Ginecologia

Verrugas genitais

Pin
Send
Share
Send
Send


As verrugas genitais são chamadas de pequenos nódulos na região da virilha de uma mulher.

Uma erupção na pele e nos tecidos mucosos pode aparecer sozinha e pode ocupar grandes áreas da pele, carregando vários inconvenientes. O que é isso - candilioma?

Esse problema é perigoso?

E como se livrar de seus sinais desagradáveis?

Tudo isso vamos considerar neste artigo.

Lugar das verrugas genitais

Os condilomas são verrugas genitais e anogenitais, que podem aparecer na região da virilha da pele e tecidos mucosos do sistema reprodutor feminino. O local mais comum de localização da doença são as seguintes áreas:

  1. Área genital: púbis, virilha, genitais femininos, isto é, vulva, vagina, pequenos lábios.
  2. Ânus - região anogenital.
  3. As verrugas internas podem se formar nas paredes da uretra e do colo do útero.

Causas do desenvolvimento da doença em mulheres

Kandilomatoz no corpo feminino causada pelo papilomavírus (HPC). Esta doença é dividida em muitas espécies, podendo causar tanto o aparecimento de papilomas pontiagudos como planos. Nódulos ocorrem na pele como resultado da infecção com os vírus tipo 6, 11, 13, 16 e 18.

Além da queda da bactéria HPV no corpo feminino, sua ativação também requer a presença de vários fatores patogênicos, sob a influência de que o sistema imunológico é incapaz de derrotar a doença. Entre eles estão:

  • dieta insalubre e estilo de vida pouco saudável,
  • tomando drogas fortes
  • gravidez e no período pós-parto,
  • estresse e choques nervosos
  • outros processos inflamatórios agudos e crônicos ou doenças infecciosas que enfraquecem o corpo.

Esses papilomas são às vezes chamados de exofíticos, aparecem na pele, lembrando um pequeno nódulo ou papila, sua cor geralmente está próxima do físico, às vezes tem um tom levemente rosado.

Complicações e conseqüências

Os condilomas formados nos órgãos genitais femininos podem crescer até tamanhos grandes., complicando a vida do seu portador. Além de reduzir a qualidade de vida, o papilomavírus pode tornar qualquer contato sexual doloroso. Sem tratamento, o problema pode inflamar-se e inflamar-se, acompanhado de dor e descarga de pus pela verruga.

Então no seu lugar formam-se numerosas úlceras.

Alguns tipos de papilomavírus são oncogênicos.isto é, provocar o desenvolvimento de um tumor maligno no corpo do portador. O tipo exofítico do HPV apresenta um baixo percentual de oncogenicidade, porém, em casos raros, os papilomas provocam o desenvolvimento do câncer genital.

Se o HPV ocorre em uma mulher grávida, a criança pode ser infectada durante o parto.

Tal problema no nascimento do bebê será muito perigoso, porque sua defesa imunológica ainda não foi formada.

Intervenção cirúrgica

Muitas vezes, ao tratar uma doença, a remoção do papiloma é prescrita por intervenção cirúrgica. Esta técnica é eficaz no caso em que a doença apresenta várias complicações (comorbidades) ou ocupa uma grande área na pele (membranas mucosas).

A remoção cirúrgica é o corte da verruga da superfície do epitélio. Cura o local operado por muito tempo, assim como o risco de recorrência da doença.

Remoção a laser

A cirurgia a laser, quando comparada à remoção simples, apresenta maior eficiência (até 99%), assim como menor risco de reaparecimento de papilomas.

Ao escolher este método, a remoção é realizada cortando a verruga com um laser sob anestesia local e anestesia. Em alguns casos, após tal operação, cicatrizes ou cicatrizes permanecem.

Cryodestruction

Tal método na medicina moderna é um dos mais progressistas. Consiste em congelar verrugas com nitrogênio líquido, como resultado de que eles morrem e caem. Ao executar casos, este procedimento requer uma repetição de 2-3 vezes, no restante - uma visita ao especialista é suficiente.

O método é eficaz quase sempreAo escolhê-lo, nenhuma cicatriz ou cicatriz permanece na pele e a pele tratada cicatriza rapidamente.

Método da droga

O tratamento medicamentoso inclui tomar medicamentos antivirais e drogas para melhorar a imunidade. Entre a primeira recepção mais prescrita:

    isoprinosina e groprinosina. Tal medicamento é tomado em dois comprimidos após as refeições, isto é, três vezes ao dia.

O curso do tratamento pode durar de duas semanas a um mês.

  • Allokina-alpha. A dosagem e a duração do tratamento são escolhidas individualmente pelo médico em cada caso clínico.
  • Epigena. A droga na forma de um spray, aplicado topicamente 2-3 vezes ao dia.
  • Panavira A droga libera na forma de um gel, spray e velas. É selecionado por um especialista.
  • Entre os meios para melhorar a imunidade e o fortalecimento geral do corpo, os especialistas geralmente prescrevem um curso:

    • Imunal
    • polioxidonio
    • cycloferon,
    • reaferon
    • leucopide.

    Há um grande número de imunomodoladores. Eles também são drogas, portanto, sua seleção e seleção de dosagem devem ser realizadas apenas pelo médico assistente.

    O que é isso

    As verrugas genitais são infecções da pele que são infecciosas devido ao vírus do papiloma (HPV). As verrugas genitais podem ser chamadas de papilomas genitais, verrugas anogenitais ou genitais, verrugas virais. Eles são formados no corpo humano após a infecção por um vírus. As verrugas podem ser vistas na área ao redor do ânus e genitais, às vezes na boca. Essas formações podem aparecer tanto em homens quanto em mulheres e parecem verrugas alongadas semelhantes a pingentes de gelo. Nas últimas décadas, o número de pessoas que sofrem desta doença aumentou várias vezes.


    Em verrugas genitais diz MD. Dermatologista Mikhail Ermakov

    Causas e métodos de infecção

    Em mais de 50% dos casos, a doença é sexualmente transmissível. Em risco são especialmente as pessoas que preferem a troca freqüente de parceiros e sexo desprotegido. Fatores predisponentes são também:

    • idade jovem (de 17 a 33 anos, e principalmente de 20 a 24 anos),
    • estreia sexual precoce
    • microtraumas de genitais,
    • gravidez
    • dysbacteriosis vaginal,
    • estresse frequente
    • má nutrição
    • falta de vitaminas
    • secreção de congestão no prepúcio,
    • imunidade global reduzida.

    O aparecimento de verrugas genitais é causado pela entrada do papilomavírus humano no corpo do paciente. Por algum tempo (até 90 dias) o vírus pode estar no corpo, sem ser capaz de criar uma educação sobre a pele. Com o enfraquecimento da imunidade, o vírus tem a oportunidade de criar educação sobre a pele sem dificuldade. Esta formação é causada pelos tipos de vírus HPV 6, 8, 11, 16, 18.

    Os sintomas iniciais são comuns. Segundo eles, é difícil determinar exatamente o que a imunidade encontrou. Se houver erupções externas, o paciente presta atenção ao desconforto nas áreas íntimas. Após o aparecimento das formações do diagnóstico não é muito difícil.

    Sintomas gerais e diferenças de outras entidades

    O sintoma inicial da aparência no corpo do papilomavírus humano são sinais comuns:

    • sentindo-se fraco, cansado
    • dor de cabeça
    • irritabilidade,
    • ligeiro aumento de temperatura.

    Esses sinais identificam o vírus muito raramente. Posteriormente, o vírus supera a defesa da imunidade e os papilomas começam a aparecer na superfície da pele. Como a localização das verrugas genitais está localizada fora das áreas abertas da pele, sua aparência inicial pode não ser visível para o paciente.

    Em educação adicional cresce e começa a incomodar o paciente. Há um cheiro desagradável, dor, irritação e desconforto. Durante as relações sexuais e procedimentos de higiene, a sensação de desconforto e dor pode aumentar, pode haver uma lesão no crescimento e sangramento menor. Nos homens, a dor é possível durante a micção. As mulheres podem sentir uma sensação de umidade na área da erupção cutânea e uma sensação de crescimento na região da virilha. Este sentimento deve-se ao facto de as verrugas poderem crescer rapidamente, combinando-se umas com as outras, e criar educação adicional com um diâmetro até 6 cm, com uma taxa de crescimento muito elevada durante a gravidez.

    A principal diferença de verrugas genitais de outras formações na pele será a sua forma alongada, bem como os locais de localização:

    • órgãos femininos (no colo do útero, vagina, lábios e clitóris),
    • órgãos masculinos (no escroto, na glande do pênis, no freio),
    • na boca,
    • áreas próximas ao ânus.

    Eles têm uma superfície úmida e macia, a forma de um pente de galo, subindo alguns milímetros acima da superfície da pele.

    Em caso de crescimentos nos genitais, você deve consultar um especialista (ginecologista, urologista, proctologista, venereologista, dermatologista). Ele irá realizar estudos adicionais para esclarecer o diagnóstico.

    Verrugas genitais em mulheres

    Nas mulheres, as verrugas genitais geralmente são detectadas no exame por um ginecologista. Para esclarecer o diagnóstico, o tratamento de superfície é realizado com uma solução especial, após a qual os condilomas aparecem como manchas branqueadas no fundo da pele saudável. O aparecimento de condilomas na vagina é possível e, portanto, nem sempre é fácil identificar essa doença.

    A peculiaridade dessas formações nas mulheres é que elas geralmente crescem, podem ocupar grandes espaços e ter forma semelhante à couve-flor. É especialmente importante conduzir o tratamento em tempo devido ao fato de que alguns tipos de vírus são capazes de provocar a ocorrência do câncer do colo do útero.

    Durante a gravidez, é necessário realizar tratamento individual por um ginecologista. Durante esse período, o crescimento das formações pode ocorrer muito rapidamente e, com manifestações extensas, é possível fazer referência a uma cesárea planejada. Com este método, a obstetrícia será reduzida: a probabilidade de infectar o bebê, traumatizando a mãe, sangramento durante o parto.

    Verrugas genitais da vulva, foto

    Na superfície da pele e mucosas, há uma sensação de ardor, coceira. Na área de desconforto pode ser encontrada educação, que lembra a couve-flor. Eles estão molhados, macios, fundem-se com a superfície do corpo em cores.

    Verrugas genitais nos homens

    Na maioria das vezes, o local é uma conseqüência de microtraumas da superfície da pele do pênis. As verrugas genitais podem estar localizadas na região do prepúcio, freio e glande.

    Em casos raros, eles podem ser localizados no tronco do pênis e escroto. Com esse arranjo, eles podem ser múltiplos e ter grandes volumes. Em casos raros, eles podem estar na área da uretra e contribuir para a manifestação dos sintomas da uretrite crônica.

    Verrugas genitais anais

    O condiloma na região anal é frequentemente, especialmente em homens, consequência do sexo anal. As verrugas genitais nesta área podem ser acompanhadas pelo aparecimento de formações semelhantes na área retal. Muitas vezes esse quadro clínico é observado em homossexuais.

    Condiloma pontiagudo da cavidade oral, foto

    Com os contatos sexuais orais, as verrugas genitais também podem afetar a mucosa bucal.

    Diagnóstico

    Diagnóstico de verrugas genitais realiza um especialista médico. Na maioria das vezes é um ginecologista para mulheres e um urologista para homens. Mas essas formações também são tratadas por um venereologista ou dermatologista.

    Na presença de formações extensas características de verrugas genitais, um especialista estabelecerá o diagnóstico sem dificuldade. Na ausência de formações ou na presença de pequenos crescimentos na fase inicial, a pele é tratada com uma solução a 3-5% de ácido acético. Neste caso, o tecido afetado pelo vírus, serão destacados manchas branqueadas no fundo de tecido saudável de cor normal.

    Adicionalmente, um local de tecido pode ser amostrado (biópsia) para controlar a ausência de células malignas. Usando um exame de sangue para o HPV, os tipos de vírus HPV presentes no corpo do paciente são determinados. Na presença de tipos oncogênicos do vírus, medidas preventivas reforçadas são recomendadas. Se o tratamento oportuno não for realizado, as formações causadas por vírus oncogênicos podem degenerar posteriormente em formações malignas que representam uma ameaça à vida.

    O tratamento deste tipo de verrugas executa-se por métodos locais e gerais. Até o momento, não foi encontrado nenhum método que garanta o completo desaparecimento do vírus do corpo da transportadora. É obrigatório o tratamento conjunto do parceiro sexual. Quando os parceiros sexuais privados deslocam-se para resolver a questão da proteção obrigatória das DSTs. Ao fazer um diagnóstico de verrugas genitais deve ser testado para infecções sexualmente transmissíveis, como muitas vezes várias infecções acompanham uns aos outros.

    Princípios gerais de tratamento

    O tratamento visa ajudar o corpo no autocontrole do vírus. Entre os medicamentos utilizados:

    • interferões (intramuscularmente ou na área de localização de verrugas),
    • medicamentos antivirais comuns
    • drogas que estimulam o sistema imunológico
    • complexos vitamínicos e minerais.

    Remoção de verrugas genitais

    É aconselhável remover essas formações depois de consultar um médico, de preferência em um centro médico. Remoção independente de verrugas em casa pode levar à queima do tecido saudável adjacente, a cicatrização e cicatrizes subseqüentes.

    As principais formas de eliminar as verrugas genitais são:

    • agentes que conduzem à necrose dos tecidos do condiloma (proibido para mulheres grávidas) - Condilina, Podofillotoksin, Imiquimod, Solkovagin,
    • tratamento dos ácidos condiloma nítrico e tricloroacético,
    • remoção cirúrgica,
    • terapia com laser
    • radiocirurgia
    • crioterapia
    • eletrocoagulação.

    Preferidos atualmente considerados métodos de terapia a laser, o uso de radiohead. A crioterapia conduz a resultados de qualidade sem complicações com altas qualificações do doutor. A remoção cirúrgica cirúrgica executa-se pela decisão do médico assistente em casos especiais.

    A questão da escolha de um método específico de combate a entidades deve ser decidida em conjunto com o médico assistente. Devido ao fato de que um número suficientemente grande de tipos de vírus do papiloma humano é oncogênico (contribui para o aparecimento de tumores malignos), é inaceitável se automedicar sem consultar um médico. Em coordenação com isso, você pode usar remédios caseiros.

    Tratamento domiciliar

    O tratamento de condilomas em casa é complicado pelo fato de que deve ser realizado várias vezes ao dia em locais íntimos, o que nem sempre é conveniente. Além disso, é difícil separar as células afetadas das células da pele saudável. As verrugas genitais, especialmente nas mulheres, são claramente visíveis na superfície dos órgãos genitais apenas na presença de grandes formações extensas. Portanto, ao processar em casa, há um alto risco de ferir o tecido saudável com um agente de cura e deixar cicatrizes na pele delicada.

    Na lista de remédios populares usados ​​para tratamento, apareça:

    Meios baseados em iodo e tintura de própolis são bastante eficazes se você tratar as verrugas várias vezes ao dia. Mas eles podem facilmente causar queimaduras na pele na área genital.

    Segundo alguns pesquisadores, uma ou outra cepa do papilomavírus humano infectou até a metade dos habitantes do planeta. As principais medidas de precaução contra a infecção devem ser o uso de itens individuais de higiene pessoal, o cumprimento das regras de estar em locais públicos. Na ausência de dados sobre a saúde do parceiro sexual, vale a pena cuidar dos meios de proteção que ajudarão a prevenir a ocorrência de infecções genitais contagiosas, incluindo as verrugas genitais.

    No caso em que o vírus já está no corpo, você deve prestar muita atenção ao estado de saúde. Ainda não existe um medicamento específico para este vírus e o tratamento das verrugas genitais refere-se à eliminação de crescimentos externos na pele e terapia geral para estimular o sistema imunológico. Isso significa que quanto melhor o estado geral de saúde, menor a probabilidade de ocorrer uma recorrência de verrugas genitais, mesmo na presença de papilomavírus humano.

    O que são condilomas?

    Os condiloma são verrugas genitais, que são uma das manifestações da infecção de mulheres com o papilomavírus. Este vírus de DNA tem muitas cepas, por isso é tão importante realizar um exame minucioso e identificar o que causou a infecção por cândida. Caso contrário, o tratamento pode ser ineficaz.

    É importante! Segundo as estatísticas, em média, até 30% das mulheres são portadoras do vírus e nunca desenvolvem condiloma. Mas, em geral, o papilomavírus está presente em 90% das pessoas sem qualquer manifestação de si. Além disso, diferentes cepas de HPV podem estar simultaneamente presentes em um organismo.

    Causas de condilomatose

    Condilomas nos lábios

    A principal causa de infecção de mulheres com condilomatose é o sexo de qualquer forma (oral, anal, vaginal) sem contraceptivos. Existe uma opinião de que o HPV é transmitido por meios domésticos - através de itens de higiene pessoal, roupas íntimas, mas isso não foi comprovado cientificamente.

    A condylomatosis em mulheres pode ativamente ocorrer no contexto de fatores que provocam a atividade do vírus.

    Estes incluem:

    • Danos à pele mucosa e genital,
    • Estresse e tensão constante
    • Fadiga, falta de sono, exercício excessivo, dieta pobre ou dietas inadequadas,
    • Redução da imunidade - sazonal, durante a gravidez e no período pós-parto, com distúrbios hormonais no corpo,
    • Superaquecimento ou congelamento do corpo,
    • Não cumprimento das regras de higiene pessoal,
    • Consumo descontrolado de produtos farmacêuticos que podem provocar uma violação da microflora.
    para o conteúdo

    Quão perigosas são as verrugas, se não forem tratadas?

    Não há sensações dolorosas pronunciadas na presença de pequenas ou isoladas verrugas genitais em mulheres. Mas isso não significa que tais formações não sejam perigosas e não devam ser removidas.

    Aqui estão apenas alguns dos riscos associados à falta de tratamento adequado das verrugas genitais em mulheres:

    Infecção vaginal

    • A transformação de verrugas em tumores malignos,
    • O desenvolvimento do câncer do colo do útero,
    • O desenvolvimento de outras doenças infecciosas no contexto da imunidade deprimida,
    • Complicação do parto devido ao afrouxamento dos tecidos vaginais e danos a uma grande área de mucosa e pele, não apenas os órgãos genitais externos, mas também os órgãos genitais internos devido ao suprimento abundante de sangue de verrugas genitais pontiagudas,
    • Infecção do recém-nascido com condilomatose, que pode se manifestar não apenas nos genitais, mas também nas pálpebras, na boca.

    É importante! Durante a gravidez, as mulheres geralmente não são prescritas drogas antivirais e imunoestimuladoras destinadas a combater o HPV, pois isso pode causar o corpo a rejeitar os abortos do feto, gêneros prematuros. O tratamento da condilomatose é mais frequentemente realizado localmente, sob a supervisão de um médico.

    O que são condilomas? Como eles diferem?

    Existem 2 tipos principais de verrugas genitais em mulheres:

      Apontou. Eles são mais frequentemente formados na membrana mucosa dos genitais - os tecidos dos pequenos e grandes lábios, no clitóris, perto da uretra e do ânus. Eles também podem ser encontrados na vagina, na virilha, nas coxas e nádegas, no reto. Eles são crescimentos papilares em um talo fino. Com a reprodução ativa do vírus, a formação de múltiplos, acaba por se fundir e tornar-se semelhante à crista.

    Verrugas genitais na vagina, verrugas planas ou largas. Esta é uma forma mais complexa, na qual há danos aos tecidos no interior da vagina. O perigo de tal espécie é que é impossível notá-las sem ferramentas especiais, e isso se torna a razão para retardar o início do tratamento do papilomavírus em uma mulher.

    Verrugas planas nos lábios

    Além disso, condilomatose genital pode ser de diferentes formas:

    • Latente: o vírus está presente no corpo, mas não se manifesta,
    • Clinical: as verrugas genitais são formadas,
    • Subclínica: placas planas e discretas são observadas.
    para o conteúdo

    Sintomas do estágio inicial do condiloma genital

    Os sintomas clássicos da condilomatose são manifestados pelos seguintes sintomas:

    Corrimento vaginal durante condilomatose

    • A formação de pequenas formações salientes ou planas na pele,
    • Comichão, ardor
    • Sensação de umidade constante no local do condilo,
    • O cheiro fétido
    • Sangramento possível se as verrugas foram mecanicamente danificadas.

    É importante! Se, após a ocorrência de condiloma, uma quantidade insuficiente de sangue flui para esta área da pele, ela pode secar e desaparecer sem qualquer intervenção de terceiros. Mas, mais frequentemente, apenas algumas horas são suficientes para o crescimento da educação até o tamanho de 6 mm ou mais.

    Remédios populares

    Há muitas receitas populares, no entanto, o tratamento em casa não pode substituir a consulta com um especialista e cirúrgico, bem como tratamento médico.

    Remédios populares podem ser usados ​​como um complemento para o medicamento, para isso, ao selecioná-los, vale a pena discutir sua escolha com o seu médico.

    Os remédios populares mais populares são:

      iodoque é aplicado ao condiloma localmente, proporcionando um efeito anti-séptico.

    Com aplicação constante (3-4 vezes por dia), a verruga deve secar e cair, como durante a criólise.

    No entanto, a prática mostra que nem sempre é esse o caso. Além disso, o iodo deve ser usado com cuidado na área genital, pode queimar a pele sensível e a membrana mucosa.

  • Celandine. Grama é usada quando o nódulo do HPV é pequeno (até vários milímetros). Suco fresco de celandine é aplicado à formação várias vezes ao dia, após o que a verruga começa a secar e desaparece, ou cai.
  • O tratamento domiciliar também tem foco na melhoria da imunidade. Nesta característica, os métodos caseiros possuem alta eficiência. Para aumentar o nível de proteção imunológica do corpo, você pode usar:

    • endurecimento
    • alimentação saudável
    • rejeição de maus hábitos (pelo menos durante o período de tratamento),
    • exclusão de fatores estressantes
    • manutenção do trabalho e descanso,
    • sono completo.

    Tratamentos mecânicos para verrugas

    1. Termocoagulação. As verrugas cauterizam devido à exposição a altas temperaturas. Uma vez que este é um procedimento doloroso, é realizado sob anestesia local. O ponto negativo desta técnica para tratar condilomatose é que os tecidos mais próximos são capturados, no local do qual uma cicatriz é formada. A cicatrização de feridas após a queda da sarna do condiloma pode ocorrer de 7 dias a 2 meses.
    2. Cryodestruction Neste caso, os condilomas genitais ou planos são queimados com nitrogênio líquido. O método é antigo, mas ainda um dos mais eficazes, embora às vezes seja necessário realizar o procedimento em várias etapas.
    3. Quimioterapia É também usado como principal ingrediente ativo do nitrogênio, apenas na forma de ácido.
    4. Terapia com laser. A exposição a um raio laser direcionado pode destruir os tecidos das verrugas com danos mínimos nos tecidos adjacentes.
    5. Método de ondas de rádio. O princípio é o mesmo dos outros métodos, mas neste caso, as ondas de rádio de rádio frequência são usadas para tratar as verrugas genitais. O alto custo do procedimento é plenamente justificado pelo fato de que a pele no local do condiloma permanece intacta, a cicatrização ocorre no máximo em um dia e não há cicatrizes.

    Quimioterapia de condilomas

    É importante! Não existe uma maneira universal de se livrar do vírus HPV e de suas manifestações na forma de condilomas de ponta e largos de uma vez por todas. Portanto, não é incomum os crescimentos reaparecerem nas mesmas áreas ou adjacentes após algum tempo. Mas a duração do atraso depende da condição geral do corpo.

    Tratamento de condilomas genitais com preparações farmacêuticas

    Se as verrugas genitais forem pequenas, um tratamento local não invasivo é possível.

    O paciente é prescrito:

    Solução de condilina

    Soluções - geralmente são composições químicas bastante agressivas, então o ginecologista realiza procedimentos para tratar o condilo em seu consultório, e não o próprio paciente em casa,

  • Pomadas - têm efeito anti-inflamatório, contribuem para a secagem dos tecidos das verrugas e a violação da sua nutrição,
  • Supositórios vaginais dão um efeito local sobre as verrugas genitais genitais,
  • Os supositórios retais têm um efeito terapêutico mais amplo, portanto, podem ser usados ​​na detecção de verrugas genitais na vagina, perto do ânus e perto da uretra.
  • Os mais eficazes no tratamento da condilomatose mostraram tais drogas:

    Velas Betadine

    Velas vaginais "Betadine",

  • Velas retais "Viferon", "Panavir",
  • Pomadas - salicylic, oxolinic, bem como Panavir e Viferon,
  • "Condilin" - uma solução baseada em um extrato vegetal de podofilina, o tratamento da conilomatose é realizado ciclicamente, não serve para mulheres grávidas,
  • “Solcoderm” é uma droga agressiva baseada em ácido acético, láctico, nítrico e oxálico, portanto o tratamento das verrugas genitais com este remédio é doloroso, e a pele após o desaparecimento pode ficar marcada,
  • Ácido tricloroacético - a solução é aplicada 1 vez, após o que é neutralizado com soda, a pele é seca com pó, o procedimento é repetido, se necessário, após uma semana.

    Pomada Solkoderm

  • "Imiquimod" é um caro, tóxico, mas eficaz a partir de verrugas genitais droga exclusivamente ação externa, mas tem muitos efeitos colaterais - vermelhidão, ardor, coceira, inchaço, erosão da pele,
  • "Condiline Nicomed", "Podofillotoksin" - preparações muito tóxicas de verrugas, a aplicação de que é inaceitável mais muitas vezes do que 1 vez em 12 horas, e em grandes áreas da pele.
  • para o conteúdo

    Terapia complexa antiviral

    Tratamento de verrugas genitais em mulheres é desejável para realizar de forma abrangente e não apenas remover os crescimentos próprios. Para fazer isso, o médico prescreve medicamentos especiais que inibem o vírus do HPV.

    O melhor de todos manifestou-se no curso da terapia complexa como:

    Panavir

    "Groprinosin" - tomado 2 vezes ao dia durante 2-4 semanas,

  • "Panavir" - nomeado sob a forma de supositórios vaginais e rectais, bem como solução injectável,
  • “Immunal” - uma preparação à base de ervas para vírus, incluindo condilomas, em comprimidos ou na forma de xarope à base de extrato de equinácea, não é adequada para mulheres grávidas,
  • "Polyoxidonium" - uma formulação de comprimido imunoestimulante e desintoxicante à base de brometo de azoximero,
  • "Reaferon" - pó para a preparação de solução antiviral e imunoestimulante,
  • "Epigen intim" é um spray que aumenta a imunidade local dos tecidos com uso diário de 4 vezes por 2 semanas.
  • Reaferon

    Condiloma durante a gravidez - remover ou sair?

    Existem diferentes pontos de vista médicos sobre o tratamento do condiloma durante a gravidez:

    1. Adeptos do que é necessário para fazer isso, operam no fato de que na presença de tais crescimentos nas membranas mucosas da infecção do canal do parto do feto é possível durante o parto.
    2. Aqueles que argumentam que é melhor deixar tudo como está, também têm seus próprios motivos razoáveis ​​de que, após o nascimento, o histórico hormonal se estabilizará, a imunidade aumentará e todas as verrugas passarão por si mesmas.

    A conclusão sobre se deve tratar condiloma durante a gravidez, você pode fazer isso:

    • Se este é um condiloma único em uma mulher, ela não se preocupa muito, não aumenta de tamanho, então é melhor não tomar nenhuma medida até o final da gravidez
    • Se o vírus se comporta ativamente e afeta grandes áreas da pele e membranas mucosas, é necessário remover as verrugas de forma obrigatória, apenas por métodos adequados.
    para o conteúdo

    Quando remover as verrugas genitais em mulheres grávidas?

    Para o tratamento de condilomas em gestantes, há períodos favoráveis ​​e desfavoráveis ​​que devem ser considerados na prescrição da terapia, levando em consideração o possível risco para o feto:

    • Não é recomendado tratar e remover verrugas na primeira metade da gravidez,
    • Tempo favorável para todos os procedimentos - o período de 28 semanas, mas apenas sob a estrita supervisão de um médico.
    para o conteúdo

    Tecnologias de tratamento de condilomatose

    O condiloma durante a gravidez pode ser removido das seguintes formas:

    Eletrocoagulação

    • Eletrocoagulação,
    • Corte cirúrgico,
    • Soluções ácidas.

    Medicamentos contendo interferon também podem ser administrados.

    É importante! Métodos tais como a criodestruição, a terapia com laser, bem como medicamentos citostáticos são estritamente inadequados.

    Prevenção do condiloma genital

    É impossível proteger-se totalmente contra o vírus HPV, mas você pode reduzir o risco de verrugas genitais se:

    • Não ter sexo promíscuo sem camisinha,
    • Cuidado com a sua saúde - para comer direito, para estabelecer um horário competente de trabalho e descanso, para tomar medidas regulares para fortalecer o sistema imunológico,
    • Siga as regras de higiene pessoal e especialmente íntima.

    Infecção com vírus de verrugas não é uma frase! Muitas pessoas vivem há anos e sabem como controlar a atividade do HPV por meio de um estilo de vida saudável. Esforce-se para isso, se os primeiros sintomas de condilomatose se manifestarem e você os superar com sucesso!

    Verrugas genitais - o que é isso?

    As verrugas genitais são o resultado da ativação do papilomavírus humano no corpo. A doença também é chamada de verrugas genitais ou genitais. Uma vez no corpo, o HPV, contido por forças imunológicas em um estado enfraquecido, pode não se manifestar externamente por muito tempo.

    Verrugas genitais em foto de mulheres

    No entanto, qualquer condição que diminua a imunidade, leva ao aparecimento de conseqüências peculiares na pele com um crescimento exofítico característico (na superfície da pele). Talvez o aparecimento de crescimentos patológicos na mucosa vaginal, no reto e cavidade oral.

    Além do desconforto estético, a condilomatose pode causar câncer. A falta de tratamento atempado também leva à disseminação da infecção viral e ao crescimento de verrugas.

    Além disso, as verrugas genitais - um sinal claro de imunidade reduzida - são freqüentemente acompanhadas por um curso crônico de candidíase, infecção por ureoplasma e outras infecções sexualmente transmissíveis.

    Causas de verrugas genitais

    A aparência das verrugas pode diferir, foto 2

    O vírus papilomatoso das verrugas genitais é muito contagioso. Em 80-95% das mulheres, é encontrado no sangue, mas apenas em 1% provoca a ocorrência de novas formações cutâneas. Na maioria das vezes, as verrugas genitais são causadas por infecção por HPV tipo 6 e 11 com baixo grau de carcinogenicidade.

    Mas apenas a análise por PCR pode excluir a infecção por subtipos mais perigosos do vírus, por exemplo, os tipos oncogênicos altos 16 e 18.

    A infecção de mulheres com HPV ocorre das seguintes formas:

    1. O caminho sexual é o mais comum entre mulheres e homens
    2. No parto - uma criança é infectada por uma mãe doente, mas as verrugas podem aparecer vários anos depois (isso explica as verrugas em meninas que não tiveram relações sexuais),
    3. Caminho de contato - a infecção por toalhas, roupa de cama e artigos de higiene é possível.

    Para provocar o aparecimento de verrugas genitais pode qualquer um dos estados:

    • Contato sexual com um parceiro de condilomatose infectado,
    • Exposição externa acompanhada de imunodeficiência - estresse, dieta rigorosa, antibioticoterapia de longa duração,
    • Gravidez e pós-parto
    • Promiscuidade, resultando em uma violação da microflora vaginal,
    • Infecção crônica no corpo,
    • Não conformidade com os padrões de higiene.

    É importante! Até mesmo o uso de um preservativo não impede a infecção pelo HPV. O contato com a pele afetada do escroto e do púbis do parceiro leva à penetração da infecção no corpo da mulher.

    Os primeiros sinais de condiloma, o estágio inicial

    verrugas genitais na fase inicial da foto das mulheres

    Na maioria das vezes genitália das verrugas genitais aparecem pelo menos 3-6 meses após a infecção pelo HPV. Com proteção imunológica suficientemente forte, o período de incubação pode durar vários anos.

    O quadro clínico está se desenvolvendo rapidamente. Em apenas algumas horas (uma média de 6 horas), uma mulher observa a aparência de:

    • Ligeira comichão e ardor
    • Hiperemia menor,
    • Tuberosidade espinhenta, que lembra a couve-flor.

    Assim que as neoplasias aparecem, a coceira e a vermelhidão desaparecem. Os condilomas aumentam rapidamente de tamanho e atingem uma altura de 1-1,5 cm.

    As neoplasias podem ser únicas (mamilos individuais, elevando-se acima da pele) e múltiplas, lembrando uma crista de galo ou couve-flor. Os focos individuais são propensos a crescimento periférico e fusão. Com o surgimento de novas verrugas, reaparece queimaduras de curto prazo e vermelhidão.

    Tratamento de verrugas genitais em mulheres

    A medicina moderna não é capaz de destruir o HPV no corpo. As medidas terapêuticas visam remover as verrugas genitais nas mulheres e aliviar o vírus ativando a proteção imunológica.

    Tratamento medicamentoso, drogas

    Quando condilomatose pode usar drogas específicas. A solução ou pomada para verrugas genitais contém agentes cáusticos, portanto seu uso deve ser cuidadoso com o tratamento do creme protetor dos tecidos adjacentes. Os remédios mais eficazes para as verrugas genitais:

    • Condilin - solução a 0,5% de extrato vegetal de podofilina. O medicamento é aplicado em uma área de no máximo 10 cm2 duas vezes ao dia por 3 dias consecutivos. O curso é repetido após 4 dias de intervalo, o tratamento não dura mais de 5 semanas. Normalmente, o primeiro tratamento é feito por um ginecologista. A solução é contra-indicada em mulheres grávidas.
    • Solkoderm - uma combinação de ácido nítrico, acético, oxálico e láctico. Um remédio bastante agressivo: a área máxima de tratamento é de 5 cm2 e o tratamento não dura mais que 4 semanas. Durante o tratamento, há uma forte sensação de ardor e hiperemia. Uma cicatriz pode se formar no local de um condiloma secado. A hiperpigmentação quase sempre permanece.
    • Solução de ácido tricloroacético - 80-90% é aplicada uma vez com possível repetição do procedimento após 1 semana. O número máximo de procedimentos é 6. Após o tratamento, o ácido é neutralizado com solução de soda, após o que a área tratada é pulverizada com pó de talco ou talco.
    • Super Cleaner - contém um agente alcalino. Nas verrugas goteje 1 gota de fundos 1 vez por dia.Regime de tratamento - 3 dias de tratamento, 1 semana de intervalo.

    É importante! Cauterização de verrugas solução de iodo em casa não é recomendada. Este tratamento pode levar à necrose e supuração do tecido.

    Métodos minimamente invasivos de remoção de verrugas

    A maioria das clínicas é equipada com equipamento especial para a remoção traumática mínima de verrugas genitais em mulheres, enquanto a condilomatose na maioria dos casos é eliminada em apenas um procedimento. Este tratamento não requer hospitalização.

    Métodos instrumentais de excisão de verrugas:

    • A intervenção cirúrgica é uma técnica ultrapassada que é praticada em hospitais que não possuem equipamentos modernos. As verrugas são removidas com um bisturi, na maioria das vezes sob anestesia local. Em seguida está suturando. O período de recuperação é bastante doloroso.
    • Eletrocoagulação - a excisão de verrugas por eletrocautério requer anestesia local. Após a cicatrização, as cicatrizes permanecem.
    • Ablação por radiofrequência - as neoplasias são influenciadas pela acupressão por ondas de rádio de alta frequência emanadas do aparelho Surgitron, após o que as verrugas desaparecem. O procedimento é indolor, mas muito caro.
    • Laserterapia - os processos da pele são evaporados por um laser focalizado. O procedimento é quase indolor, elimina o sangramento e a infecção após a intervenção. Uma pequena ferida cicatriza rapidamente sem cicatriz.
    • A criodestruição é um método prioritário devido à sua absoluta indoloridade e acessibilidade. Os condilomas são tratados com nitrogênio líquido, com o agente ativo atuando apenas na própria prega genital, sem afetar os tecidos adjacentes. Neoplasmas congelados morrem e se auto-rejeitam.

    A única ressalva - o procedimento de criodestruição deve ser realizado por um médico experiente, a fim de evitar danos aos tecidos circundantes.

    Tratamento antiviral das verrugas das mulheres

    Terapia com drogas com alta atividade contra o HPV é obrigatória. Sua finalidade é enfraquecer o vírus e prevenir a recorrência de condilomatose. Os seguintes agentes antivirais são usados:

    • Groprinosin - 2 tayu duas vezes por dia, um curso de 2-4 semanas.
    • A intimidade do epigenio é um remédio adicional que acelera a cura e aumenta a imunidade local. O tratamento com spray é realizado 4 vezes ao dia, a duração é de pelo menos 2 semanas.
    • Panavir é um agente antiviral universal. Disponível na forma de um gel, supositórios (usado para condilomas do reto, vagina e colo do útero), solução injetável.
    • Também prescrito curso tratamento com imunoestimulantes (Imunol, Polyoxidonium, Reaferon) e terapia vitamínica.

    Apenas o tratamento combinado de condilomatose - remoção de verrugas genitais, tratamento antiviral e imunoterapia - previne o reaparecimento de tumores cutâneos. E embora 15-30% das mulheres possam ter uma eliminação independente das verrugas, isso não significa recuperação. Na maioria das vezes, as verrugas reaparecem após o estresse ou a gripe comum.

    Prevenção da formação de condiloma

    Prevenir as verrugas genitais é bastante simples. As seguintes regras devem ser observadas:

    • A cultura da vida sexual é uma exceção ao sexo casual.
    • Higiene pessoal.
    • Estilo de vida, excluindo situações que levam à imunodeficiência - boa nutrição, endurecimento, etc.
    • Testes regulares para PCR.
    • Vacinação de crianças - esta tática tem muitos oponentes devido ao alto risco de efeitos colaterais graves associados à disfunção sexual pós-vacinação.

    Medidas preventivas

    Para prevenir o aparecimento da doença do papilomavírus no corpo feminino, você pode usar as seguintes recomendações:

    1. Vacinação contra o HPV, causando verrugas genitais.
    2. Exclusão de relações sexuais desprotegidas (neste caso, é necessário proteger pela barreira, não métodos hormonais). O uso de preservativo também não é garantia de proteção, pois o HPV pode ser transmitido pelo contato de outras áreas, como o púbico.
    3. Mantenha a higiene pessoal no nível adequado.
    4. Diagnóstico e tratamento oportunos de todas as doenças crônicas e infecciosas, enfraquecendo a imunidade do corpo.
    5. Estilo de vida saudável, eliminação de maus hábitos, nutrição adequada e atividade física moderada.
    6. Visitas regulares ao ginecologista (1-2 vezes por ano).

    Eliminar o aparecimento de verrugas genitais agudas na virilha de uma mulher é mais fácil do que curar o papilomavírus. Qualquer mulher deve monitorar o estado de seu corpo, em particular, diz respeito a doenças sexualmente transmissíveis.

    Condiloma em mulheres: foto

    Para entender como as verrugas planas ou genitais se parecem com as mulheres, oferecemos a visualização de fotos detalhadas.

    Verrugas planas

    Como você pode ver, os tumores têm tamanhos e formas diferentes. As verrugas genitais se assemelham externamente aos mamilos em uma perna mais fina, fundindo-se umas com as outras, tornando-se semelhantes à crista de um galo ou de uma couve-flor. As verrugas planas têm a forma de uma cama, são mais difíceis de detectar sem o uso de diagnósticos especiais, se estiverem localizadas no colo do útero.

    Durante a gravidez

    Em mulheres grávidas infectadas com o papilomavírus, as neoplasias muitas vezes tornam-se grandes, crescem, tornam-se friáveis. Isto é devido a uma mudança nos níveis hormonais, aumento da circulação sanguínea nos tecidos e uma mudança no ambiente da vagina.

    A infecção por papilomavírus é perigosa para o feto, pois pode causar infecção da criança durante o parto. Portanto, antes de planejar uma gravidez, os médicos recomendam uma análise para o HPV.

    Tratamento de verrugas em mulheres

    Apesar da indoloridade das verrugas, em geral, elas são muito desagradáveis ​​na aparência e interferem em uma vida íntima plena. Portanto, com o aparecimento de crescimentos na região da virilha, é melhor se submeter ao tratamento, pois é necessário se livrar deles através da exposição ao hardware.

    A lista dos métodos mais eficazes e amplamente utilizados para tratar condilomas inclui:

    1. Termocoagulação. Envolve a queima de condilomas, que estão morrendo e colapsando devido à alta temperatura. Durante o procedimento, o paciente sente dor, por isso é sempre realizado sob anestesia local. No início, uma crosta forma-se a partir do crescimento, e então o tecido saudável cresce sob ele. Para esta operação você precisa de um coagulador e equipamento especial. Este método é bastante eficaz.
    2. Cryodestruction A essência deste método consiste na destruição de tecidos danificados por verrugas com nitrogênio líquido.
    3. Destruição do laser. O método consiste em destruir uma neoplasia, expondo-a a um laser cirúrgico.
    4. Método radiocirúrgico. Condilomas são destruídos por uma estreita onda de rádio da faixa de alta freqüência. Este método é muito eficaz e seguro. Após este procedimento, a pele limpa permanece na área afetada, sem cicatrizes, e a cicatrização completa dos tecidos ocorre praticamente em 24 horas.
    5. Quimioterapia Muitas vezes, durante a queima química dos tecidos das verrugas, são utilizados meios cujo ingrediente ativo é o ácido nítrico.

    A medicina moderna não desenvolveu no momento um método que destruirá completamente o HPV. O tratamento é baseado no alívio da condição do paciente (removendo as verrugas genitais) e aumentando o intervalo de tempo entre recaídas. O vírus persiste em torno do local de uma neoplasia em pele aparentemente saudável, portanto as recaídas geralmente estão associadas à ativação e reprodução do vírus.

    Tratamento conservador

    O uso de drogas para o tratamento de condilomas é possível com seu pequeno tamanho. O tratamento é realizado pelo paciente de forma independente em casa, mas o exame e consulta do ginecologista antes de começar é obrigatório.

    1. Imiquimod (creme Aldara 4000 rub, Keravort 2000 esfregar.) É um medicamento de prescrição para uso externo no tratamento de verrugas genitais externas nas áreas perianal e genital (pessoas com mais de 12 anos). O curso do tratamento é longo, efeitos colaterais no local de aplicação: erosão, inchaço, coceira, ardor, vermelhidão, formação de crostas, descarga de fluido. Imiquimod deve ser usado em dias alternados (3 r / semana), removendo com sabão e água 10 horas após a aplicação.
    2. Podophyllotoxin, Condilen Nicomed - são aplicados duas vezes ao dia com um aplicador especial ligado à preparação. É importante manter um intervalo de 12 horas entre os aplicativos. Após um tratamento de 3 dias, eles fazem uma pausa de quatro dias e continuam o tratamento até a completa eliminação das verrugas. Devido à toxicidade do medicamento, a área tratada deve ser mínima (máx. 10 cm2).

    O tratamento conservador da condilomatose envolve o uso de agentes farmacêuticos que causam alterações necróticas nos tecidos. A escolha do tratamento em cada caso é determinada apenas por um especialista.

    Etiologia e patogênese da doença

    O papilomavírus é instável no ambiente, portanto, na maioria das vezes, é infectado pelo contato direto com o portador.

    Isso é facilitado por vários microtraumas da pele: abrasões, rachaduras, arranhões, abrasões.

    Existem várias maneiras de transmitir o HPV:

    • o contato sexual é o método mais comum de transmissão de verrugas genitais,
    • a transferência domiciliar ocorre devido ao descumprimento das regras de higiene pessoal e saneamento dos locais públicos: banhos, chuveiros, academias, sanitários, etc.
    • ancestral - infecção da criança da mãe durante o parto, devido a que as verrugas anogenitais podem aparecer na laringe do bebê,
    • a auto-infecção ocorre quando as próprias neoplasias são danificadas durante a depilação, barbear-se e usar roupas de fricção.

    Causas de

    O aparecimento de condilomas na região perianal deve-se à atividade dos papilomavírus humanos dos tipos 6 e 11.

    Essa infecção pode ser assintomática por anos e, com a menor diminuição da imunidade, aparece como um crescimento na pele. Provocar sua aparência pode:

    • doenças agudas e crônicas de longo prazo,
    • hipotermia
    • hipovitaminose e deficiência de substâncias minerais e oligoelementos,
    • estresse
    • imunodeficiência, incluindo o HIV,
    • gravidez

    Em mais de 50% dos casos, a doença é sexualmente transmissível. Em risco são especialmente as pessoas que preferem a troca freqüente de parceiros e sexo desprotegido. Fatores predisponentes são também:

    • idade jovem (de 17 a 33 anos, e principalmente de 20 a 24 anos),
    • estreia sexual precoce
    • microtraumas de genitais,
    • gravidez
    • dysbacteriosis vaginal,
    • estresse frequente
    • má nutrição
    • falta de vitaminas
    • secreção de congestão no prepúcio,
    • imunidade global reduzida.

    O aparecimento de verrugas genitais é causado pela entrada do papilomavírus humano no corpo do paciente. Por algum tempo (até 90 dias) o vírus pode estar no corpo, sem ser capaz de criar uma educação sobre a pele. Com o enfraquecimento da imunidade, o vírus tem a oportunidade de criar educação sobre a pele sem dificuldade. Esta formação é causada pelos tipos de vírus HPV 6, 8, 11, 16, 18.

    A condilomatose é uma doença caracterizada por uma manifestação de crescimentos na região inguinal e anogenital. Menos comumente, as verrugas podem ser localizadas no decote, no peito, nas axilas, na face e na mucosa bucal.

    Hoje, os cientistas conhecem mais de cem cepas de HPV que podem causar a formação de crescimentos patológicos no corpo. Como o período de incubação pode variar de um mês a um ano ou mais, é quase impossível descobrir as causas exatas do aparecimento de verrugas e o momento em que o vírus entra no corpo.

    Condiloma em mulheres - causas

    O vírus é encontrado principalmente nas camadas da derme, mas sua pequena proporção também está localizada em fluidos biológicos através dos quais também é possível se infectar (se a baixa imunidade de uma pessoa saudável com uma grande quantidade de vírus no corpo do paciente coincidir).

    O crescimento de verrugas significa a ativação do vírus que infectou uma pessoa muito antes do aparecimento do primeiro tumor na pele.

    O HPV infecta a camada basal das células epiteliais na borda do epitélio cilíndrico e multicamadas. Crescendo como resultado de neoplasmas são necessárias para a propagação do vírus.

    Exatamente entender por que os papilomas aparecem, pode um diagnosticador. Isso pode ser devido aos seguintes motivos:

    1. imunossupressão associada ao estresse, falta de sono, tensão nervosa e depressão psicológica,
    2. enfraquecendo as defesas do corpo devido a cirurgia e uma longa luta contra doenças infecciosas crônicas,
    3. sobrecarga física, síndrome da fadiga crônica,
    4. alterações hormonais significativas no corpo (puberdade, gravidez).

    Na maioria dos casos, a principal causa de verrugas genitais nos homens é a infecção do corpo pelo papilomavírus humano (HPV). Mais de 100 variedades deste vírus são conhecidas, mas apenas algumas de suas cepas se tornam a causa das verrugas genitais - 33, 18, 16, 11 e 6.

    As verrugas causadas por um tipo de vírus estão localizadas na pele, a outra nas membranas mucosas da uretra nos homens. Danos à mucosa oral e conteúdo de vírus na saliva do veículo são possíveis.

    O grupo de risco inclui homens que têm muitos contatos sexuais e muitas vezes mudam de parceiros, bem como aqueles que têm orientação sexual não tradicional.

    Quais verrugas existem? Os principais tipos e como distingui-los

    Especialistas identificam muitos tipos de tumores.

    A lista contém descrições das espécies mais comuns:

    • Formações vulgar - pineal, aparecendo nos dedos e punhos, bem como nos joelhos. Eles podem se fundir uns com os outros e ocupar uma grande área,
    • único - invisível aos crescimentos do paciente que crescem a tamanhos grandes com ferimentos,
    • crescimentos filamentosos - um grupo de pineal com picos amarelos pálidos, atingindo 6 mm de comprimento,
    • verrugas plantares - à primeira vista lembram calos, mas a partir de um pequeno crescimento brilhante, ao longo do tempo, o tumor cresce com um aro característico, bem como ramos de papilomas filha,
    • crescimentos planos têm uma cor rosada natural, eles parecem com cicatrizes planas de queimaduras,
    • Os condilomas aparecem nos órgãos genitais externos, mas também podem estar ao redor da boca devido à transmissão pela via oral-genital. As verrugas anogenitais podem se fundir em nódulos, ter um tom vermelho-rosado.

    Até mesmo a pele mais saudável é propensa ao aparecimento de verrugas. A causa desta doença não é a falta de cuidados com a pele, mas o vírus do papiloma (HPV), que, como regra, tem uma natureza benigna e se manifesta na forma de nódulos arredondados ou papilas na pele. Note que quase todas as pessoas podem transportar tacitamente várias modificações deste vírus.

    Que tipo de verrugas e como distinguir entre eles - leia o nosso artigo.

    Sintomatologia


    O período da infecção com um vírus ao aparecimento dos primeiros sintomas calcula a média de dois para três meses, mas pode esticar.

    Clinicamente, o HPV nos homens aparece como crescimentos semelhantes à couve-flor. O tamanho de cada condiloma não excede alguns milímetros, mas seu número pode ser muito grande.

    As situações são descritas quando esses crescimentos cobriam completamente a cabeça do pênis e do períneo. Muitas vezes condiloma afeta a membrana mucosa do ânus, então eles podem sangrar e machucar durante um ato de defecação.

    O desenvolvimento da infecção pelo papilomavírus humano está intimamente relacionado à imunidade do paciente. Portanto, na presença de condilomas, outras doenças são freqüentemente encontradas que se manifestam com imunidade reduzida.

    Isto é especialmente verdadeiro para doenças como clamídia, gonorreia, sífilis. Neste caso, o quadro clínico será acompanhado por sintomas de infecções sexualmente transmissíveis.

    Em alguns casos, o papilomavírus pode não se manifestar, então a doença é assintomática. Então seu diagnóstico pode ocorrer aleatoriamente durante o exame, por exemplo, em mulheres grávidas.

    Agora vamos procurar por verrugas genitais - uma foto em homens, o tratamento e as causas da ocorrência serão descritas abaixo.

    Um especialista experiente determinará a presença da doença já durante o exame visual inicial, mas para confirmar o diagnóstico, alguns exames laboratoriais são necessários:

    • determinação do HPV no sangue pelo método da reação em cadeia da polimerase (PCR),
    • exame de sangue venoso para HIV e sífilis
    • esfregaço da superfície do condiloma em homens para identificar células atípicas (oncocitologia),
    • biópsia de neoplasma
    • determinação do funcionamento do sistema imunológico (estudos imunológicos).

    A partir de métodos instrumentais, a uretroscopia e a reitoromanoscopia são utilizadas - exame da uretra ou do canal anal com a ajuda de instrumentos especiais.

    Os condilomas em homens podem ser semelhantes à eritroplasia de Keir, à papulose bovenóide, ao câncer do canal anal e ao pênis. Para o diagnóstico diferencial, é necessário passar por todos os exames laboratoriais (especialmente para biópsia e oncocitologia).

    Eritroplasia Keir. Diferenças do condiloma em homens.

    A doença, cujo agente causador é também HPV. Esta patologia é pré-cancerosa.

    Em contraste com condiloma em homens, esta doença geralmente desenvolve um local de tumor, mais frequentemente localizado na cabeça do pênis. Esta formação tem limites claros e uma forma arredondada indefinida, com a palpação é um pouco dolorosa.

    Outra diferença é a cor da lesão (de vermelho vivo a vermelho-marrom). Em etapas posteriores, o desenvolvimento de úlceras e a acessão de uma infecção bacteriana secundária é possível.

    Quando os pacientes com eritroplasia de Keir se queixam de dor e sensação de queimação na lesão.

    Papulose Bovenoide. Diferenças do condiloma em homens.

    Esta doença pré-cancerosa nos homens causa o papilomavírus e é encontrada principalmente na cabeça e no corpo do pênis. O condiloma em homens às vezes é muito difícil de distinguir da papulose bovenóide, especialmente porque a razão é a mesma.

    Manifestado pelo desenvolvimento de outeiros múltiplos ou múltiplos (pápulas) de cor polpa ou marrom-acastanhada. A superfície dos tumores é lisa ou esburacada, ocasionalmente coberta com uma crosta, o tamanho varia de 2mm a 3.

    5 cm (em média até 10 mm). Em alguns casos, as pápulas se fundem em uma placa bastante grande.

    Ao aderir a uma infecção secundária, desenvolve-se um processo inflamatório, manifestado por dor e vermelhidão da pele.

    Diferenças nas verrugas genitais do câncer anal.

    A parte desta doença é responsável por 6% de todos os casos de desenvolvimento de tumores na área anal genital. Os principais sintomas desta patologia são sangramento do reto e dor durante o movimento do intestino, as mesmas manifestações são observadas quando há conzhilomas de pico em homens com um arranjo de formações no ânus.

    Além destas manifestações, coceira e ardência, sensação de um corpo estranho observa-se. O HPV pode contribuir para o câncer anal.

    Se os condilomas nos homens estiverem localizados nesta área - a probabilidade de câncer aumenta.

    Câncer do pênis e verrugas nos homens.

    Qualquer condição pré-cancerosa (eritroplasia Keir) pode causar o desenvolvimento de câncer peniano em homens. Além disso, o HPV pode contribuir para o surgimento do câncer peniano sem condições pré-cancerosas.

    Ocorre em 3-4 casos de 100 tumores malignos diagnosticados dos genitais. Esta patologia nas primeiras etapas tem a aparência de uma pequena lareira chata, em 85% localiza-se na cabeça do pênis.

    Com o desenvolvimento da doença, a lesão pode parecer erosão, nódulo, verruga ou crescimento na forma de uma cabeça de couve-flor. Algumas das opções para o desenvolvimento de câncer do pênis podem inicialmente se assemelhar a verrugas em homens.

    Além disso, é possível desenvolver no contexto das verrugas presentes, o que facilita a vigilância e atrasa o diagnóstico oportuno. O desenvolvimento da doença muitas vezes não é acompanhado de dor.

    Prurido e sangramento da lesão são possíveis.

    O condyloma em homens é possível de várias maneiras. A excisão cirúrgica é extremamente rara. O tratamento desta patologia em homens é realizado por um proctologista, um urologista, um dermatologista (dependendo da localização da neoplasia). Em alguns casos, a consulta de um oncologista é necessária.

    Existem vários métodos para o tratamento de condilomas em homens, incluindo:

    1. Remoção com produtos químicos - usado para pequenos tumores. Para realizar o método, são utilizados Podofillin, Solkoderm, Epigen-gel, Condilina, são aplicados na superfície do condiloma em homens e os componentes ácidos das preparações destroem as células neoplásicas.
    2. Método de criodestruição - exposição a condilomas em homens com gases inertes líquidos (geralmente nitrogênio), levando à destruição do condiloma e à formação de uma pequena ferida que cicatriza por 7-14 dias, não deixando cicatriz ou cicatriz. A técnica é usada quando a localização das verrugas, não só em superfícies secas (pele dos órgãos genitais externos e períneo), mas também nas membranas mucosas.
    3. O método de eletrocoagulação (exposição à corrente elétrica de alta freqüência) - cauterização das verrugas usando um coagulador ou eletrocautério. A anestesia local é realizada antes da remoção do neoplasma. As desvantagens são a alta invasividade da técnica e a formação de cicatrizes visíveis após a cicatrização.
    4. Remoção masculina de condilomas em homens - evaporação sem contato de verrugas com um feixe de laser. O método de tratamento mais utilizado, indolor, de baixo impacto, com recuperação rápida.
    5. Remoção cirúrgica - usada para grandes neoplasias, tem um risco aumentado de cicatrização dolorosa grave.

    Além do tratamento cirúrgico, medicamentos locais (supositórios) ou gerais (comprimidos) são prescritos para prevenir o desenvolvimento e o crescimento de novas verrugas em homens. Os mais usados ​​são “Genferon”, “Panavir”, “Cycloferon”.

    O método de tratamento e medicação deve ser selecionado por um especialista, com base em seu tipo de neoplasia e seu curso. Como condilomas em homens podem contribuir para o aparecimento de câncer, é necessário monitorar seu crescimento, removê-los a tempo e seguir rigorosamente todas as prescrições do médico assistente.

    Para prevenir a formação de verrugas genitais, é necessário monitorar o funcionamento do sistema imunológico, levar um estilo de vida saudável e tentar eliminar a possibilidade de infecção pelo HPV.

    As verrugas genitais ou verrugas genitais são formações na pele e na membrana mucosa da genitália, causadas pelo papilomavírus humano. Via de regra, o curso da doença é crônico, caracteriza-se por recidivas e alto risco oncogênico na ausência do tratamento correto.

    Os scalls têm uma estrutura lobulada e uma perna, os espécimes planos que são perigosos para o corpo são menos comuns, portanto, se forem encontrados, deve-se contatar imediatamente uma instituição médica.

    Sintomas da doença

    A forma de crescimentos anormais é diferente. Por exemplo, as verrugas genitais consistem em papilas corporais e têm uma perna.

    É importante notar a formação no tempo, pois é propenso a uma rápida reprodução e fusão com pequenos crescimentos, como resultado do que ocorre uma verruga gigante. Assemelha-se a uma inflorescência de couve-flor e causa desconforto e dor.

    Gradualmente, a superfície do condiloma endurece, é capaz de crescer profundamente em tecidos próximos e degenerar em câncer.

    As verrugas genitais nas mulheres são encontradas nos lábios, no períneo ou no ânus, menos frequentemente na vagina. Mas as formações planas afetam principalmente o colo do útero e a uretra.

    A gravidez é perigosa?

    Eles são:

    • o início do tratamento desde o momento do diagnóstico,
    • estudos colposcópicos, citológicos e outros, devido à alta freqüência de associações de HPV com outras infecções genitais,
    • inclusão obrigatória no plano de aconselhamento, exame e tratamento de um marido ou parceiro.

    Condilomas anogenitais de pequeno e médio porte em gestantes são removidos no início do primeiro trimestre pelo método de destruição química (Solcoderm) com intervalo semanal entre os procedimentos. Você deve primeiro realizar a reorganização vaginal.

    Formações grandes e confluentes são excisadas pelo método de ondas de rádio no início do segundo trimestre em combinação com terapia antiviral e imunomoduladora. Para estes fins, é possível usar a droga, por exemplo, "Genferon Light" em supositórios vaginais - 2 vezes ao dia por 250 mil unidades por 10 dias.

    Ele é nomeado após o dia 13, a semana 24 da gravidez e imediatamente antes do nascimento. Antes da excisão dos condilomas, no final do primeiro trimestre, a vagina é reorganizada e (se necessário) as infecções urogenitais são tratadas.

    Condilomas generalizados no limiar e / ou na vagina em mulheres grávidas não podem ser removidos. Tudo o que é necessário é terapia antiviral e imunomodulação, tratamento da infecção urogenital e saneamento vaginal.

    A detecção atempada e o tratamento combinado de verrugas podem reduzir significativamente a probabilidade de sua recorrência e transformação em neoplasia maligna.

    O perigo imediato de verrugas vaginais é mais provável para a criança do que para a própria mãe.

    A infecção ocorre durante a passagem do canal de parto da criança. Clinicamente, isso se manifesta pelo desenvolvimento de papilomas laríngeos em crianças.

    Quanto ao corpo feminino, durante a gravidez, devido a mudanças hormonais, há um aumento no número e tamanho dos crescimentos existentes, assim como o surgimento de novos.

    Após o parto, o seu número diminui. No entanto, não há recuperação espontânea completa.

    Como tratar verrugas durante a gravidez é decidido em cada caso individualmente.

    As verrugas vaginais podem ser difíceis durante o trabalho de parto.

    Os condilomas possuem um sistema de suprimento sanguíneo desenvolvido, de modo que a lesão pode causar, por um lado, sangramento e, por outro, complicar a sutura da incisão após a dissecção do períneo.

    Não podemos excluir a possibilidade de infecção do pessoal médico do HPV.

    A gravidez é um período na vida de uma mulher em que o crescimento das verrugas genitais acelera (é claro, se elas acontecem). Às vezes, esses tumores atingem tamanhos que impedem a passagem do feto através do canal do parto, e também podem provocar uma ruptura da vagina e, portanto, os médicos são obrigados a dar à luz uma cesariana.

    Quanto aos recém-nascidos, em casos raros, a infecção pelo papilomavírus humano pode causar o desenvolvimento de papilomatose laríngea. Esta patologia é muito perigosa para crianças pequenas, pois pode levar a insuficiência respiratória e até a morte.

    Sinais característicos e sintomas de verrugas genitais

    O aparecimento de verrugas perianais nem sempre é perceptível, uma vez que as formações podem ser localizadas não apenas na pele ao redor do ânus, mas também dentro dele. Se os mamilos externos puderem ser sentidos com a mão durante os procedimentos de higiene, os internos crescerão até certo ponto, sem causar ansiedade. No entanto, dura até atingir um comprimento de vários milímetros.

    Como as verrugas são transmitidas

    O principal fator de risco para a infecção pelo papilomavírus humano em crianças menores de 12 anos é o contato com pais infectados: na idade de 13 a 17 anos, a principal via de infecção é a sexual eo principal fator de risco é o início precoce da atividade sexual.

    A infecção por uma pessoa saudável é transmitida na vizinhança imediata de membranas mucosas infectadas ou na pele de um parceiro infectado. A principal rota de infecção entre adultos é sexual e a proteção com preservativos é ineficaz.

    A probabilidade de infecção em caso de contato com um parceiro sexual infectado é de 70%. Portanto, o HPV é uma infecção sexualmente transmissível.

    Competindo com herpes genital, ocorre 3 vezes mais que o anterior.

    O agente causador da doença também pode estar presente na saliva e na urina de uma pessoa infectada. A possibilidade de sua transmissão ao beijar e casa (extremamente raro!) Por - no banho, banheiro, através de toalhas compartilhadas ou roupas íntimas, etc., não se exclui.

    A transmissão ocorre na maioria das situações durante a relação sexual.

    É quase impossível prevenir tal infecção por métodos disponíveis, inclusive contraceptivos de barreira.

    Em uma certa porcentagem de casos, a infecção é possível através do contato domiciliar através de itens de higiene pessoal que se tornaram acessíveis a outras pessoas por algum motivo.

    Hoje, cerca de 80% da população mundial é considerada infectada.

    No entanto, os sintomas da doença não são todos.

    A partir do momento da infecção, geralmente leva mais de um mês.

    Ao ativar o corpo de partículas virais predispõe:

    • doenças agudas e crônicas de órgãos internos,
    • doenças infecciosas
    • distúrbios metabólicos, especialmente diabetes,
    • combinação adversa de fatores ambientais e condições microclimáticas,
    • turnos hormonais - gravidez, menopausa.

    O vírus está contido em fluidos biológicos de uma pessoa e pode ter as seguintes formas de transmissão: sexual - o agente causador da doença entra no corpo durante a relação sexual (tradicional, oral ou anal), doméstico - quando o vírus contém saliva, a doença pode ser transmitida de pessoa para pessoa através de contatos domésticos usando utensílios comuns, itens de higiene pessoal.

    Entrando nas microtrincas da pele ou membranas mucosas e multiplicando-se lá, o HPV causa um crescimento anormal do epitélio e a formação de verrugas genitais nos homens.

    Primeiro você precisa visitar um médico, após o qual você precisará remover os crescimentos e passar por um curso de tratamento destinado a restaurar o sistema imunológico e eliminar os problemas que provocaram a aparência de crescimentos.

    É muito importante que o tratamento do condiloma seja eficaz. Os condilomas podem reaparecer? Se você não aderir às recomendações do doutor, independentemente arrastar o fio ou cauterizar as verrugas com meios improvisados, há uma alta probabilidade de retomar o crescimento de tumores com a atividade aumentada.

    Não é necessário trazer a luta contra as verrugas para tal estado, de modo a não poder normalmente ir ao banheiro ou lavar. Gradualmente, o crescimento pode prejudicar, causar muitos problemas. É necessário encontrar os melhores remédios para condilomas, a fim de curar os crescimentos e se livrar deles por um longo tempo.

    Existem vários tratamentos básicos, incluindo parcelas controversas. Mas vamos falar sobre eles em mais detalhes.

    1. Tratamento sistêmico. Fornece o uso de pílulas para verrugas, medicamentos antivirais especiais ou até mesmo injeções. A essência do método visa melhorar a imunidade e fornecer ao organismo a capacidade de suprimir o vírus.
    2. Impacto local. É possível cauterizar os crescimentos? Tudo depende de onde eles estão localizados. Burning out verrugas tem seus pontos fortes e fracos. Muitos cauterizam o condiloma iodo. Em geral, a cauterização com iodo não é recomendada. Quaisquer medicamentos destinados a cauterização das verrugas devem ser prescritos por um médico e utilizados sob sua estrita supervisão.
    3. Desinstalar. Após a remoção de crescimentos, é necessário um tratamento sistêmico. Isso garante proteção contra recaídas.
    4. Tratamento de remédios condilomas folclóricos. Com o aparecimento de condylomas o tratamento de remédios populares gosta da popularidade impressionante. Existem muitas receitas e métodos que permitem preparar medicamentos altamente eficazes a partir de meios improvisados. Mas só eles não devem ser tratados. Antes de remover os condilomas com remédios populares, consulte o seu médico.
    5. Tramas. Há muita controvérsia sobre conspirações. Alguns acreditam neles, outros consideram conspiração para ser estúpido. Portanto, aparentemente, aqueles que acreditam em conspirações, dizem sobre sua eficácia.

    O condiloma é um problema comum e bastante grave que precisa ser resolvido apenas com a ajuda de um médico qualificado. Não se auto-medicar.

    O objetivo do tratamento é:

    • eliminação de defeitos cosméticos
    • normalização do estado físico e mental do paciente,
    • prevenção de complicações, incluindo malignidade,
    • reduzindo o risco de infecção para os outros.

    A escolha dos métodos de tratamento depende da natureza do processo, da estrutura morfológica dos elementos patológicos, do seu tamanho, número e localização, da idade do paciente. Os métodos tradicionais de tratamento destinam-se apenas a eliminar as manifestações clínicas da infecção pelo papilomavírus humano e têm um efeito temporário.

    Eles não são capazes de parar a expressão do patógeno nas células dos tecidos circundantes e garantir sua eliminação do corpo.

    Os métodos modernos de terapia, destinados não apenas à remoção de verrugas genitais, mas também à prevenção de recaídas, são convencionalmente combinados em quatro grandes grupos:

    1. Métodos destrutivos, cujo significado geral é que a remoção ou queima do condiloma é realizada por meios físicos ou químicos, isto é, a destruição de sua estrutura.
    2. Agentes citotóxicos.
    3. Terapia antiviral e imunomoduladora.
    4. Terapia Combinada

    Métodos destrutivos

    A remoção completa do vírus do papiloma humano do corpo é impossível, portanto, no tratamento de verrugas genitais, o médico eo paciente têm duas tarefas: suprimir a atividade do vírus e remover tumores na pele.

    Utiliza ambos os medicamentos, incluindo intervenções externas, cirúrgicas e minimamente invasivas. A escolha dos métodos e sua combinação depende do grau de distribuição das verrugas e seu tamanho.

    Terapia medicamentosa

    O tratamento conservador é usado em conjunto com a remoção radical de tumores. Vários grupos de drogas são usados:

    • imunoestimulantes e imunomoduladores,
    • agentes fortificantes (complexos vitamínico-minerais),
    • agentes antivirais.

    Juntamente com formas orais, pomadas e géis são aplicados, que são aplicados diretamente às verrugas e à pele ao redor deles. Um bom efeito é dado por injeções de interferon na base das verrugas.

    Para eliminar condilomas simples, as preparações químicas são utilizadas na forma de uma solução à base de ácido bicloroacético ou tricloroacético - Condilina ou Podofilina. Их наносят на новообразования, в результате чего те разрушаются. Использовать их необходимо многократно до полного исчезновения кожных наростов.

    É importante! No tratamento das verrugas perianais, é necessário excluir o câncer do canal anal.

    Removendo as verrugas

    O tratamento deste tipo de verrugas executa-se por métodos locais e gerais. Até o momento, não foi encontrado nenhum método que garanta o completo desaparecimento do vírus do corpo da transportadora.

    É obrigatório o tratamento conjunto do parceiro sexual. Quando os parceiros sexuais privados deslocam-se para resolver a questão da proteção obrigatória das DSTs.

    Ao fazer um diagnóstico de verrugas genitais deve ser testado para infecções sexualmente transmissíveis, como muitas vezes várias infecções acompanham uns aos outros.

    Medicamentoso

    • A terapia medicamentosa é reduzida ao uso de preparações farmacêuticas para a destruição de tumores benignos (Solkovagin, Solkoderm, podofillin), que são uma mistura de substâncias com alta atividade ácida.
    • Além disso, drogas imunomoduladoras projetadas para aumentar a resistência do organismo a infecções.

    Vale a pena notar que o tratamento em casa com o uso de agentes que causam a destruição de verrugas não é recomendado.

    A tarefa do tratamento é evitar a disseminação de papilomas das áreas afetadas ao longo da pele e membranas mucosas, reduzir a atividade do vírus e fortalecer a imunidade do paciente.

    Completamente destruir o vírus do papiloma é impossível, mas um sistema imunológico saudável efetivamente lida com isso, impedindo o aparecimento de tumores.

    • Portanto, o regime de tratamento individual inclui imunomoduladores e vitaminas, o médico pode prescrever drogas Licopid, Immunomax, Amiksin e Annokin-alfa, melhorando a imunidade.
    • Um medicamento que combina propriedades antivirais e imunomoduladoras - Groprinosin, que tem feedback positivo de cientistas e médicos.

    Nos pacientes após o curso da administração, foi encontrada uma diminuição no número de partículas virais no esfregaço.

    As verrugas genitais precisam ser removidas. Deve notar-se que esta técnica radical é eficaz em 60-70% dos casos, e apenas em 25% dos casos após esse tratamento ocorrem recaídas.

    Na prática clínica, existem várias maneiras de remover as verrugas genitais: destruição do laser, criodestruição, eletrocoagulação, efeito radiowave, método químico e excisão cirúrgica com bisturi, bem como métodos de remoção não cirúrgica. A escolha de uma técnica particular, por via de regra, depende da localização e número de tumores.

    Destruição a laser

    Remoção de verrugas genitais com um laser é um procedimento bastante doloroso que requer anestesia local. Depois de tal operação, muitas vezes deixam-se cicatrizes profundas na pele e membranas mucosas do paciente, e também é possível que o papilomavírus humano que entra no ar seja infectado pela equipe médica que realiza este procedimento.

    Exposição a ondas de rádio

    Este método envolve o uso de um feixe altamente direcionado de ondas de rádio de alta freqüência e seu tratamento da área afetada pelo papilomavírus humano. Até o momento, esse tratamento é considerado o mais eficaz e popular entre os pacientes. Requer anestesia local, mas não deixa cicatrizes.

    Quanto ao tratamento de verrugas genitais com medicamentos antivirais, de acordo com especialistas, muitas vezes não dá o efeito desejado.

    Em conclusão, gostaria de chamar sua atenção para o fato de que a escolha de uma técnica em particular é a prerrogativa do médico assistente, enquanto o auto-tratamento das verrugas genitais pode agravar o desenvolvimento do processo patológico e provocar sua disseminação.

    O que é um condiloma?

    As verrugas são verrugas cor de carne que aparecem nos genitais e no ânus. Além disso, esses processos são encontrados em outras partes do corpo, mas com muito menos frequência. De acordo com estudos, as verrugas genitais (condiloma) são promovidas por um papilomavírus humano contendo DNA, cuja presença no corpo é capaz de permanecer despercebida por um longo período de tempo.

    Independentemente do fato de a condilomatose ser classificada como uma doença sexualmente transmissível, ela não é a única forma de infecção - a infecção pode ocorrer por meio do contato e da vida cotidiana, bem como durante o parto natural. Condilomas em mulheres requerem tratamento imediato e de qualidade, a sua educação no colo do útero leva a uma condição pré-cancerosa.

    Tipos de verrugas em mulheres (foto)

    Verrugas virais em mulheres são de várias formas e volumes. No entanto, eles muitas vezes têm a aparência de crescimentos de pele de uma tonalidade cinza-rosada, cujo tamanho atinge vários milímetros. Como regra geral, no estágio inicial, os condilomas estão localizados separadamente um do outro, mas com a reprodução ativa, as células de crescimento se fundem, evoluindo para formações enormes que são comparáveis ​​em aparência com couve-flor. Existem dois tipos de verrugas em mulheres:

    Sintomas e sinais da doença

    Como regra geral, quaisquer manifestações condilomatosas são de natureza local. As verrugas formadas ao redor do ânus são acompanhadas de coceira e ardor nessa área, além de criar a sensação da presença de um corpo estranho ali. Por causa disso, mulheres com problemas semelhantes durante todo o dia sofrem de terríveis desconfortos causados ​​por sinais de condiloma.

    Para verrugas acríticas, que crescem em áreas significativamente maiores do corpo, além dos sintomas acima, a secreção de fluidos também é característica. Tem um cheiro desagradável e traz desconforto devido à constante sensação de umidade. Em caso de lesão acidental das conseqüências por roupas ou durante a relação sexual, irritação e inflamação aparecem na pele.

    As verrugas endofíticas (planas) geralmente não são acompanhadas por nenhum sintoma, somente em casos raros, pode haver um leve corrimento vaginal e coceira na área genital. As verrugas genitais são diagnosticadas por uma aparência específica. Mas com representantes planos do vírus, a situação é um pouco mais complicada, eles não podem ser reconhecidos a olho nu. Se você encontrar os menores sinais suspeitos de doença, entre em contato com um médico experiente para um diagnóstico completo.

    Como tratar condilomas em mulheres?

    Ao diagnosticar mulheres condiloma deve necessariamente passar por um curso de tratamento. Essas neoplasias são um reservatório inesgotável de infecção e podem contribuir para o surgimento de doenças mais graves. A lista dos métodos mais eficazes e amplamente utilizados para tratar condilomas inclui:

    • Destruição do laser. O método consiste em destruir uma neoplasia, expondo-a a um laser cirúrgico.
    • Radiocirurgia Durante a remoção do condiloma desta maneira, os tecidos das conseqüências resultantes são cortados por um feixe estreito de ondas de alta frequência. Cura após tal operação ocorre rapidamente.
    • Termocoagulação, que é realizada em uma sala especial com o uso do dispositivo, sujeitando verrugas a queimar sob a influência de alta temperatura.
    • Quimiodestruição Muitas vezes, durante a queima química dos tecidos das verrugas, são utilizados meios cujo ingrediente ativo é o ácido nítrico.
    • Cryodestruction A essência deste método consiste na destruição de tecidos danificados por verrugas com nitrogênio líquido.
    • Remédio moderno para combater as formações cutâneas em casa - Papilight

    Tratamento de remédios populares condilomas

    Há uma série de métodos populares que contribuem para a luta contra as verrugas genitais. A mais simples delas é a cauterização regular das conseqüências com o iodo. Esta droga vai secar tumores, de modo que depois de algum tempo eles vão desaparecer. De acordo com o mesmo esquema para o tratamento do condilo aplica-se:

    • suco de celandine, maçãs jovens, dente de leão, abacaxi, aloe,
    • tintura de própolis,
    • alho ou cebola,
    • Kalanchoe
    • comprima das bagas de Rowan,
    • clara de ovo.

    Assista ao vídeo: Como surgem as verrugas genitais (Julho 2020).

    Pin
    Send
    Share
    Send
    Send