Gravidez

Pode ir mensalmente após a concepção

Pin
Send
Share
Send
Send


O primeiro critério de gravidez, muitos consideram a cessação da menstruação. Na maioria dos casos, este é o caso: a fertilização de um óvulo dá início a certos processos no corpo de uma mulher, devido a que o seu período termina até o parto (e às vezes por um tempo depois deles).

Mas, em alguns casos, o mensal continua até o momento em que a gravidez se torna visível a olho nu - o corpo feminino a esse respeito é extremamente imprevisível, de modo que em nenhum caso se deve focar no mensal após a concepção..

Para verificar a gravidez, você precisa usar testes confiáveis, consultar um médico, e se o sangue aparecer depois que a gravidez estiver claramente estabelecida, você não deve escrever tudo por períodos - o sangramento pode não ser inócuo, o que pode causar sérios problemas para a gestante. saúde, até a interrupção forçada da gestação.

O primeiro critério de gravidez, muitos consideram a cessação da menstruação. Na maioria dos casos, este é o caso: a fertilização de um óvulo dá início a certos processos no corpo de uma mulher, devido a que o seu período termina até o parto (e às vezes por um tempo depois deles).

Mas, em alguns casos, o mensal continua até o momento em que a gravidez se torna visível a olho nu - o corpo feminino a esse respeito é extremamente imprevisível, de modo que em nenhum caso se deve focar no mensal após a concepção..

Para verificar a gravidez, você precisa usar testes confiáveis, consultar um médico, e se o sangue aparecer depois que a gravidez estiver claramente estabelecida, você não deve escrever tudo por períodos - o sangramento pode não ser inócuo, o que pode causar sérios problemas para a gestante. saúde, até a interrupção forçada da gestação.

Menstruação ou sangramento?

Há muitas resenhas de mães felizes que não sabiam sobre sua posição até que a barriga começou a crescer. Muitos médicos também podem relembrar casos da prática quando uma mulher teve menstruação quase no último mês - e depois disso apareceu um bebê saudável, e o próprio processo de parto transcorreu sem complicações. Sem dúvida, isso é inspirador, mas também vale a pena lembrar sobre mulheres que foram forçadas a mentir por vários meses porque não prestaram atenção a um sintoma alarmante a tempo. Aqui estão algumas razões sérias pelas quais o sangramento pode começar após a concepção:

  • níveis criticamente baixos de hormônios no corpo,
  • aborto espontâneo
  • processo inflamatório no sistema urogenital,
  • aborto ameaçado
  • patologias de desenvolvimento do útero,
  • rejeição de um dos frutos durante o desenvolvimento inicial dos gêmeos,
  • sangramento do implante,
  • desenvolvimento extra-uterino do feto.

É importante! O sangramento durante o parto pode não trazer sérios danos, mas a primeira coisa que a futura mamãe deve fazer é ir a um ginecologista e pedir orientações para a pesquisa necessária. É melhor estar seguro e descobrir o problema a tempo do que gastar muito mais tempo e energia no tratamento da mãe e do filho.

Sobre as causas e consequências do sangramento durante a gravidez

Então, descobrimos se pode haver mensalidade durante a gravidez. Mas por que eles começam e há uma maneira de evitar isso? Nós já apresentamos uma pequena lista de possíveis sintomas, e agora vamos revelar isso com um pouco mais de detalhes.

  • Violação do fundo hormonal.

A menstruação pode ser bastante escassa, na maioria das vezes "manchas", à noite, o sangue, como regra, não flui de forma alguma. A solução para o problema em lidar com um endocrinologista e um ginecologista: eles devem pegar essas drogas que não prejudicam o feto. Em casos mais graves, pode ser necessário interromper a gravidez por razões médicas (uma medida extrema, indicada quando é completamente impossível suportar e dar à luz o bebê).

O sangue é escarlate e há muito disso. As dores abdominais são visivelmente piores, muitos pacientes descrevem seus sentimentos como “fortes contrações periódicas” ou uma sensação constante de peso. Há apenas uma saída: chamar uma ambulância com urgência e preparar uma bolsa para o hospital - mesmo que o feto não possa ser salvo, uma mulher pode ter complicações que só podem ser tratadas no hospital.

  • Desenvolvimento fetal ectópico.

A menstruação também não é abundante, mas a dor, por via de regra, constantemente localiza-se em um lado. A natureza constante da dor, eles podem desaparecer por várias horas ou mesmo dias, mas sempre voltam. Nos períodos posteriores, a dor se intensifica tanto que a mulher não pode tolerá-los - é verdade, raramente chega a isso, porque uma gravidez ectópica é diagnosticada quase no primeiro ultra-som. O tratamento é extremamente rápido, mas você não deve se preocupar: mesmo em casos avançados, quando os cirurgiões precisam remover completamente uma das trompas de Falópio, o paciente tem a chance de se tornar mãe novamente.

A escolha de medicamentos é altamente dependente do tempo e condição do paciente. O médico deve levar em conta todas as pequenas coisas, parando gradualmente o sangramento e prescrevendo medicamentos que permitam estabilizar o estado do corpo, introduzindo as substâncias necessárias para o seu funcionamento.

Absolutamente não assustador, por via de regra, parece ser algumas gotas do sangue em linho ou manchas de manchas da cor não escarlate (muitas vezes acontece se os períodos mensais habituais de uma mulher são muito abundantes). Devido ao pouco tempo desde a concepção até a próxima menstruação. O óvulo fertilizado é completamente imerso no endométrio, em conseqüência do qual uma pequena quantidade de sangue é secretada. O tratamento não requer, mas o paciente vale as duas primeiras semanas para monitorar ativamente sua condição.

As razões acima para preservar a menstruação ao transportar um feto podem ser classificadas de diferentes maneiras, mas o principal sintoma alarmante que requer intervenção médica precoce é a descarga escarlate em grandes quantidades. Quanto mais sangue é liberado, mais crítica é a situação, mesmo que a dor forte não seja observada neste momento.

  • Patologia da estrutura do útero.

Por exemplo, endometriose ou miomas também podem causar sangramento moderado durante a gravidez. O tratamento medicamentoso é prescrito, em casos avançados, é necessário concordar com a cirurgia com uma possível interrupção da gravidez.

  • Rejeição do segundo feto.

Se uma mulher engravidar de gêmeos, mas no início do desenvolvimento de um feto tiver morrido, a rejeição pode começar, acompanhada de pequenos sangramentos. O processo não pode ferir o segundo filho, mas a hospitalização e a supervisão de um especialista neste caso são necessárias.

Diagnóstico de gravidez

Se a ausência de menstruação não é necessária, como você pode diagnosticar a gravidez? Os médicos aconselham as mulheres a ouvir seus próprios sentimentos. Já na terceira semana uma mulher grávida pode sentir:

  • sensibilidade mamária
  • Não muita dor no fundo do abdome, mais como espasmos fracos.

No mesmo estágio, o sangramento de implantação descrito acima pode prosseguir. Naturalmente, o resultado não será preciso até o uso de métodos mais modernos, como testes rápidos e visitas ao ginecologista. Sintomas mais específicos, como náusea pela manhã, podem aparecer mais tarde - da quinta à sexta semana, embora houvesse casos em que o único sintoma desagradável era uma barriga em crescimento e as pernas inchando no final do período.

Conclusão sobre o tema

Se você não ignorar os sinais óbvios do corpo, a gravidez irá bem e, eventualmente, um bebê saudável nascerá, mesmo que no início a alegria da futura maternidade tenha sido ofuscada pela presença da menstruação.

O principal é entender: se a menstruação começou a ir mesmo no primeiro mês, isso está longe de ser a norma, e a melhor solução seria consultar um especialista, sem usar nenhum tipo de medicamento disponível. Tudo o que uma mulher pode fazer em casos críticos é chamar uma ambulância.

Mudanças no corpo após a fertilização

Normalmente, para que o óvulo fertilizado atinja o local de implantação das trompas de falópio, são necessários 2-3 dias. Mas acontece que o processo se estende um pouco mais - até duas semanas. No caso da concepção antes da menstruação (o que ainda acontece devido à especificidade do ciclo de uma certa mulher e contrária à crença popular de que isso é impossível), o óvulo simplesmente não tem tempo para se firmar, e o cérebro - receber um sinal sobre o início da gravidez. Nesta situação, os dias críticos podem muito bem chegar na hora marcada.

Quando o zigoto já está crescendo para a parede do útero e a placenta é ativada, devido a um aumento na síntese de progesterona no organismo, uma mudança nos níveis hormonais é observada. Implica vários outros processos, incluindo a cessação da menstruação. No entanto, existe algo como “sangramento do implante”. Este é um pequeno spotting que é um sinal precoce de gravidez. Eles surgem devido a danos nos vasos sanguíneos no momento da fixação do óvulo fertilizado na parede do útero. Muitas mulheres confundem facilmente essa descarga com o início da menstruação.

Características fisiológicas

Para lidar com as questões - "Qual é o percentual de probabilidade de que a menstruação venha após a concepção?", "Esses sangramentos representam uma ameaça para o feto?" É útil lembrar as peculiaridades da fisiologia feminina.

Cada mês, o corpo está amadurecendo do ovo, que emerge do folículo para a trompa de Falópio, onde está esperando para se encontrar com o espermatozóide. O útero também é preparado para esse processo, aumentando a camada endometrial, cujo funcionamento está completamente subordinado aos processos hormonais. Outros eventos podem ser diametralmente opostos:

  1. O encontro de células femininas e masculinas não ocorreu, a fertilização não ocorreu. Neste caso, o óvulo morre e é retirado juntamente com a camada interna do epitélio endometrial, isto é, começa a menstruação.
  2. Concepção aconteceu, após o que começam as alterações hormonais no corpo e produção de progesterona ativa. As paredes do útero engrossam, o tecido endometrial cresce - isso contribui para a ancoragem firme do óvulo, eliminando o risco de rejeição. A menstruação pode começar durante este período? É isso nos estágios iniciais, uma vez que os dias críticos após a concepção apenas em casos isolados são a norma.

Causas da menstruação após a concepção

Como já foi descoberto, as duas razões mais comuns para a chegada dos dias críticos após a fertilização de um óvulo são o processo incompleto de inserção do óvulo no endométrio do útero ou o período de implantação do próprio blastocisto. Também mensalmente após a concepção pode entrar em vigor:

  • Interrupções hormonais quando observado t. N. deficiência de progesterona, os estrogênios são mal produzidos, ou há uma superabundância de andrógenos. Nesses casos, o corpo é simplesmente incapaz de “reconhecer” a gravidez, de modo que a menstruação continua por algum tempo da maneira usual.
  • Maturação simultânea de dois ovos em cada ovário, um dos quais é encontrado com o espermatozóide (isto é, a fertilização ocorre), o segundo - é morto e excretado naturalmente.
  • “Gravidez colorida” é um fenômeno bastante raro, durante o qual várias semanas, ou mesmo meses, mensalmente após a fertilização, o óvulo ainda continua. Mas, neste caso, não há sintomas, característica do início dos dias críticos: inchaço do corpo, aumento dos seios e sua sensibilidade aumentada, puxando a dor no baixo-ventre, mudanças no fundo emocional.

Além disso, manchas podem ser causadas por erosão cervical, isto não é menstruação, mas sangramento. Em tal situação, você precisará de uma consulta ginecológica para prescrever o tratamento correto, sem o risco de ameaçar o feto. A detecção de curto prazo, que as mulheres tomam por menstruação escassa, pode ser desencadeada por exame ginecológico, relação sexual, ducha. Entre outros fatores, os médicos chamam resfriados, choques fortes e estresses, sobrecarga. Em qualquer caso, apenas o médico pode determinar a causa exata da menstruação durante a gravidez.

Quando, após a concepção, o endométrio do útero esfolia e começa o sangramento, podemos falar sobre as seguintes patologias:

  • aborto espontâneo
  • gravidez ectópica, perdida, incompatível,
  • anomalias na estrutura do útero, em que o feto não é possível suportar, porque o embrião está ligado em locais com fornecimento de sangue fraco / ausente,
  • ruptura da placenta, apresentação placentária,
  • endometriose, neoplasias benignas do endométrio, miométrio,
  • patologia genética na mãe ou no embrião, etc.

Como identificar distúrbios patológicos

Nos estágios iniciais da gravidez, é quase impossível distinguir entre menstruação comum e sangramento - evidência do desenvolvimento do processo patológico. Portanto, uma mulher deve estar extremamente atenta aos menores sintomas alarmantes, sinalizando o perigo para o feto e para a futura mãe. Entre eles estão:

  • a abundância de secreções
  • o sangue é brilhante escarlate
  • dor abdominal excessiva, cuja natureza pode ser aguda a puxar,
  • aumento da frequência cardíaca
  • saltos na temperatura do corpo,
  • fraqueza geral
  • náuseas, vômitos,
  • tonturas, enxaquecas, etc.

Se você está com sintomas semelhantes, consulte imediatamente o seu médico. Afinal de contas, o sangramento, que é acompanhado por dores de cólica, pode falar sobre o início de um aborto espontâneo, e apenas uma chamada de emergência pode salvar uma gravidez. Antes da chegada dos médicos, é imperativo ter uma posição horizontal e tentar eliminar gestos desnecessários.

Nesse caso, você precisa consultar um médico

Quão perigoso os dias críticos após a concepção podem ser difíceis de determinar num piscar de olhos. Nem todas as manchas representam uma ameaça para a vida da mãe e do filho. Às vezes, a menstruação é devido a distúrbios hormonais que podem ocorrer no corpo feminino no início da gravidez. Neste caso, eles estão manchando e não acompanhados de dor.

No entanto, se a intensidade e a duração da hemorragia forem semelhantes às menstruações habituais, este é o primeiro sinal de um possível aborto. Sangramento muito doloroso também pode ser um precursor de um resultado semelhante.

Se você vai mensalmente após a concepção, independentemente de serem escassos ou abundantes na natureza, uma mulher grávida deve contactar imediatamente um ginecologista. Tentativas independentes para lidar com o sangramento com medicamentos ou remédios populares podem resultar em sérios problemas de saúde, incluindo aborto espontâneo.

Para estabelecer um diagnóstico preciso, o médico irá prescrever um número de estudos, incluindo:

  1. Diagnóstico de ultra-som para detectar a presença no útero do óvulo.
  2. Análise bioquímica do sangue.
  3. Um teste que determina o nível de gonadotrofina coriônica, etc.

Opinião dos médicos

A menstruação após a concepção, em seu sentido usual, pode ocorrer no primeiro mês após a fertilização. Passa brevemente, e a descarga em si não é abundante. Daubs, apareceu nos primeiros dias após a concepção, não deve causar alarme. É apenas uma evidência da implantação do embrião.

Acontece que os dias críticos continuam a vir regularmente durante a gravidez. Se o estado de saúde da menina não causar nenhuma queixa, e não houver anormalidades no desenvolvimento do feto, a medicina elimina um fenômeno semelhante à memória do corpo, devido ao qual ocorre o habitual background hormonal. Deve ser entendido que esses casos são raros.

Infelizmente, os distúrbios hormonais em mulheres não são incomuns hoje, porque os dias críticos podem realmente vir depois da concepção. Mas mesmo que a menina tenha certeza de que não prejudicará o embrião, ainda vale a pena consultar o ginecologista, já que nos estágios iniciais da gravidez é muito difícil distinguir entre menstruação e sangramento uterino.

Fisiologia da menstruação em mulheres

Por via de regra, o começo da gravidez por muitas meninas diagnostica-se no princípio da falta da menstruação. Após a fecundação do óvulo no corpo da mulher, inicia-se uma massa de vários processos, devido a que o ciclo menstrual pára antes do nascimento e, em alguns casos, até a conclusão da lactação. Mas há casos em que o início da gravidez mensal continua a ir. Por isso, a maioria de pacientes confrontados com uma situação semelhante por muito tempo não realizam a sua posição "interessante".

O processo fisiológico do ciclo menstrual é o seguinte:

  1. No corpo de cada menina no nascimento nos apêndices colocado um certo número de ovos. На протяжении всей жизни они в определенной очередности созревают и, при случае оплодотворения сперматозоидом, из них формируется плод.
  2. Каждый месяц в период овуляции одна яйцеклетка созревает, выходит из фолликула, перемещается в трубу и, так сказать, ждет оплодотворения.
  3. Na ausência do processo de fertilização, o óvulo morre e sai na forma do usual para muitas mulheres menstruar.

O útero é coberto internamente com uma camada do endométrio. Seu trabalho é totalmente dependente de processos hormonais. Após a passagem do ciclo menstrual, os hormônios começam a crescer ativamente. Por sua vez, os tecidos endometriais, no caso de gravidez, são necessários para fornecer nutrição ao feto e, portanto, possuem um excelente sistema sanguíneo, e seu descolamento é caracterizado por sangramento.

Na ausência de implantação no córtex cerebral, nenhum sinal é enviado sobre o desenvolvimento de um complexo hormonal correspondente, que leva à rejeição da camada intrauterina e sua saída para o exterior. Simplificando, quando a gravidez não ocorre, o ovo é quebrado e a menstruação "vem".

Na concepção, o óvulo é implantado nos tecidos endometriais, o que muda completamente o quadro hormonal do corpo - a progesterona começa a ser liberada - um hormônio que fortalece as paredes uterinas e promove o crescimento da camada endometrial. Isso garante uma fixação confiável do óvulo no útero. Além disso, devido a esse hormônio, a contração das paredes do útero é excluída, o que, por sua vez, impede a rejeição de um corpo estranho, que, de fato, é o ovo inato.

Leia, pode ir mensalmente após a concepção.

Pode ir mensalmente após a concepção?

O fenômeno, quando eles foram mensalmente após a concepção, tem um lugar para estar. É verdade que esta não é a norma. Se você começar a puxar a dor no baixo-ventre como durante a menstruação, isso indica uma redução na cavidade uterina, o que não é bom no início da gravidez.

Na ginecologia, existe uma "gravidez de cor", que significa a presença de menstruação no período após a fertilização do óvulo. A maioria dos especialistas admite o fato da alta menstrual em mulheres nos primeiros 2-3 ciclos após o início da gravidez. Mas esse fenômeno tem sua explicação. Na maioria das vezes, isso é devido a falhas no ciclo menstrual. Então, se os períodos de uma menina não passarem por um certo ciclo, a probabilidade de quitação menstrual após a concepção é muito alta.

Eu também gostaria de acrescentar que nos estágios iniciais da gravidez, em casos raros, há um chamado sangramento menstrual, quando o corpo ainda não teve tempo de se ajustar a um “modo diferente” de trabalho e, no início do ciclo, a menstruação começa. É verdade que eles não são tão intensos e abundantes como no caso da menstruação comum.

Em ambos os casos, os sintomas tradicionais característicos da menstruação normal não são observados. Sem dores de cabeça, fadiga, desejo constante de dormir, um tipo de irritação e outros sinais de TPM.

Se a gravidez foi planejada, houve uma intimidade sexual desprotegida durante o período favorável para a concepção, e, em seguida, períodos precários e inchaço começou, então é necessário fazer um teste de gravidez em casa. Deve ser entendido que os resultados dos testes mensais não podem afetar.

No entanto, algumas hemorragias não representam um perigo para o feto, bem como para a futura mãe, enquanto outras - podem causar muitos problemas, até mesmo a ameaça à vida de uma mulher. Portanto, é muito importante no caso de sangramento sangrento entrar em contato com o médico para evitar consequências indesejáveis ​​na forma de uma ameaça de aborto espontâneo.

O que significa descarga sanguinolenta no início da gravidez?

Se, depois da concepção, fosse mensalmente, isso poderia ser provocado não apenas pelo sangramento. Existem várias outras razões para esse fenômeno:

  1. Sangramento do implante. A seleção mais inocente, que é um dos sinais da concepção. Como mencionado anteriormente, durante a fixação do óvulo à parede do útero, este se torna solto e novos vasos sangüíneos se formam nele, o que, de fato, causa um leve sangramento.
  2. Gravidezes ectópicas ou congeladas também podem causar corrimento sanguinolento dos genitais. Neste caso, você precisa resolver este problema o mais rápido possível, caso contrário, os genitais femininos podem sofrer muito.
  3. Relação ativa. Depois de uma noite apaixonada e atividade física, pode haver um leve sangramento.
  4. O desenvolvimento de processos patológicos. Em várias patologias, o principal sinal de sua presença é o sangramento, que pode começar também durante a gravidez.
  5. Spotting após a concepção pode falar sobre placenta prévia ou seu descolamento. Neste caso, a gravidez pode não ocorrer sem consulta e terapia prescrita corretamente.
  6. A erosão do colo do útero também pode ser acompanhada pela liberação de manchas sanguinolentas.
  7. A presença de processos inflamatórios e infecciosos leva ao sangramento no início da gravidez. E se, no caso da erosão, a terapia estiver aguardando o parto, então, se houver uma infecção, ela precisa ser tratada o mais rápido possível para proteger a si mesma e ao futuro bebê do perigo.
  8. O aborto é uma das causas do sangramento. Por via de regra, neste caso, a seleção de sangue é muito abundante e a dor abdominal está presente. Aqui pode-se notar que, com a ameaça do aborto espontâneo, o sangramento daub também pode ser observado.
  9. A falta de progesterona, um hormônio responsável pelo fortalecimento das paredes uterinas, provoca o afinamento dos tecidos uterinos e é freqüentemente acompanhada por um leve sangramento.

Resumindo tudo isso, destacamos os pontos importantes:

  1. No primeiro trimestre da gravidez pode ir mensalmente. Em termos de profusão e intensidade, elas diferirão do fluxo menstrual comum. Isso é mais descarga sangrenta.
  2. É importante não confundir a menstruação com hemorragia, que tem causas mais graves.

Para quaisquer manifestações atípicas da gravidez, na presença de sangue manchado, não atrase a visita ao médico. Isso não só acalmará seu sistema nervoso, mas também, se necessário, ajudará a evitar a ameaça de aborto e protegerá sua saúde.

Você ou seus amigos se depararam com tal fenômeno? Se isso foi refletido no curso da gravidez?

Pin
Send
Share
Send
Send