Crianças

Antibióticos utilizados em crianças com bronquite

Pin
Send
Share
Send
Send


Preciso prescrever antibióticos para bronquite em adultos? Esta é uma questão controversa, uma vez que a bronquite em si não é uma doença infecciosa e não é causada por bactérias, mas por vírus. Com a derrota do brônquio de natureza viral, o uso de antibióticos não é eficaz, além disso, a prescrição de drogas antibacterianas pode complicar a situação: enfraquecer o sistema imunológico, provocar disbacteriose intestinal, reações alérgicas e, assim, interferir na recuperação.

A eficácia da terapia dependerá em grande parte da forma de bronquite. Se ele tem uma natureza viral, é possível fazer sem antibióticos e incluí-los no regime de tratamento apenas no acesso de uma infecção bacteriana. Neste caso, é imperativo realizar um exame bacteriano do escarro, a fim de estabelecer o tipo de patógeno e selecionar uma droga realmente eficaz à qual os patógenos são suscetíveis. Vamos descobrir quais antibióticos usar para bronquite em adultos e em quais casos é recomendado prescrevê-los.

Antibióticos para bronquite em adultos - indicações para uso

A viabilidade do uso de agentes antibacterianos depende em grande parte da forma de bronquite, que pode ser aguda, crônica ou obstrutiva. Quando bronquite desenvolve inflamação da membrana mucosa dos brônquios, acompanhada de uma tosse forte e debilitante.

Na bronquite aguda, os antibióticos geralmente não são usados. Sua finalidade justifica-se apenas com alto risco de complicações bacterianas. Neste caso, as preparações de penicilina são geralmente preferidas.

Para o tratamento da bronquite crônica no período de exacerbação use drogas do grupo de macrolídeos, aminopenicilinas ou cefalosporinas. Esse tratamento é especialmente necessário em pacientes idosos, a fim de evitar complicações graves que ameacem o desenvolvimento de pneumonia.

A bronquite obstrutiva é tratada com antibióticos quando uma infecção purulenta se une, acompanhada de um aumento da temperatura. Para isso, são prescritos agentes antibacterianos, levando em consideração o tipo de patógeno. Os antibióticos mais eficazes para bronquite e pneumonia em adultos serão esses medicamentos, para os quais os agentes ativos dos patógenos da doença são mais sensíveis. Em casos graves da doença, injeções (injeções) de antibióticos são usadas.

Regra imutável, que os médicos seguem no tratamento da bronquite - não prescrevem antibióticos desde os primeiros dias da doença. O uso de drogas neste grupo é justificado nos seguintes casos:

  • A bronquite é complicada pela adição de uma infecção bacteriana e o corpo não pode lidar com isso sozinho por duas semanas.
  • A doença crônica é caracterizada por uma natureza prolongada, muitas vezes recorrente, adquire uma forma atípica e é acompanhada por um enfraquecimento significativo do sistema imunológico.
  • O curso da doença é acompanhado por dificuldade em respirar, a aparência de falta de ar e febre alta, não caindo por mais de 2 dias, fraqueza geral.
  • Sintomas de intoxicação do corpo são manifestados e amplificados, altos níveis de VHS no sangue são anotados.
  • O tratamento com antibióticos é prescrito a pacientes idosos e senis, nos quais a imunidade é enfraquecida e o risco de desenvolver complicações potencialmente fatais é alto.

É importante! Antibióticos para bronquite devem ser prescritos pelo médico após o diagnóstico ter sido esclarecido e vários estudos necessários foram realizados. O autotratamento, neste caso, é inaceitável!

Nomes de drogas eficazes

Quando bronquite é mais frequentemente prescrito os seguintes grupos de drogas:

  1. Aminopenicilinas. Estes são derivados da penicilina, que visam destruir as membranas celulares de patógenos. Eles não causam danos especiais ao corpo humano, mas muitas vezes causam reações alérgicas. Os antibióticos mais populares desta série são Augmentin, Amoxiclav, Amoxicillin.
  2. Fluoroquinolonas. Drogas com amplo espectro de ação, destruindo bactérias devido à destruição do DNA das células microbianas. Podem ser prescritos antes que a cultura bacteriana identifique o agente infeccioso. Mas deve-se ter em mente que o uso prolongado ou incorreto de fluoroquinolonas provoca o desenvolvimento de dysbacteriosis. Representantes deste grupo são Levofloxacina, Ofloxacina.
  3. Macrólidos. As drogas deste grupo bloqueiam a síntese protéica nas células bacterianas, o que impede sua reprodução e leva à morte. Macrólidos são usados ​​para bronquite prolongada, bem como quando ocorre uma reação alérgica a outros antibióticos. Acredita-se que estes sejam os melhores antibióticos para bronquite crônica em adultos. Drogas macrólidas incluem azitromicina, midecamicina, Sumamed.
  4. Cefalosporinas. A ação das drogas visa retardar a síntese da proteína que forma a base da célula microbiana. Como resultado, o crescimento e a reprodução de bactérias diminuem e eles logo morrem. Os antibióticos de cefalosporina são muitas vezes a causa de reações alérgicas, por isso devem ser prescritos com cautela. Representantes deste grupo de drogas - Cefazolin, Supraks, Ceftriaxone. Outro antibiótico forte e eficaz para bronquite em adultos é a ceftazidima.

No início da antibioticoterapia, geralmente é dada preferência às preparações de penicilina. Se o paciente tiver reações alérgicas ou as bactérias forem resistentes ao medicamento, selecione antibióticos de outro grupo. O curso do tratamento com preparações antibacterianas da bronquite leva uma média de 7-10 dias. Drogas do grupo de macrolídeos têm o efeito mais forte, apenas três comprimidos são geralmente suficientes para curar a bronquite.

Os melhores antibióticos para bronquite em adultos - a lista e o preço

Os antibióticos mais baratos para bronquite em adultos são medicamentos como

  1. Amoxicilina
  2. Ofloxacina,
  3. Biseptol ou Azimtromicina.

Outros agentes com um amplo espectro de ação são uma ordem de magnitude mais cara, mas neste caso também se podem encontrar análogos que tenham efeito terapêutico idêntico. Se necessário, o médico irá aconselhar a melhor opção do medicamento na extensa lista de antibióticos.

Droga antibacteriana barata do grupo de sulfonamidas, que se nomeia como parte do complexo tratamento de infecções do trato respiratório (bronquite aguda e crônica, pneumonia, abscesso pulmonar).

O Biseptol tem muitas contra-indicações e efeitos colaterais, tem sido usado na medicina há muito tempo e a maioria das bactérias desenvolveu resistência aos ingredientes ativos da droga. Portanto, antes da nomeação de comprimidos, recomenda-se verificar a susceptibilidade da microflora à ação de Biseptol. O custo de antibióticos - de 35 rublos.

Flemoxina-Solutab

Um antibiótico de amplo espectro da série da penicilina, que é freqüentemente prescrito para complicações de bronquite aguda ou crônica. A base da droga é substância amoxicilina. O medicamento é produzido sob a forma de comprimidos convencionais ou mastigáveis ​​com um agradável sabor de damasco.

O medicamento tem um mínimo de contraindicações e pode ser usado para tratar mulheres e crianças pequenas (incluindo bebês). O médico escolhe a dose de medicamento individualmente. Os efeitos colaterais ocorrem com pouca frequência, mas podem afetar diferentes sistemas do corpo (nervoso, digestivo, urinário, sistema hematopoiético). Em alguns casos, tomar a droga provoca reações alérgicas. Preço de Solyuba - de 300 rublos.

Amoxicilina

Série de antibióticos de penicilina semissintética. Tem uma ampla gama de ação antibacteriana e é usado no tratamento do trato respiratório (bronquite, pneumonia), infecções do trato respiratório superior, infecções do trato gastrointestinal, sistema geniturinário e outras patologias. A droga está disponível na forma de cápsulas, comprimidos, revestidos por película e grânulos.

O efeito do medicamento começa meia hora após a administração e dura 6 a 8 horas, uma certa dose do medicamento deve ser tomada até 3 vezes ao dia. A droga pode causar reações adversas de vários sistemas do corpo, de modo que a dosagem e o regime de dosagem são selecionados pelo médico individualmente. O custo de amoxicilina - de 45 a 70 rublos.

Outro representante do grupo aminopenicilina, que inibe o crescimento e a reprodução de bactérias, é usado para tratar a maioria das infecções inflamatórias causadas por patógenos (incluindo bronquite e pneumonia). A base da droga é o ácido clavulânico, que bloqueia a produção de beta-lactamase, que as bactérias produzem para proteger contra as penicilinas.

Por conseguinte, o Augmentin atua de forma muito mais eficaz do que outros medicamentos do grupo da penicilina. Remédio moderno produzido em diferentes formas de dosagem: comprimidos, injeções, gotas, pó para suspensão. Qual forma de medicação seria preferível, decide o médico assistente. Reações adversas durante o uso de Augmentin raramente se desenvolvem, mas em alguns casos, a droga pode causar reações alérgicas e distúrbios do trato digestivo (dysbacteriosis, efeitos tóxicos no fígado).

Em formas graves da doença, o uso de Augmentin na forma de injeções intravenosas, que são dadas a cada 8 horas, é preferível. O preço da droga - a partir de 280 rublos.

Ofloxacina

A droga do grupo das fluoroquinolonas, está disponível na forma de comprimidos e solução para infusão. A substância ativa do medicamento desestabiliza a cadeia de DNA nas células das bactérias, o que provoca sua morte. A droga é ativa contra a maioria das micobactérias atípicas e os microrganismos que desenvolveram resistência a outros agentes antibacterianos.

Ofloxacina é amplamente utilizada em vários campos da medicina, incluindo prescritos no tratamento de bronquite e pneumonia. A droga é contra-indicada na gravidez e amamentação, hipersensibilidade aos seus componentes, além disso, não é prescrito até 18 anos de idade.

A dosagem é selecionada pelo médico individualmente, levando em consideração a gravidade dos sintomas e o tipo de patógeno. A ofloxacina pode causar várias reacções adversas do sistema nervoso, digestivo, cardiovascular e urinário, pelo que deve ser prescrita com precaução. O preço da droga - de 40 rublos.

Sumamed.

Um poderoso antibiótico macrólido usado no tratamento de uma ampla gama de doenças infecciosas-inflamatórias causadas por microrganismos suscetíveis. Sumamed é produzido sob a forma de comprimidos, cápsulas e pó para preparar uma suspensão com sabor a morango. Esta droga é muitas vezes chamada de "antibiótico para bronquite em adultos - 3 comprimidos", porque o curso de tomar a medicação é de apenas três dias, durante o qual você precisa tomar 1 comprimido (500mg) de Sumamed.

Isso é o bastante para a destruição de patógenos, a eliminação dos principais sintomas da bronquite e a recuperação completa. A base do comprimido é a substância ativa azitromicina, que é bem tolerada pela maioria dos pacientes e, se a dose indicada for observada, raramente provoca reações adversas.

No entanto, como a maioria dos antibióticos, o medicamento, se usado de forma inadequada, pode provocar disbacteriose e causar vários distúrbios do sistema nervoso e digestivo, além de ter um efeito tóxico no fígado. Portanto, o médico deve selecionar a dose da medicação levando em consideração possíveis contraindicações, a idade do paciente e o quadro clínico da doença. Custo Sumamed, em média, é de 500 rublos.

Revisões de aplicação

Revisão №1

Recentemente teve que ser tratado por bronquite. Tudo começou com um ORZ comum, que sofri nos meus pés. Mas quando a febre, o nariz escorrendo, as dores de cabeça e outras “delícias” da doença do resfriado desapareceram, houve uma tosse exaustiva, acompanhada de falta de ar e fraqueza severa.

No consultório médico, descobriu-se que o frio foi complicado pela bronquite, e todas as tentativas de tratamento em casa não tiveram sucesso e a tosse me atormentou por mais de duas semanas. O médico prescreveu um forte antibiótico Sumamed e disse que ajudaria em apenas 3 dias.

Eu estava cético em relação a essa afirmação, mas, na verdade, os ataques de tosse cessaram, a descarga de expectoração começou e apenas 3 comprimidos (1 dose por dia) foram suficientes para suportar a bronquite.

Quando são prescritos antibióticos para crianças com bronquite?

A terapia antibacteriana para crianças é prescrita nos seguintes casos:

  • um aumento na temperatura do corpo a 39 graus, que dura 3 dias,
  • o aparecimento de falta de ar, fraqueza e dificuldade para respirar,
  • sintomas pronunciados de intoxicação,
  • expelindo expectoração purulenta,
  • leucocitose e aumento da VHS no sangue,
  • sintomas associados, indicando uma infecção bacteriana (uma acentuada deterioração do estado geral após uma melhora de curto prazo, hipertermia repetida, tosse debilitante, etc.).

É dada especial atenção a crianças com história complicada (lesões durante o parto, prematuridade, anomalias do desenvolvimento, etc.), uma vez que têm um risco bastante elevado de complicações do sistema respiratório.

Os antibióticos de amplo espectro são prescritos empiricamente: a técnica permite que você prescreva medicamentos antes mesmo que o diagnóstico seja esclarecido e que os resultados do exame sejam obtidos, bem como para o início precoce da terapia. Isso se deve à duração da análise (coleta de escarro) para determinar o patógeno específico e a necessidade de tratar infecções bacterianas agudas.

Penicilinas

Os antibióticos de penicilina (amoxicilina, ampioks, ampicilina, flemoxina, augmentina, ospamox, flemoklav, hinkocil) são caracterizados pela ação mais suave, de modo que eles recebem prioridade.

Além disso, a maioria deles vem em várias formas (xarope, suspensão, comprimidos instantâneos, etc.), o que facilita muito a sua recepção por crianças pequenas. Em casos graves, os antibióticos de penicilina podem ser administrados por injeção.

Os antibióticos incluídos no grupo macrolídeo (Claritromicina, Azitrox, Zitrolid, Sumamed, Azitral, Macropeno, Azitromicina, Roxitromicina, Binoclar, Rovamicina) são usados ​​se após 3 dias de tratamento de bronquite em crianças com antibióticos à base de penicilina, o sintoma permanecer.

As vantagens dos macrolídeos incluem eventos adversos mínimos e reações alérgicas extremamente raras, o que os torna seguros para crianças.

Cefalosporinas

Os medicamentos antibacterianos do tipo cefalosporina (Supraks, Ketocef, Cefaxone, Medakson, Asketil, Natsef, Zinnat, Antsef, Zinatseff) são mais frequentemente prescritos sob a forma injectável. Estas ferramentas têm um efeito antibacteriano eficaz, mas podem provocar uma reação alérgica.

Cefalosporinas têm uma ampla gama de contra-indicações, por isso eles são prescritos para crianças no tratamento da bronquite apenas com uma forma complicada da doença, por exemplo, com obstrutiva, e com a ineficácia do tratamento com outros antibióticos.

Fluoroquinolonas Respiratórias

Existe outro grupo de antibióticos fluoroquinolonas (Cipronol, Ciprolet e Levofloxacina), que o médico pode prescrever em casos excepcionais (com desenvolvimento grave de bronquite em crianças) que representam uma ameaça real à vida do paciente. Os antibióticos deste grupo têm um grande número de contra-indicações, são eficazes, mas bastante agressivos, pelo que o seu uso para crianças menores de 12 anos é excluído.

A duração média de um ciclo de tratamento antibiótico de bronquite em crianças é de 7 a 10 dias, mas às vezes o tempo pode aumentar, devido à gravidade do processo patológico.

Antibióticos para crianças menores de um ano

A bronquite mais grave ocorre em crianças pequenas, devido à imaturidade do sistema imunológico e à estrutura do trato respiratório. Além disso, o bebê não consegue explicar sua condição e os primeiros sinais de bronquite são detectados pelos pais. Com cuidado insuficiente, esta condição pode provocar sérias complicações.

Para o tratamento da bronquite em crianças com menos de 1 ano de idade, os seguintes antibióticos são mais frequentemente utilizados:

  • Cefixima (Supraks) - este antibiótico pertence ao grupo das cefalosporinas e é tomado por via oral para infecções bacterianas. Suprax em suspensão é aprovado para uso por crianças a partir dos 6 meses, à taxa de 2-4 ml de medicamento por 1 kg de peso da criança (a cada 12 horas). A dose necessária é digitada com uma seringa ou uma colher de medição especial anexada à preparação.
  • Augmentin - refere-se ao grupo penicilina e sob a forma de uma suspensão é permitida para uso em crianças de 3 meses a 1 ano. A dosagem é calculada pelo médico com base no peso corporal e na idade da criança. Uma quantidade única de Augmentin é calculada usando a seguinte fórmula: o peso da criança é multiplicado por 30 e dividido por 2. A quantidade final da droga (ml) é dada à criança 2 vezes durante o dia.
  • Amoxicilina - este antibiótico tem uma ampla gama de ação e é prescrito não apenas para bronquite, mas também para doenças otorrinolaringológicas. Чтобы приготовить суспензию, в специальный флакон с гранулами Амоксициллина доливается кипяченая (остуженная) вода до специальной отметки на флаконе, который затем тщательно встряхивается. В результате этих действий образуется густой сироп со вкусом малины или клубники.A dosagem para crianças até aos 2 anos é calculada utilizando a fórmula 20 mg por 1 kg de peso corporal e é dividida em 3 doses diárias.
  • Zinnat - este antibiótico pertence a cefalosporinas e é aprovado para uso por crianças de 3 meses na forma de uma suspensão à taxa de 1 kg de peso corporal multiplicado por 10. O resultado será a dosagem (em ml), que é projetado para 1 recepção.
  • Zinacef - este agente antibacteriano é usado não só no tratamento de bronquite em crianças. Pode ser prescrito para sinusite, pneumonia, sinusite frontal, etc. Existem várias formas de Zinatsef, no entanto, antibiótico em suspensão é o preferido para crianças. Um frasco de grânulos é pré-diluído com água destilada (para 1 kg de peso corporal 30-100 mg por dia durante 3 doses). Crianças até 3 meses durante o dia atribuído 30 mg / kg (manhã e noite).
  • A ceftriaxona é um potente agente antibacteriano. A droga está disponível em pó, que é diluído com uma solução de cloreto de sódio ou água para injeção. Para crianças com menos de 1 ano de idade, a dosagem é calculada da seguinte forma: 50 kg de ceftriaxona por 1 kg de peso corporal. Ao usar um antibiótico, deve-se levar em conta a intensidade das injeções e a massa de efeitos colaterais ao tomar ceftriaxona. É proibido usar o medicamento para icterícia de recém-nascidos e prematuridade.

Regras antibióticas

A principal condição para o uso de antibióticos é a necessidade de sua recepção sob a supervisão do médico assistente.

As crianças com mais de 7 anos de idade podem receber agentes antibacterianos sob qualquer forma (cápsulas, comprimidos, soluções injectáveis, etc.), enquanto os bebés preferem tomar medicamentos sob a forma de xaropes e suspensões.

Para obter o resultado mais positivo, o antibiótico prescrito deve ser administrado ao mesmo tempo, excluindo as omissões. No caso de dupla admissão, a pausa deve ser de 12 horas, e a consulta de três horas prevê um intervalo entre as recepções às 8 horas (ao mesmo tempo).

A duração da antibioticoterapia para bronquite é, em média, de 7 dias, mas algumas drogas, como Summamd, são recomendadas para crianças que não duram mais que 3 dias. Uma mudança independente no momento da admissão é categoricamente excluída.

É importante seguir as instruções, que indicam as nuances de uso (antes ou depois das refeições, compatibilidade com outras drogas, etc.). Se a criança é propensa a reações alérgicas, os anti-histamínicos são tomados simultaneamente.

  • Os antibióticos têm um efeito negativo nos rins e no fígado, porque é importante prescrever uma dieta econômica para manter os órgãos saudáveis ​​durante o tratamento.
  • Além disso, os antibióticos podem destruir a microflora intestinal, o que pode levar a problemas com a cadeira. Neste caso, é necessário tomar probiotics, não só durante, mas também depois do tratamento (durante 7-10 dias). Que tipo de probiótico é necessário em cada caso específico é decidido exclusivamente pelo médico com base na gravidade dos sintomas.

Os antibióticos devem ser consumidos apenas com água limpa e simples, excluindo-se outros tipos de bebidas. Se todas as recomendações forem seguidas, o tratamento da bronquite em crianças pode ser de 1 a 2 semanas, mas em casos complicados a duração da antibioticoterapia pode ser aumentada de 2 para 3 semanas.

Os pais devem prestar atenção à condição do bebê durante o tratamento, e se houver qualquer suspeita de deterioração de sua saúde ou reação atípica, ele deve informar imediatamente o médico responsável. Ele selecionará a substituição ideal do antibiótico.

Em alguns casos, após a realização de tratamento antibacteriano, pode persistir uma tosse residual rara, que não é acompanhada por hipertermia e sintomas de intoxicação. Esta condição não é considerada atípica, pois a tosse em caso de bronquite aguda, mesmo após o tratamento, pode durar até 3 semanas e não requer o uso adicional de drogas antibacterianas.

Deve ser lembrado que para lidar com bronquite em crianças só é possível com uma abordagem integrada. É inaceitável usar antibióticos sem um exame preliminar do bebê por especialistas. Somente se todas as recomendações médicas forem seguidas, a bronquite pode ser finalmente curada, evitando conseqüências sérias.

Grupos antibióticos para bronquite

A prescrição de antibióticos só pode pneumologista de acordo com análises de semeadura bacteriana de escarro. Bakposev faz-se quando um paciente se trata, investigam a que antibióticos a microflora mostra a atividade máxima, escolhem dos nomes encontrados o antibiótico que é o melhor para bronquite, o mais apropriado para crianças, para adultos.

O resultado dessa análise só é conhecido após vários dias. A fim de não permitir que a doença aumente, o médico prescreve um medicamento que atua sobre um amplo grupo de bactérias até que os resultados do bakposev sejam obtidos.

Posso colocar frascos de vidro para bronquite - veja em nosso artigo.

Os macrolídeos são considerados drogas relativamente seguras com um pequeno número de contraindicações. Compostos deste grupo são eficazes contra cocos, protozoários parasitas intracelulares - Chlamydia, Legionella, Rickettsia.

Medicamentos neste grupo são permitidos para crianças até um ano. Exceção - fundos contendo claritromicina. Antibióticos com claritromicina são proibidos de usar no tratamento de bronquite em crianças menores de seis meses.

Josamicina, azitomicina, spiromicina, claritromicina, midecamicina são amplamente utilizados na prática médica. Os antibióticos permitidos para bronquite incluem drogas com os seguintes nomes comerciais:

Série de tetraciclina

Compostos de tetraciclina exibem propriedades antimicrobianas, inibindo o crescimento da microflora, inibindo a produção de substâncias necessárias para a reprodução de patógenos.

O uso destes compostos provoca um grande número de contraindicações, com exceção da droga doxiciclina, este antibiótico é o único da série de tetraciclinas que é prescrito para bronquite.

Unidox Solutab contendo doxiciclina é ativo contra estafilococos, protozoários intracelulares, leptospiras, rickettsias.

Grupo fluoroquinolona

As fluoroquinolonas são usadas no tratamento de bronquite e pneumonia em adultos. Para a forma purulenta, o tratamento com ciprofloxacina é prescrito. Este medicamento pertence à 2ª geração de fluoroquinolonas, é bem estudado e é ativo contra uma ampla gama de patógenos.

Levofloxacina (Tavanic), moxifloxacina (Avelox) são prescritos a partir de um número de fluoroquinolonas. Estes antibióticos eficazes modernos raramente são viciantes com bronquite, são distinguidos por um melhoramento a longo prazo.

É possível andar com bronquite - descubra em nosso artigo.

Carbapenems

Carbapanems são compostos que são ativos contra os patógenos mais conhecidos. Essas drogas não são viciantes, são resistentes à ação das enzimas.

Carbapenêmicos modernos Imipenem, Meropenem utilizado em ressuscitação para o tratamento das infecções mais graves do trato respiratório, pneumonia, bronquite.

Quanto é tratada bronquite - descobrir em nosso artigo.

Tabela de antibióticos permitidos para bronquite

A prescrição de antibióticos para bronquite é justificada apenas se forem recomendados por um médico. Você deve sempre lembrar de observar a dosagem do medicamento, os possíveis efeitos colaterais causados ​​pela ingestão do medicamento.

O sinal “+” significa que o medicamento pode ser usado para bronquite, o sinal “±” indica que o medicamento pode ser usado com algumas restrições.

Fluimucil-antibiótico

Topicamente usado tianfenicol, que está incluído na droga Fluimucil-antibiótico - drogas para inalação.

Além do tianfenicol, a composição inclui um composto detonante edetato dissódico, exibindo as propriedades de um mucolítico. Edetato dissódico contribui para a diluição da expectoração, melhora a sua descarga a partir dos brônquios.

Fluimutsilom é tratado por inalação, a droga ao mesmo tempo atua diretamente no local da inflamação.

A inalação com um antibiótico fluimucil é considerada, se, obviamente, não violar as instruções, um tratamento seguro e eficaz para a inflamação do trato respiratório.

Leia mais sobre o procedimento de inalação no nosso artigo Inalação com bronquite com nebulizador.

Tratamento adulto

Bronquite em adultos pode provocar pneumonia, bronquiectasia, se o paciente prescrever de forma independente um tratamento. Qualquer consulta deve ser feita por um médico, você precisa visitá-lo na recepção quando as primeiras manifestações da doença aparecem.

Adultos com bronquite são frequentemente prescritos para beber preparações de aminopenicilina, macrolídeos, Augmentin, Panklav, Klacid são frequentemente prescritos antibióticos.

Na bronquite crônica purulenta, na ausência do efeito do uso de macrolídeos, amoxicilinas, após 3 dias, o antibiótico é substituído por uma preparação de cefalosporina.

Na forma crônica de bronquite, os adultos são prescritos para beber tais antibióticos, que são melhor tolerados pelos pacientes, não causam dependência, têm menos efeitos colaterais prejudiciais.

Para um tratamento tão duradouro, as cefalosporinas de última geração são as mais adequadas, a cefixima é a droga de escolha. Este antibiótico está contido em preparações com os nomes comerciais Supraks, Cemidexor, Ceforal, Cefspan, Pancef.

Idosos com bronquite crônica podem prescrever medicamentos contendo o antibiótico cefuroxima, a lista de medicamentos eficazes para bronquite incluem: Zinnat, Cefuroxima Kabi, Zinatsef.

Para o tratamento de pacientes idosos, com a forma purulenta de inflamação, exacerbação da bronquite crônica, antibióticos mais fortes fluoroquinolona - levofloxacina, moxifloxacina são usados.

Cefalosporinas da 4ª geração são prescritas, como cefepima, cefotaxima. Essas substâncias são capazes de permanecer ativas na presença de pus, penetram bem em grupos de muco espesso que entope os brônquios.

Tratamento antibiótico para mulheres grávidas

Durante a gravidez, a imunidade da mulher diminui, o que aumenta a probabilidade de infecções respiratórias agudas, que provocam inflamação dos brônquios.

O tratamento com métodos populares apenas atrasa o período da doença, adia a recuperação. E isso é muito indesejável quando se leva uma criança.

Com este método de tratamento aumenta o risco de inflamação aguda na forma prolongada. Isso reduz significativamente a função respiratória dos pulmões, contribui para o aumento da hipóxia, a ocorrência de deficiência de oxigênio no feto

As mulheres grávidas podem prescrever tratamento com aerossol bioparox. A inalação através de um nebulizador com um antibiótico fluimucil ajudará a curar a inflamação brônquica.

É relativamente seguro usar cefalosporinas sob o controle de um pneumologista durante a gravidez. Eles não possuem atividade teratogênica e não afetam o embrião.

Durante a gravidez, as cefalosporinas são consideradas preparações aceitáveis ​​contendo como um ingrediente ativo o antibiótico cefixima - drogas Panzef, Supraks. Mas essas drogas não podem ser usadas de forma incontrolável, é necessário consultar um médico.

O que mais você precisa saber sobre o tratamento do tratamento da bronquite durante a gravidez - leia nosso artigo.

O que não pode ser tomado durante a gravidez de bronquite

  • As fluoroquinolonas não podem ser usadas durante a gravidez devido à sua capacidade de penetrar no líquido amniótico através da placenta, para influenciar a formação do feto.
  • Dos macrólidos durante a gravidez, a claritromicina é contraindicada, a azitromicina é relativamente contraindicada.
  • Quando os macrolídeos amamentados são proibidos, como eles facilmente penetram no leite materno.

Ao escolher uma droga, o médico sempre procede do estado de saúde da mulher e do perigo para o bebê.

Tratamento de bronquite em crianças

Em crianças, em 90% dos casos, desenvolve-se bronquite aguda, que tem natureza viral e não é suscetível ao tratamento com antibióticos. A exceção são crianças menores de um ano de idade, bebês menores de 3 anos, nos quais a doença é atípica. E como entender que uma criança tem bronquite - leia nosso artigo.

Crianças com mais de 3 anos de idade são prescritas drogas antibacterianas quando aparecem sinais de contaminação bacteriana. A criança recebe um antibiótico se tiver febre, não passar tosse, sentir falta de ar em repouso, falta de ar e aparecerem sinais de intoxicação.

Se uma criança precisa ser tratada para bronquite com antibióticos, ele é prescrito aminopenicillins ou macrolídeos. Em caso de alergia a aminopenicillins, eles são tratados com preparações de macrolídeos - Ecomed, Macropen.

Os antibióticos infantis são produzidos em formas farmacêuticas que permitem que você atue ativamente no foco inflamatório, mas não causa dificuldades no tratamento da bronquite.

Uma criança com menos de 5 anos é difícil de explicar como é útil engolir comprimidos amargos, suportar injeções. É muito mais fácil manter sua atitude positiva a ser tratada, se você usar métodos modernos de tratamento.

Detalhes sobre o curso de bronquite em crianças e métodos do seu tratamento - leia no nosso artigo Sintomas, tratamento de bronquite em crianças menores de 5 anos.

As melhores formas de dosagem de antibióticos para crianças são pastilhas mastigáveis, comprimidos solúveis efervescentes, aerossóis, xaropes com um sabor agradável. E o melhor método de tratamento para bronquite é a inalação através de um nebulizador.

Este método é usado para bronquite aguda, bronquiolite, bronquite crônica grave, com inflamação persistente que não é passível de tratamento com outras drogas.

Como os adultos, crianças com bronquite que ameaçam desenvolver pneumonia recebem fluoroquinolonas. Este antibiótico forte deve prescrever, ajustar a dose, apenas o médico.

O uso de antibióticos para bronquite impede a disseminação da infecção dos órgãos respiratórios para outros sistemas orgânicos do paciente. As drogas antibacterianas são necessárias para prevenir otite, amigdalite.

Como funcionam os antibióticos

Para entender se você precisa usar o medicamento, você precisa saber o efeito que ele tem. Antibióticos - nome abreviado para um grupo de drogas antibacterianas. Essas substâncias destroem os germes que causam a doença e, portanto, são muito eficazes no tratamento de muitas condições.

No entanto, deve ser lembrado que os antibióticos não são prejudiciais para todos os micróbios, mas apenas em bactérias, patogênicas e benéficas. As drogas antibacterianas são ineficazes contra vírus, o que torna a sua utilização em doenças virais não complicadas sem sentido.

Indicações para antibioticoterapia

Antibióticos são prescritos apenas para infecções bacterianas.que pode aparecer como uma doença independente ou ser uma complicação de outra condição. Um único regime de tratamento e indicações gerais para todos os antibióticos não existem. Para cada droga, as instruções contêm as doenças e o espectro de microrganismos para os quais ela está ativa.

No caso de bronquite, o tratamento antibiótico ocorre na presença de flora bacteriana ou uma alta probabilidade de sua ocorrência. Indicações para a nomeação deste grupo de drogas são condições quando:

  1. O paciente é uma pessoa idosa cuja imunidade é enfraquecida. Em tal situação Um antibiótico pode ajudar a prevenir complicações e infecções bacterianas.cuja probabilidade é muito alta.
  2. Houve uma exacerbação da forma crônica de bronquite.
  3. A forma aguda de inflamação da árvore brônquica foi atrasada e a recuperação não ocorre por mais de 3 semanas.
  4. A bronquite é causada por danos nas membranas mucosas, como queimaduras no trato respiratório.
  5. Os agentes causadores são clamídia ou micoplasma, pois são difíceis de tratar de forma diferente.

Como escolher uma droga

A regra principal na escolha do antibiótico - deve estar ativo em relação ao patógeno desejado. Com cada doença existe uma lista de admissíveis para o tratamento de drogas. Você não pode comprar o primeiro antibiótico disponível e começar o tratamento.

Um ponto importante na escolha é a natureza da distribuição da droga nos tecidos do corpo. Se o patógeno está localizado nos pulmões, e a maior concentração da droga é encontrada no trato urinário, é melhor escolher outro meio.

Recomendações gerais para o tratamento da bronquite são::

  1. Os primeiros dias de bronquite são tratados sem o uso de antibióticos.. A exceção são pacientes com alta probabilidade de complicações bacterianas. Preferência é dada a um grupo de medicamentos relacionados às penicilinas.
  2. O processo inflamatório crônico de alta probabilidade é acompanhado pela presença de flora bacteriana, sendo assim, o médico pode prescrever um medicamento do grupo de macrolídeos ou cefalosporinas.
  3. Em relação à infecção por clamídia, macrolídeos, fluoroquinolonas e tetraciclinas serão eficazes. Quando micoplasma - macrolídeos.
  4. A forma obstrutiva, especialmente a presença de expectoração purulenta, pode ser uma indicação para a indicação de macrolídeos, fluoroquinolonas ou drogas para as quais a cultura de escarro revelou a sensibilidade do patógeno.

Cálculo de dosagens

As dosagens de antibióticos são calculadas tendo em conta a idade do paciente e a gravidade da doença.. Os intervalos admissíveis da norma para cada droga são conhecidos do médico, e também estão escritos nas instruções. Para cada ingrediente ativo tem sua própria ingestão diária e não é igual à dosagem de outros antibióticos.

Как правило, сначала определяют суточную дозу препарата, а затем делят ее на необходимое количество приемов. Кратность приема и длительность курса также определяет врач. В антибиотикотерапии очень важно соблюдать равные интервалы между введением доз препарата, чтобы обеспечить стабильную концентрацию действующего вещества в крови.

Лекарственные формы антибиотиков

A via de administração é determinada pela gravidade da doença. e a idade do paciente. O médico pode prescrever um antibiótico:

  1. Em comprimidos. A forma mais conveniente, que é usada para gravidade leve e moderada da doença. Os comprimidos são recomendados para pacientes a partir dos 6 anos. Para os mais jovens, os fabricantes produzem formas de dosagem líquidas, que também são tomadas por via oral (oralmente).
  2. Injeção. As injeções são feitas no hospital. São indicados para pacientes com doença grave, bem como para aqueles que, por algum motivo, não podem tomar remédios por via oral.
  3. Inalação Uma maneira eficaz de combater a infecção em doenças respiratórias, particularmente bronquite. As inalações são prescritas quando o processo patológico é localizado no trato respiratório e a infecção não se espalhou para outros órgãos. As inalações dão um resultado rápido e bom de tratamento e praticamente não têm efeitos colaterais.

Antibióticos para mulheres grávidas e crianças

Antibióticos durante a gravidez são prescritos apenas em casos extremos.. No primeiro trimestre, é possível usar drogas modernas do grupo das penicilinas. A partir do segundo trimestre, é permitido o uso de algumas cefalosporinas. Fluoroquinolonas e tetraciclinas são estritamente proibidas. A melhor escolha para o tratamento da bronquite é o uso de fusafungina ou outras formas inaladas.

Para as crianças, as aminopenicilinas protegidas são consideradas as mais seguras. Eles são aprovados para uso desde tenra idade. No entanto, é muito importante calcular corretamente a dosagem do antibiótico, com base no peso da criança. Se você é alérgico a este grupo, macrolídeos ou cefalosporinas podem ser prescritos.

O número de fatores que precisam ser considerados ao prescrever um medicamento para bronquite é bastante grande. Qual antibiótico é mais adequado para um adulto ou criança, apenas um médico pode escolher. Quanto beber a droga para pneumonia ou tosse leve também deve ser determinado por um especialista. Não se auto-medicar - pode não ser apenas ineficaz, mas também causar danos adicionais à saúde.

O que é bronquite infantil e quais são seus sintomas?

Um tipo de bronquite é bronquiolite - uma doença que, por assim dizer, desce ao longo dos brônquios até os pulmões.

Em geral, a idade de bronquite de crianças 3, 4, 5 e mais velhos difere nos mesmos sintomas que em adultos:

  • a temperaturaem bebês, geralmente ele pula bruscamente pela manhã, ou fica em um nível quase imperceptível de 37 graus durante o dia pela primeira vez,
  • tosseno início da doença, pode estar seca, enquanto as crianças podem nem sequer relatar
  • fraqueza geraldesenvolve-se com o aumento da temperatura
  • comportamento nervoso, choro, a criança não consegue explicar o que está acontecendo, além disso é difícil para ele respirar e falar,
  • náusea, vômitoNa bronquite aguda, esses sintomas são muito mais comuns que em adultos.

Causas da bronquite infantil

Sistema respiratório pediátrico vulnerável por como segue motivos:

  • pequeno volume de pulmões
  • fraqueza dos músculos respiratórios, isso dificulta a separação do escarro,
  • propensão para a inflamação de órgãos com membranas mucosas e adenóides,
  • pequena quantidade de imunoglobulina nas células da mucosa.

Como regra geral bronquite em crianças é uma doença secundáriadepois dePor exemplo, laringite e faringite.

Quando você não pode fazer sem antibióticos?

Até agora, alguns médicos acreditam que o uso de antibióticos na infância tem mais efeitos colaterais do que um tratamento útil.

No entanto, no caso de com procrastinação bronquite nesses casos pode se tornar injustificado.

Segundo as estatísticas, 218 crianças de 100.000 crianças menores de um ano morrem de doenças respiratórias e 55 de crianças de 1 a 4 anos de idade.

Então é bem justificado antibióticos para bronquite são prescritos para bebês em caso de infecção bacterianaque é caracterizado por:

  • aumento de temperatura para 38 graus, que dura 3 dias,
  • expectoração de expectoração com secreções purulentas,
  • vômito
  • crescente fraqueza
  • recusa de alimentos.

Ao tomar antibióticos requerido simultâneo nomeação e medicação que normaliza a microflora intestinalpor exemplo, bifidobacterina.

Antibióticos para crianças em grupos

  • penicilinas, sua ação é a mais suave, eles são prescritos em primeiro lugar, além disso, eles são produzidos em uma forma conveniente para crianças pequenas - xarope ou suspensão,
  • macrolídeoseles são prescritos, se dentro de 72 horas as penicilinas não aliviam os sintomas da doença, seu efeito é muito mais forte, mas há reações alérgicas, embora fracas,
  • cefalosporina antibióticos, eles são prescritos em injeções, fortes, mas mais frequentemente causam alergias, são usados ​​para formas complicadas de bronquite.

Antibióticos para os mais pequenos: uma lista de ferramentas populares

Bronquite pequeninos pacientes com menos de 1 ano de idade estão se desenvolvendo extremamente rápido.

Hospitalização, neste caso, muitas vezes é a única maneira de salvar o bebê.

Como regra, em tais casos, em primeiro lugar, injeções de ceftriaxona. Este antibiótico de 3 gerações de uma ampla variação da ação permite-se para o uso até a mulheres grávidas, contudo, em caso da emergência.

Também para crianças pequenas nomear zinnat e sumamed.

Agora nos voltamos para os nomes de drogas que são prescritas para crianças mais maduras de 2-3 anos e além.

Flemoxine Solutab

Os comprimidos se dissolvem em água e têm gosto de tangerina, coisa que as crianças, é claro, gostam.

A droga está disponível na forma de comprimidos em pó ou revestidos.

Aplicado para o tratamento da bronquite em crianças a partir dos 3 meses de idade. Refere-se aos antibióticos do grupo aminopenicilina.

Infelizmente, este medicamento é muitas vezes alérgico, por isso tem que ser substituído, apesar das boas qualidades farmacológicas do medicamento.

Atribuir crianças a partir de 6 meses na forma de grânulos, que são dissolvidos em água e dão na forma de um xarope. Pacientes após 12 anos de suprax administrado em cápsulas.

Contra-indicações para tomar o medicamento podem ser alergias e doenças renais.

Efeitos colaterais dos antibióticos

Existem manifestações comuns:

  • reacções alérgicas: de manifestações cutâneas menores a, infelizmente, choque anafilático, que é o mais perigoso,
  • reações tóxicas, eles são particularmente afetados pelo fígado, rins, trato gastrointestinal,
  • activação da flora fúngica,
  • desenvolvimento de resistência a antibióticos.

Vídeo útil

Deste vídeo você vai descobrir qual antibiótico, de acordo com o Dr. Komarovsky, é melhor para a bronquite:

Felizmente, nas condições de hoje novos tipos de antibióticos aparecem anualmenteque traz menos complicações.

Portanto, não fique particularmente preocupado se seu filho receber este tipo de medicação.

Somente é necessário claramente lembre-se dois postulados: vírus antibióticos não são tratados e automedicação neste caso, apenas perigoso.

Bronquite - viral ou bacteriana?

Para responder à pergunta sobre se os antibióticos são necessários no tratamento da bronquite infantil, você precisa saber que tipo de "praga" provoca esta doença perigosa. Em 50-60% de todos os episódios de bronquite infantil, a doença é provocada por vírus: rinovírus, adenovírus e mais frequentemente do que outros - o vírus da gripe. O que acontece a seguir não é difícil de imaginar. A proteção imunológica do corpo da criança é destruída e condições muito favoráveis ​​são criadas para a atividade vital das bactérias patogênicas. Assim, a doença "flui" para a categoria bacteriana, infecção bacteriana secundária se une ao viral primário.

Em 20% dos casos, a bronquite é de origem bacteriana inicialmente. Uma criança adoece quando todos os tipos de “cocos” - estafilococo, estreptococo, bacilo pituitário, bacilo hemofílico, moraxela penetram em seu corpo (em particular nas vias aéreas). Em cerca de 15% dos casos, a bronquite é causada por fungos, e cerca de 5% dos casos são causados ​​pelos chamados organismos atípicos - clamídia, micoplasma. Essas "pragas" são insidiosas - são formas interessantes de vida, um cruzamento entre bactérias e vírus. Tal bronquite é overgrown com o adjetivo "atípico".

A escolha de drogas para tratamento

Uma vez que quase qualquer bronquite pode ser novamente treinada, mais cedo ou mais tarde, na forma bacteriana, os antibióticos são a cura mais frequente para uma doença. Esta é a posição da medicina oficial. Ela é um pouco contrária à opinião das amadas mães do Dr. Evgeny Komarovsky. Ele afirma que 99,9% das bronquites são virais e insiste no tratamento sem antibióticos.

No entanto, a chamada para a sua casa não virá Komarovsky, eo médico da sua clínica, e sua posição será mais próxima do tradicional. Considere ela.

Bem, se o agente causador da doença for confiável, ele dará ao médico a oportunidade de prescrever um antibiótico eficaz e direcionado. Um hemófilo bacilo, por exemplo, tem medo de penicilinas e a Eritromicina não o afeta. Para moraxella, os macrolidos da nova geração são destrutivos, e é indiferente à maioria de representantes de um número de penicilina. Clamídia atípica e afins não gostam de antibióticos de tetraciclina. Os mais caprichosos são os pneumococos, são resistentes a uma grande lista de antibióticos, portanto, é muito difícil curar a bronquite causada por esses microorganismos.

Ao escolher um antibiótico para o tratamento de uma criança, também é necessário levar em conta que um antibiótico suave, que tem um mínimo de efeitos colaterais, é preferível para o corpo de uma criança. Você não pode ignorar a forma da doença. A escolha mais freqüente de pediatras é antibióticos de amplo espectro.

Na bronquite aguda do tipo viral, os antibióticos não são prescritos. Com essa infecção, o corpo da criança pode lidar sozinho ou com o apoio de uma terapia especial baseada em medicamentos antivirais.

Ao detectar bronquite aguda, na qual as bactérias, a clamídia atípica ou a bronquite crônica são as culpadas, a administração de antibióticos é, às vezes, um componente importante do tratamento adequado.

O brohit obstrutivo, também chamado de purulento, é mais frequentemente tratado com drogas antibacterianas.

No próximo vídeo, você pode ver como tratar a bronquite aguda sem recorrer a medicamentos sérios.

O médico nunca prescreverá antibióticos à criança para a prevenção de bronquite crónica, uma vez que com esta finalidade, tais drogas poderosas não dão. Antibióticos não são necessários mesmo com bronquite alérgica, esta forma de doença, a propósito, é mais comum em crianças do que os pais estão acostumados a pensar.

Com a traqueobronquite (uma doença em que ambas as membranas mucosas dos brônquios e da traqueia são afectadas) e a exacerbação da asma brônquica, a questão da prescrição de antibióticos é resolvida da mesma forma que na bronquite aguda, i.e. inteiramente a critério do médico.

Em geral, a terapia antibiótica para bronquite.De acordo com a prática estabelecida, os médicos são prescritos apenas em 10% dos casos de todas as doenças. Os restantes 90% são tratados com anti-histamínicos expectorantes, mucolíticos, antivirais.

E no próximo vídeo, o Dr. Komarovsky lhe dirá como tratar a bronquite em uma criança.

Indicações para uso

A bronquite não é uma doença tão inofensiva quanto parece à primeira vista. Muitas vezes é complicado por pneumonia (pneumonia) e bronquiolite (inflamação dos pequenos brônquios). A bronquite mais perigosa para bebês desde o nascimento até um ano. Nesta idade, de acordo com as estatísticas, mais de 200 bebês do grupo controle de 100.000 bebês morrem de bronquite e suas complicações.

A razão é que a doença nessa idade se desenvolve muito rapidamente e não há tempo para selecionar drogas alternativas. A única solução sensata é antibióticos. Crianças de até um ano com bronquite são tratadas em condições estacionárias, onde existe a possibilidade de monitoramento 24 horas da condição da criança. É importante não perder o aparecimento de complicações.

Na maioria das vezes, as crianças com uma bronquite doente com idade entre 1 a 5 anos. Os jovens de 7 a 9 anos adoecem com menos frequência, mas têm maior risco de desenvolver bronquite crônica.

Após pesar os possíveis riscos à vida e à saúde da criança, fica claro por que os médicos "respeitam" os antibióticos no tratamento da bronquite.

Existem várias nuances importantes em que um médico, mesmo com uma forma descomplicada de bronquite, ainda estará inclinado a prescrever antibióticos a uma criança:

  • Se uma criança tiver uma história de traumatismo do nascimento, malformações.
  • Se a criança apresentar sinais pronunciados de insuficiência respiratória durante a bronquite.
  • Se em uma expectoração do doente a impureza de pus se distinguir bem.
  • Se a alta temperatura (acima de 38 graus) durar mais de três dias.
  • Se uma criança com bronquite tem manifestações perceptíveis de intoxicação grave. Isso pode indicar uma origem bacteriana da doença, porque a intoxicação é o envenenamento do corpo do bebê com os produtos da atividade vital de bactérias nocivas.

As crianças são geralmente prescritas antibióticos dos três grupos - penicilinas, macrolídeos e cefalosporinas.

  1. Além disso, é nessa sequência. As penicilinas têm os efeitos mais leves e são prescritas primeiro. Além disso, a maioria das drogas neste grupo tem formas convenientes de dosagem “infantil” - elas podem ser tomadas em suspensão, solução (seus pais são frequentemente chamados de xarope), existem comprimidos auto-dissolvidos. Em situações em que a doença é complicada, antibióticos com penicilina podem ser administrados em injeções.
  2. O médico prescreverá antibióticos macrolídeos secundariamente se as penicilinas não tiverem o efeito desejado. Em outras palavras, se os sintomas agudos da doença não desaparecem após 72 horas após o início do antibiótico, a penicilina, o médico pode substituir o medicamento escolhendo um macrolídeo. Esses produtos têm uma lista mínima de efeitos colaterais, raramente causam reações alérgicas e, portanto, são considerados relativamente seguro para o corpo da criança.
  3. Os médicos tentam prescrever injeções de antibióticos de cefalosporina. Eles têm um poderoso efeito antimicrobiano, mas, infelizmente, podem causar alergias. E a lista de contra-indicações e ações semelhantes nas suas acima. Tais medicamentos são prescritos para formas complexas de bronquite, bem como para bronquite obstrutiva purulenta, bem como nos casos em que macrolídeos e penicilinas não ajudam.

Existe outra família de antibióticos que pode ser prescrita por um médico para bronquite. Estas são fluoroquinolonas. Eles são recorridos apenas nos casos mais extremos. Se os fundos de todos os outros grupos de antibióticos não funcionam para o agente causador por uma variedade de razões, ou se o curso da doença é muito grave e ameaça a vida da criança. As fluoroquinolonas são drogas bastante “pesadas”, é proibido usá-las no tratamento de crianças de até 12 a 14 anos de idade.

Em média, o tratamento da bronquite com antibióticos dura de 7 a 10 dias, em alguns casos até duas semanas.

Na maioria das vezes no tratamento da bronquite infantil são os seguintes nomes:

  • Penicilinas: Ampioks, Amoxicilina, Flemoxina, Ampicilina, Flemoklav, Ospamox, Hinkocil, Augmentin e outros.

Por que a bronquite ocorre?

Bronquite é uma doença do sistema respiratório, que é acompanhada por inflamação da mucosa brônquica. As causas mais comuns do desenvolvimento da doença incluem o ingresso de vírus no corpo de um bebê. Aumento da formação de muco, inchaço e inflamação - uma reação protetora dos brônquios para a introdução de agentes infecciosos. O reflexo da tosse da criança é estimulado, pois a tosse ajuda o bebê a se livrar do muco acumulado.

Mas nem sempre a tosse remove eficazmente a expectoração dos brônquios, especialmente se for viscosa e espessa. Em tais casos, a obstrução brônquica (obstrução) se desenvolve, uma infecção bacteriana se desenvolve com o desenvolvimento de complicações graves: broncoespasmo e pneumonia. O bebê é atormentado por uma tosse obsessiva com dificuldade de liberar escarro, falta de ar e fraqueza geral.

Às vezes, a causa da bronquite é alergia, inconsistência dos padrões de higiene do ar interior, infecções fúngicas.

Por que os antibióticos são prescritos para crianças com bronquite?

Embora na maioria dos casos a natureza da bronquite seja viral, os antibióticos são amplamente utilizados para tratar uma doença. A infecção viral enfraquece as defesas do corpo, e o ar seco interno e o consumo insuficiente de álcool contribuem para a secagem do muco nos brônquios, o que cria condições para o desenvolvimento de infecções microbianas.

Em um pequeno número de casos, a bronquite inicialmente tem uma natureza bacteriana e se manifesta em uma condição séria de um bebê com sintomas de intoxicação grave. O processo prossegue com complicações sérias e requer tratamento hospitalar.

Quando é necessário dar um antibiótico?

Existem sintomas que indicam a necessidade de tratar seu bebê com antibióticos.

  1. Temperaturas acima de 38 ° C por 3 dias indicam a presença de bactérias no corpo humano.
  2. Falta de ar, dificuldade em respirar, chiado nos pulmões.
  3. Intoxicação grave, violação do estado geral do bebê.
  4. Excreção de expectoração viscosa e purulenta.
  5. Alterações nos parâmetros sanguíneos de laboratório, o deslocamento de leucócitos para a esquerda, aumentou a VHS.
  6. A idade do bebê é inferior a um ano.

Quais são os antibióticos mais eficazes para crianças com bronquite?

A gama de agentes antibacterianos é enorme e à primeira vista é muito difícil entender a abundância de drogas. Mas muitas drogas têm o mesmo ingrediente ativo e nomes comerciais diferentes, a forma medicinal da droga. Além disso, todos os antibióticos são divididos em grupos de acordo com sua atividade antimicrobiana.

Para o tratamento da bronquite, os médicos prescrevem 3 grupos principais de antibióticos.

  1. Grupo penicilina.Tais drogas têm um efeito muito leve, portanto, são apontadas primeiro em infecções bacterianas agudas em crianças. As penicilinas são produzidas em várias formas: suspensões para crianças, comprimidos, injeções. Xaropes com este antibiótico têm um sabor agradável e não causam aversão em crianças. Medicamentos combatem eficazmente infecções leves que ocorrem frequentemente na infância. Os medicamentos mais frequentemente prescritos são Ampioks, Amoxicilina, Flemoxina, Ampicilina, Flemoklav, Ospamox, Augmentin.
  2. Macrólidos. Atribuído a crianças com o fracasso do primeiro grupo de antibióticos, com a gravidade dos sintomas da doença, o aparecimento de complicações. Os macrolídeos são bem tolerados pelas crianças, têm um número mínimo de efeitos colaterais e são resolvidos na prática pediátrica. Nomes de drogas: "Azitroks", "Sumamed", "Azitromicina", "Makropen", "Claritromicina".
  3. Cefalosporinas. Meios com amplo efeito antimicrobiano, pronunciado efeito terapêutico. Eles recorrem a essas drogas quando o tratamento com outras drogas se mostrou ineficaz, ou a doença tem um curso severo. O antibiótico atua em muitas bactérias patogênicas, é bem recomendado no tratamento de formas complexas de bronquite, com síndrome bronco-obstrutiva. Muitas vezes, esses medicamentos são prescritos sob a forma de injeções, especialmente se o bebê estiver no hospital. Preparações: ketocef, cefaxone, natsef, antsef, zinnat, zinatsef.
  4. Fluoroquinolonas. Estas drogas recorrem-se em casos extremos, em uma condição séria da criança, no caso de um curso atípico da doença. Atribua-os de acordo com indicações estritas e será usado sob a supervisão de profissionais médicos. Para crianças menores de 12 anos, em vez de fluoroquinolonas, é melhor escolher outra droga, com menos contraindicações e reações adversas. Medicamentos: “Tsiprolet”, “Zipronol”, “Levofloxacina”.

5 antibióticos que são prescritos pelos médicos na maioria das vezes

  1. "Flemoxin Solutab". O antibiótico pertencente à série da penicilina contém o ingrediente ativo mais simples - a amoxicilina. Pode ser aplicado nos primeiros sintomas de bronquite em crianças, problemas no trato respiratório superior e doenças do trato respiratório superior. Embora a droga esteja disponível na forma sólida, não é necessário engolir uma pílula antibiótica. Comprimidos dispersíveis dissolvem-se facilmente em água e têm um sabor e aroma agradável, as crianças gostam de beber o xarope resultante. Além disso, a forma de dosagem líquida é absorvida mais rapidamente e melhor absorvida, começa a agir quase imediatamente.
  2. Augmentin. Esta droga também pertence à série de penicilina, mas o ácido clavulânico é parte da droga, exceto para o antibiótico. Devido à composição especial da droga é mais eficaz que outras penicilinas. O ácido clavulônico protege o antibiótico da destruição por algumas bactérias, aumenta sua atividade. Augmentin está disponível sob a forma de comprimidos, suspensões e solução injectável. A forma líquida de xarope é adequada para bebês com menos de 5 anos de idade, e as crianças mais velhas serão capazes de engolir um comprimido revestido. Injeções "Augmentina" são prescritas em caso de uma condição séria da criança e são realizadas em um ambiente hospitalar.
  3. Sumamado A droga antibacteriana que faz parte da droga é representada pela azitromicina e pertence ao grupo dos macrolídeos. A substância combate perfeitamente a inflamação nos brônquios e pulmões. Adequado para o tratamento de bronquite prolongada e crônica, broncopneumonia, pneumonia. O medicamento é produzido sob a forma de comprimidos e xarope de várias dosagens, por isso é fácil escolher a forma certa para cada criança. O regime de dosagem também é conveniente, basta usar um antibiótico uma vez por dia para criar a concentração necessária da droga no sangue. O curso mínimo de tratamento com "Sumamed" é de apenas 3 dias, mas mesmo com uma ingestão tão curta, a substância é determinada no sangue durante 5-7 dias.
  4. "Binocular" ("Klacid"). A claritromicina é a substância activa do fármaco, pertence aos macrólidos semissintéticos e tem uma actividade antimicrobiana pronunciada. A droga ajuda a superar muitas doenças infecciosas, incluindo bronquite grave e pneumonia. Embora a droga lide com a doença de maneira rápida e eficaz, existem muitas contraindicações e efeitos colaterais. Por exemplo, tomar Klacida pode causar indigestão, dor abdominal, tontura e comprometimento da função hepática e renal. Portanto, você precisa tomar o medicamento com cautela, com a ineficácia de outros meios.
  5. Zinnat. A substância principal de "Zinnat" é cefuroxima - um antibiótico cefalosporina. É usado para bronquite, antibiótico é especialmente eficaz em formas crônicas da doença, pneumonia. "Zinnat" é permitido a partir da idade de três meses, se houver indicações para o uso da droga. Embora a droga seja geralmente bem tolerada, é necessário usar cuidadosamente a substância para bebês até um ano. Dos efeitos colaterais do antibiótico, muitas vezes provoca distúrbios digestivos, erupções alérgicas, ruptura do fígado.

Regras para tomar antibióticos

  • apenas o médico escolhe o medicamento. Antibióticos têm um grande número de contraindicações e efeitos colaterais, o uso próprio dessas drogas é perigoso, especialmente para crianças. Nunca dê ouvidos aos conselhos de namoradas, o medicamento é eficaz para uma criança, pode causar danos a outro bebê. Além disso, antes de selecionar um antibiótico, o médico prescreverá os exames necessários, fará um exame completo e entrevistará o paciente.
  • dosagem correta. Em pediatria, a dosagem da droga é calculada por quilograma de peso corporal da criança. Portanto, a dosagem para crianças da mesma idade pode diferir ligeiramente. Nunca mude a dose especificada pelo médico, não duplique a dose para lidar com a infecção mais rapidamente. Tais experimentos podem causar efeitos indesejáveis, disbacteriose e reações tóxicas. Você não deve reduzir a dose prescrita pelo médico ou parar de tomar a medicação antes do tempo. Assim, os microrganismos não morrem completamente, mas, pelo contrário, adquirem resistência à droga. Com repetidas doenças, o antibiótico pode ser ineficaz, você terá que usar drogas mais sérias.

  • observe o tempo e a frequência da administração. É necessário tomar um antibiótico ao mesmo tempo, observando os mesmos intervalos entre tomar a medicação. Isto irá criar uma concentração constante da substância no sangue, ajudará a lidar rapidamente com a infecção. O curso do tratamento é geralmente de 5 a 7 dias, em caso de doenças graves, é possível estender a terapia para um período de duas semanas.
  • é necessário lavar o medicamento com água pura não carbonatada. É estritamente proibido beber medicamentos com bebidas carbonatadas, leite, sucos. Tais líquidos alteram a acidez do meio e interrompem a absorção da substância. Você não deve beber um antibiótico com outras drogas, especialmente medicamentos antipiréticos, antialérgicos e expectorantes.

  • siga uma dieta. Uma vez que um aumento de carga é colocado no sistema digestivo, e para a recuperação, você precisa consumir suficiente calagem, você deve dar preferência a uma dieta saudável. Recomenda-se incluir na dieta uma quantidade suficiente de vegetais e frutas, usar alimentos menos refinados, enlatados, picantes. Cuide da quantidade suficiente de líquido consumido pelo bebê, deixe o miolo escolher a bebida preferida. Uma bebida quente e abundante ajudará a diluir a fleuma e reduzir os efeitos da intoxicação.
  • Mantenha um diário antibiótico. Mantenha um diário de observação do bebê doente, marque os aumentos de temperatura, mudanças no estado das migalhas e das drogas administradas. Certifique-se de incluir a data e a hora do primeiro antibiótico. Calcule o intervalo de tempo e atenha-se ao seu cronograma de uso de antimicrobianos. Esteja atento ao seu filho, observe todas as reações indesejadas que ocorreram durante o tratamento da doença. Isso ajudará a encontrar rapidamente a causa da deterioração do estado das migalhas e a agir a tempo.

Bronquite é uma doença comum que é mais frequentemente causada por vírus. Apesar disso, os antibióticos são frequentemente incluídos no tratamento de doenças brônquicas. De fato, o tratamento impróprio de uma infecção viral pode causar complicações bacterianas, e a bronquite de uma doença viral fica bacteriana.

Embora os antimicrobianos tenham um efeito pronunciado e sejam capazes de superar rapidamente uma doença, você só pode tomar remédios depois de consultar um especialista. Caso contrário, é possível o desenvolvimento de efeitos colaterais e a deterioração do estado das migalhas. Usando antibióticos, os pais devem lembrar as regras de seu uso e observá-los estritamente. Isso ajudará a proteger o bebê dos efeitos negativos da terapia antibiótica e manterá o bebê saudável.

Pin
Send
Share
Send
Send