Uma mulher grávida está em maior risco devido à imunidade fraca e dificuldades na escolha de medicamentos para tratamento. Mas na forma inicial, se a terapia for escolhida corretamente, a doença passa rapidamente.

Características de otite durante a gravidez

Doença da gravidez

O que é otite média? Это распространенное ЛОР-заболевание, которое встречается у людей самого разного возраста. Оно затрагивает органы слуха – уши.

Os agentes causadores de otite de orelha em mulheres grávidas são várias bactérias, infecções virais e às vezes fungos. Eles podem penetrar na menor ferida na pele, através de um tímpano danificado. Muitas vezes, infecções do trato respiratório superior passam para os ouvidos através da tuba auditiva (por exemplo, para sinusite, rinite, faringite). Os vírus podem se espalhar pela corrente sanguínea.

A infecção geralmente ocorre em um contexto de imunidade reduzida. É por isso que as mulheres grávidas sofrem de otite com tanta frequência. Qualquer super-resfriamento, calado, entrada de água fria pode levar a conseqüências desagradáveis.

Características da otite média em mulheres grávidas:

  • o rápido desenvolvimento da doença, com uma condição geral muito ruim,
  • longo curso assintomático. A ausência de febre é devida à imunidade fraca, que é incapaz de responder à infecção,
  • alta probabilidade de transição para a forma crônica.

Outra doença comum entre as mulheres grávidas é a sinusite. Informações sobre como tratar a sinusite maxilar em mulheres grávidas, você encontrará clicando no link.

Tipos e formas de otite durante a gravidez

O ouvido humano é composto por 3 secções. Dependendo de qual deles é afetado, esses tipos de otite média são distinguidos:

  • otite externa Esta é uma inflamação da aurícula ou canal auditivo com o tímpano. Difere rumo relativamente calmo e sinais visíveis,
  • otite média O tipo mais comum. A cavidade timpânica, a tuba auditiva e o processo mastóide podem estar inflamados no ouvido médio. Muitas vezes, a otite média torna-se a causa da inflamação do labirinto e do ouvido externo,
  • otite interna (inflamação do labirinto). Ocorre menos de tudo, mas distingue-se pelas manifestações mais dolorosas e tratamento difícil.

Os sintomas de otite em mulheres grávidas dependem do tipo e forma. Uma doença que começa de repente e dura por 2-3 semanas é chamada aguda. Esta forma é caracterizada pela gravidade dos sintomas e recuperação rápida. Se você não tem otite média aguda, pode se tornar crônica. Esta forma prolongada dura muitos meses, é mais perigosa, embora às vezes não seja perceptível. Na otite crônica, aderências e cordões começam a se formar na cavidade do ouvido médio e interno e, por fim, ocorre a morte do tecido.

A otite também é dividida em catarral, purulenta e serosa, dependendo da natureza da descarga. O estágio catarral, durante o qual a inflamação está apenas começando, é considerado o primeiro. Em seguida é a seleção do exsudato. Pode ser serosa ou purulenta. Esses fatores e distinguir o tipo de otite. Vale a pena notar que as doenças purulentas dos ouvidos são as mais perigosas.

Sintomas de otite durante a gravidez

O primeiro sinal de otite em mulheres grávidas é dor de ouvido. Com danos no ouvido externo, a dor geralmente não é grave. Aparece quando você toca a aurícula, enquanto mastiga. Você também pode notar vermelhidão da pele, coceira intensa, inchaço e a aparência de uma fervura. A temperatura é ligeiramente elevada.
Se o canal auditivo estiver inchado, há problemas com a audição. Quando o ouvido externo é fervido, o processo de maturação do abcesso dura cerca de 5 dias. Depois disso, o pus sai e os sintomas diminuem, a audição está melhorando. A otite externa expelida dura um pouco mais. Pode ser acompanhado de secreção purulenta ou mucosa do ouvido.

Sintomas de otite média em mulheres grávidas

Praticamente os mesmos processos ocorrem no ouvido médio, apenas eles não podem ser vistos. A membrana mucosa da cavidade timpânica incha, o exsudado começa a se acumular. Ele esmaga e agita o ouvido de dentro. A dor ao mesmo tempo pode ser muito forte, quase insuportável.

Edema e exsudato acumulado interferem na percepção normal dos impulsos sonoros. Isso causa perda auditiva. Uma pessoa pode não ouvir ou até mesmo perder a audição por um tempo (dependendo da gravidade da doença). Pacientes queixam-se de ruído e zumbido, há uma sensação de congestão, transfusão de líquido. Ambas as orelhas podem inflamar (otite bilateral), então os sintomas serão ainda piores.

Claro, se você tem um ouvido durante a gravidez, não é necessariamente otite média! Provavelmente, a causa é um tampão de enxofre ou quedas de pressão. Para entender tudo - consulte um médico otorrinolaringologista.

Sintomas de inflamação do ouvido interno em mulheres grávidas

Os sinais de labirintite incluem perda auditiva, tontura persistente, vômito, náusea, problemas na coordenação dos movimentos. Todos esses sintomas surgem dos receptores vestibular e auditivo da orelha interna.

Com otite purulenta moderada e interna, a segunda etapa é a etapa da supuração. O exsudato rompe a perfuração no tímpano e flui para o canal auditivo. Depois disso, a dor desaparece. Sob a condição de um tratamento normal, o ouvido fica livre de pus, a inflamação desaparece. A cura começa, a audição é restaurada.

A temperatura da otite em mulheres grávidas pode ser ligeiramente aumentada, mas em casos graves atinge 38-39 ° C. Altas temperaturas são muito perigosas para o feto, especialmente nos períodos posteriores. Portanto, recomendamos que você vá imediatamente ao hospital em tal situação.

Sinais de inflamação crônica do ouvido em mulheres grávidas

Como a otite média crônica se manifesta em gestantes? Se a doença não for tratada, a recuperação completa não ocorrerá. Deve se preocupar com a duração dos sintomas mais de 1 mês. O tímpano não cicatriza, a descarga da orelha permanece. Eles aderem às paredes da cavidade timpânica, impedem o movimento dos ossículos auditivos. Portanto, a audição gradualmente se deteriora ainda mais. Periodicamente, as meninas sofrem de dor.

Como e como curar otite em mulheres grávidas e não prejudicar o feto? Otite média durante a gravidez

Normalmente, os médicos prescrevem:

  • gotas auriculares anti-inflamatórias e analgésicas,
  • gotas nasais vasoconstritoras (se houver corrimento nasal),
  • sopro e cateterização da tuba auditiva,
  • procedimentos fisiológicos
  • lavar os ouvidos com soluções desinfectantes,
  • pomada antimicrobiana,
  • antibióticos.
para o conteúdo

Gotas para mulheres grávidas com otite

Basicamente, os colírios vasoconstritores para mulheres grávidas são contraindicados. O estreitamento dos vasos na placenta leva à falta de oxigênio do feto. Em alguns casos, conforme prescrito por um médico, você pode usar Nazivin, ForNos ou Sanorin. Lembre-se de que você não precisa se envolver em tais meios!

O que você pode comprar otite cai durante a gravidez? Claro que a escolha é limitada, uma vez que a maioria das drogas é potencialmente perigosa para o desenvolvimento do feto. As gotas mais seguras - Otipaks, que contêm fenazona e lidocaína. Eles são usados ​​para eliminar dores e inflamações graves no primeiro estágio da otite média. Otipaks é permitido para o tratamento de otite durante a gravidez, mas não pode ser usado na presença de perfuração do tímpano.

Por permissão do doutor pode usar o Anauran. Estas gotas nos ouvidos para otite ajudarão não só a entorpecer. Eles contêm 2 tipos de antibióticos (polimixina B e neomicina), devido a que eles têm um efeito antibacteriano.

Sopro e cateterismo

Soprando e cateterismo também são seguros para mulheres grávidas. O sopro é realizado usando um balão com ar semelhante a uma pêra. Sua ponta é inserida na narina do paciente, aperta o nariz e pressiona a pêra. O ar passa pelo nariz através do tubo auditivo até o ouvido. Assim, é possível limpá-lo de muco.

A cateterização é um método de tratamento de otite média, durante o qual um cateter é inserido através da narina na tuba auditiva. O ar flui diretamente para o ouvido médio, torna-se possível enxaguá-lo com uma solução anti-séptica. O cateterismo é mais eficaz, ajuda em caso de obstrução da tuba auditiva.

Procedimentos fisiológicos

Os seguintes tipos de procedimentos são mostrados para gestantes:

  • pneumomassage do eardrum. Permite melhorar a mobilidade da membrana, caso ela esteja coberta de tecido cicatricial, bem como ajustar a saída de fluido da orelha,
  • eletroforese (exposição à corrente elétrica). Este é um método muito popular de fisioterapia para otite. Um fármaco que é aplicado aos eletrodos (uma solução de lidase ou ronidase), sob a ação da corrente, penetra na camada subcutânea, devido a qual a sua eficácia aumenta significativamente, e a ação aparece mais rapidamente.
para o conteúdo

Desinfecção da orelha

Não se esqueça da higiene das orelhas durante a otite. Se a doença está em fase de excreção de pus, então é necessário limpar periodicamente o canal auditivo com um cotonete ou apenas um flagelo. Para desinfecção use anti-sépticos como Miramistin, Furacilin ou peróxido de hidrogênio. Limpe-os por todo o ouvido externo. Peróxido até mesmo lavou e enterrou suas orelhas, mas primeiro você deve diluir com água fervida.

Pomada para os ouvidos durante a gravidez

Para o tratamento de otite média durante a gravidez, em caso de infecção por bactérias ou fungos, pode prescrever uma pomada para lubrificação da aurícula e do canal auditivo. Por exemplo, miconazol. Contém nitrato de miconazol, que possui efeito fungicida e antibacteriano. Pomada Levomekol contém o antibiótico chlora fenicol e metiluracilo, de modo que inibe o crescimento de bactérias e promove a cicatrização de feridas. Levomekol é eficaz mesmo com pus.

Por via de regra, a otite trata-se durante 2-3 semanas.

Tratamento da inflamação avançada da orelha

Se a fervura não amadurecer por um longo tempo, ela pode ser cortada. Esta é uma operação simples que ajudará a acelerar o processo de cicatrização. Em seguida, você só precisa lidar com anti-sépticos.

Com otite média prolongada (se o pus não sair depois de uma semana), é realizada uma paracentese. Esta é uma mini-operação para perfurar o tímpano. Após a paracentese, a pus começa a sair e o paciente fica mais fácil. Eles podem prescrever lavagem, que em breve ajudará a limpar a cavidade timpânica do exsudato e evitar otite média. Normalmente, após a cessação da supuração, o tímpano se cura, mas se isso não ocorrer, ele é fechado imediatamente.

Em casos avançados, quando a inflamação se torna crônica e cicatrizes e aderências começam a se formar na membrana mucosa da orelha, é necessário realizar cursos avançados de lavagem e fisioterapia. Se o tratamento conservador não ajudar, prossiga para a limpeza cirúrgica de todas as áreas danificadas. Pode remover completamente os segmentos do ouvido médio ou interno.

Tratamento de otite média em mulheres grávidas em casa usando métodos folclóricos

A medicina tradicional é uma salvação para as mulheres grávidas. Muitas receitas realmente ajudam, porque mesmo as drogas são produzidas em uma base de planta. Claro, você tem que fazer tudo com sabedoria e não tentar métodos duvidosos em si mesmo.

Como tratar as orelhas durante a gravidez em casa? Para otite externa e média de qualquer forma, o suco de cebola será útil. É necessário tirar o flagelo do velo, mergulhá-lo no suco e inseri-lo no canal auditivo por 10-15 minutos. Você também pode inserir tais flagelos no nariz com um resfriado, porque o arco mata todos os tipos de infecções. O óleo de cânfora e a tintura de própolis são usadas de maneira semelhante.

Use como gotas auriculares para plantas de gravidez a partir do peitoril da janela: aloe ou kalanchoe adequado. É necessário colocar um pedaço da folha na geladeira por uma hora, em seguida, retire e esprema o suco. Enterre com uma pipeta, 3 gotas, 4 vezes ao dia.

Preste atenção! Tais ferramentas não são eficazes quando labirintita! Deve ser tratado no hospital.

Uma alternativa às gotas anestésicas pode ser o álcool bórico. Este remédio tem propriedades antiinflamatórias e desinfetantes. Em geral, é contra-indicado em mulheres grávidas, mas algumas fontes indicam que você pode usar 2% de álcool bórico diluído no ouvido durante a gravidez. Você precisa cavar 2 gotas em cada orelha 2 vezes ao dia, se não houver perfuração no tímpano! O curso do tratamento não é mais de 5 dias.

Outra maneira de tratar a otite média em casa é uma decocção da folha de louro. Você precisa tomar um pequeno pacote de louro, despeje um copo de água fervente e coloque no fogo por 10 minutos. Esfriar e umedecer neste turundochku caldo para o canal auditivo.

Para se sentir seguro, você pode sempre consultar um médico com um pedido de encaminhamento para um hospital, onde especialistas experientes irão supervisioná-lo.

Enxaguamento e aquecimento

Lavar diariamente os ouvidos ajudará a limpar o ouvido da infecção e acelerar o processo de cicatrização. Você pode fazer um curso de lavagem com um otorrinolaringologista ou fazê-las você mesmo em casa.

  1. Você precisa preparar o medicamento, aquecendo-o levemente até a temperatura ambiente.
  2. Limpe o canal auditivo do acúmulo de pus com um cotonete.
  3. Coloque a cabeça de um lado, pegue uma seringa, uma pêra ou uma pipeta (necessariamente estéril) e, usando este dispositivo, despeje lentamente alguns mililitros de fluido no canal auditivo.
  4. Espere 5 minutos e incline a cabeça bruscamente na direção oposta.

Repita 2-3 vezes ao dia.

Da mesma forma, realizar lavagem do nariz com otite, em mulheres grávidas e crianças. Se a orelha e o nariz forem tratados ao mesmo tempo, o resultado será duplamente eficaz. O que é usado para lavar? Tome peróxido de hidrogênio, solução Furatsilina ou apenas água fervida.

Outro bom método para tratar doenças do trato respiratório superior é a inalação. Você pode ler sobre eles em outro artigo.

A exposição ao calor durante a inflamação ajuda a ativar os processos metabólicos nos tecidos do ouvido e a acelerar o processo de recuperação. Além disso, o aquecimento tem um efeito anestésico. Durante a otite média, esses procedimentos são recomendados no início da doença ou durante o período de recuperação.

Você pode se aquecer com otite usando ovos cozidos. Não deve estar muito quente. Além disso, envolva-o em um lenço ou uma toalha fina e prenda-o ao ponto dolorido, depois de untar a pele com creme ou óleo. Segure o ovo até esfriar.

Também para aquecimento use objetos a granel aquecidos: sal, areia, sementes de linho. Eles são aquecidos em uma frigideira a uma temperatura de 40-50 ᵒ, colocados em uma bolsa e colocados no ouvido por um quarto de hora.

Os antibióticos podem ser usados ​​durante a gravidez?

Antibióticos durante a gravidez

Se otite média purulenta é encontrada, então não será curada sem antibióticos. Estas são drogas potentes, de modo que apenas elas podem lidar com as bactérias e prevenir a intoxicação severa do corpo. Claro, essas drogas não são benéficas para a saúde da mãe e da criança, eles têm muitos efeitos colaterais. Por essas razões, os médicos sempre tentam prescrevê-los apenas como último recurso.

Para começar, os antibióticos do grupo da penicilina mais seguros são prescritos: amoxicilina, amoxiclav e flemoxina. Estudos clínicos demonstraram que eles não prejudicam o feto. Se não ajudarem (os resultados do tratamento devem ser visíveis já depois de 2-3 dias), então as cefalosporinas, por exemplo, Cefazolin, Cefuroxime, Suprax se prescrevem. Também em casos severos pode marcar Azitromitsin, Furadonin.

Vale a pena notar que no primeiro trimestre da gravidez é melhor não tomar drogas antibacterianas em absoluto, desde que durante este período o crescimento principal do embrião ocorre.

Os seguintes tipos de antibióticos são estritamente proibidos: Dioxidina, Furazidina, Cloranfenicol, Tetraciclina, Claritromicina, Ciprofloxacina e outros flúores. Eles são capazes de penetrar na placenta e afetar o desenvolvimento do feto. Se você os tratar com otite nos estágios iniciais da gravidez, a criança pode nascer com algum tipo de deficiência.

Você pode usar gotas para os ouvidos com um antibiótico, mas somente depois de consultar um médico, que pondera o possível risco. As gotas atuam localmente no foco da doença, elas praticamente não se espalham por todo o corpo. Aqui estão alguns nomes para otite média:

  • Normaks. Contém norfloxacina antimicrobiana,
  • Sofradex Contém gramecidina e sulfato de framecitina. A capacidade de influenciar o feto não foi estudada,
  • Polidex. Os ingredientes ativos são neomicina, polimixi B e dexametasona.
para o conteúdo

O que não pode ser feito com otite em mulheres grávidas?

Para começar, você não pode ficar ocioso e esperar por uma cura milagrosa, bem como se auto-medicar. Métodos de tratamento dependem do tipo de doença, bem como fatores relacionados. Apenas o médico sabe sobre eles.

Também não é permitido:

  • apenas engolir antibióticos e antipiréticos. Tente ser tratado com mais parcimônia,
  • aplique água não tratada para enxaguar as orelhas. Pode haver bactérias nele
  • otite purulenta durante a gravidez para tratar o aquecimento! Isso levará à propagação da inflamação para os órgãos circundantes,
  • saia depois de lavar as orelhas (espere pelo menos uma hora).

Com caldos terapêuticos que são aconselhados a beber com otite, você precisa ter cuidado, pois muitos deles são contraindicados em mulheres grávidas. Então, leia atentamente as instruções.

Complicações de otite durante a gravidez

Otite durante a gravidez (efeito no feto). A doença da otite por si só não prejudica o desenvolvimento do feto, mas se for acompanhada por um vírus, já é perigosa. No contexto das doenças virais, pode-se desenvolver hipóxia (falta de oxigênio), que é repleta de aborto espontâneo.

Para a mamãe, as conseqüências da inflamação do ouvido podem ser perda auditiva ou perda auditiva parcial. Particularmente frequentemente, a otite crônica causa tais problemas, então você deve estar atento ao seu corpo e não descartar sintomas "menores".

As consequências mais perigosas da otite média em mulheres grávidas são complicações intracranianas, como meningite, cárie cerebral, envenenamento do sangue, trombose. Они могут привести к летальному исходу.A causa de tais doenças terríveis é subtratamento, falta de tratamento, drogas escolhidas de maneira inadequada ou uma reatividade muito fraca do corpo.

Como tratar a otite média durante a gravidez para evitar tais conseqüências? Para selecionar o regime de tratamento correto - você precisa ser examinado. Você não pode fazer isso sozinho. Siga as recomendações do médico e complete o curso da terapia. No final, você pode verificar novamente se a inflamação passou completamente.

Otite e sua prevenção durante a gravidez

  1. Para a prevenção de otite média durante a gravidez, você precisa tomar um complexo de vitaminas para mulheres grávidas. Isso ajudará a fortalecer o sistema imunológico e impedir o desenvolvimento de muitas doenças. Além disso, é importante completar a nutrição e descansar.
  2. Tente evitar o contato com pessoas doentes para não pegar o vírus.
  3. Vista-se calorosamente, mantenha os ouvidos longe dos rascunhos. Isso vai te salvar do frio.
  4. Lembre-se de que o nariz escorrendo e faringite - isso não é um disparate, especialmente no período de gestação. As doenças lançadas têm consequências ruins.
  5. Não nade em águas sujas.

Separadamente precisa dizer sobre a limpeza dos ouvidos. Use cotonetes para essa finalidade, e não vários objetos que caiam sob o braço. Não seja muito zeloso e empurre a vara profundamente. Desta forma, o seu tímpano permanecerá intacto.

O que é otite

Especialistas classificam a otite média como uma lesão inflamatória de uma das partes do órgão humano da audição, ocorrendo de forma crônica ou aguda.

Do lugar de formação do processo inflamatório depende forma de otite:

  • ao ar livre
  • otite média da cavidade do ouvido médio,
  • interno (labirintite).

Os sintomas da otite dependem diretamente do seu tipo, no entanto, existem sinais gerais indicando esta doença. Estes incluem:

  • dor e congestão no ouvido,
  • deficiência auditiva
  • dores de cabeça.

A otite é uma doença muito grave que sem tratamento competente e oportuno, pode levar à perda auditiva irreversível, à ocorrência de meningite, inflamação do osso temporal e outras consequências.

É por isso que, ao detectar os menores sinais desta doença, deve-se procurar imediatamente assistência qualificada de um especialista que prescreve o tratamento complexo, incluindo tais métodos:

  • antibióticos
  • anti-histamínico, antipirético e anti-inflamatório,
  • lavando com soluções de cavidade de orelha,
  • fisioterapia
  • cirurgia
  • correção de imunidade.

A terapia é selecionada pelo otorrinolaringologista individualmente de acordo com a forma de otite média e seu estágio de desenvolvimento.

Tratamento da otite média no início da gravidez

O tratamento da otite média em mulheres grávidas no primeiro trimestre deve ser realizado com o máximo cuidado, já que durante este período os sistemas e órgãos da criança começam a se formar.

Por isso, é necessário evitar usar qualquer medicação.

O tratamento da otite média nessa situação deve ser o mais suave possível, com base no uso de remédios naturais à base de ervas na prateleira da farmácia.

Tal terapia não terá efeito mutagênico no desenvolvimento intra-uterinonão complicará o curso da gravidez e, mais importante, proporcionará um efeito terapêutico sustentável em um curto período de tempo.

Gotas auriculares também são permitidas. Otipaks (uma das poucas gotas, não tendo contra-indicações para mulheres grávidas), mas somente se não houver dano ao tímpano.

Muitas gotas auriculares têm várias contra-indicações para uso durante a gravidez. O uso independente pode ter consequências negativas. Tais drogas devem ser prescritas por um médico.

Terapêutica medicamentosa para otite em mulheres grávidas

Além da terapia não medicamentosa descrita acima, alguns medicamentos podem ser usados. A gama de medicamentos para o tratamento da otite em mulheres grávidas é muito pequena para não prejudicar o bebê.

É por isso que os medicamentos à base de óleos medicinais e naturais são prescritos para o começo. E mesmo essa nomeação é feita com muito cuidado.

Se falamos de antibióticos, eles são prescritos muito raramente e principalmente apenas para formas agudas de otite. Podem ser prescritos medicamentos como:

Se o paciente observar todas as prescrições do médico, tratamento da doença levará cerca de uma semana. E outra semana será necessária para eliminar os sinais residuais da doença.

Independentemente pegar medicamentos é inaceitável. Isto é especialmente verdade para gotas auriculares. Entre a enorme variedade deles, apenas alguns podem ser usados ​​durante a gravidez.

Gotas auriculares durante a gravidez

Devemos também considerar gotas auriculares para mulheres grávidas com otite. Afinal, logo atrás deles, vão à farmácia com a manifestação de dor nos ouvidos.

Os mais populares são:

  • Otipaks - essas são as únicas gotas para os ouvidos que não prejudicam o feto ao usá-las,
  • Autophora, Polydex,Sofradex - uso por mulheres grávidas é possível, mas somente com a permissão de um médico e sujeito a dosagem exata,
  • Cypromed,Anauran, Normaks - são proibidos para o tratamento de otite média em mulheres grávidas, pois têm um efeito negativo na audição do feto e têm um efeito ototóxico.

Quando o tímpano é rompido, quaisquer gotas para os ouvidos são proibidas. Neste caso, pode aplicar gotas de nariz mas aqui há contra-indicações.

As gotas nasais têm um efeito vasoconstritor, que pode prejudicar a circulação placentária, que está longe de ser inofensivo para uma criança.

Uma exceção é a situação em que é necessário remover o edema da tuba auditiva. Neste caso, o médico permite o uso de gotas infantis como Nazivin droga (0,01%).

As mulheres grávidas devem sempre lembrar que em seus ombros é responsável não só pela sua saúde, mas também pela saúde do futuro bebê.

Portanto, ao detectar os menores sinais de otite, é necessário consultar imediatamente um otorrinolaringologista, pois é mais fácil eliminar a doença nos estágios iniciais.

Pin
Send
Share
Send
Send