Hemorróidas

Como usar Ciprofloxacina para cistite?

Pin
Send
Share
Send
Send


Uma das drogas mais populares é a Ciprofloxacina para cistite. Como tomar feedback, feedback e eficácia serão descritos abaixo. Afinal de contas, os médicos geralmente prescrevem para seus pacientes e precisam navegar em algumas das características do tratamento.

A cistite é uma doença perigosa e é mais comum em mulheres com problemas ginecológicos. Isto é devido às características estruturais dos órgãos pélvicos. E quanto mais cedo as medidas adequadas forem tomadas para eliminar a microflora patogênica, mais chances de curar a doença completamente.

Liberar forma e propriedades

A ciprofloxacina é um dos representantes mais comuns da segunda geração de agentes antibacterianos fluoroquinolona. Ele impede o crescimento de bactérias e sua reprodução, o que ajuda a eliminar a causa da inflamação infecciosa em um curto espaço de tempo. Muitos microrganismos Gram-negativos e Gram-positivos são sensíveis a ele, assim como certos tipos de bactérias que provocam doenças sexualmente transmissíveis.

A concentração da substância principal no sangue é atingida dentro de duas horas depois de tomar a primeira pílula e manter constantemente o nível desejado, você precisa tomar a droga a cada 12 horas. É este termo que limita o efeito terapêutico, então Ciprofloxacina é excretada através do sistema urinário.

A ferramenta está disponível em diferentes formas para a conveniência de tratar várias doenças em ambos os pulmões e casos avançados:

  • comprimidos com uma concentração da substância activa de 250, 500 e 750 mg,
  • soluções para infusão intravenosa em frascos especiais em uma dosagem de 0,2%,
  • agente de injeção de tecido muscular, vendido em ampolas de 1%, que deve ser diluído adicionalmente,
  • colírios e pomadas a 0,3% do conteúdo da substância ativa.

Seu preço é relativamente baixo comparado a outros meios similares. E quanto maior a dosagem, mais barato o custo total. Mas não salve, dividindo o tablet em pedaços menores.

Dependendo da condição do paciente, seu peso, altura e idade, a complexidade da doença e problemas relacionados, o médico escolhe uma forma mais apropriada de administração de drogas no corpo. Por exemplo, com tratamento hospitalar em um hospital, as soluções intravenosas são preferidas para a rápida eliminação da infecção e a prevenção de muitas reações adversas associadas à ingestão de pílulas.

Tratamento para cistite

Muitas vezes, os especialistas param com a ciprofloxacina para eliminar os sintomas da cistite. Isto é justificado por muitas razões:

  • a droga luta ativamente com a maioria dos microrganismos que causam a doença,
  • devido à lixiviação da substância através dos rins, a bexiga tem a chance de obter o máximo possível de microflora patogênica diretamente,
  • o fármaco é rapidamente absorvido pelo sangue e tecidos e em pouco tempo alcança alta concentração, o que acelera o processo de tratamento,
  • biodisponibilidade diferente
  • capaz de inibir a DNA girase,
  • há um longo período
  • Tem baixa toxicidade e é facilmente tolerada pela maioria dos pacientes.
  • inibe exotoxinas e exoenzimas,
  • lhe dá a oportunidade de escolher a forma apropriada e o regime de tratamento para cada paciente.

Com cistite, a ciprofloxacina é incapaz de ajudar apenas nos casos em que a doença é causada por fatores virais, alérgicos ou traumáticos. Mas como é incompatível com muitas drogas, sua eficácia é notada apenas em monoterapia.

Indicações básicas para uso

Os médicos prescrevem este antibiótico no tratamento de várias patologias:

  • de cistite e outros processos inflamatórios do sistema geniturinário,
  • para próstata em homens
  • em ginecologia,
  • Alguns tipos de doenças sexualmente transmissíveis
  • infecções de pele
  • lesões do trato respiratório e órgãos ENT,
  • artrite e outros problemas ósseos
  • meningite
  • para eliminar infecções dentárias
  • em alguns casos, para interromper os processos de sepse, peritonite e crescimento de células cancerígenas,
  • com doenças intestinais
  • colecistite,
  • vários problemas da vesícula biliar e seus ductos.

Para fins profiláticos, tal antibiótico também é prescrito após intervenção cirúrgica para prevenir várias complicações e infecções de tecidos enfraquecidos.

Quem é contra-indicado?

Nem todos os pacientes podem recorrer a uma ferramenta tão eficaz. Por exemplo, o tratamento da cistite Ciprofloxacina é inaceitável nos seguintes casos:

  • mulheres no período de carregar e amamentar uma criança,
  • crianças menores de 18 anos e maiores de 60 anos,
  • com crises epilépticas na história,
  • pessoas com colite pseudomembranosa,
  • sofredores de alergia
  • na presença de distúrbios psicológicos,
  • se for detectada insuficiência renal ou hepática,
  • sofrendo de aterosclerose.

Em tais casos, é melhor escolher outra droga que seja similar em seus efeitos, por exemplo, Augmentin.

Você também precisa informar o seu médico sobre a tomada de qualquer medicação ou mesmo vitaminas, uma vez que a ciprofloxacina não pode ser usada com muitos medicamentos. A automedicação descontrolada pode levar a sérios distúrbios no trabalho de todo o organismo.

Reações adversas

Com doses muito grandes, intolerância individual e em outros casos individuais, há sintomas desagradáveis:

  • desconforto gastrointestinal (dor abdominal, diarréia, vômito, náusea),
  • distúrbios no fígado e vesícula biliar (gosto amargo na boca, bilirrubina alta, icterícia, insuficiência hepática),
  • exacerbação de problemas renais (nefrite, aumento de proteína na urina e creatinina, glomerulonefrite),
  • por parte do sistema nervoso central - dores de cabeça, depressão, distúrbios do sono, desmaios, deterioração dos sentidos, alucinações, confusão, etc.
  • reacções cardiovasculares - taquicardia, diminuição da pressão arterial, arritmia, vasculite,
  • o aparecimento de sangue na urina
  • dificuldade para urinar
  • todos os tipos de manifestações alérgicas - erupções cutâneas, angioedema, vermelhidão, etc.,
  • problemas no sistema ósseo em alguns casos levam à ruptura do tendão.

Estes sintomas aparecem extremamente raramente, mas se pelo menos um deles ocorrer, deve parar de tomar Ciprofloxacina e consultar imediatamente um médico ou chamar uma ambulância para problemas graves. Os comentários dos pacientes sobre o uso dessa droga geralmente são bons e sugerem que ela é facilmente tolerada pelo organismo.

Dosagem e método de tratamento

Nas instruções de uso podem ser encontradas tais instruções:

  1. Se a cistite estiver numa fase precoce e não puder ser combinada com outras doenças, é suficiente tomar 250 mg duas vezes por dia sob a forma de comprimidos ou 100 mg por perfusão intravenosa.
  2. Na forma aguda e com dores intensas, a dose é aumentada para 500 mg de cada vez. A duração do tratamento é de pelo menos cinco dias.
  3. Com a constante recaída da cistite, isto é, recorrentes, os médicos recomendam tomar 250 mg duas vezes ao dia, mas estender o curso da terapia para sete dias.
  4. Com uma forma prolongada e complicada, é necessária a hospitalização e administração da droga por via intravenosa ou intramuscular. Assim, é possível influenciar de maneira mais eficaz os patógenos.
  5. Se cistite é combinada com prostatite ou gonorréia, em seguida, uma dose elevada da droga é necessária - 750 mg duas vezes por dia. Com a propagação da infecção em toda a área pélvica, é necessário aumentar a duração do tratamento para 1-4 meses seguidos.

Se o medicamento é prescrito para a prevenção de várias complicações, por exemplo, após a cirurgia, é suficiente tomar 250 mg uma vez por dia durante uma semana.

É impossível permitir o tratamento independente e apressado com antibióticos. Apenas um médico pode decidir de que forma, dosagem, quanto e como tomar este medicamento, a fim de alcançar a cura desejada em um curto espaço de tempo e evitar a deterioração de outros sistemas do corpo.

Regras especiais

Para tornar o tratamento o mais bem sucedido possível, é necessário seguir estas diretrizes ao tomar Ciprofloxacina:

  1. A pílula é selecionada de acordo com a dose prescrita, sem excedê-la, e não tentando dividir, por exemplo, 750 mg em partes menores.
  2. Lave com muita água.
  3. É importante beber bastante líquidos durante o tratamento, pelo menos dois litros por dia.
  4. Observe rigorosamente o regime de administração do medicamento, ou seja, mantenha 12 horas entre o uso de cada comprimido.
  5. Exclua completamente as bebidas alcoólicas para este período.
  6. É aconselhável não dirigir um carro e tecnologia complexa, pois a droga embota a concentração de atenção e às vezes causa sonolência.
  7. É necessário evitar a luz solar direta, porque a Ciprofloxacina é capaz de aumentar a sensibilidade dos tecidos à radiação ultravioleta. Isso, por sua vez, levará a queimaduras, mesmo de uma curta estadia ao sol.

Vídeo: sobre Ciprofloxacina.

Uma vez eu fui prescrito esta droga, mas não ajudou. Talvez a causa da cistite tenha sido alguma outra forma de bactéria resistente à substância ativa. Mas mais frequentemente eu uso outros antibióticos.

Eu sempre recorro a este medicamento para quaisquer doenças infecciosas graves. Cistite é raramente afetada, mas eu também tive que tratá-la com Ciprofloxacina.

Eu sofri por um longo tempo antes de decidir tomar um antibiótico. Mas ele realmente ajudou. A dor e a sensação de queimação diminuíram no segundo dia e no terceiro dia começou a sentir-se ótima.

O espectro da atividade antibacteriana da droga

A ciprofloxacina é um antibiótico fluoroquinolona. A substância activa bloqueia a enzima ADN-girase de bactérias, sem a qual a reprodução de microrganismos é impossível, e também provoca a ruptura da estrutura dos agentes patogénicos, o que causa a sua morte.

Em relação às bactérias gram-positivas, o fármaco só é efetivo quando estão no estágio de divisão.

  • O antibiótico é ativo contra os seguintes microorganismos:
    • Pseudomonas aeruginosa,
    • Shigella,
    • Salmonella,
    • Varinha de Pfeifer,
    • Escherichia se
    • Meningococos
    • Gonococos
    • Staphylococcus, incluindo bactérias produtoras de penicilinase, cepas resistentes à meticilina,
    • Enterococos
    • Campylobacter,
    • Mycobacterium,
    • Micoplasmas
    • Clamídia.
  • A resistência à droga é observada em bactérias como:
    • Clostridium diffile,
    • Ureaplasma urealytikum.

A droga está disponível em várias formas de dosagem, com cistite é usada em comprimidos ou injeções. Quando tomado por via oral, é rapidamente absorvido pelo trato digestivo. A concentração máxima é atingida após 1-2 horas. A biodisponibilidade varia de 70 a 80%.

A ingestão de produtos lácteos, bem como outras bebidas fortificadas com cálcio, pode reduzir a absorção do antibiótico. Os restantes produtos abrandam, mas não reduzem a absorção da substância ativa. Exibe a droga através dos rins e intestinos.

Regime de tratamento para cistite

A dosagem da droga é selecionada individualmente dependendo da gravidade da infecção, função renal.

Com inflamação descomplicada da bexiga.

Pílulas antibióticas tomar 250-500 mg de manhã e à noite.

Ciprofloxacina para cistite em mulheres durante a menopausa nomear 500 mg 1 vez por dia.

Com infecção grave.

A droga é descarregada em 500 mg, a frequência de administração 2 vezes por dia.

O medicamento é administrado gota a gota a uma dose de 200 mg durante meia hora, a uma dosagem de 400 mg durante uma hora.

Severidade média leve.

Dosagem diária para infecções de gravidade leve e moderada é de 400 mg, com curso severo da doença, aumenta para 800 mg. É administrado em 2 doses.

Com rins doentes.

Em pacientes com doença renal grave, a dose diária deve ser reduzida em 2 vezes.

A duração do tratamento pode variar de 7 a 14 dias. Se necessário, um especialista pode prolongar o curso do uso de Ciprofloxacina para cistite.

Durante o tratamento, vale a pena beber muitos líquidos, o que reduz a probabilidade de reações adversas do sistema urinário.

Reações indesejáveis ​​possíveis

Durante o tratamento com Ciprofloxacina, podem ocorrer as seguintes reações adversas:

Distúrbios dispépticos, colite pseudomembranosa, aumento da atividade das transaminases.

Dores de cabeça, astenia, vertigem, desmaios, transpiração excessiva, alucinações, problemas de sono.

Deficiência visual, percepção de cor, mudança no paladar.

Redução de corpúsculos sanguíneos.

Crystaluria, poliúria, o aparecimento de sangue e proteína na urina.

Taquicardia, hipotensão, angiite.

Além disso, ao tomar um antibiótico, alergias, sapinhos e danos distróficos nas articulações podem se desenvolver.

Interação medicamentosa

A ciprofloxacina pode interagir com muitos medicamentos, isso deve ser levado em conta durante a terapia.

Ao tomar Ciprofloxacin em paralelo:

  • Com varfarina - o risco de sangramento aumenta,
  • Com antiácidos - diminui a absorção do antibiótico (o intervalo entre a recepção deve ser de pelo menos 4 horas),
  • Com Teofilina - aumenta os efeitos nocivos no corpo,
  • Com a ciclosporina - com esta combinação, os rins são gravemente afetados.

Se você começar a inflamação da bexiga, a infecção pode se tornar crônica, se espalhar para os órgãos vizinhos, provocar pielonefrite, adnexite.

Ciprofloxacina pode curar não só cistite, mas também co-infecções, prevenir o desenvolvimento de complicações graves. Também confira a série de drogas antibacterianas - Digran.

Por outro lado, um antibiótico pode causar várias reações adversas graves. Portanto, a Ciprofloxacina é permitida para uso somente conforme prescrito por um médico.

A gama de uso de ciprofloxacina para inflamação

Fluoroquinolonas não são apenas eficazes contra infecções urológicas. A gama de uso de drogas é extensa:

  • Inflamação da pele, componente dos tecidos moles,
  • Infecções do tracto respiratório e órgãos ENT,
  • Processos inflamatórios na vesícula biliar e ductos,
  • Artrite
  • Meningite
  • Cárie, doença periodontal, alveolite.

Sepse, peritonite e outras infecções potencialmente fatais são tratadas com fluoroquinolonas em combinação com outros antibióticos. Aprovado para uso em oncologia, imunidade reduzida.

Quando a ciprofloxacina é contra-indicada

Não use o medicamento para contra-indicações:

  • Idade 18 anos,
  • Amamentação e gravidez
  • Convulsões epilépticas,
  • Intolerância individual aos componentes constituintes das fluoroquinolonas.

Para a prática médica, o aumento da sensibilidade do medicamento a bactérias gram-negativas e oportunistas é de grande importância. Quando tomado em doses terapêuticas (ver acima), uma concentração antimicrobiana suficiente da droga é alcançada no sangue, capaz de destruir também os micoplasmas e clamídia mais simples.

Grande importância na urologia é dada à Escherichia coli. O micróbio é frequentemente transportado para o ureter, a bexiga da passagem anal. Segundo as estatísticas, a proporção de E. coli na etiologia da cistite é de 87%, e com pielonefrite não complicada - 73%. Em tal situação, as fluoroquinolonas são a melhor opção.

Efeito colateral das fluoroquinolonas

As preparações de fluoroquinolona são bem toleradas, mas em alguns casos os efeitos colaterais podem ser rastreados:

  • O aumento no conteúdo de leucócitos no sangue
  • Reduzindo a concentração de glóbulos vermelhos
  • Impurezas de sangue na urina,
  • Dificuldade em urinar
  • Desvio dos parâmetros laboratoriais da norma,
  • Inflamação do fígado, náusea, vômito, dor abdominal,
  • Patologia do sistema cardiovascular - aumento da freqüência cardíaca, pressão reduzida,
  • Mudanças nos parâmetros do laboratório
  • Violação dos sentidos - a patologia do paladar, visão, olfato, tato.

Depois de tomar ciprofloxacina, raramente ocorrem alergias - comichão na pele, inchaço da face, falta de ar. Ao aderir a uma infecção secundária, há uma ruptura do tendão, tendovaginite, infecção fúngica.

Para reduzir o risco de efeitos colaterais, recomendamos que você siga algumas diretrizes:

  1. Beba muitos líquidos,
  2. Cancele imediatamente o remédio quando aparecer o menor sinal de alergia,
  3. Proteção UV (luz solar) durante toda a duração da antibioticoterapia,
  4. Recusando-se a tomar etanol no momento do tratamento
  5. Para familiarizar o médico com a lista de medicamentos utilizados para o tratamento de doenças secundárias,
  6. Livrar-se de aditivos alimentares nos alimentos,
  7. Não pode ser tomado em conjunto com ciclosporina para excluir o desenvolvimento de insuficiência renal.

Se houver sinais de uma overdose do medicamento, você deve lavar o estômago, fazer diálise peritoneal e tomar todas as medidas de emergência. Não há antídoto específico para neutralizar a substância no sangue.

Esquemas de ciprofloxacina para adultos com cistite

A dose tradicional do antibiótico é de 500 mg por dia - duas vezes em 250 mg. A concentração aumenta em caso de complicação ou forma aguda - tomar 2 comprimidos de 500 mg por dia.

O esquema de três etapas é usado quando outra infecção está presente simultaneamente com cistite:

  • Os primeiros 2 dias - 500 mg duas vezes por dia,
  • No dia 3, use 250 mg duas vezes ao dia,
  • Para a prevenção de complicações - 250 mgs uma vez.

Doses aumentadas podem ser mantidas por mais de 2 dias na presença de sintomas patológicos. A duração média do tratamento de acordo com o esquema de três etapas é de cerca de 10 dias.

Informações adicionais

A ciprofloxacina pertence ao grupo das quinolonas, para uso, das quais existem muitas contra-indicações. Apenas com o uso adequado você pode evitar efeitos colaterais.

O fundador da droga foi Biseptol, que muitas vezes resultou em intolerância individual. Uma tentativa de melhorar as propriedades da ferramenta anterior levou à criação de um antibiótico eficaz com um amplo espectro de ação.

Para reduzir as complicações do trato gastrointestinal, o medicamento deve ser combinado com probióticos.

Instruções para aumentar a eficácia da ciprofloxacina

Antibiótico é melhor usar como monoterapia. As complicações ocorrem quando usadas simultaneamente com medicamentos anti-inflamatórios, tinturas alcoólicas.

Na gravidez e na amamentação, o remédio é contraindicado, pois destrói a cartilagem intra-articular.

É indesejável administrar medicamentos a crianças com menos de 18 anos de idade para prevenir complicações graves. Você não pode tomar um antibiótico sem consultar um médico para oncologia, álcool, drogas.

Se após o desaparecimento dos sintomas da cistite, depois de um tempo, agravamento ocorre ao tomá-lo, você deve parar de tomá-lo e usar outros agentes antibacterianos.

Deve ser cuidadosamente tomado com doenças renais e intestinais na história. Contra-indicações para o uso são alérgicas a componentes, colite, convulsões epilépticas.

Tratamento sob a estrita supervisão de um médico é realizado para distúrbios do suprimento de sangue intracerebral, acidente vascular cerebral. A substituição por análogo é recomendada para pacientes com transtornos mentais.

Fontes literárias indicam um alto teor de informação da forma prolongada da droga (dosagem de 1000 mg). Em tais concentrações, o antibiótico deve ser prescrito por um médico.

Informações gerais

Com cistite, “Ciprofloxacina” é prescrito com muita frequência. Qual o motivo? O fato é que esta é uma droga antibacteriana de segunda geração, que tem um amplo espectro de ação e pertence ao grupo das fluoroquinolonas. De acordo com as instruções, sua recepção pode inibir o crescimento e a reprodução de vários patógenos. Muitas bactérias gram-negativas e gram-positivas são sensíveis aos efeitos desta droga.

Qual forma é produzida?

O tratamento da cistite "Ciprofloxacina" deve ser realizado somente após o diagnóstico acima ser confirmado por laboratório.

Para o tratamento desta doença, os pacientes são geralmente prescritos uma forma de comprimido da droga contendo 500, 750 ou 250 mg da substância activa, ou seja, ciprofloxacina (componentes adicionais: amido de milho, croscarmelose, ciprofloxacina, estearato de magnésio, MCC, macrogol 6000, amido de batata, hipromelose, aditivo E171 talco sódico, polissorbato 80, sílica).

Também deve ser notado que a medicação em questão está disponível no formulário:

  • Solução para perfusão de 0,2% em frascos para injetáveis, que contém 200 ou 100 mg de substância ativa.
  • 1% solução de injeção em ampolas.
  • 0,3% de pomada e colírio.

Características farmacológicas

O uso de "Ciprofloxacina" na cistite contribui para a rápida remoção de todos os sintomas da doença, bem como uma melhora significativa na condição do paciente. Qual é o motivo da eficácia do medicamento? Este é um medicamento antimicrobiano que tem um efeito bactericida pronunciado. Sua recepção causa a supressão da DNA girase e a inibição da síntese do DNA bacteriano.

A droga em questão é altamente ativa contra bactérias que produzem beta-lactamase, a maioria dos microrganismos gram-negativos, cepas resistentes à meticilina e cepas que produzem e não produzem penicilinase.

Indicações para receber fundos

A droga "Ciprofloxacina" na cistite em mulheres se manifesta muito bem. Na maioria das vezes, com este diagnóstico, este medicamento é usado como o principal medicamento. Além disso, é usado no início da doença, e quando é tarde ou o tratamento errado. Além disso, tal droga é muitas vezes prescrita na presença de complicações da cistite, nomeadamente com pielonefrite, inflamação dos apêndices, hematúria, etc.

Apesar do fato de os comprimidos de ciprofloxacina atuarem da forma mais eficaz possível com a cistite, a versatilidade deste medicamento, bem como suas muitas formas convenientes de liberação, permite usá-lo durante o tratamento de outras doenças, incluindo:

  • com infecções respiratórias,
  • patologias das articulações e ossos,
  • doenças da pele,
  • infecções do trato gastrointestinal, etc.

Contra-indicações para medicação

Quando não deve tomar "Ciprofloxacina" para cistite? De acordo com as instruções, as seguintes condições servem como contra-indicações para o uso deste agente:

  • idade de crianças
  • adolescência
  • período de gravidez e amamentação,
  • hipersensibilidade humana à ciprofloxacina, bem como a outras drogas quinolonas.

"Ciprofloxacina" para cistite: instruções de uso

É necessário tomar os comprimidos "Ciprofloxacin" no interior, sem mastigar e lavar com água. O intervalo entre as doses dos medicamentos deve ser de pelo menos 12 horas.

Qual é a quantidade de "Ciprofloxacina" para cistite é necessária para melhorar a condição do paciente? A dosagem dessa droga é selecionada individualmente, com base na forma e gravidade da doença, bem como na idade do paciente, na ausência ou na presença de qualquer complicação.

Em condições não complicadas e com funcionamento normal do rim e do trato urinário, o paciente recebe prescrição de 0,25 g da droga duas vezes ao dia. Na presença de condições patológicas dos órgãos mencionados, recomenda-se tomar 0,5 g da droga 2 vezes por dia.

No caso em que o paciente tem complicações que foram causadas por doenças ginecológicas, em seguida, os médicos aconselham tomar comprimidos de ciprofloxacina para cistite em uma dose de 0,5 g duas vezes por dia.

Quando uma infecção gonocócica, clamídia e micoplasma são detectados, 0,75 g da droga é recomendada a cada 12 horas por 7-10 dias.

O curso terapêutico do tratamento com uma medicina antibacteriana pode ser de 3 dias a 2 semanas. Em qualquer caso, a duração da terapia é determinada apenas por um médico.

Efeitos colaterais

O uso da forma oral da droga "Ciprofloxacina" na cistite pode contribuir para o desenvolvimento dos seguintes efeitos colaterais:

  • cefaléia, desmaios, tontura, alucinações, fadiga, pesadelos, distúrbios do sono, distúrbios visuais,
  • dor abdominal, náusea, colite pseudomembranosa, vômitos, aumento da atividade das transaminases hepáticas, diarréia,
  • candidíase, vasculite,
  • cristalúria, albuminúria, glomerulonefrite, hematúria, disúria, poliúria, aumento da creatinina sérica,
  • arritmias cardíacas, taquicardia, hipotensão,
  • leucopenia, eosinofilia, alteração na contagem de plaquetas, neutropenia,
  • prurido, síndrome de Stevens-Johnson, urticária, artralgia, angioedema.

Importante saber!

Devido ao possível desenvolvimento de efeitos colaterais do sistema nervoso central, as pessoas com seus distúrbios, a droga "Ciprofloxacina" pode ser prescrito apenas por razões de saúde.

Com extrema cautela, este remédio é recomendado para epilepsia, disfunção hepática ou renal, redução do limiar de prontidão convulsiva, dano cerebral, na velhice, e severa cerebroesclerose.

Durante o tratamento com Ciprofloxacina, a exposição solar deve ser evitada, assim como o aumento da atividade física. Além disso, é necessário controlar o regime de consumo e a acidez da urina.

O desenvolvimento de sintomas de tendovaginite e dor nos tendões é um sinal para a descontinuação da medicação, uma vez que a probabilidade de um processo inflamatório não é excluída.

Opinião do paciente sobre o medicamento

Comentários de "Ciprofloxacina" com cistite são mais positivos. Os pacientes relatam que tomar este medicamento após algumas horas contribui para uma melhoria significativa em sua condição. Além disso, o curso do tratamento com este remédio torna possível esquecer a cistite e as suas manifestações insidiosas por muito tempo.

Também deve ser notado que muitos pacientes estão satisfeitos com o preço acessível dos comprimidos de ciprofloxacina.

Nas revisões negativas sobre essa ferramenta, na maioria das vezes, há queixas sobre o desenvolvimento de efeitos colaterais após o uso da medicação. Embora especialistas afirmem que com todas as dosagens observadas, a ocorrência de eventos adversos é improvável.

Impacto no corpo

O medicamento é um representante das fluoroquinolonas com uma substância ativa que bloqueia a DNA girase de microorganismos. A "ciprofloxacina" na cistite previne a reprodução do patógeno, interrompendo sua estrutura. A droga é mostrada para receber bactérias gram-positivas que estão no estágio de divisão. Ayprofloxacina leva à morte de salmonela, pau pirocitânico, gonokokkov. O ureaplasma é resistente a antibióticos.

A cistite é tratada com Ciprofloxacina, que está disponível na forma de injeções e comprimidos. Se o médico prescrever a terapia oral, uma alta concentração é observada 2 horas após tomar a medicação. Biodisponibilidade do fármaco é 70-80%.

Bebidas com cálcio reduzem a absorção do medicamento. Outros produtos contribuem para retardar, mas não reduzir a absorção do ingrediente ativo. O antibiótico "Ciprofloxacina" na cistite é excretado pelos rins e intestinos.

Se a bexiga estiver inflamada, o regime de manutenção deve tomar o medicamento a cada 12 horas. Para suas vantagens, os urologistas incluem:

  • preço,
  • disponibilidade,
  • regime de tratamento simples
  • ampla exposição.

Tendo em conta o estado geral do paciente, indicações clínicas, revelou violações, o urologista prescreve um antibiótico na forma ideal de liberação. No hospital, o tratamento é realizado com a ajuda de injeções, o que permite destruir rapidamente a infecção, evitando as reações adversas características dos comprimidos.

Lista de contra-indicações

O medicamento não deve ser consumido se o paciente tiver intolerância às fluoroquinolonas. Uma mulher em posição ou amamentação deve recusar a terapia.

O medicamento não é prescrito para hipolactasia. É necessário tomar medicação com cautela se um homem sofre violações graves no sistema reprodutivo. Outras condições quando os comprimidos "Ciprofloxacina" da cistite não são prescritos:

  • má circulação do cérebro,
  • epilepsia,
  • convulsões
  • aterosclerose grave do tipo cerebral,
  • problemas mentais.

O uso de medicamentos por idosos é aceitável. A droga efetivamente luta contra agentes patogênicos quando a uretrite é detectada. Está incluído no esquema para tratar pielonefrite leve.

Uma instrução para um antibiótico deve ser estudada antes de ser iniciada. O descontrole e o autotratamento levam à manifestação de certas reações:

  • disfunção digestiva,
  • enxaquecas com desmaio,
  • redução de células sanguíneas,
  • poliúria,
  • angiite

Feedback negativo recebe remédio para pacientes alérgicos. A "ciprofloxacina" contribui frequentemente para o desenvolvimento de lesões distróficas das articulações. Desde que a droga pertence ao grupo farmacológico de quinolonas, há muitas contra-indicações para o seu uso.

Mas a dosagem corretamente prescrita, a conformidade do paciente com todas as recomendações do médico assistente, exclui ou reduz significativamente a probabilidade de reações adversas.

Provou alta eficácia da droga, se um processo inflamatório crônico é detectado na bexiga. "Ciprofloxacina" é considerado um análogo mais forte da droga "Biseptol". Portanto, recomenda-se tomá-lo se o último remédio for contra-indicado.

O antibiótico em questão é considerado o principal medicamento no tratamento para cistite. É contra-indicado em terapia complexa com quinolonas e remédios populares que têm um efeito similar no corpo.

Pacientes que sofrem de doenças gastrointestinais, "Ciprofloxacina" com cistite devem ser tomadas após consulta com um gastroenterologista. O uso próprio provoca disbacteriose nessas pessoas. Para sua prevenção, a quinolona é prescrita em combinação com um prebiótico.

Interação com outra medicina

O antibiótico é diferentemente compatível com outras drogas, que é levado em conta antes do horário do tratamento. O quadro clínico observado durante a terapia complexa:

  • "Varfarina" aumenta o risco de sangramento,
  • os antiácidos reduzem o período de absorção da colinolona,
  • "Teofilina" aumenta os efeitos nocivos sobre o corpo,
  • "Ciclosporina" provoca doenças renais.

A recepção conjunta de "Ciprofloxacin" com antiácidos e outros antibióticos reduz significativamente o período de absorção dos componentes ativos da medicação considerada. Os urologistas precisam observar o intervalo de quatro horas entre o uso de drogas do regime prescrito.

Lançada forma aguda de cistite provoca uma fase crônica, enquanto a propagação da infecção para outros órgãos é permitida. Neste caso, o risco de pielonefrite e andexite aumenta.

Com a ajuda de “Ciprofloxacina”, doenças de uma patogênese semelhante associada à cistite são tratadas. Provou a eficácia do medicamento na prevenção do desenvolvimento de complicações graves. O antibiótico "Tsifran" tem um efeito similar.

Se a condição do paciente se deteriorou contra o tratamento prescrito, recomenda-se prescrever uma nova terapia. Uma atenção especial deve ser dada aos pacientes que desenvolveram uma forte alergia com cãibras.

Efeitos colaterais

Podem manifestar-se como náuseas, vômitos, dor abdominal, flatulência, reações alérgicas, urticária, prurido. Do lado do sistema cardiovascular - taquicardia, redução da pressão arterial. O sistema nervoso pode responder com depressão, tremores, aumento da ansiedade, paladar e olfato, sudorese.

  • Recomenda-se passar menos tempo ao sol enquanto estiver a tomar ciprofloxacina.
  • E também tenha cuidado ao dirigir um carro. Elimine o álcool.
  • Não use durante a gravidez e lactação.

Dependendo do fabricante, o preço do medicamento varia de 16 a 120 rublos.

Na parte inferior:

  • Comprimidos de 250 mgs (pacote de 10 unid.) - 16 rublos.
  • Comprimidos 500 mgs (pacote de 10 unid.) - 28 rublos.

Quando a cistite aconteceu pela primeira vez, eu tentei me curar, eu vi o urolesan, meu amigo aconselhou. Não foi melhor e teve que pisar no médico. Prescrito ciprofloxacina, depois de 2 dias eu dormi como um homem! Ouvi dizer que ele age no fígado ... mas o que fazer? Antibióticos não são completamente inofensivos.

Tentei tratar a cistite com vários remédios à base de plantas que estão sendo anunciados, e ela mesma preparou ervas. Parece recuar e então piorou. Como resultado, se envolveu com uma ferida crônica. O médico receitou um antibiótico. Eu realmente não queria beber. Então ela leu sobre ciprofloxacina para revisões de cistite e relaxou um pouco. Muitos bebem e está tudo bem. Eu também fui tratado. Há muito tempo, nem me lembro desse problema.

Eu não notei nenhum efeito colateral. E tomar cuidado com o antibiótico bebeu hilak forte e iogurte. E tudo parecia estar bem. Mas a dor recuou.

Posts relacionados:

As mulheres sofrem desta doença muito mais frequentemente do que os homens, devido às peculiaridades da estrutura anatómica do sistema urogenital. Microrganismos patogênicos geralmente penetram facilmente, multiplicando-se rapidamente. A cistite requer o uso obrigatório de antibióticos e a ciprofloxacina é uma droga extremamente eficaz para o tratamento. Ele geralmente é nomeado pelo ginecologista ou urologista após uma série de atividades de diagnóstico.

Quando cistite, ciprofloxacina é capaz de afetar a maioria das bactérias, isto é, refere-se a antibióticos do mais amplo espectro de ação. Ela afeta o crescimento e a reprodução da microflora patogênica, suprimindo-a e interrompendo-a. As bactérias gram-positivas e gram-negativas reagem a esta droga.

Sobre ciprofloxacina pode-se dizer que tem as seguintes características:

  • rapidamente absorvido
  • penetra facilmente da corrente sanguínea na membrana mucosa do trato urinário, influenciando-os ativamente,
  • não acumulativo sobre a dose necessária,
  • excretada na urina
  • tomado antes das refeições
  • supera facilmente a barreira hematoencefálica.

De cistite, ciprofloxacina ajuda em todos os casos. É especialmente eficaz se houver complicações ou doenças associadas. Ele é capaz de se beneficiar de:

  • infecções do aparelho geniturinário,
  • DSTs
  • uretrite
  • pielonefrite,
  • outra patologia renal,
  • doenças intestinais,
  • colecistite.

A ciprofloxacina será eficaz se a cistite for causada por microrganismos sensíveis a este antibiótico.

Ele é nomeado em uma certa dosagem, que rapidamente cria a concentração desejada nos tecidos, efeito prejudicial sobre a microflora multiplicada. Tome o medicamento deve ser estritamente prescrito por um médico, observando todas as dosagens e regularidade.

Na uretrite, esse medicamento também é prescrito na maioria dos casos. Ela afeta a membrana mucosa do trato urinário, permitindo que você evite complicações e tenha um efeito terapêutico poderoso em formas complexas da doença. A ciprofloxacina é ativa como na reprodução ativa de um tipo particular de patógeno e na semeadura de vários tipos de microrganismos.Também é usado durante o tratamento da clamídia, infecções virais, sífilis.

Quando pyelonephritis ciprofloxacin não é menos eficaz. Muitas vezes o médico prescreve a forma combinada da doença.

A droga é capaz de destruir não só as bactérias patogênicas, mas também as oportunistas, isto é, causando a doença sob certas condições adversas. Como há muita flora nos rins, a eficácia da ciprofloxacina não está em dúvida. Além disso, também afeta a flora estafilocócica, micoplasma, pauzinhos sinusais, clamídia.

Ao tratar a pielonefrite com ciprofloxacina, várias regras devem ser observadas, devido ao aumento da carga nos rins. É necessário tomar uma grande quantidade de líquido, para recusar-se a aceitar o álcool. É melhor abster-se de atividades que exigem concentração especial da atenção e ir trabalhar no transporte público durante o período do tratamento com esta droga. Também é necessário estar menos ao sol.

A ciprofloxacina está disponível em comprimidos e sob a forma de solução injetável.

Requisitos para a nomeação do medicamento

Antes de prescrever a ciprofloxacina, é necessário informar o médico assistente com antecedência sobre todas as outras substâncias que entram no corpo todos os dias para evitar o desenvolvimento de reações indesejáveis.

Todas essas regras devem ser observadas não apenas durante a administração do medicamento, mas vários dias depois, até que ele seja completamente removido da corrente sanguínea.

Ao usar ciprofloxacina, deve ser lembrado que o ureaplasma, clostridia e alguns outros microorganismos são resistentes a ele. Portanto, antes de sua consulta, é necessário realizar um exame microbiológico da urina com a determinação da sensibilidade aos antibióticos.

Comentários de ciprofloxacina são muito positivos. As pessoas que tomaram, note que elimina de forma mais rápida e eficaz quaisquer doenças infecciosas do sistema geniturinário. Muitas pessoas tomam isso para tipos avançados e até mesmo crônicos de cistite. Eles relatam que essa droga sempre tem um excelente efeito.

Nas mulheres, a ciprofloxacina é particularmente popular, uma vez que são elas que mais frequentemente sofrem de doenças do aparelho geniturinário. No entanto, deve ser entendido que há uma série de contra-indicações quando a droga não pode ser prescrita.

Eles se relacionam com pessoas que sofrem de intolerância individual a esta droga, insuficiência renal ou hepática. Não se recomenda prescrevê-lo a crianças jovens, pessoas da idade idosa e senil. Não deve ser usado por pessoas com transtornos mentais, distúrbios da circulação cerebral, epilepsia, aterosclerose. Você não pode usá-lo durante a gravidez e amamentação.

A ciprofloxacina é estritamente proibida para o tratamento de mulheres grávidas

Tome ciprofloxacina pode ser sob a forma de comprimidos ou injeções. A droga tem efeitos colaterais. Deve ser cancelado com urgência se observado:

  • dor abdominal
  • sangue na urina
  • dificuldade para urinar
  • diarréia,
  • vômito
  • enxaqueca
  • tontura
  • desmaio
  • escurecimento dos olhos
  • confusão,
  • náusea
  • distensão abdominal,
  • arritmia
  • aumento ou diminuição descontrolada da pressão arterial,
  • dificuldade em respirar
  • aumento da tensão nervosa
  • perda auditiva
  • depressão
  • insônia
  • zumbido.

Portanto, o tratamento com ciprofloxacina é inaceitável para ser realizado de forma independente. Apenas um médico é capaz de determinar a duração da terapia com este medicamento sob o controle de um exame de sangue e urina.

Por via de regra, com cistite, toma-se de uma semana a dez dias, dependendo da gravidade da doença, bem como a condição do paciente. No caso de uma coinfecção ou de desenvolvimento de complicações, um especialista pode estender o tratamento até vinte e oito dias com monitoramento laboratorial constante e boa tolerância do medicamento.

Quando a cistite é observada inflamação da membrana da bexiga, que se manifesta por vontade freqüente de urinar, dor e corte durante o mesmo.

Muitas vezes, a doença se desenvolve em mulheres com idade entre 20 e 40 anos, isso se deve às características anatômicas. Se a infecção for desencadeada por bactérias, o urologista ou o ginecologista prescreverão definitivamente um antibiótico, como a ciprofloxacina.

Ação Ciprofloxacina

A ciprofloxacina é um agente antibacteriano da segunda geração do grupo das fluoroquinolonas. Mostra uma ampla gama de atividade antimicrobiana. O efeito prejudicial do fármaco nas células bacterianas é devido à supressão da síntese de DNA nelas. Assim, o antibiótico previne o crescimento e a reprodução de microrganismos patogênicos, causando sua morte rápida.

A eficácia da ciprofloxacina é 3 a 8 vezes superior à do fármaco do mesmo grupo - a norfloxacina.

Microrganismos patogênicos Gram-negativos - Pseudomonas purulentas e bacilos hemofílicos, Salmonella, Shigella, Escherichia coli, meningococos e gonococos são caracterizados por alta sensibilidade à droga.

O antibiótico também atua na flora bacteriana gram-positiva - estreptococos (incluindo espécies produtoras de penicilinase e resistentes à meticilina), campylobacterium, enterococos, micoplasma, legionella, micobactéria, clamídia.

Assim, o antibiótico suprime todos os tipos de patógenos que causam cistite. Isto é devido à alta eficácia do medicamento no tratamento de processos infecciosos na bexiga.

A ciprofloxacina é rapidamente absorvida pelo trato gastrointestinal, distribuída aos tecidos e fluidos corporais (a biodisponibilidade é de 70%). Em grandes quantidades encontradas na urina, bile e líquido cefalorraquidiano (com meninges inflamadas). Presente no leite materno, atravessa a placenta.

Regime

O regime de tratamento para cistite com um antibiótico é determinado com base na gravidade da inflamação. A droga é administrada em uma dose única de 250 mg com inflamação leve e na dose de 500 mg - com infecção grave e desenvolvimento de complicações. Duas vezes a recepção com um intervalo de doze horas é recomendada. Os comprimidos são bebidos com o estômago vazio, regados com uma quantidade suficiente de água.

Se a cistite é combinada com infecções genitais (clamídia, gonococo, micoplasma), o antibiótico é bebido a 0,75 g duas vezes ao dia. É necessário tomar um antibiótico pelo menos uma semana ou 10 dias. O curso terapêutico máximo é de 30 dias. Neste último caso, os comprimidos são tomados uma vez por dia, na dose de 250 mg.

Possíveis efeitos colaterais

O tratamento da cistite e outras inflamações bacterianas com Ciprofloxacina pode provocar reações colaterais muito graves do corpo.

  • Distúrbios digestivos podem ocorrer, manifestados por diarréia, náusea e vômito. A atividade de enzima hepática aumenta, a colite pseudomembranosa desenvolve-se.
  • O efeito do antibiótico sobre o sistema nervoso é manifestado por dores de cabeça, aumento da fadiga, aumento da sudorese, tonturas, desmaios. Os pacientes se queixam de distúrbios do sono, pesadelos e alucinações.
  • Para alguns, a visão deles se deteriora, a percepção das cores é perturbada. Zumbido aparece, a audição fica pior. A percepção do gosto pode mudar.
  • Na parte do sistema hematopoiético, há uma mudança no conteúdo de plaquetas, leucócitos, eosinófilos e neutrófilos.
  • Por parte do trato urinário, reações adversas são expressas por um aumento no conteúdo de cristais de sal na urina, micção prejudicada, um aumento na formação de urina, a excreção de proteína na urina e o aparecimento de impurezas na urina.
  • Existem distúrbios da atividade cardíaca: o batimento cardíaco torna-se mais frequente, torna-se irregular, a pressão arterial diminui. Talvez o desenvolvimento de vasculite - lesões inflamatórias dos vasos sanguíneos.
  • Nas mulheres, a candidíase pode ser uma consequência do tratamento da cistite com um antibiótico.
  • As reações alérgicas ao medicamento são manifestadas por prurido cutâneo, erupções cutâneas, urticária, aumento da fotossensibilidade. Talvez a aparência de falta de ar, o desenvolvimento de angioedema.

Estudos clínicos demonstraram que a ciprofloxacina pode provocar danos distróficos nas articulações.

Quando um antibiótico pode ajudar?

A ciprofloxacina pode ser usada para tratar a inflamação bacteriana causada pela flora patogênica que é sensível ao antibiótico. Isto é:

  1. Cistite e outras patologias do sistema urinário.
  2. Infecções genitais.
  3. Doenças do trato respiratório.
  4. Inflamações graves do trato respiratório superior.
  5. Patologia do sistema musculoesquelético.

A ciprofloxacina demonstrou ser altamente eficaz no tratamento da sépsis (envenenamento do sangue causado por infecção de um foco purulento), peritonite e inflamações purulentas. Ativamente nomeado após intervenções cirúrgicas para evitar complicações infecciosas pós-operatórias.

O antibiótico pode ser usado no tratamento de pacientes com câncer, ou pessoas com baixa imunidade (por exemplo, pacientes submetidos a terapia com imunossupressores).

Quem não pode usar o medicamento

A ciprofloxacina é estritamente proibida de usar:

  • Crianças e adolescentes menores de 18 anos.
  • Grávida e amamentando.
  • Pessoas com hipersensibilidade a drogas quinolonas.
  • Pacientes com colite pseudomembranosa.
  • Pacientes que sofrem de epilepsia.

Pacientes com epilepsia podem ser prescritos, mas apenas por motivos de saúde.

Tome o medicamento sob supervisão médica é necessária:

  • Com circulação cerebral prejudicada.
  • Pacientes com diagnóstico de aterosclerose.
  • Pacientes com síndrome convulsiva.
  • Pessoas com patologias mentais.
  • Pessoas com insuficiência renal em forma grave.
  • Pacientes com insuficiência hepática em forma grave.

Nuances a considerar

  1. Em casos de insuficiência renal, a dosagem do antibiótico deve ser reduzida pela metade.
  2. Os idosos devem tomar um antibiótico sob a supervisão constante de um médico.
  3. Durante o tratamento da cistite com um antibiótico, você precisa beber muitos líquidos.
  4. Se a droga é acompanhada por diarréia persistente, a remoção de Ciprofloxacina é necessária.

A ciprofloxacina interage com outras drogas enquanto a toma, o que é importante considerar durante o tratamento. Então, a combinação de Ciprofloxacina com:

  • Varfarina - aumenta o risco de hemorragia.
  • Teofilina - aumenta o efeito tóxico da teofilina.
  • Ciclosporina - aumenta o efeito tóxico deste último nos rins.
  • Antiácidos significa - reduz a absorção e eficácia do antibiótico (o intervalo entre tomar a medicação deve ser de pelo menos 4 horas).

O principal perigo da cistite é a transferência da infecção para órgãos próximos. Com o tratamento tardio ou a falta de tratamento, a inflamação se torna crônica, desenvolvem-se complicações - pielonefrite, hematúria, inflamação dos apêndices. Além disso, a inflamação pode ser complicada por infecções sexualmente transmissíveis, como a clamídia.

A droga não só ajuda a curar cistite, mas também outras comorbidades, impede o desenvolvimento de complicações. Ao mesmo tempo, a ciprofloxacina é um antibiótico grave com uma ampla gama de possíveis reações adversas. Antes de usá-lo, é necessária uma consulta médica obrigatória. Depois de passar todos os testes e exames, o médico selecionará o regime de tratamento ideal, prescreverá outros medicamentos necessários junto com o antibiótico.

No vídeo abaixo serão fornecidas informações adicionais sobre o medicamento:

Liberar forma e composição

A base do medicamento é o cloridrato de ciprofloxacina, também componentes auxiliares. O antibiótico Ciprofloxacina no mercado farmacológico é fornecido em várias formas de liberação, cada uma contendo uma certa quantidade de ingrediente ativo:

  • Comprimidos de 250 ou 500 mgs. Embalado em blister número 10 e caixa.
  • A solução para perfusão produzida em frascos de 100 ml contém 2 g de ciprofloxacina.
  • Ampolas de administração intramuscular contêm 1% ingrediente ativo.

Em ambulatório, os comprimidos de ciprofloxacina são utilizados para tratar a cistite ou outras doenças não complicadas. Injeções de antibióticos ou conta-gotas são usados ​​permanentemente sob a supervisão de médicos especialistas.

Ação farmacológica

Instruções para uso Ciprofloxacina relata que a droga pertence à segunda geração de antibióticos fluoroquinolonas. Apresenta alta atividade no combate às bactérias gram-negativas, que em 90% dos casos são o agente causador da cistite em mulheres.

A concentração máxima do fármaco no sangue é notada 2 horas após a administração e dura 12 horas. Exibe medicação pelos rins.

A ciprofloxacina não age contra vírus, fungos ou alérgenos. Não se recomenda usar a medicina da cistite de tal etiologia, desde que o efeito do tratamento estará ausente. O risco de progressão da doença também aumentará devido à administração inadequada.

Uso de cistite

De acordo com as observações médicas e estatísticas, as mulheres são, por vezes, mais propensas a sofrer de cistite do que os homens. Isto é devido à estrutura anatômica do sistema urinário. Basicamente, a doença afeta mulheres com 20 anos de idade. A causa é bactéria, mas há vários fatores que aumentam o desenvolvimento da doença. Estes incluem imunidade reduzida, hipotermia, incumprimento das regras de higiene pessoal. Os sintomas da doença são bastante pronunciados, acompanhados de sensação de ardor ao urinar, dor no púbis e no períneo e, às vezes, aumento da temperatura corporal. No contexto de intoxicação geral do corpo, aumento da fadiga, eficiência reduzida.

A cistite pode ocorrer de forma aguda ou crônica, muitas vezes provocando complicações. A forma aguda da doença tem sintomas pronunciados que aparecem em 2 a 3 dias após o contato com o patógeno. Se a doença não estiver a tempo ou errada, adquire um curso crônico caracterizado por períodos de remissão e exacerbação.

A ciprofloxacina na inflamação da bexiga tem um efeito sistêmico, após o qual os sintomas são reduzidos. A dor é aliviada, cãibras desaparecem e sensação de queimação ao urinar. Já após os primeiros 2 dias de tomar o medicamento, a temperatura corporal retorna ao normal e a condição melhora significativamente.

A ciprofloxacina é eficaz não apenas no tratamento da cistite, mas também em lesões bacterianas da pele, articulações, órgãos respiratórios e outras doenças causadas por micróbios patogênicos que são sensíveis à droga.

Dose e duração do tratamento

É necessário tomar Ciprofloxacina para cistite mediante prescrição de um médico, observando estritamente a dose do medicamento, a frequência e a duração do tratamento. Basicamente atribuído a seguinte dosagem:

  • Os primeiros sintomas da doença - 250 mgs 2 vezes por dia.
  • Cistite aguda - 500 mg a cada 12 horas.

A dosagem é individual, dependendo da forma da doença, estágio, características do organismo.

As pastilhas do antibiótico lavam abaixo com muita água. É importante tomar o medicamento à mesma hora do dia. Se a dose de medicação for acidentalmente perdida, você não deve aumentar a ingestão de comprimidos. É necessário tomar Ciprofloxacina para cistite por pelo menos 5-14 dias.

Contra-indicações para uso

Os medicamentos antibacterianos, incluindo a ciprofloxacina, têm várias contra-indicações:

  • gravidez e lactação,
  • menores de 18 e maiores de 60 anos,
  • composição de intolerância
  • patologia do fígado ou rins.

Se você tem um histórico das doenças ou condições acima, tomar o medicamento é impossível. Nesses casos, o médico prescreve antibióticos de outro grupo farmacológico - macrolídeos, penicilinas.

Durante o período de amamentação, o antibiótico é contra-indicado, mas se houver necessidade, durante o período de tratamento vale a pena parar a lactação.

Possíveis reações ao medicamento

Tomar um antibiótico pode causar efeitos colaterais indesejados, incluindo:

  • dor abdominal
  • náusea, vontade de vomitar,
  • dores de cabeça
  • erupção cutânea

Se os sintomas acima aparecerem, você deve parar de tomar o medicamento, procurar ajuda médica. O risco de efeitos colaterais aumenta com a não adesão à dose de drogas ou a presença de uma história de contraindicações para receber.

Recomendações durante o tratamento

No processo de tratamento da cistite com um antibiótico, é importante seguir algumas regras. Eles ajudarão a aumentar o efeito terapêutico da droga, reduzir o risco de efeitos colaterais.

  1. Tome apenas como prescrito por um médico.
  2. Cumprir estritamente com a dose, duração da administração.
  3. Não pare de tomar o medicamento com as primeiras melhorias.
  4. Elimine completamente o álcool.
  5. Não compre análogos sem consultar um especialista.
  6. Se após 2 dias de tomar o antibiótico não houver melhorias visíveis - consulte um médico.
  7. É proibido combinar o medicamento com outros antibióticos.

É importante durante o período de terapia antibacteriana tomar agentes probióticos que ajudem a proteger a microflora intestinal do desenvolvimento de disbiose. O intervalo entre tomar antibióticos e probióticos deve ser de pelo menos 2 horas.

Observando as regras elementares, o efeito da terapia já será notado no segundo dia do curso. Antes de tomar Ciprofloxacina, é necessário consultar um urologista. Terapia antibacteriana de cistite é apenas parte do tratamento, porque o médico irá prescrever outros medicamentos para uma recuperação bem sucedida e dar recomendações úteis sobre nutrição e estilo de vida.

Análogos na composição

A ciprofloxacina é uma droga doméstica acessível, mas se por qualquer razão for impossível tomar o medicamento, o médico pode prescrever seus análogos. A indústria farmacêutica fornece uma lista enorme de antibióticos para competir com a Ciprofloxacina. Todos os substitutos podem dividir-se em 2 grupos - análogos estruturais e drogas da ação terapêutica.

No primeiro caso, as preparações têm uma composição similar, mas são produzidas por outro fabricante. No segundo, os antibióticos pertencem a um grupo diferente, têm uma composição diferente, mas quando tomados têm o mesmo efeito terapêutico.

Se necessário, e somente sob recomendação de um médico, a Ciprofloxacina pode ser substituída pelos seguintes análogos estruturais:

Análogos de Ciprofloxacina são produzidos por fabricantes nacionais e estrangeiros, têm valores diferentes. Além disso, cada medicamento é produzido por tecnologias especiais, contém em sua composição vários excipientes, que serão indubitavelmente exibidos sobre a qualidade do medicamento e suas propriedades no tratamento da cistite.

Assista ao vídeo: BULA DE CIPROFLOXACINO - PARA QUE SERVE? (Julho 2020).

Pin
Send
Share
Send
Send