Gravidez

É possível morangos durante a amamentação

Pin
Send
Share
Send
Send


A conhecida fruta chamada morango tem um sabor muito suculento e contém muitas propriedades úteis. Seu nome verdadeiro é uma fruta perfumada. Este nome vem da frase latina "fragaria vesca", que se traduz como perfumada. Os frutos dos morangos contêm apenas um depósito de vitaminas. Eles têm uma cor vermelha brilhante e carne rosa. Mas morango é bom para amamentar?

Há muito se sabe que, durante a lactação, a mulher precisa monitorar sua dieta e seguir uma determinada dieta, porque o bem-estar e a saúde da criança dependem diretamente da dieta correta. E se você olhar mais globalmente, a saúde de nações inteiras depende da nutrição das mulheres durante a amamentação.

Se na dieta de uma mulher que amamenta houver frutas frescas ou vegetais, e houver uma predominância ativa de gorduras vegetais sobre carboidratos ou gorduras simples, então o bebê, na ausência de patologias, crescerá forte e saudável. Nos casos em que a situação é diretamente proporcional, e a mulher não considera necessário monitorar sua dieta durante a lactação, a criança pode se tornar bastante dolorida e com problemas de saúde.

Nutrientes para uma criança

Os benefícios das vitaminas durante a lactação, fornecidos no corpo da mulher e do bebê, foram comprovados mais de uma vez. O teor de vitaminas benéficas nos morangos é simplesmente enorme. Aqui estão as vitaminas A, C, E, D, B1, B2, B5, B6, B9, H, bem como o caroteno.

  1. Na ausência de vitamina D na quantidade adequada, o raquitismo pode ocorrer, e os músculos e ossos ficarão fracos.
  2. Para que o corpo do bebê possa digerir bem o leite materno da mãe, as vitaminas A, B e C são resgatadas.
  3. A vitamina B9 está envolvida na formação do sistema nervoso.

Todos os sistemas do corpo do bebê são suportados com um conjunto de vitaminas. Um teor de uma quantidade suficiente de minerais nos morangos é de grande benefício para o corpo da mãe, portanto, durante o período de alimentação, comer morangos torna-se simplesmente necessário.

Durante o período de alimentação, a criança recebe tudo o que é necessário para o pleno desenvolvimento e crescimento com o leite materno e com um bom equilíbrio de nutrientes na dieta da mulher, o período de lactação garantirá que a criança não terá problemas de saúde graves no futuro. Portanto, é muito importante neste momento comer o máximo possível de vegetais e frutas frescas.

É importante! Você pode tentar introduzir morangos em sua dieta não antes de 3-4 meses após o parto.

Morangos durante a amamentação

Assim, podemos concluir que os morangos são um produto rico em vitaminas, o que é necessário na dieta de uma mulher durante a lactação, mas você não deve se deixar levar por essa fruta.

Deve ser lembrado que ao amamentar com extrema cautela, você pode comer frutas e bagas que têm cor vermelha rica. Morangos não são uma exceção aqui, porque eles podem provocar reações alérgicas em bebês, bem como problemas com o trabalho do trato gastrointestinal. E os ácidos, que estão em grandes quantidades nos morangos, podem causar irritação e até mesmo severo edema.

Uma característica desagradável do cultivo e do cuidado modernos com os morangos é que quando cultivados em estufas ou estufas, fertilizantes são usados ​​e depois da colheita, os produtos químicos são usados ​​para preservar a frescura do produto. Isso tudo faz com que os morangos não sejam apenas prejudiciais, mas muito prejudiciais, porque essas substâncias penetram diretamente no feto.

Mas também acontece que, mesmo com o uso de um produto ecologicamente correto para a alimentação, o bebê tem uma reação alérgica. Isso ocorre porque o corpo de uma criança ainda é muito fraco e é muito difícil processar algo que não seja o leite materno.

Uma mulher que amamenta e que é responsável pela saúde e pela alimentação do bebê acompanhará de perto tudo o que comer e não arriscará a saúde do bebê. Afinal, acontece que mesmo 4-5 bagas podem causar sérios danos à saúde das migalhas.

Alergia

As vitaminas que estão nos produtos devem ser repostas diariamente, portanto durante a lactação a mulher só precisa comer frutas e vegetais diariamente.

Os alergénios contidos nos morangos começam a manifestar-se no corpo, regra geral, após 3 horas, e no corpo da criança - após 5-6 horas.

O processo de retirada de substâncias nocivas

Ao comer uma grande quantidade de morangos em alimentos, as múmias, como regra, estão preocupadas com a rapidez com que substâncias ou alérgenos podem ser eliminados do corpo. De acordo com muitas mulheres, isso ocorre dentro de 8 horas. Portanto, no caso de uma reação aguda do bebê aos morangos, este produto deve ser introduzido na dieta gradualmente.

Como começar a comer morangos

Se uma mulher ama morangos, então no período de lactação deve ser usado com cautela. Por exemplo, a mamãe pode começar pequena e tentar 3-4 bagas, observando a reação do bebê. Assim, em pequenos passos, você pode acostumar o corpo da criança a este produto.

Tendo consumido 2 morangos antes da lactação, à noite será possível descobrir como o corpo da criança reagiu a este produto. Se durante o dia o humor da criança não mudou, e a pele permaneceu limpa, você pode continuar a comer este produto gradualmente.

Como posso comer morangos ao longo do ano?

A partir deste produto você pode cozinhar muitos pratos, como compotas, compotas e muito mais. A partir do verão, você também pode congelar as frutas e colocá-las no congelador para manter todas as propriedades e substâncias úteis.

Esta fruta traz muitos benefícios e pouco dano. Este produto é absolutamente necessário para as mulheres que amamentam e seus bebês. Em caso de problemas com o uso de morangos em alimentos, você deve consultar um especialista.

Propriedades de morango

Nós informamos mães amamentando imediatamente: morangos e morangos são alergênios bastante fortes. Portanto, usar essas bagas durante o período de alimentação não é seguro. Mas as frutas são saborosas e saudáveis, então o leite, quando a mãe come morangos, é benéfico para uma criança.

Grandes morangos vermelhos atraem a atenção, aguçam o apetite tanto dos que crescem no jardim quanto à venda no balcão. Eles são úteis, saturados com vitaminas A, B, C, E, H, PP, β-caroteno e minerais. Todo mundo sabe que a atividade vital do corpo não é possível sem vitaminas, mas os minerais não são necessários. As mulheres de enfermagem são duplamente necessárias, porque sua alimentação proporciona vida para mãe e filho.

Minerais estão envolvidos na síntese de proteínas, gorduras, carboidratos, criar condições para a condução nervosa, contrações musculares. Com a sua participação, o equilíbrio do pH é regulado, há crescimento, reparação dos tecidos. Morangos durante a amamentação são minerais insubstituíveis contidos. A composição dos morangos inclui K, Ca, Mg, Na, Cr, Se, Fe, Zn, F, muitos outros oligoelementos.

O corpo do recém-nascido em alimentação é saturado, desenvolvido e crescendo devido ao leite materno. Substâncias úteis e prejudiciais recebidas pela mãe com nutrição são transmitidas ao bebê através do leite. Portanto, a mãe que amamenta requer cuidado, cuidado ao escolher a comida.

Os benefícios dos morangos para mãe e recém-nascido

Os médicos observadores recomendam a ingestão de preparados vitamínicos a mulheres grávidas e lactantes, para que as vitaminas e oligoelementos sejam transmitidos através do leite para o bebé.

Talvez em algumas áreas onde há pouco sol, as mulheres não têm nutrientes de frutos silvestres, frutas e legumes. Tais casos são corrigidos pelos complexos Complivit-Mama, Materna, Elevit, Vitrum-pré-natal, estas consultas são necessárias para a mãe. Mas se houver uma oportunidade de comer frutas frescas e até mesmo do jardim, esta oportunidade não deve ser negligenciada.

A vitamina D, que é necessária para crianças de até um ano de idade, infelizmente, não é encontrada na composição de morangos, como em outras frutas, frutas e vegetais. Mas ele contém vitamina C, por 100 g de frutas - 60 mg, mais do que no limão. Grandes quantidades de ácido fólico B9 - 0,01 mg, PP - 0,38 mg e β-caroteno - 0,03 mg.

O conteúdo de minerais em morangos fala de sua indiscutível utilidade para o bebê. Cada 100 g de bagas contêm K - 150 mgs, Ca - 16 mgs, Mg - 13 mgs, Fe - 0,4 mgs. Uma mãe carinhosa sabe que a falta de cálcio leva à fragilidade e às fraturas ósseas. E também a irritabilidade, convulsões, sudação, violação de sono. O ferro melhora o sangue, previne a ocorrência de anemia. O magnésio acalma, normaliza a pressão intracraniana, está envolvido no sistema nervoso e na contração muscular.

Quando os pais amamentam levar em conta o conteúdo dos produtos de vitaminas e minerais, as mães usam a riqueza de vitaminas e minerais de vegetais, frutas e bagas. Morangos contêm mais cálcio do que todas as frutas e bagas. Útil rico em ferro - incomparavelmente mais do que até mesmo em uvas.

É possível alimentar uma mulher de morango?

Nós falamos sobre os benefícios das bagas para mamãe e bebê durante a lactação. Agora vamos parar em contra-indicações.

Pessoas com doenças das articulações e do trato gastrointestinal devem consultar seu médico. O fato de que morangos e morangos às vezes causam alergias, já dissemos. Morangos são saturados com açúcares - 7,4 g por 100 g de frutas com um índice glicêmico de 25, por isso tome cuidado com dietas e com a tendência de aumentar os níveis de açúcar no sangue.

Além disso, ao crescer estas bagas são cobertas com pólen e terra, e não é fácil lavá-las. Este fato é perigoso não só problemas alergênicos, mas também infecção de bagas sujas. Lavagem completa é uma obrigação!

Depois de tal informação, cada enfermeiro quer saber com certeza se morangos e morangos podem ou não ser comidos quando você está alimentando um bebê.

A resposta é: mães que amamentam quando se alimentam de morangos bebê precisa comer e é útil. A fim de não prejudicar o bebê, coma 1-2 bagas pela manhã durante uma hora antes de alimentar. Até a noite, a reação do corpo da criança se manifestará se tal alimento não lhe convier. Observe as migalhas até a manhã seguinte. Se o bebê se comporta, como de costume, não há manifestações visíveis de alergias ou insuficiência gastrointestinal, continue a desfrutar, acrescentando 2-5 coisas por dia.

Se você sabe que as bagas são cultivadas sem fertilizantes venenosos, então coma pelo menos um copo de iguarias maduras diariamente. Com a introdução de morangos no menu, você irá melhorar o seu apetite, digestão, acelerar o metabolismo. Bagas de milagre antioxidantes protegem o corpo de grandes problemas, prolongar a juventude e beleza da mulher de enfermagem.

Importante: a baga será beneficiada pelo amadurecimento - do final de maio ao início de setembro. O inverno, cultivado em uma estufa com muitos produtos químicos, não trará benefícios, e não é recomendado comê-lo. Para um bebê, as bagas não estão na época em todas contra-indicadas, lembre-se disto.

Como salvar morangos

A estação do amadurecimento de algumas variedades de morangos não é longa, mas quero manter bagas fragrantes do inverno. Existem várias maneiras de armazenar e processar morangos: secagem, fervura, congelamento.

Bagas frescas são colhidas, lavadas, secas, congeladas a granel em uma bandeja de acordo com as instruções da geladeira. Após o congelamento, coloque as frutas no saco, guarde no freezer. Quando bagas congeladas preservam vitaminas. Essa é a maneira mais útil de armazenar.

Aleitamento materno - a garantia da saúde infantil

Cientistas russos e estrangeiros estão realizando pesquisas contínuas sobre o fenômeno da amamentação. O leite materno é o melhor e mais útil alimento para bebês. O leite materno contém tudo o que as migalhas precisam. Substâncias ativas imunológicas e biológicas protegem o bebê de infecções e alergias. Os nutrientes do leite satisfazem plenamente as necessidades das crianças até aos seis meses. Sabe-se que, com a amamentação, os recém-nascidos se desenvolvem mais física e mentalmente mais rápido e produtivamente do que os bebês que são amamentados.

Mães que estão alimentando bebês, monitoram a saturação de sua mesa com substâncias úteis para as migalhas. A ração diária é preenchida com vitaminas, micro e macro elementos. Bagas, frutas e legumes são obrigatórios no menu durante o período de alimentação. Morangos com teor calórico de apenas 38 kcal / 100 g contêm proteínas e carboidratos. Folhas, raízes, morangos têm um efeito terapêutico benéfico nos sistemas endócrino e excretor como agente fortificante. E cremes de morango perfumado, sabonetes, géis são conhecidos por todas as mulheres.

Nutrição adequada - a necessidade urgente de uma mulher de enfermagem

Muitas vezes você pode ouvir a opinião de que, amamentando uma criança, a mãe recém-criada é obrigada a seguir uma dieta rigorosa. Em parte podemos concordar com isso, por causa de quão bem e plenamente uma mulher come, se ela nutre seu corpo com todas as vitaminas e microelementos necessários, a condição do bebê depende diretamente.

Consequentemente, se, ao amamentar, legumes e frutas frescas, carboidratos complexos, alimentos protéicos predominam na dieta da mãe, a criança provavelmente será forte e saudável.

Oligoelementos e vitaminas para bebês

O uso diário de vitaminas é obrigatório para uma mulher jovem com um filho recém-nascido. Morango (ou morango) contém uma enorme quantidade de elementos úteis, como caroteno, vitamina A, tiamina, riboflavina, pantenol, piridoxina, ácido fólico, ácido ascórbico, D, E, N. Graças à vitamina D, osso e músculo são formados corretamente no bebê , o risco de raquitismo é reduzido. As vitaminas dos grupos A, B e C enriquecem o bebê com energia para o funcionamento e digestão do leite materno. O sistema nervoso de uma criança depende da vitamina B9. Todos esses elementos fortalecem e ajudam os órgãos do karapuz, seus sistemas cardiovascular e imunológico.

O fato de que os frutos são em si favoráveis, e o fato de que eles têm um grande número de minerais: iodo, cálcio, potássio, ferro, manganês, etc .. Ao comer o leite materno, o bebê recebe tudo que você precisa para formação e crescimento bem sucedidos. A saúde plena do desenvolvimento infantil, mental, físico e também mental no futuro garante um consumo adequado de frutas e bagas pela mãe.

Assim, podemos concluir que os frutos desta planta são úteis para a mulher e seu filho. No entanto, o consumo descontrolado de bagas é extremamente indesejável, uma vez que os morangos contêm pigmento vermelho. Como você sabe, produtos com um pigmento tão brilhante podem provocar erupções alérgicas em crianças, intolerância alimentar, mau funcionamento do estômago. Também é possível o aparecimento de prurido e, infelizmente, a ocorrência de edema.

Atualmente, o problema também pode estar no fato de que frutas e bagas são cultivadas nem sempre os produtores de boa-fé, usando um grande número de diferentes fertilizantes. Isso é benéfico para o produtor - as bagas crescem mais rápido e dão várias colheitas por estação. Mas isso não é tudo. Para o armazenamento a longo prazo e o transporte de bagas, use químicos que caem naturalmente na superfície e no fundo das plantas, tornando-os venenosos.

Portanto, uma mãe carinhosa precisa olhar as bagas compradas em uma loja ou no mercado com grande cautela, porque a saúde de um homenzinho é muito mais importante. Se as bagas são cultivadas em seu próprio jardim, isso elimina o risco de envenenamento. No entanto, vale a pena considerar as outras nuances do uso de frutas perfumadas com HB.

Quando a reação ao produto sendo introduzido começa a aparecer?

Para detectar a reação ao produto introduzido na dieta da mãe recém-criada, você precisa saber quantas horas ela virá. Após o recebimento do prato no intestino, ele é digerido e passa para o leite materno, carregando em si componentes úteis, nutritivos ou prejudiciais.

Os componentes mais rápidos no leite materno são componentes como tiamina, riboflavina, vários ácidos e outras vitaminas e minerais essenciais. Os estoques de componentes valiosos no corpo feminino devem ser reabastecidos diariamente. Enquanto a amamentação continua, É vital comer vegetais frescos, frutas e frutas todos os dias.

Os alérgenos de morango entrarão no leite da mãe por uma a três horas e depois continuarão a acumular-se lá. Como já mencionado, os morangos são vermelhos, o que significa que contém histamina. Portanto, o produto pode causar vermelhidão, coceira e outros sintomas alérgicos em uma criança.

Se a criança estiver predisposta a alergias, a reação começará em quatro a seis horas.

Com que rapidez as substâncias perigosas desaparecem do corpo?

Muitos produtos têm ingredientes nocivos. O tempo de excreção das cáries desses produtos é diferente, então cada mãe está interessada em quão rapidamente esses componentes serão liberados do corpo, e se eles chegarão às migalhas através do leite materno. As mulheres que consumiram morangos em grandes quantidades indicam que, após seis a oito horas (pelo menos um dia depois), não há mais alérgenos no leite materno. Isso significa que, se uma criança tiver alergia, basta remover o produto da dieta. Se o bebê carrega em silêncio este fruto, então você pode seguramente comer morangos, apenas moderadamente e gradualmente.

Правильное включение клубники в диету при ГВ

Кормящей маме позволено есть клубнику при условии, что она осторожно будет вводить ее в своё меню. Начинать пробовать ягоды лучше утром в количестве одной-двух штук. Сделать это нужно приблизительно за час до кормления. После этого следует тщательно следить за ребенком в течение дня. Você logo entenderá como seu bebê aceitou a nova experiência. Se ele ainda está alerta e ativo, as fezes permanecem as mesmas, e não há erupções cutâneas na pele, então tudo está bem.

Se nenhum efeito negativo foi identificado, então no dia seguinte, a dose pode ser duplicada. Assim você pode gradualmente acostumar a migalha a esta deliciosa e tão útil fruta. Quando o bebê se acostuma com o novo elemento da dieta, você pode facilmente comer um ou dois copos de frutas suculentas por dia. Quando a criança amadurece, ele próprio absorve morangos com grande prazer.

Assim, no processo de amamentação, não se pode abandonar as frutas, legumes ou frutas, especialmente se o nascimento do bebê coincidir com a temporada de verão, o período de amadurecimento de todas essas guloseimas saudáveis. Foi neste momento que as plantas contêm vitaminas que são benéficas para ambos. A principal condição é lavar bem as bagas do pó, terra e outros pequenos contaminantes antes de usar.

Muitas mulheres modernas ouvem o conselho do Dr. Komarovsky E. O. Sua opinião sobre essa questão é a mesma. Se comer morangos não criar dificuldades para você e seu filho, coma frutas para a saúde. Quanto à norma, ninguém pode dizer o valor máximo, já que todos os organismos são diferentes. Se você comer muito morangos, você verá uma erupção cutânea ou outra reação negativa do bebê. Então você mesmo entenderá que não há bagas em tais quantidades.

Opções para o uso de bagas durante a lactação

Como mencionado acima, os morangos são úteis tanto para o bebê recém-nascido quanto para a mãe, mesmo no primeiro mês após o nascimento da criança. Por isso, vale a pena falar sobre as iguarias que podem ser criadas a partir desta deliciosa e fragrante bagas. Naturalmente, a fruta pode ser consumida em sua forma original, mas quando você aproveita a colheita antecipada, provavelmente quer algo original.

Compota de morangos frescos tem um mar de propriedades nutricionais, aumenta a lactação e sacia a sede. Você pode cozinhar em apenas cinco a dez minutos. Para fazer isso, é necessário derramar colheita limpa sem caudas com água fria e deixe ferver em fogo moderado. Em seguida, adicione o açúcar a gosto e ferva o conteúdo do recipiente por mais alguns minutos. Quando a compota é cozida, deve ser drenada e consumida sem bagas. Se você estiver interessado em proporções aproximadas, você pode tomar cinco colheres de açúcar e um copo de morangos por quatro xícaras de água.

Para o inverno, você pode fazer um tratamento que toda a família vai gostar - geléia ou geléia de morango. Para fazer uma geléia deliciosa, você precisa tomar um quilo de açúcar e meio quilo de frutas. Metade do açúcar deve ser derramada em morangos e deixada por cinco a seis horas. Então (quando o suco aparece) a massa é levada a ferver, a espuma é removida, mas não agitada. Depois disso, um quarto do açúcar restante é enchido, cozido por mais dez minutos e novamente deixado por algumas horas para que a geléia seja infundida.

Da mesma forma, repita esse procedimento com os três quartos restantes de açúcar granulado.

Deve-se esclarecer que, para uma criança pequena, esse engarrafamento é bastante pesado, mas para a mamãe no inverno é o ideal (desde que seja moderadamente consumido).

Se você quiser comer morangos no inverno, como se tivesse sido arrancado recentemente, basta congelar as bagas. Então eles mantêm seu gosto e quase todas as vitaminas. Especialmente na estação fria, não vale a pena comprar frutas com efeito estufa em cadeias de lojas, porque elas contêm muitos produtos químicos usados ​​para armazená-los. As bagas podem ser congeladas na forma original e na forma de massa moída com açúcar.

Você também pode colocar bolinhos com morangos frescos e depois congelá-los. Tal prato não é contra-indicado para ninguém.

Comentários elogiosos de jovens mães podem ser ouvidos sobre geléia de morango. Para obtê-lo, despeje a solução de gelatina nas bagas. Você terá uma ótima sobremesa que pode ser servida em belas tigelas. Você também pode apreciar a delicadeza, sem medo de prejudicar o bebê que está amamentando.

Posso comer morangos quando amamentando?

O morango é um dos mais fortes alérgenos alimentares, devido à presença de pigmentos, que colorem suas frutas vermelhas. É por isso que muitas mulheres têm medo de comer essa fruta durante a amamentação. Enquanto isso, deve ser entendido que o corpo de cada adulto e criança é individual, e não há razão para acreditar que seu filho definitivamente terá uma reação alérgica depois de usar essa delicadeza.

Especialistas aconselham a começar a comer morangos quando amamentam, não antes de o bebê completar 1,5 meses. Neste caso, a mãe que amamenta pode comer apenas uma fruta e, durante o dia, deve observar a condição das migalhas. Se nenhum sintoma desagradável aparecer em 24 horas para um bebê, você pode aumentar gradualmente a quantidade de morangos consumidos a 250 gramas por dia.

Abandonar este fruto na ausência de alergia é simplesmente estúpido, porque é muito rico em muitas vitaminas e oligoelementos importantes como fósforo, potássio, cálcio, iodo, ferro e ácido fólico. Todas estas substâncias são muito úteis para o desenvolvimento adequado e completo da criança, bem como ativar o sistema circulatório e manter a imunidade da jovem mãe, portanto, morango durante a lactação na ausência de alergia não é apenas possível, mas necessário.

Enquanto isso, a escolha desta baga no período de alimentação do bebê deve ser tratada com cuidado especial. Portanto, você não deve comprar morangos importados, que são vendidos atualmente em hipermercados em qualquer época do ano - ele contém nitratos, que têm um efeito negativo no corpo das migalhas.

No verão, coma bagas que são cultivadas em sua área, e no inverno é melhor dar preferência ao produto, congelado na estação. Em particular, você pode preparar e congelar, independentemente, não só bagas no congelador, mas também, por exemplo, mesmo bolinhos com morangos, e depois sinta-se à vontade para comê-los durante a amamentação.

Propriedades úteis de morangos

Morangos são uma planta que usa todas as partes: frutas, flores, raízes, caules e folhas. Sob este nome pode entender representantes de uma das três espécies.

  1. O morango de jardim é uma grande fruta suculenta, que na vida cotidiana é chamada morango. A variedade mais popular em nosso país é a Victoria. Foi ele quem deu outro nome aos morangos de jardim.
  2. O morango silvestre é uma pequena baga selvagem vermelha alongada.
  3. Os morangos verdes, ou morangos, têm frutos redondos, nos quais podem existir manchas brancas ou esverdeadas que não afectam o sabor das bagas. Ela cresce na natureza.

Na maioria das vezes eles usam frutas que têm um agradável sabor agridoce e um aroma memorável. Os sabores são combinados com propriedades úteis da fruta:

  • endurecimento vascular
  • ativação do metabolismo
  • melhoria do apetite e processos digestivos.

O efeito de restauração de bagas no corpo determina-se pelo conteúdo de componentes úteis:

  • vitaminas: C, B1, PP, B1, B9 (ácido fólico),
  • cálcio, fósforo de ferro, magnésio, cobalto e outros importantes micro e macroelementos,
  • pectina
  • ácidos orgânicos.

Tal complexo de substâncias ajudará o corpo de uma mãe que amamenta, que dá durante a lactação não apenas calorias, mas componentes importantes. E o bebê vai se beneficiar disso. Para que a criança e a mãe recebam a quantidade necessária de vitaminas, amamentando, é necessário ingerir uma grande quantidade de frutas, frutas vermelhas e vegetais. De particular valor são os produtos sazonais frescos, que incluem morangos silvestres e verdes, bem como o cultivo de Victoria em uma área familiar.

O principal é levar em conta algumas peculiaridades do corpo da mãe e do bebê, bem como a própria baga. Afinal, qualquer produto tem contra-indicações e efeitos colaterais.

Quando não pode morangos?

Com todos os seus benefícios, os morangos podem causar problemas. Muitos médicos e consultores de amamentação, que acreditam que você não deve seguir uma dieta específica durante a alimentação, recomendam a introdução gradual de morangos em sua dieta. Isto é devido ao fato de que a baga muitas vezes causa alergias.

Primeiro você precisa começar com algumas frutas, aumentando gradualmente seu número. Completamente remover os morangos da dieta não vale a pena. Isso se deve ao fato de que, ao receber microdoses de possíveis alérgenos com leite materno, o corpo da criança se torna resistente a eles. As exceções são casos em que o bebê imediatamente aspergiu. Então você precisa remover completamente os morangos da dieta de amamentação, mas você pode tentar entrar novamente depois de alguns meses, se a criança não sofre no momento de dermatite ou uma doença infecciosa.

Naturalmente, a qualidade do produto em si também é importante. É necessário comer cuidadosamente as bagas das variedades de jardim, vendidas fora de época. A este respeito, a fruta coletada na floresta ganha se você estiver confiante da pureza ecológica do local. Afinal de contas, caso contrário você pode prejudicar e migalhas e você mesmo.

Considerando o dano de qualquer alimento durante a amamentação, na maioria das vezes implica um possível impacto negativo no corpo da criança, esquecendo-se da mãe. No entanto, a mãe doente pode não ser capaz de alimentar o bebê, e será mais difícil para ela cuidar dele.

Se uma mulher de enfermagem sofre de pressão baixa, uma alergia a morangos ou doenças estomacais associadas a alta acidez, os frutos de morango devem ser limitados ou eliminados da dieta.

Resultados e dicas

Morangos durante a amamentação podem ser consumidos e até necessários, se você seguir algumas regras:

  • Introduza a fruta em sua dieta gradualmente e não coma muito em um dia,
  • comer apenas frutas comprovadas, de preferência na estação,
  • ao alimentar uma criança alérgica, é melhor eliminar a fruta ou tentar introduzi-la em sua dieta quando o bebê estiver em remissão,
  • considere as características do seu corpo e a reação do bebê não é morangos.

Somente a experiência pessoal finalmente compreenderá se as mães que amamentam podem usar morangos.

Amamentação com morango: Prós e Contras

Um dos maiores desafios para as mães que amamentam no início do verão é a estação do morango. Provavelmente, não há mulher no mundo que não a ame. Mas quando você segurar sua migalha em seus braços, você vai pensar sobre as possíveis conseqüências de um pequeno fruto comido.

É possível amamentar morangos?

Suponha que você seja uma menina de sorte que não tenha medo de nenhum alérgeno no mundo. Isso garante a mesma condição de seu filho?

Infelizmente não. Mesmo que os pais não fiquem manchados comendo um balde de laranjas ou tomates, o bebê pode derramar mesmo de um pequeno pedaço, porque:

  1. reações alérgicas nem sempre são transmitidas hereditariamente,
  2. o corpo do homenzinho ainda não teve tempo de se acostumar com influências agressivas do mundo exterior.

Portanto, uma mãe que amamenta deve ter cuidado com cada produto em sua dieta.

Quanto aos morangos, pode causar alergias por causa do pigmento que o torna vermelho.

Mas além deste pigmento, a baga contém muitas vitaminas e microelementos que são necessários para você e para a criança que cresce rapidamente.

Comece a comer morangos quando seu bebê tiver entre 1 e 1,5 meses de idade. Primeiro, coma uma fruta e observe o comportamento de seu bebê, sua pele, ao longo do dia.

Se não houver erupções e alterações nas fezes, aumente gradualmente o número de guloseimas para uma taxa razoável.

É importante não introduzir outros produtos novos no seu menu, a fim de excluir a possibilidade de confundir os seus efeitos por engano.

Outro perigo (como em qualquer vegetal ou fruta) é nitratos. Eles aparecem em morangos importados, comprados fora de época.

Os benefícios dos morangos ao amamentar

Além do excelente sabor, os morangos são atribuídos a muitas propriedades úteis por médicos experientes, bem como especialistas em medicina tradicional e fitoterapeutas.

Inclui muitas vitaminas.

A vitamina C, por exemplo, é muito mais do que nas laranjas. Além disso, pectinas e morangos são indispensáveis ​​para o funcionamento normal do trato gastrointestinal.

Ácido fólico, iodo, ferro, potássio, cálcio e fósforo são especialmente importantes para o desenvolvimento harmonioso de um lactente. Tudo isso é totalmente revelado em morangos.

Há muito tem sido praticado por curandeiros para tratar crianças pequenas por diarréia.

Também ajudará a combater a obesidade, a hipertensão, a deficiência de vitaminas e o sangramento uterino.

Promove a limpeza do sangue, ativando o sistema circulatório. Ajudar a melhorar a imunidade, permite-lhe lidar rapidamente com infecções (causando distúrbios intestinais, o agente causador da gripe, estreptococos e estafilococos).

Sobre os benefícios dos morangos

A baga de jardim perfumada não é apenas saborosa, mas também muito útil, graças à qual ela tem sido usada na medicina tradicional. Morango é rico em ácido ascórbico - está à frente de citros em conteúdo de vitamina C. Além disso, contém:

  • vitaminas de vários grupos
  • pectinas e fibras,
  • ácido fólico
  • oligoelementos (fósforo (P), iodo (I), cálcio (Ca), potássio (K), ferro (Fe)).

O uso deste produto tem um efeito positivo na digestão devido ao alto teor de pectina e fibra, ácido ascórbico ajuda a aumentar a elasticidade dos vasos sanguíneos, micro e macro elementos têm um efeito benéfico sobre o funcionamento dos órgãos e sistemas.

Morangos são usados ​​para combater muitas doenças, incluindo:

  • com diarréia,
  • com obesidade
  • com hipovitaminose,
  • com sangramento uterino,
  • com pressão alta.

A inclusão de bagas na dieta ajuda a melhorar a formação de sangue e fortalece a imunidade na luta contra infecções virais e bacterianas.

Como podemos ver, as bagas frescas do jardim podem trazer muitos benefícios para uma mãe que amamenta. Se uma mulher não é alérgica a morangos, você pode tentar entrar no menu.

Baga na dieta

Os médicos prestam atenção ao fato de que o risco de desenvolver uma alergia em uma criança é muito menor se sua mãe come regularmente morangos durante a gravidez. Neste caso, o corpo do bebê já está, até certo ponto, adaptado aos alérgenos contidos no produto.

É permitido tentar adicionar a fruta ao cardápio somente depois que o bebê atingir os dois meses de idade - é necessário esperar que seu sistema digestivo se fortaleça um pouco e esteja pronto para novos produtos. Se a criança é propensa a alergias, o experimento com morangos durante a amamentação deve ser abandonado.

A fim de rastrear a reação do bebê, uma fruta (uma grande ou duas pequenas) é comida na primeira metade do dia, de preferência imediatamente após a alimentação do bebê. Dentro de dois dias, é necessário monitorar de perto o comportamento do bebê, a condição de sua pele.

Uma reação alérgica é indicada por lacrimejamento, espirros, erupção cutânea (diátese), vermelhidão da pele. O bebê pode ter dor de estômago (a criança nesse caso se comporta sem descanso, levanta as pernas até o estômago, grunhe e chora). Se esses sintomas forem notados, os morangos da dieta da mãe terão que ser abandonados.

No caso em que o uso de bagas não afeta a saúde das crianças, é permitido aumentar o número de bagas no menu para três a cinco coisas por dia. É importante entender que alguns tipos de alérgenos têm um “efeito cumulativo” - a reação a eles não aparece imediatamente, mas somente quando uma certa concentração de uma substância no corpo é alcançada.

Isto significa que mesmo que a mãe e a criança não sejam alérgicas, com a introdução cuidadosa do produto no menu, é impossível abusar deste produto em qualquer caso, e comer quilogramas de morangos terá que ser abandonado.

Qual é a fruta mais segura?

É aconselhável que as mães que amamentam comam morangos cultivados em suas próprias parcelas, ou que sejam compradas de pessoas comprovadas que estão engajadas em jardinagem para si e não para venda. Isso eliminará o risco de adquirir bagas, recheadas com nitratos e outros "produtos químicos", que são usados ​​ativamente no cultivo industrial.

Se você tem apenas lojas e mercados à sua disposição, é melhor comprar as bagas dos comerciantes privados no mercado, verificando o produto com um nitratômero doméstico. Em um supermercado, é mais difícil fazer isso devido à disponibilidade de embalagens.

Comer morangos é permitido se a lactação ocorreu nos meses de verão. As frutas importadas, que são vendidas durante todo o ano nos supermercados, podem conter substâncias nocivas ao seu bebê, portanto você não deve arriscar.

A situação é a mesma com a baga congelada, da qual são preparadas deliciosas e saudáveis ​​compotas, geleia e recheio de torta feitas de massa sem fermento - morangos não devem ser comprados, mas devem ser preparados para o futuro.

Pin
Send
Share
Send
Send