Gravidez

Chokeberry durante a amamentação - existem restrições?

Pin
Send
Share
Send
Send


Toda mãe que alimenta seu bebê deve obter todas as substâncias necessárias, vitaminas. Isso só pode ser alcançado com uma dieta balanceada, difícil de imaginar sem comer legumes, frutas e frutas. Hoje vamos falar sobre que tipo de fruta pode ser uma mãe que amamenta um recém-nascido e como seu consumo afeta a saúde.

O valor da fruta precisava de mãe

Por que o leite de vaca usual não se encaixa no bebê após o nascimento? O segredo é que o leite humano tem uma composição completamente diferente, ou seja, contém menos proteínas, mas aminoácidos mais vitais. Proteína do corpo infantil contida no leite materno é absorvida muito melhor.

A composição gorda do fluido nutriente também varia. Para que o leite seja verdadeiramente de alta qualidade, para satisfazer todas as necessidades de um recém-nascido, você precisa cuidar do consumo de alimentos de origem vegetal.

Não fará mal a ninguém saber que tipo de fruta você pode precisar com a amamentação e, o mais importante, você pode comer.

  1. Maçãs - são caracterizadas por um alto teor de vitamina C, ácido dicarboxílico etano, ferro. É melhor dar preferência a quem tem cor verde, amarela, pois o vermelho pode provocar uma reação alérgica. Há restrições sobre o número de consumo de maçãs, recomenda-se não mais de 2 dias. Nos primeiros dias da vida de uma criança, é melhor não comer maçãs cruas, pode provocar cólicas, que afeta crianças com idade entre 0-3 meses. No processo de seleção, preste atenção para onde a fruta foi cultivada, a limpeza de frutas importadas deve ser levada mais a sério.
  2. Peras - contêm flúor, cobre, todas as vitaminas do grupo, mas o mais importante, elas são ricas em fibras, o que estimula o funcionamento normal dos intestinos. Com o seu uso, você deve ser extremamente cuidadoso, não mais que 1 pc. por dia, caso contrário, a constipação pode ocorrer devido ao acúmulo de toxinas. Ao mesmo tempo, a pêra tem muitas vantagens, por exemplo, pertence à fruta hipoalergênica, pode aliviar cólica das crianças. Tais frutas ao amamentar no primeiro mês como maçãs, pêras são melhores pré-cozidos.
  3. Bananas - no nosso país, essa fruta não cresce, mas está sempre nas prateleiras das lojas. Eu gostaria de observar a riqueza desse tipo de fruta com ácido ascórbico, vitaminas do grupo A, E. É possível comer bananas para uma mãe que amamenta um recém-nascido? Claro, é possível, porque eles são ricos em cálcio, ferro, fósforo. Seu uso de mãe ajuda a fortalecer o sistema imunológico, aumentar o tom geral, aliviar a fadiga. Mais importante ainda, quando você come uma banana, a serotonina é produzida em seu corpo, como você sabe, é um hormônio da alegria.
  4. Sabe-se que as romãs são capazes de aumentar os níveis de hemoglobina, o que é muito importante no período pós-parto. Mas as mães que amamentam precisam usar este produto cuidadosamente, gradualmente, o abuso inevitavelmente levará ao inchaço, constipação, e não apenas na mãe, mas também na criança. Se você preferir beber suco de romã, é melhor diluí-lo com água.
  5. Damascos amadurecidos juntamente com pêssegos são úteis porque contêm muita vitamina PP, e tem um efeito benéfico no trabalho da glândula digestiva. Mesmo estes frutos estão saturados com caroteno, potássio, capazes de produzir um efeito laxante, portanto você não deve comê-los incontrolavelmente. Damascos, pêssegos são realmente ricos em vitaminas, minerais, ácidos de frutas, fibras. Seu uso ajuda a fortalecer o sistema imunológico, melhorar o humor.

Se você notar uma reação alérgica em uma criança, o produto alimentar, que acabou sendo seu provocador, é completamente excluído da dieta. Depois de alguns meses, você pode tentar novamente.

Os benefícios das bagas para mães que amamentam

Numerosos estudos demonstraram que cada mulher tem sua própria composição láctea, mas em qualquer caso atende às necessidades do bebê. Muitos estão interessados ​​em que as bagas podem ser mães que amamentam, abaixo nós entenderemos. By the way, eles não são apenas ricos em vitaminas, mas também fornecem nutrição adicional com líquido, e como você sabe, é a água que remove as toxinas do corpo.

Se você gosta de cerejas, então quando você tem a oportunidade de comê-los, não perca. São ricos em tais vitaminas do grupo B, C, e também fósforo, magnésio. Todas estas substâncias estão diretamente envolvidas no desenvolvimento e funcionamento do fígado. E a cereja é freqüentemente usada para aliviar os sintomas da artrose, livrando-se da anemia, constipação e doenças respiratórias.

Sabendo que frutas e verduras podem ser uma mãe que amamenta, ao seu alcance para tornar sua dieta realmente equilibrada, você fornecerá acesso a todos os nutrientes necessários, vitaminas. No final da primavera, início do verão, aparecem morangos, framboesas. Muito já foi dito sobre os benefícios dessas bagas.

Não tenha medo de uma reação alérgica ao uso de frutas vermelhas. Quanto à framboesa, fortalece o sistema imunológico, ativa os processos digestivos e também contribui para a rápida cicatrização do sangue. Mas se você é alérgico a aspirina, você precisa ter cuidado com framboesas.

A dose máxima é um punhado por dia.

Que tipo de fruta posso comer uma mãe que amamenta, exceto como descrito acima? Esta é uma uva, melancia, groselha groselha. As grandes bagas doces de uma planta arbustiva trepadeira contêm sais minerais, manganês, níquel, magnésio, oligoelementos, crómio e vitaminas pertencentes ao grupo B.

Tal dieta tem um efeito positivo no desenvolvimento do sistema esquelético da criança. Os médicos alertam que a introdução de uvas na dieta é melhor quando a criança atinge três meses.

O fato é que a casca da baga é incapaz de ser digerida rapidamente, e isso leva à intensificação dos processos de fermentação e formação de gás.

Melancias são bem saturadas com fibras, pectinas, que contribuem para a produção de leite e bom metabolismo. É importante escolher melancias boas, não recheadas com produtos químicos, só então seu uso será beneficiado.

Groselhas e groselhas têm um efeito positivo sobre o trabalho do sistema cardiovascular, em particular, o músculo cardíaco. Eles também removem o excesso de líquido do corpo da mãe, são um agente antiinflamatório eficaz.

Como opção, você pode cozinhar a geléia dessas bagas, seu uso regular irá aliviar a constipação.

Sempre ouça os médicos quando você adicionar novos alimentos à sua dieta. Os alimentos consumidos devem necessariamente ser saudáveis ​​e seguros.

Que frutas e bagas podem ser mãe de amamentação, inclusive no primeiro mês de amamentação?

Durante o período de amamentação, o corpo da mãe deve fornecer o nível necessário de energia e nutrientes, não só para ele próprio, mas também para o bebê. Isso significa que a jovem mãe deve tomar regularmente quantidades suficientes de vitaminas, macro e micronutrientes, bem como minerais.

A situação ideal é quando todas estas substâncias entram no corpo a partir do ambiente natural - juntamente com a comida, e não através do uso de vitaminas sintéticas.

Considere como e quando você pode inserir várias frutas e bagas na dieta de sua mãe e em quais doses comer uma variedade de frutas e bagas pode ser o mais útil e seguro possível para a mãe e a criança.

Os benefícios de comer frutas e bagas ao amamentar

Bagas e frutas são produtos recomendados para uso obrigatório por mulheres durante a amamentação de um bebê.

O corpo de uma criança em crescimento não só está saturado com vitaminas, mas também gradualmente se familiariza com a variedade de frutas e bagas, aprendendo sobre isso através do “filtro” - o leite materno.

Ao entrar na dieta de frutas e bagas só é necessário levar em conta as peculiaridades de algumas frutas, devido a que o consumo destes produtos é adiado até o momento em que o bebê cresce.

Ao usar frutas e bagas durante o período de lactação, é necessário seguir regras simples para evitar o desenvolvimento de reações alérgicas no bebê.

Com regular consumo moderado de frutas e bagas pode:

  • elevar o nível de hemoglobina no sangue devido ao teor de ferro,
  • para apoiar o sistema ósseo com cálcio,
  • estimular o cérebro e melhorar a circulação sanguínea devido à presença de vitamina B9 e ácido fólico,
  • prevenir convulsões e melhorar a atividade do sistema muscular do corpo devido à presença de magnésio,
  • apoiar o trabalho do coração com potássio,
  • baixar o nível de colesterol no sangue e cuidar do metabolismo devido à presença de pectina,
  • regular o trabalho do sistema digestivo devido ao alto conteúdo em bagas frescas e frutos de fibra,
  • melhorar a visão e fortalecer o sistema ósseo com fósforo,
  • aumentar a imunidade em geral devido ao beta-caroteno.

Quando é recomendado adicionar frutas e bagas à dieta de uma mãe que amamenta e como fazê-lo

Introduzir novos produtos, incluindo frutas e bagas, na dieta da mãe deve ser gradual.

O corpo de uma criança, que recebe nutrientes saudáveis ​​do leite materno, é mais vulnerável nas primeiras semanas de vida, e é por isso que durante esse período as mães devem prestar atenção especial à escolha do alimento certo.

Assim, frutas que causam inchaço (por exemplo, ameixas) são recomendadas para serem adicionadas lentamente à nutrição materna somente após o primeiro mês de amamentação..

Todas as frutas que têm cores e tons de vermelho ou laranja - romãs, cerejas, espinheiro, toranjas, tangerinas, etc. estão no grupo de risco para uma criança. Essas frutas e bagas também podem começar a entrar após quatro semanas de alimentação, sem esquecer de registrar cuidadosamente a ocorrência ou ausência de qualquer reação a um novo produto em uma criança.

Nos primeiros dias após o nascimento de um bebê, as mães que amamentam são recomendadas:

  • maçãs verdes (ajudam a ajustar o trabalho dos intestinos graças à pectina, satisfazem a fome e melhoram o humor),
  • peras (remova substâncias tóxicas do corpo devido à grande quantidade de fibras),
  • pêssegos (ajuda a saciar a sede e ativar os processos de lactação no corpo da mãe).

É importante notar que as frutas e as bagas são úteis para usar não só fresco. Além disso, alguns especialistas acreditam que durante a lactação é muito mais benéfico comer frutas que foram submetidas a tratamento térmico, a fim de evitar problemas com o trabalho do trato gastrointestinal em uma criança.. Entre tais pratos apetitosos e curativos podem ser atribuídos, por exemplo, os seguintes:

  • maçãs verdes forno-cozidas,
  • feito de frutas frescas marmelada, doces e outros doces sem adição de açúcar,
  • cozido com a adição de mousses de queijo cottage, ensopado, purê de batatas,
  • compotas e geleias caseiras (em quantidades limitadas),
  • compotas caseiras frescas e acabadas de fazer, sumos e bebidas de fruta.

Galeria de fotos: frutas e bagas recomendadas, bem como seus benefícios para mãe e filho

Kalina ajuda a combater vírus para um corpo enfraquecido e ajuda a curar após a entrega cirúrgica Mirtilos têm propriedades antibacterianas e anti-sépticas e ajudam a lidar com problemas gastrointestinais (trata diarreia, mata as infecções intestinais) As mulheres que amamentam só podem usar Marmelo após tratamento térmico, é importante remover cuidadosamente os ossos Descasque o suco de Acerola é mais saudável para beber, diluindo os damascos secos e ameixas são um excelente laxante

Produtos alergênicos de alta

É importante lembrar que, se as mães tiverem suas próprias reações alérgicas a quaisquer frutas ou frutos, você não deve adicioná-las à sua dieta, não importa o quão úteis elas sejam. Além disso, você nunca deve comer "pela força", tal alimento fará mais mal do que bem.

As bagas frescas (por exemplo, amoras, morangos, morangos de jardim, etc.) são consideradas especialmente alergénicas, pelo que é melhor não comê-las, mas após o tratamento térmico - sob a forma de bebidas e compotas de fruta.. Assim, uma mulher que amamenta pode beber até 500 ml de suco de cranberry ou cranberry por dia, se não houver outras contra-indicações.

Para entender como uma criança em particular reage a uma determinada fruta ou berry, você precisa manter um diário alimentar em que todas as reações do bebê a novos produtos sejam registradas.

Muitos especialistas recomendam excluir completamente qualquer fruta cítrica (laranjas, tangerinas, grapefruits, etc) da dieta de uma mãe que amamenta, bem como sucos frescos preparados em sua base.. As frutas cítricas são um alérgeno poderoso que pode provocar reações indesejáveis ​​em uma criança.

Além disso, não é recomendado o uso em quantidades excessivas de frutas e bagas, carregando em sua composição muito açúcar e pouca fibra, tendo um alto índice glicêmico.

Tais frutas incluem, por exemplo, datas e melancias. Um monte de açúcar é encontrado em abacaxis e bananas, mamão, caqui, manga, uvas e tangerinas também estão em risco.

A menor quantidade de açúcares é encontrada nas groselhas negras e nos damascos frescos.

Frutas exóticas podem ser comidas, mas melhor em quantidades limitadas e somente quando a criança atinge a idade de quatro meses..

Está cientificamente provado que o corpo humano absorve as frutas que crescem diretamente na região de residência.

Uma reação alérgica em bebês pode ser provocada pelo uso de cerejas, cerejas ou groselhas pela mamãe, portanto a inclusão de tais produtos no cardápio de uma mulher durante a lactação, a conselho de alguns especialistas em amamentação, deve ser deixada até a criança completar 10 a 12 meses de idade. Morangos, morangos silvestres, framboesas, amoras, espinheiro mar podem levar ao aparecimento de cólica gástrica em um bebê.

Opinião de doutores sobre alergenicidade

No entanto, entre os especialistas médicos, há diferentes pontos de vista sobre as causas das reações alérgicas em bebês. Por exemplo, o pediatra do departamento de pediatria de emergência Redina Anna Alexandrovna é da seguinte opinião:

Mais recentemente, pediatras e ginecologistas disseram que as mães precisam seguir uma dieta com exceção dos produtos "alergênicos" para reduzir o risco de desenvolver doenças alérgicas em uma criança. Supostamente, a sensibilização (familiaridade com o alérgeno) começa no útero.

Mas estudos mundiais recentes provam que comer durante alergias e potenciais alérgenos alimentares e o desenvolvimento de doenças alérgicas em crianças (como asma brônquica, dermatite atópica, polinose) não estão relacionados entre si.

Não há dados confiáveis ​​que confirmem essa dependência.

Isso significa que outros fatores influenciam a probabilidade de desenvolvimento: hereditariedade, por exemplo, condições de vida e predisposição individual de uma criança.

Além disso, há estudos que confirmam que comer amendoim e proteína de vaca por uma mãe que amamenta reduz o risco de desenvolver uma doença em um bebê.

Portanto, como pediatra, sou de opinião que uma mãe durante a gravidez e a amamentação devem, acima de tudo, comer uma dieta completa e variada. Para que a criança tenha a oportunidade de receber uma quantidade suficiente de substâncias necessárias para o seu desenvolvimento.

Claro, não precisa usar "produtos nocivos". No primeiro mês após o nascimento, é muito importante tratar cuidadosamente sua dieta, concentrando-se na reação da criança. Porque cada criança é individual e todo mundo tem seu próprio alérgeno. Portanto, excluir tudo o que causa alergias na maioria não faz sentido.

Pediatra do Departamento de Pediatria de Emergência Redina Anna Alexandrovna

http://www.littleone.ru/articles/more/zdorovieipsihologi/1650

A dermatologista, especialista em tratar erupções alérgicas on-line, Anna Bolshakova insta, entre outras coisas, a incluir frutas sazonais na dieta básica e a tratar frutas exóticas (por exemplo, as mesmas bananas) com cuidado.. Anna Bolshakova recomenda o uso de compotas levemente concentradas de maçãs secas, mirtilos, peras e ameixas secas.

Quanto é seguro comer

Se uma mamãe amamentada não tiver contra-indicações para comer frutas e bagas, uma porção de 200 a 300 gramas de frutas frescas ou tratadas termicamente se tornará a norma diária. Este montante é suficiente para fornecer à mãe e à criança a quantidade necessária de vitaminas, macro e microelementos.

Quando uma mãe que amamenta está apenas começando a adicionar novos frutos e bagas à sua dieta, ela deve aderir às seguintes regras:

  • lave a fruta completamente em água corrente usando um pincel especial,
  • adicione frutas ao cardápio uma a uma em alguns dias e monitore cuidadosamente as reações do bebê a um novo produto,
  • inclua frutas em sua refeição como sobremesa da tarde,
  • Não exceda as porções recomendadas.

As seguintes frutas estão entre as mais seguras durante a lactação:

  • яблоки (содержат кальций, витамины А и С, фосфор, магний, калий, железо, йод, фолиевую кислоту),
  • гранаты (богаты железом, помогают поднять уровень гемоглобина в крови и укрепляют иммунитет в целом),
  • абрикосы (поддерживают иммунитет и помогают формировать скелет),
  • арбузы (оптимизируют обмен веществ и помогают работе почек),
  • bananas (contêm ácido fólico e harmonizam o equilíbrio sal-água no organismo),
  • peras (são o principal fornecedor de potássio e fibra, especialmente útil na forma de geléia e compota),
  • mirtilos (contém antioxidantes, vitaminas A e K, potássio, cálcio, carboidratos, protege a criança de infecções),
  • framboesas, amoras e outras bagas sazonais (previnem o desenvolvimento de constipações, contêm antioxidantes naturais, ácido fólico, potássio, vitamina C, fibras),
  • pêssegos e damascos (contêm beta-caroteno e fortalecem o sistema nervoso materno, bem como a imunidade),
  • cranberry (mata a sede, estimula a lactação, melhora a condição do cabelo e das unhas da mãe, não causa reações alérgicas na criança).

Durante a lactação, as mães que amamentam precisam reabastecer suas vitaminas e minerais comendo várias frutas e bagas.

É melhor adicionar frutas ao cardápio regular de uma nutriz, começando com maçãs verdes ou brancas. Nos estágios iniciais, o uso de sucos de frutas infantis (preferencialmente com polpa) e purê de batatas, maçãs assadas e pêras, geléia de maça e compotas é permitido.

Purê de batatas e sucos podem ser preparados e enlatados, no último caso, é melhor escolher comida para bebé. Frutos secos ricos em fibras alimentares, como ameixas secas e damascos secos, podem ser introduzidos com cuidado, observando as mudanças no bem-estar da criança.

Recomenda-se usar apenas frutas secas caseiras feitas sem o uso de conservantes químicos.

O uso de bagas e frutos frescos ou tratados termicamente em proporções permitidas é capaz de sustentar a mãe e o bebê com nutrientes essenciais, bem como com elementos micro e macro.

Mães jovens hoje estão disponíveis uma variedade de frutas e bagas, mas é importante não abusar em seu desejo de se beneficiar da natureza e não comer muitas frutas em uma refeição ou em um dia, e também seguir as recomendações do seu médico.

Neste caso, uma mãe que amamenta e uma criança será capaz de obter o máximo benefício da ingestão de frutas e bagas saborosas e saudáveis.

Bagas congeladas ao amamentar - Notícias da mamãe

Tendo dado à luz uma criança, qualquer mulher pensa em quais alimentos usar para compensar a falta de vitaminas no corpo após a gravidez.

De especial interesse para a enfermagem são bagas congeladas quando a amamentação, porque as bagas tendem a provocar uma reação alérgica, afetam a qualidade do leite. Não sabendo qual o impacto que este produto terá no corpo da mãe e da criança, você não deve correr para comê-lo, porque o resultado pode ser imprevisível.

Os benefícios das bagas congeladas para mães que amamentam

É necessário compreender que a quantidade de nutrientes nas bagas congeladas não é inferior à sua quantidade nas mesmas bagas, apenas frescas. Normalmente congelado preferido no inverno.

Eles são uma fonte natural de nutrientes e vitaminas:

  • Vitamina C fortalece o sistema imunológico, combate várias infecções, melhora as condições gerais do corpo, contribui para a absorção normal do ferro, que muitas vezes falta à mãe que amamenta.
  • Vitamina K bom para ossos e rins, bom para o fígado. Esta vitamina é boa para o sangue, tem um efeito positivo nos vasos sanguíneos. Promove a remoção do excesso de fluido.
  • Vitaminas do grupo B ajuda a melhorar o sistema nervoso, a formação do sangue, normaliza o metabolismo de carboidratos. Tem um efeito tônico.

As bagas regulam perfeitamente a digestão, são baixas em calorias, que são úteis para a figura da mãe, ajudam a limpar o corpo de toxinas e toxinas.

Alguns tipos de bagas estão envolvidos na restauração do fundo hormonal da mãe após o parto, o que ajuda a aumentar a quantidade de leite materno. Bagas têm um efeito benéfico sobre a condição do cabelo, unhas e pele. Entre a enorme lista de utilitários está sua capacidade de melhorar a visão.

Possível dano de bagas congeladas para mãe com HB e bebê

Apesar do fato de que as bagas congeladas são um depósito de substâncias úteis, elas podem causar uma reação alérgica. Portanto, primeiro você precisa comer duas ou três frutas e esperar alguns minutos. Se a mãe e o bebê não tiverem uma erupção cutânea, nenhum problema com a digestão, eles podem ser comidos com segurança.

Os danos também podem ser causados ​​pelo consumo excessivo de frutas congeladas, ou seja, não devem ser ingeridos em grandes quantidades, pois isso não só causa problemas estomacais, como o consumo excessivo afeta a qualidade e o sabor do leite.

Bagas congeladas não podem ser ingeridas com o estômago vazio.

Eles vão bem com vários cereais no café da manhã. E também antes de usar é melhor esperar um pouco, como o frio pode causar a inflamação de garganta.

Que bagas merecem atenção enfermagem

Cereja

Uma excelente ferramenta na luta contra doenças dos rins e pulmões, com problemas no estômago e intestinos, é aconselhável comer com anemia e constipação. Pode ser introduzido na dieta não antes de três meses após o nascimento da criança.

As cerejas contêm uma grande quantidade de vitamina C, indispensável na luta contra os resfriados.

Groselha Preta

Groselha preta é recomendada para uma mãe que amamenta depois que o bebê tiver cinco meses de idade. Desde que as migalhas e as mães tenham digestão normal e não sejam alérgicas, as groselhas pretas podem ser retiradas da mãe mesmo depois de três meses.

O groselha ajuda a fortalecer a imunidade, melhorar a qualidade do leite, fortalecer os ossos e a visão.

Cranberries

Cranberries podem ser consumidos imediatamente após o parto, mas lembre-se que com o uso excessivo, a ocorrência de alergias é inevitável. Cranberries contêm muitas vitaminas, por isso ajuda a combater o resfriado comum e evita isso.

Groselha

A groselha raramente causa uma reação alérgica em bebês, então a groselha amarela é mostrada à mãe assim que o bebê tiver dois meses de idade. Berry ajuda a superar resfriados, fortalece o sistema imunológico.

Uma enorme quantidade de nutrientes ajuda a fortalecer os ossos e dentes, melhorando a pele e o cabelo.

Morangos

Morangos, embora saborosos frutos silvestres, mas, infelizmente, mais frequentemente do que outras bagas provocam uma reação alérgica em crianças. É melhor usar depois de seis meses desde o momento do nascimento.

Morango normaliza a pressão, mostrado para fortalecer os vasos sanguíneos.

Contra-indicações para o uso de bagas congeladas durante a lactação

Bagas congeladas não podem ser mães que amamentam diagnosticadas com:

  • alergia ao produto
  • acidez aumentada do estômago,
  • doenças do trato digestivo.

Bagas congeladas durante a amamentação - uma excelente fonte de vitaminas, especialmente no inverno. De fato, neste momento a escolha não é tão grande. Bagas congeladas - uma ótima opção para restaurar o corpo de uma mulher após a gravidez e parto. Para maior efeito, é melhor usar vários tipos de bagas, mas somente se não houver alergia no recém-nascido.

Bagas de amamentação: pode mirtilos, mirtilos, framboesas e outras bagas

Muitas vezes, as mães jovens se recusam a comer alimentos saudáveis ​​como frutas, frutas e nozes, por medo de prejudicar a criança. Esta restrição irracional leva ao fato de que a dieta das mamães se torna monótona. O que pode ser introduzido na dieta de uma jovem mãe, sem dúvida, e como melhor fazê-lo?

A importância da nutrição adequada em HB

A dieta de uma jovem mãe durante a lactação deve incluir alimentos ricos em proteínas e vitaminas. O fato é que no leite produzido é mantido um nível constante de ferro, cálcio e outros nutrientes, que é compensado pelo suprimento materno, portanto sua falta no corpo da mulher é carregada de conseqüências negativas.

Equilibrar a dieta ajudará as seguintes medidas:

  • ingestão de proteína,
  • limite de açúcar
  • organização do regime de consumo (cerca de 1,5 litros de líquido, incluindo compotas e bebidas de frutas).

Um dos principais requisitos para a dieta é o uso de uma quantidade suficiente de frutas e bagas. Que bagas eu posso comer?

A amamentação com mirtilos em quantidades aceitáveis ​​tem um efeito benéfico no corpo:

  • melhora a visão e os órgãos internos,
  • aumenta a imunidade, combate infecções,
  • previne o desenvolvimento de anemia, normaliza o sangue,
  • remove o excesso de fluido do corpo, elimina a constipação,
  • melhora a condição geral e o fundo psico-emocional, combate a depressão.

É possível cranberries ao amamentar? Naturalmente, sim, contudo, antes disto é melhor conhecer algumas contra-indicações.

Como escolher e armazenar

Deve escolher um fruto mole com pele elástica, devem estar inteiros e secos. Coletar bagas no outono, folha de lingonberry quando a amamentação não é menos útil - eles coletam em abril-maio. Berry absorve substâncias radioativas, por isso é importante garantir a pureza ambiental do produto.

Seco, é armazenado em pequenos sacos de linho que precisam ser periodicamente arejados. Excelentes nutrientes armazenados em forma congelada, bem e cranberries frescos são armazenados em recipientes de madeira.

O tempo de armazenamento de um produto fresco depende da temperatura ambiente: a 3-5 graus acima de zero, ele não perde suas propriedades por até 3 meses, e à temperatura ambiente é armazenado por não mais que 10 dias.

Como entrar na dieta com HB

É possível para as mães que amamentam imediatamente após o parto? Não, é melhor fazer isso em 4 semanas. Nos primeiros dias, 2-4 bagas são adicionadas ao chá ou compota, então gradualmente a quantidade aumenta para dois punhados por dia. Se reações negativas forem detectadas, a introdução na dieta deve ser interrompida.

Sabe-se que o chá ou suco de mirtilo aumenta a lactação, mas não exagere: 1-2 copos desta bebida por dia é suficiente.

De que forma pode ser usado

É melhor comer frutas frescas, por isso economiza o máximo de nutrientes. Lingonberries são cozidos, compotas, bebidas de frutas, sucos frescos, alguns cozinheiros complementam as sopas com molho de lingonberry.

Bagas e folhas de Acerola são usadas para cozinhar saladas de vegetais, e chá perfumado é obtido das folhas.

O suco de mirtilo com amamentação fornecerá ao corpo todos os oligoelementos necessários.

Está preparado da seguinte forma:

  1. Um copo de bagas preenchido com um litro de água.
  2. Deixe ferver, retire do fogo.
  3. Adicione frutose, envolva o recipiente com calor e insista 2 horas.

  1. Moer 1 colher de folhas secas.
  2. Despeje-os com dois copos de água fervente (você pode usar uma garrafa térmica).
  3. Insista pelo menos 30 minutos.

Mirtilos quando a amamentação não é menos útil e tem o seguinte efeito no corpo:

  • melhora a imunidade, restaura a força,
  • estabiliza o metabolismo
  • estimula o cérebro,
  • dilui o sangue, prevenindo doenças cardíacas e vasculares,
  • útil em doenças de pele
  • melhora a acuidade visual
  • renova, rejuvenesce o corpo.

Propriedades úteis

Framboesas de amamentação não são apenas saborosas, mas também são úteis. É eficaz para resfriados, tosse, melhora a imunidade, reduz a temperatura e tem os seguintes efeitos no corpo:

  • acalma, alivia a fadiga,
  • regula a formação do sangue, previne a ocorrência de anemia,
  • fortalece vasos sanguíneos
  • efeito positivo sobre os hormônios,
  • remove o excesso de umidade do corpo, melhora a função renal,
  • pára de vomitar ou diarréia.

Bagas e frutos de peito: framboesas, groselhas, ameixas, pêssegos

A primeira lei da amamentação é a nutrição saudável da mãe, incluindo o uso de alimentos permitidos e benéficos para o recém-nascido. "Recordistas" na quantidade de vitaminas e minerais - vegetais, frutas e frutas.

Uma dieta balanceada ajuda a mulher a recuperar-se do parto e a obter a energia que precisa para cuidar do bebê. Mas nem todas as frutas podem ser consumidas durante o período de lactação, portanto, uma mãe que amamenta deve descobrir quais frutas são benéficas para a amamentação e quais devem ser mantidas longe.

Escolhendo a fruta certa

A criança no primeiro mês de vida é uma criatura extremamente vulnerável, por isso a mãe deve ter muito cuidado no desenvolvimento da dieta. Que frutas escolher e em que princípios fazer a seleção de frutos saudáveis?

  1. As melhores frutas (vegetais) no primeiro mês de GW são de cor verde. Se possível, frutas avermelhadas e laranjas no período neonatal são excluídas da nutrição materna (cerejas e cerejas são permitidas). A pigmentação brilhante geralmente provoca reações alérgicas, manifestadas por erupções cutâneas e manchas vermelhas na pele. Mamãe ainda pode comer maçãs amarelas e vermelhas, mas a casca não deve ser usada.
  2. O mês inteiro após o parto é um período de “abstinência” de limões e laranjas. Citrus contém uma enorme quantidade de vitamina C, que muitas vezes se torna um provocador de alergia. Uma vez por mês, a mãe pode beber chá com uma fatia de limão, mas ainda assim não deve se deixar levar.
  3. Algumas bagas e frutos (ameixas, uvas) podem causar aumento da formação de gases e inchaço no recém-nascido. No entanto, as ameixas maduras devem ser tratadas se o bebê ou a mãe tiver dificuldade em esvaziar os intestinos, uma vez que essas bagas têm um efeito laxante.

Por que frutas exóticas são perigosas?

Muitas mulheres lactantes são cautelosas com frutas exóticas. Bagas estranhas e bananas habituais geralmente caem sob a proibição pessoal. No entanto, é necessário classificar a fruta no local de crescimento?

Especialistas em aleitamento materno acreditam que vegetais e frutas que estão presentes na ração materna durante a gestação são adequados para uma criança.

Isso significa que é melhor comer legumes e frutas crescendo ao lado de uma mãe que amamenta mesmo após o nascimento.

Por exemplo, nos meses de verão e outono, pode ser cerejas, maçãs e peras. No inverno, a preferência deve ser dada a frutas secas e variedades tardias de maçãs.

Frutos exóticos (mangas, cítricos) representam um certo perigo devido às seguintes características de processamento e transporte:

  1. Frutas importadas não são seguras devido à estranheza de sua composição, e isso já é repleto de uma reação de hipersensibilidade do corpo materno ou infantil. Por exemplo, as múmias espanholas comem laranjas logo após o parto, mas as maçãs russas tradicionais de seu próprio pomar são mais adequadas para pais russos. A única exceção é a banana, à qual nosso corpo se acostumou.
  2. As bagas exóticas são trazidas de longe, por isso são necessariamente tratadas com preparações químicas sérias para aumentar a transportabilidade e o termo “vida”. Para bebês sensíveis, esses produtos químicos são extremamente perigosos.

No entanto, privar completamente uma criança de familiaridade com novas sensações alimentares não deveria ser. Pela primeira vez, as crianças reconhecem frutas e verduras através do leite materno, portanto, quando a alimentação do corpo do bebê não reage tão intensamente aos componentes familiares.

Assim, os frutos exóticos ainda são válidos em HB, no entanto, você precisa comer em pequenas porções quando as migalhas saem pelo menos pelo segundo mês.

Antes do uso, os frutos “estrangeiros” são cuidadosamente lavados sob jato quente, embebidos ou lavados com solução de soda. Outra maneira é a remoção obrigatória da casca, sob a qual a maioria dos produtos químicos prejudiciais se acumulam.

Frutas da estação são a melhor opção.

A agricultura moderna chegou a tais alturas que nas prateleiras, mesmo no inverno, há vegetais e frutas.

Apesar da aparência apetitosa e da aparente segurança, uma mulher deve pensar em quais frutas são mais saudáveis ​​- crescendo em sua estação ou cultivadas em uma estação incomum para elas.

Concorda que a cereja de fevereiro, morango ou framboesa deve alertar. Talvez essas bagas sejam bastante comestíveis, mas foram claramente trazidas de longe, por isso foram tratadas com produtos químicos. Não há necessidade de expor o organismo infantil a um distúrbio alimentar provável.

A sazonalidade dos frutos é uma condição importante para a nutrição segura de uma mulher que amamenta. Não é segredo que todas as frutas, frutas vermelhas (cereja, cereja, groselha, pêssego) têm seu próprio período de maturação. Assim, os vegetais ou frutas amadurecidos são tão saudáveis ​​e saborosos quanto possível.

Oferecemos uma lista dos melhores frutos para mães e bebês em amamentação de acordo com o prazo de amadurecimento:

  • Cereja doce branco e amarelo - localizado em nossas prateleiras do final da primavera até agosto. Cereja doce de cores semelhantes é permitida imediatamente após o nascimento das migalhas. A cereja doce é valorizada pela sua rica composição vitamínica e mineral - contém vitaminas A, P, C, Mg e Fe. As cerejas doces podem ser comidas cruas ou fazer deliciosas compotas. É melhor comer a cereja vermelha doce depois que a criança atingir os três meses de idade.
  • Groselha - amadurece no meio do verão e tem um estoque enorme de ácido ascórbico. Infelizmente, refere-se a produtos alergênicos. Somente após três meses uma mulher pode beber suco de groselha vermelha ou preta, e só então (na ausência de uma reação negativa) é permitido comer a própria fruta.
  • Nectarina - geralmente amadurece a partir de meados do verão. A nectarina é valorizada por sua capacidade de melhorar o metabolismo devido ao seu teor de silício. O uso é permissível desde o nascimento, mas você precisa seguir como o miolo reage à nectarina.
  • Cereja – пожалуй, наиболее распространённая ягодная культура в нашей стране, созревает в июле. Вишня, как и её родственница черешня, содержит ингредиенты, которые способствуют укреплению сосудов, снижению кровяного давления (у матери), повышению защитной системы малыша. A cereja recomenda-se a comer aproximadamente um mês depois da aparência da criança (é possível antes). Pela primeira vez, cerejas são comidas durante o dia para acompanhar a reação das crianças - insônia, alergias, diarréia. Se o estado de saúde não mudar, você pode inserir a cereja na dieta.
  • Groselha - A saborosa fruta amadurece no final de julho. Este produto melhora a digestão e o apetite, mas você ainda precisa entender se as groselhas podem ser amamentadas. Especialistas afirmam que é mesmo necessário, porque o magnésio contido nele fortalece as gengivas e dentes da mulher, e também é transferido com o leite para a criança, mantendo sua saúde.

Como entrar na dieta da fruta?

Cerejas, cerejas, nectarinas, mirtilos e outras frutas doces (assim como vegetais) devem ser cuidadosamente introduzidas na dieta das mulheres após o parto, seguindo as seguintes recomendações:

  1. Cada nova fruta precisa ser introduzida na comida em cerca de três dias. Isso é necessário mesmo que a mulher não tenha observado nenhum sintoma de alergia antes do nascimento do bebê. Há melhores frutos durante o dia, de modo que a reação desagradável da mãe ou da criança não surja à noite.
  2. Quando ocorre uma reação de hipersensibilidade (coceira, descamação), cereja, manga ou quaisquer vegetais são excluídos da dieta da mãe, mas depois de um mês você precisa experimentar o produto novamente.
  3. O volume diário aproximado de frutas e bagas durante a amamentação é de 200 a 300 gramas. Claro, eles podem e devem ser variados: bananas, maçãs, cerejas, cerejas, etc.
  4. Não se esqueça que a singularidade do corpo da criança também pode se manifestar no fato de que a mãe reage com facilidade à sua cereja doce ou groselha, mas a criança está literalmente coberta de partículas. Pode uma mãe de enfermagem groselha neste caso? É possível, mas novamente em 30 dias e em uma quantidade muito limitada, desde a segunda vez que a reação pode não aparecer.

Então, frutas e legumes quando a amamentação deve tentar com muito cuidado.

É importante! Qualquer resposta fora do padrão do lado do bebê requer atenção materna, já que uma sensibilidade aumentada com um relacionamento inadequado pode levar a doenças tão graves como asma, dermatite, etc.

Os melhores frutos dos primeiros dias

Para que o leite materno se torne de alta qualidade e o mais saudável possível, você precisa de uma nutrição adequada, que inclua o uso de frutas permitidas e saudáveis.

  1. Maçãs Nestes frutos existem muitas vitaminas, elementos contendo ferro, uma grande quantidade de ácido succínico. É melhor escolher maçãs verdes e amarelas que sejam hipoalergênicas. É melhor primeiro abandonar o uso de frutas cruas que causam cólicas e assar as frutas no forno ou no microondas. Maçãs como lanche durante longas caminhadas são insubstituíveis.
  2. Peras Outra fruta comum, rica em oligoelementos e complexos vitamínicos. No entanto, é melhor não abusar das peras - basta uma fruta suculenta por dia. Esta fruta é pouco alergênica, mas pode causar uma reação ambígua em uma criança - ou dificuldades com o esvaziamento ou diarréia. A pêra também pode ser usada na forma assada.
  3. Bananas Apesar do exotismo desta fruta, bananas são permitidas para amamentação desde os primeiros dias. As bananas são enriquecidas com vitaminas C, E, A e minerais. As bananas lutam contra a constipação, aumentam o tom, a imunidade, ajudam na depressão pós-parto, produzem serotonina.
  4. Pêssegos e damascos. Também não é bem familiar em nossos frutos latitudes, mas autorizados a receber imediatamente após o nascimento. Os pêssegos da amamentação saturam o corpo da criança e da criança com magnésio, o que melhora o humor, alivia o estresse e fortalece o sistema nervoso do bebê. Os damascos fortalecem notavelmente o sistema imunológico.
  5. Ameixas Além do alto teor de vitaminas, fortalecendo o sistema de proteção, as ameixas (incluindo a ameixa de cereja) contêm componentes que têm um efeito laxante. Portanto, quando perguntados se uma nutriz pode comer ameixas, os especialistas em GW respondem afirmativamente, mas eles não recomendam se envolver com o feto, pois há uma alta probabilidade de diarréia.
  6. Bagas Os especialistas incluem bagas pouco alergênicas: cerejas, cerejas, groselhas brancas (pretas e vermelhas - alérgicas), groselhas. A melancia - uma enorme baga - também é útil para a amamentação, mas deve ser escolhida com muito cuidado, devido à grande quantidade de nitratos.

Frutas permitidas condicionalmente

Nem todas as frutas e legumes beneficiam a criança. Presentes separados do jardim só podem ser consumidos até o final do período de lactação, quando a imunidade e o trato gastrointestinal são fortes o suficiente.

Você não deve se deixar levar pelos seguintes tipos de frutas e bagas:

  • frutas exóticas (manga, abacaxi, kiwi, mamão, etc.). Toda fruta é um depósito de vitaminas e minerais, mas por causa de sua estranheza, pode levar a reações alérgicas no recém-nascido,
  • cítricos (limões, limão, pomelo, laranjas, etc.). Os especialistas aconselham usá-los 4 meses após o nascimento do bebê. Comece a degustar com um pomelo - esta fruta é menos alergênica,
  • espinheiro mar, morango, mirtilo, etc. Essas bagas são consideradas produtos altamente alergênicos, portanto, morangos e framboesas quando a amamentação é permitida em casos raros e em pequenas quantidades,
  • uvas Esta baga é útil para a formação do sistema músculo-esquelético, mas você precisa escolher variedades de uvas leves. Uma condição importante é o uso cuidadoso, já que os bebês têm um abdômen distendido.

A saúde de um bebê recém-nascido depende de que tipo de fruta uma mãe que amamenta consome. Algumas frutas, como cerejas doces ou maçãs verdes, são permitidas comer desde os primeiros dias após o nascimento das migalhas, outras, por exemplo, morangos e frutas cítricas, devem ser excluídas da dieta, tanto quanto possível.

Se você seguir as recomendações acima, a alimentação natural será apenas uma alegria.

Uso de chokeberry

Frutas negras de chokeberry (de outra forma chamada esta planta) - um único sabor adocicado e adocicado. As substâncias semelhantes a taninos que compõem a planta conferem resistência às bagas. Coleta e colheita de chokeberry para o inverno geralmente ocorre após a geada. Neste momento, a qualidade das bagas atinge o melhor desempenho.

As propriedades benéficas do fruto da planta determinam sua rica composição única. Eles possuem um conjunto bioquímico muito rico de micro e macroelementos, incluindo todas as vitaminas e substâncias importantes para a saúde.

Presença encontrada em bagas:

  • vitaminas A, C, P, E, K, grupo B, betacaroteno,
  • ácidos orgânicos (fólico, nicotínico),
  • ferro, cobre, iodo, magnésio, potássio, cálcio, sódio, manganês, flúor, molibdênio, boro,
  • Riboflavina, ácido ascórbico, tiamina, folato, piridoxina,
  • carboidratos, proteínas, gorduras,
  • frutose, glucose e sacarose,
  • pectina e elementos de bronzeamento,
  • proteínas e gorduras,
  • fibra dietética
  • amido.

Isso significa que aronia - um depósito de vitaminas. Ele contém mais nutrientes do que maçãs, groselhas, morangos e muitas outras frutas e bagas. Portanto, seu efeito positivo na saúde humana é inestimável.

Propriedades úteis de chokeberry, manifestado na sua ação no corpo:

  • satura com vitaminas, micro e macro elementos, restaura o equilíbrio, ativa mecanismos de proteção e fortalece o sistema imunológico,
  • efeito positivo sobre os rins, fígado, sistema endócrino, respiratório, vascular e é a prevenção da isquemia,
  • estabiliza a pressão arterial e intracraniana,
  • melhora o processo de formação do sangue, previne a trombose,
  • regenera a pele com queimaduras, radiação,
  • normaliza os níveis de colesterol
  • tem efeito anti-alérgico,
  • aumenta a acidez do estômago, ajuda a digestão de alimentos melhor, elimina fenômenos desagradáveis ​​como arrotar ou cheirar a boca,
  • tem um efeito calmante no sistema nervoso
  • mantém a pele, cabelo e unhas,
  • enriquece o corpo com antocianina - uma substância que neutraliza a ocorrência e desenvolvimento de tumores cancerígenos,
  • fortalece a goma,
  • melhora a visão.

Aronia bagas são utilizados como medida preventiva para evitar a deficiência de iodo, pois eles contêm uma grande quantidade de iodo (morangos, groselhas e framboesas têm quatro vezes menos deste elemento).

A palavra "aronia" na tradução da língua grega significa benefício, ajuda.

Propriedades medicinais

O uso de chokeberry é recomendado para residentes de regiões ambientalmente inseguras. Tem muitas propriedades curativas e é recomendado para uso tanto para prevenção quanto para uma doença específica.

Ações corretivas:

  • anti-inflamatório
  • antialérgico
  • descongestionantes,
  • antiespasmódico,
  • rejuvenescedor
  • estimulante.

Propriedades medicinais de chokeberry:

  1. Normaliza a hipertensão arterial, ajuda a se livrar da hipertensão.
  2. Restaura a glândula tireóide.
  3. Graças ao iodo, que faz parte das bagas, ajuda com rupturas hormonais, regula a atividade de todo o sistema endócrino. Estimula - a produção de glucocorticosteróides.
  4. Contribui para o estabelecimento do processo de digestão (reduz o espasmo, inchaço).
  5. Graças a antioxidantes e vitamina C, fortalece o estado imunológico, protege contra resfriados.
  6. É uma boa profilaxia contra o desenvolvimento de modificação genética de tumores cancerígenos, impede a disseminação de patologias para outras áreas do tecido, devido à presença de antocianinas na composição das bagas.
  7. Restaura as células do fígado e melhora o seu trabalho. Tendo um efeito colerético, trata a colelitíase.
  8. A presença de pectina em bagas tem um efeito de sorção no corpo e, portanto, é eliminada de toxinas, radionuclídeos e outras substâncias nocivas acumuladas.
  9. É ideal para diabéticos. A vitamina PP, parte das bagas, controla os sacarídeos no sangue. Isso aumenta a produção de insulina, o que significa que a condição do diabético é aliviada.
  10. A presença de grandes quantidades de potássio e magnésio reduz o risco de infarto do miocárdio e acidente vascular cerebral. Fortalece as paredes dos vasos sanguíneos, é usado no tratamento de doenças cardíacas.
  11. Trata a aterosclerose normalizando os níveis de colesterol.
  12. Com resfriados, é mostrado como um expectorante.
  13. É usado como diurético para aliviar o inchaço.
  14. Promove a cicatrização de feridas em caso de coagulação sanguínea insuficiente.
  15. Tem um efeito benéfico na atividade do centro visual.
  16. É usado para neurose.
  17. Alivia os sintomas do reumatismo.

Chokeberry durante a amamentação

Para adicionar os frutos de chokeberry à dieta quando amamentando, deve ser com cuidado e gradualmente. Uma mulher pode começar a comer bagas a partir do segundo mês após o parto. Mas você precisa monitorar cuidadosamente a condição do bebê - ele teve uma reação alérgica?

Se uma mamãe e um bebê se sentirem bem, então é necessário comer coringa preta, pois seu valor é inestimável.

Ao receber chokeberry no corpo de uma mãe que amamenta ocorre:

  • aumento da hemoglobina no sangue
  • aliviando o stress
  • normalização do sistema nervoso, processos de excitação e inibição,
  • fortalecimento da imunidade
  • desintoxicação,
  • melhora do sono
  • aumentar o desempenho
  • melhore o apetite, digestão.

Durante o período de lactação, recomenda-se beber caldos de chokeberry como um agente antidepressivo para lidar com crises pós-parto.

Contudo, as mães que amamentam devem ser extremamente cuidadosas ao tomar bagas em casos de:

  • veias varicosas
  • obstipação frequente
  • anemia, tontura constante, pressão reduzida,
  • úlceras, azia, gastrite na fase aguda,
  • doenças do aparelho geniturinário (cistite),
  • cálculos biliares e urolitíase,
  • intolerância pessoal.

Como a aronia tem várias contra-indicações, as mulheres que são amamentadas devem consultar um médico antes de adicioná-lo à sua dieta.

A natureza dotou o homem dessa magnífica baga, que é ao mesmo tempo um excelente produto e uma cura para inúmeras doenças. Apesar da longa lista de contra-indicações, o chokeberry preto é um produto útil para a saúde humana.

Quando viburno é contra-indicado

  • Hipotensão (o viburno reduz ainda mais a pressão).
  • Trombofilia (predisposição para trombose).
  • Doenças do sistema sanguíneo.
  • Doença renal secundária.
  • Gota
  • Pedras nos rins, ureteres ou bexigas urinárias.
  • Inflamação das articulações (componentes da baga exacerbam a artrite).
  • Doenças do estômago, em que a acidez do suco gástrico é aumentada (viburnum aumenta a produção de ácido, causando agravamento).
  • Alergia aos componentes da planta.

Kalina não é proibido para as mulheres grávidas, porque estimula o sistema imunológico, fortalece a contração do útero e, como resultado, a probabilidade de patologias intra-uterinas aumenta. Além disso, a baga é contra-indicada se a criança tiver uma predisposição para alergias a componentes.

Indicações para uso

Comer ou beber viburno (dependendo da forma de dosagem) é recomendado em tais casos:

  • Pressão aumentada.
  • Distúrbios nervosos.
  • Tosse convulsa.
  • Doenças do trato hepatobiliar (fígado, vesícula biliar e seus ductos).
  • Doenças do coração e vasos sanguíneos.
  • Asma
  • Amigdalite aguda.
  • Gastrite com baixa acidez do estômago.
  • Inflamação da mucosa oral.
  • Acne

Assim, o viburno aumenta as defesas do corpo e ajuda o corpo a combater doenças. No entanto, é recomendável aplicá-lo somente depois de consultar um médico.

Regras para o uso de bagas em HB

As mulheres que amamentam podem experimentar o viburnum pela primeira vez quando a criança tiver 3 meses de idade. Se o recém-nascido tiver alergia, então é possível usar o produto apenas 6 meses após o parto.

Durante a amamentação, as seguintes regras devem ser seguidas:

  • Não é recomendado o uso imediato de frutas frescas, pois aumenta a probabilidade de substâncias alérgicas altamente concentradas entrarem no leite.
  • Pela primeira vez, é melhor tentar viburnum cozido. Em seguida, as bagas são adicionadas ao caldo ou compota na proporção de 10 peças por 300 ml de água.
  • Ao longo do tempo, o número de frutos aumenta, o principal é fazê-lo gradualmente. Se a reação negativa no bebê estiver ausente, você pode tentar um novo viburnum.
  • No início (2 a 3 dias) a planta é comida apenas pela manhã ou pela tarde. Isto é necessário para monitorar o estado do bebê e notar uma reação alérgica no tempo (vermelhidão, erupção na pele, coceira, descamação, etc.). Além disso, depois de comer um novo produto, existe a possibilidade de aumento da sudorese, vermelhidão das bochechas ou ansiedade em uma criança.
  • As mulheres que amamentam podem comer Kalina 1 vez em 7 dias.

Se a mãe e o bebê não tiverem intolerância aos componentes das bagas, então pode ser usado com HB. Frutas podem ser adicionadas ao chá, suco, compota delas. Recomenda-se usar bebidas quentes de viburnum, como eles melhoram o fluxo de leite e sua composição. Com o uso regular, aumenta a imunidade e o corpo torna-se resistente a doenças infecciosas.

Assim, o viburnum durante a amamentação é um produto difícil de superestimar. Digite-o na dieta 3 meses após o nascimento e durante o uso, observe a reação do bebê. Se não houver alergia, coma frutas uma vez por semana, de preferência na forma de bebidas tratadas termicamente. Mais detalhadamente sobre regras do uso de um viburnum em cada caso individual o doutor vai consultar-se.

Benefícios para mães que amamentam

Desde os tempos antigos, as bagas vermelhas deliciosas Viburnum, conhecidas na Rússia, não são apenas uma bela decoração do jardim da frente. Este é um depósito de componentes úteis que são necessários para o corpo feminino, especialmente durante o período de amamentação.

Kalina contém vitaminas A e C, rutina, taninos, ácidos orgânicos, pectina, glicósido de viburnina e fitonídeos. O que é este arsenal médico pode ser mãe de enfermagem útil:

    Ajuda a combater os vírus, que se manifestam na prevenção eficaz de infecções respiratórias agudas durante a exacerbação. O corpo da mãe é enfraquecido pela gravidez anterior, pelo parto, pela privação eterna do sono e sem o apoio adequado, é difícil para ele resistir a infecções.

É importante que as mães não fiquem doentes com resfriados, porque elas estão constantemente em contato com seus bebês. Além disso, no processo de amamentação, junto com o leite, a criança também recebe anticorpos protetores maternos, que o protegem de todos os tipos de infecções.

  • Fortalece a síntese de fibras de colágeno, que é a base para o fortalecimento das paredes dos vasos sanguíneos, aumenta a elasticidade da pele e contribui para a rápida cicatrização de lesões e pontos. Por exemplo, após o parto operatório, epizio ou perineotomia. Tudo isso permite que a mãe venha em boa forma, especialmente em combinação com uma dieta balanceada e esforço físico adequado.
  • As lutas aumentam o sangramento, reduzindo assim o risco de sangramento pós-parto precoce e tardio. Eles devem ser evitados a todo custo, pois é difícil parar mesmo no hospital. Mesmo com um resultado bem sucedido, essa perda de sangue enfraquece o organismo materno e pode interromper a lactação, que é difícil de restaurar.
  • Активизирует выведение из организма токсинов и прочих вредных веществ. Переоценить такой эффект невозможно, ведь с грудным молоком ребенок получает в равной степени и полезные, и вредные вещества из организма матери.
  • Acelera o processo de cicatrização do sistema reprodutivo feminino. Esta propriedade terapêutica do viburnum pode ser aplicada usando aplicações tópicas para suturas pós-operatórias ou rachaduras nos mamilos e áreas de halo.
  • Normaliza o metabolismo, o que indiretamente ajuda a equilibrar a composição do leite materno.
  • Ele produz um efeito diurético, que é necessário para aliviar o edema pós-parto, em caso de hipertensão e alta temperatura corporal na mãe.

    Esta propriedade terapêutica de viburnum não pode ser abusada durante a amamentação, uma vez que a remoção excessiva de fluidos do corpo levará inevitavelmente a uma crise de lactação.

  • Tem um efeito antiespasmódico pronunciado, que ajuda as mães a parar a dor de várias origens (lembramos que a maioria dos analgésicos é contraindicada às nutrizes), mas também melhora o fluxo de leite pelos canais da mama, relaxando as fibras musculares lisas das paredes.
  • Devido à ampla gama de efeitos sobre o corpo, Kalina é usado como uma droga terapêutica na forma de decocções, sucos, tinturas e tinturas.

    O que dizem os especialistas?

    Nosso tempo é chamado de era da medicina baseada em evidências. Isso significa que todas as conclusões nesta área são baseadas não apenas em suposições científicas, mas também nos resultados informativos da pesquisa.

    Assim, quando os médicos estudaram os efeitos no corpo de várias formas de dosagem baseadas no viburnum, sua eficácia foi comprovada nas seguintes condições e doenças. Qualquer um deles pode ultrapassar a mãe de enfermagem:

    • hipertensão
    • neurose
    • tosse convulsa
    • doenças do sistema hepatobiliar (vesícula biliar, fígado e vias biliares),
    • patologias cardiovasculares,
    • asma brônquica,
    • dor de garganta,
    • gastrite hipoica (com baixa acidez do suco gtrico),
    • estomatite
    • acne.

    Então, o viburnum pode fazer um bom serviço para a mãe recém-nascida, a fim de restaurar gradualmente a resistência do seu corpo e curar doenças concomitantes.

    Quando a baga é contra-indicada?

    O uso de viburnum não é recomendado na presença das seguintes condições em mulheres:

    • hipotensão
    • trombofilia (tendência a trombose),
    • nefropatia,
    • doenças do sistema hematopoiético,
    • gota
    • urolitíase.

    Atenção! Durante a gravidez, o uso de viburnum não é recomendado devido ao seu efeito imunoestimulante, ao aumento das contrações dos músculos uterinos e ao risco de desenvolver patologias intra-uterinas.

    Por parte da criança que está sendo amamentada, uma contra-indicação para a mãe tomar essas frutas e medicamentos com base neles é um aumento do humor alérgico do corpo ou uma intolerância previamente revelada ao viburno.

    Datas e dosagens

    Pela primeira vez para tentar Kalina não é antes de 3 meses após o nascimento do bebê.

    Se uma criança tem uma predisposição para manifestações alérgicas ou diátese, bagas podem ser introduzidas na dieta de uma mãe que amamenta apenas nos seis meses da criança.

    Siga estas diretrizes:

    1. É indesejável ingerir imediatamente bagas frescas: o risco de aumentar a concentração de alérgenos no leite materno é especialmente grande.
    2. A primeira vez que você precisa adicionar bagas ao chá ou compota durante o cozimento, a uma taxa não superior a 10 peças por 250 ml.
    3. Gradualmente, o número de bagas pode ser aumentado e, na ausência de reações negativas de crianças, você pode adicionar suco e frutas frescas à sua dieta.
    4. Os primeiros 2-3 dias para comer Kalina precisam apenas de manhã, de preferência de manhã. Isto permitirá observar a condição da criança e notar atempadamente os sintomas de alergias (erupção cutânea e comichão, descamação da pele, etc.) ou sinais de deterioração do bem-estar no contexto de intolerância ao novo produto (transpiração excessiva durante o sono, rubor das bochechas, comportamento inquieto).
    5. Recomenda-se usar o viburnum não mais que 1 vez por semana.

    Tudo no assunto

    A singularidade do viburnum como planta medicinal é que todas as suas partes podem ser usadas:

    • Flores e frutas são usadas para preparar decocções e xaropes, que são usados ​​para aumentar o apetite, eliminar a rouquidão, como um agente anti-inflamatório, diaforético, analgésico e cicatrizante.
    • As folhas são conhecidas ação anti-séptica e anti-inflamatória. Decocções baseadas neles são usadas para dor de garganta, e o suco é usado para limpar erupções cutâneas afetadas pela acne e privar áreas da pele.
    • A casca na forma de decocções, extratos e tinturas de álcool é eficaz como um agente anti-inflamatório e de cicatrização de feridas.

    Este viburno curativo

    Esta planta é um verdadeiro curador natural! Afinal, é útil e saudável para quase tudo: as raízes, casca, flores, folhas, frutos e ossos.

    • A casca é útil para o trato gastrointestinal, ajuda a reduzir a pressão, tem efeitos antivirais e antimicrobianos, aumenta o tom do útero.
    • As raízes normalizam os processos de digestão, tratam o reumatismo.
    • As bagas são úteis para a atividade cardíaca, têm um efeito diurético e colerético. Eles ajudam a parar o sangramento, acelerar os processos de regeneração, eliminar a febre e a tosse. Aumentar a imunidade
    • Flores e folhas são usadas no tratamento de doenças de pele, reduzir a temperatura.
    • Ossos têm um efeito laxante, fortalecem o músculo cardíaco.

    Sobre os benefícios do viburnum para mães que amamentam

    Kalina é um verdadeiro depósito dos componentes mais valiosos que são úteis para o corpo feminino, especialmente mães que amamentam.

    As bagas desta planta são ricas em vitaminas A, C, taninos e rutina. Eles contêm grandes quantidades de ácidos orgânicos, fitonídios e pectina. Kalina é frequentemente recomendado para mães lactantes porque:

    • combate eficazmente os vírus, aumenta a imunidade e ajuda a lidar com a doença durante a ARD aguda,
    • efeito positivo na síntese de fibras de colágeno, que por sua vez ajuda a fortalecer os vasos sanguíneos e aumenta a elasticidade da pele, acelera os processos de regeneração nos períodos pós-parto e pós-operatório,
    • ajuda a reduzir a perda de sangue, que enfraquece significativamente o corpo feminino no período pós-parto,
    • ajuda a eliminar toxinas e substâncias nocivas do corpo,
    • contribui para a rápida cicatrização de fissuras no peito, bem como suturas pós-operatórias. Para este propósito, aplicações locais são usadas.
    • Tem um efeito diurético ligeiro, que reduz o edema pós-parto e a inflamação,
    • Tem um efeito antiespasmódico pronunciado, ajudando a parar síndromes dolorosas de várias etiologias. Promove a saída do leite devido ao relaxamento das fibras musculares lisas nos canais da mama.

    Além dos efeitos positivos acima sobre o corpo, o viburnum é recomendado para HB, se uma mãe que amamenta sofre de hipertensão ou se houver doença cardiovascular, angina, asma brônquica e várias outras doenças.

    Características do uso de viburnum durante a lactação

    Na lista de produtos permitidos para amamentação, há viburno. Uma decocção ou infusão dessas frutas em pequenas quantidades pode ser consumida por uma mãe que amamenta na ausência de reações negativas no recém-nascido.

    Os pediatras recomendam a entrada de Kalina na dieta não antes de 3 meses após o nascimento. Se o bebê tem uma predisposição para reações alérgicas ou diátese, a introdução de bagas na dieta de uma mãe que amamenta só é permitida depois que a criança atinge 5-6 meses.

    Nutricionistas e pediatras durante a lactação recomendam:

    • Não coma bagas frescas, porque no leite materno é possível com a adição de alérgenos em altas concentrações.
    • Pela primeira vez, não use mais de 10 bagas para alimentação, adicionando-as quando cozinhar em chá ou compota. O líquido é levado em um volume de 250 ml.
    • Se as reações negativas não forem observadas em crianças, aumente gradualmente o número de bagas, tente entrar na sua dieta e bagas frescas, bem como suco de Kalin.
    • Os primeiros 2-3 dias de bagas de viburnum, como qualquer novo produto, devem ser consumidos pela manhã. Então você pode notar reações negativas no bebê sob a forma de erupções cutâneas, coceira, etc. e controlar seu bem-estar.
    • Kalina e refeições baseadas nele podem ser consumidos durante a amamentação não mais que 1 vez por semana.

    Caldos e chá com grande quantidade de viburno podem provocar uma crise de lactação, pois as bagas aumentam a excreção de fluidos do corpo!

    Kalina no período GW: comentários

    Natalia K., filho de 7 meses.

    Amamentação e pegar um resfriado. Muito preocupado, não queria beber remédio, de modo a não prejudicar o filho pequeno. O médico assistente recomendou tomar xarope farmacêutico de bagas de viburnum. Saw xarope claramente de acordo com as instruções, rapidamente se sentiu aliviado. E o mais importante - a criança não ficou doente! Eu recomendo as mães de enfermagem como um ótimo remédio inofensivo.

    Veronica, filha de 9 meses.

    Eu mesmo sou frequentemente de longa doença. Minha garganta é especialmente preocupante, esse é o meu ponto fraco. Durante a gravidez e lactação, ela tentou o seu melhor para não ter dor de garganta, para não infectar sua filha. É bom que o pediatra me desse o conselho valioso - fazer gargling com uma decocção do latido de Kalin. No outono e no inverno, todos os dias eu cumpria essa recomendação e tudo corria sem doenças. Eu me arrependo de não ter conhecido esta receita antes.

    Maria, filho de 5 meses.

    A conselho de um médico, regularmente incluo chá com a adição de bagas de viburnum na minha dieta. Nós não estamos doentes com um resfriado, nem eu nem meu filho. Eu notei que esta bebida aumenta a lactação.

    É possível para o chá de viburnum mãe de cuidados ou bagas frescas? Kalina, quando consumida adequadamente, será útil tanto para a mãe que amamenta quanto para o bebê. O principal é prestar muita atenção em como o bebê reage ao novo produto. Comece com uma porção mínima, observe como seu bebê se sente, não perca os sinais de reações alérgicas. Lembre-se de que tudo é individual. A saúde da criança depende do seu cuidado e atenção.

    Outros materiais da categoria:

    Sementes amamentadas - Prazer permissível e útil

    Sementes de linho durante a amamentação: os benefícios e malefícios, especialmente a escolha e uso

    É possível comer caqui ao amamentar: benefícios, danos e regras de uso

    • Refeições prontas
    • Comida especial
    • Dieta por idade
    • É possível?
    • Isca
    • Vitaminas para crianças
    • Amamentação
    • Assistentes da mãe

    Cranberries em HB

    Cranberries quando a amamentação é muito útil, e se o bebê não é alérgico a esta fruta, a mãe que amamenta pode usá-lo regularmente. Uma vez que durante o período de lactação o corpo feminino experimenta um aumento de carga e a necessidade de substâncias úteis, bagas e frutos devem estar presentes na dieta.

    Assim, com o uso regular de cranberries, a jovem mãe normaliza o nível de hemoglobina, melhora o estado geral. Muito menos vezes uma mulher contrai infecções virais. Com o aparecimento de cistite ou inflamação nos rins, o suco de cranberry ajuda a combater essas doenças devido aos seus efeitos anti-inflamatórios e anti-sépticos.

    Com a redução da produção de leite, a inclusão na dieta diária de cranberries ajuda a lidar com esse problema. Suco de cranberry é bom para usar em clima quente, porque esta baga perfeitamente sacia a sede.

    Apesar de sua cor vermelha, o cranberry é considerado uma fruta hipoalergênica. E, no entanto, é melhor comê-lo não mais que meio copo por dia. Morse é melhor cozinhar menos concentrado e não usar uma grande quantidade de açúcar.

    Uso de quadris no HB

    Rosa Mosqueta também é útil para a lactação, como o oxicoco, mas se o cranberry raramente causa reações alérgicas em bebês, então o uso de decocções de dogrose pela mãe amamentadora pode causar erupções cutâneas no bebê. É por isso que, a princípio, é melhor tomar uma infusão ou decocção de uma colher de sopa. Se o bebê não tiver uma erupção cutânea, o volume da bebida pode ser aumentado.

    A Rosa Mosqueta bem fortalece o sistema imunológico. Devido ao alto teor de ácido ascórbico, a rosa silvestre ajuda o corpo a lidar rapidamente com uma infecção viral. É útil usar em doenças do tratado respiratório. Rosa Mosqueta é eficaz para sangramento uterino, baixa hemoglobina. Ela ajuda com o inchaço e inflamação dos rins.

    Rosa Mosqueta também contém vitaminas K, PP, E, oligoelementos cálcio, magnésio e potássio. O consumo regular de decocções desta fruta nutre o leite materno com substâncias benéficas. Rosa Mosqueta aumenta a lactação. Recomenda-se que uma jovem mãe beba cerca de um litro de bebida curativa por dia.

    Os benefícios e danos da melancia em HB

    No final do verão, quando começa a temporada das melancias, é difícil para uma mulher que amamenta resistir a uma fruta tão saborosa. Mas pode haver uma melancia durante a lactação?

    Todo mundo sabe que a melancia é muito boa para o corpo. Ele contém um grande número de oligoelementos e vitaminas, ajuda a fortalecer o sistema imunológico, aumentar a hemoglobina, saturar o corpo com ácido fólico. Melancia elimina o inchaço, limpa o corpo de substâncias nocivas.

    Ao mesmo tempo, a melancia pode causar diátese em lactentes, além de melhorar a formação de gás. Não se esqueça que para o cultivo desta baga é frequentemente utilizado produtos químicos que podem causar intoxicação em uma criança pequena. É por isso que é melhor comprar melancia no período de maturação natural, que ocorre no final do verão. Melancia não deve ser rachada, manchada. Não deve ser consumido imediatamente com outros produtos, pois pode haver peso no estômago.

    Até agora, não importa o quão incomum, há uma conclusão: no caso de uma mãe que amamenta ter um resfriado ou ARVI, é urgente desmamar o bebê da mama para que ele não fique infectado. Isso está errado! Ao longo do curso da doença, a mãe produz anticorpos protetores, que o bebê receberá quando se alimentar.

    Esta é a imunização passiva da criança. E mais. Além disso, você ficará doente, pois começará a cuidar do bebê, a levá-lo em seus braços, brincar com ele. Agentes infecciosos serão passados ​​para as migalhas de você em todos esses casos, e não apenas durante a amamentação. Além disso, a possibilidade de transmissão através das mãos, a saliva é significativamente maior do que através do leite materno! É muito pior ir à alimentação artificial do que continuar a sugar os seios da mãe doente. Mamãe logo se recuperará, mas a migalha definitivamente perderá o inestimável e insubstituível alimento - o leite materno. A necessidade de parar a amamentação aparece muito raramente, e, acredite, isso não tem nada a ver com resfriados.

    Se você pegou um resfriado ou teve uma infecção viral respiratória aguda, lembre-se de usar uma máscara de gaze quando se comunicar com seu bebê, lavar as mãos com mais freqüência, usar uma toalha e pratos separados. Não permita que a infecção se espalhe para outros membros da família.

    Vitamina A aceitação de vitaminas especiais para mães grávidas e lactantes é sempre apropriada, especialmente no inverno. Mas a diligência excessiva neste assunto na forma de doses de choque de vitaminas pode muito afetar sua saúde (problemas renais) e a saúde do bebê (na forma de reações alérgicas).

    Faça uma regra, pelo menos, uma ou duas vezes por dia para usar como uma bebida, use decocção de alecrim, suco de cranberry ou geléia de groselha escura diluída com água fervida quente. Chá de preferência com limão. Presumivelmente, o efeito antioxidante da vitamina C pode prevenir e parar o aparecimento de ARVI.

    Na verdade. Use uma solução de interferon, enterrando-a em seu rosto ou no nariz, se houver uma razão real para acreditar que a infecção ocorreu. Para febre no lábio (herpes), use um tipo de interferon - Viferon pomada.

    De acordo com receitas populares. O uso adequado de ervas, decocções e infusões não é apenas eficaz, mas também seguro para o bebê.

    Como enxaguar a dor na garganta, use decocções de calêndula, sálvia, camomila, erva de São João, casca de carvalho, sal marinho comestível (1 colher de chá por xícara de água), refrigerante (0,5 colher de chá, 0,5 colher de chá de sal, 2 gotas de iodo por copo de água).

    Livrar-se da tosse ajudará a decocção de folhas de alecrim selvagem, folhas de hortelã-pimenta, brotos de pinho, xarope de alcaçuz e banana-da-terra, decocção de bagas de viburno (ou suco de viburnum) com mel, extrato de erva de tomilho, cargas de peito prontas (vendidas em farmácias). E aquecendo-se esfregando o calor seco (o lenço lanoso da noite) e a inalação: a inalação do ar aquecido e umedecido alivia os sintomas da irritação do tratado respiratório. Rouquidão é uma boa ajuda para remover o leite, um terceiro Borjomi divorciado com a adição de uma colher de chá de manteiga fresca.

    A temperatura vai se aliviar pelo chá quente com a compota de framboesa ou bagas de framboesa recentemente secas, uma infusão de flores de tília (no momento em que as bolsas de filtro muito ergonômicas com flores da Linden-coloridas da fábrica de Krasnogorsky de medicinas se vendem). E não tente se livrar do leite com tosse, porque a separação do escarro é difícil. Tenha cuidado com o mel e outros produtos da apicultura (própolis, pólen, pólen, múmia) - estes, sem dúvida, medicamentos naturais eficazes e necessários podem levar a uma forte alergia alérgica ao seu filho. Beba muitos líquidos para remover as toxinas do corpo, mas, neste caso, lembre-se de colocar o bebê no peito com mais frequência.

    O que o médico prescreveu?

    A cafeína nas preparações combinadas usadas para resfriados e dores de cabeça não é terrível, mas altas doses podem causar excitação e distúrbios do sono em uma criança.

    Аспирин часто оказывает значительное влияние на младенцев, исходя из этого в качестве жаропонижающего средства и анальгетика (болеутоляющего) вам нужно применять парацетамол и ибупрофен. A aspirina é usada uma única vez durante a lactação e sob nenhuma circunstância é prescrita por um longo tempo.

    A controvérsia sobre biseptol durante a amamentação dura.

    A maioria dos antibióticos modernos. não importa o quão contrário ao boato popular, confiável durante a amamentação, apesar do fato de que a possibilidade de danos à flora intestinal do bebê existe.

    Se o bebê tiver uma erupção cutânea ou diarréia, peça ao médico para tomar outro antibiótico. Gentamicina pode causar aftas e diarréia em uma criança. Metronidazol. ciclofosfamida e ciprofloxacina são incompatíveis com a amamentação.

    As penicilinas geralmente não são assustadoras. Mas se uma reação alérgica de repente apareceu em seu bebê com o antibiótico prescrito de penicilina, isso indica que tal droga é contra-indicada no futuro.

    Como tomar medicação se estiver amamentando?

    • Nunca se automedica: algumas drogas são proibidas durante a amamentação, outras podem reduzir significativamente a produção de leite (por exemplo, diuréticos - diuréticos).
    • Tome o medicamento imediatamente após a amamentação ou antes do longo sono do bebê, então não haverá uma alta concentração da droga no sangue na próxima vez que você se alimentar.
    • Usando drogas anti-resfriado, dê preferência ao fato de que eles contêm um componente principal.
    • Se o tratamento envolver medicamentos fortes incompatíveis com a amamentação, pare temporariamente de amamentar o bebê, mas continue a exprimir o leite. No final do curso do tratamento, você continuará com segurança a amamentação.

    O que comprar na farmácia?

    As gotas vasoconstritoras nasais (como a naftizina) por mais de 3 a 4 dias são proibidas. Além disso, estas gotas não curam um nariz escorrendo, mas apenas reduzem o inchaço do dizzyasnoe devido à vasoconstrição. Para o nariz, Nazol, o uso de Nazivin é proibido (amamentação como uma contra-indicação indicada nas instruções de inserção). Tente Pinosol - seu efeito é mais suave.

    Tenha cuidado ao escolher xaropes para tosse e pastilhas. A maioria deles contém corantes e aditivos não naturais, o que pode levar a uma forte alergia alérgica em um bebê. Permitido durante a amamentação Stoptussin-Fito. Apenas um médico pode receitar tosse ou pastilha para tosse.

    Gargalos são usados ​​localmente, com base neste mais confiável para o bebê do que uma gota no nariz, nos ouvidos (a propósito, Sofrodex não é usado durante a amamentação) ou medicamentos para a tosse. Chlorophyllipt, rotocan, iodinol, própolis tintura - escolha. Lugol e clorofila de solução oleosa bem lubrificam as amígdalas inflamadas. As lavagens podem ser substituídas com sucesso por aerossóis tópicos - Ingalipt e Kameton.

    Benefício para a mãe

    Esta pequena fruta tem um enorme suprimento de nutrientes. O efeito terapêutico de seu uso é alcançado por:

    1. vitamina C,
    2. ferro
    3. retinol,
    4. fósforo
    5. tocoferol,
    6. filoquinona,
    7. ácidos orgânicos (fórmico, acético),
    8. substâncias pécticas
    9. taninos
    10. potássio
    11. phytoncides.

    E esta não é uma lista completa dos elementos necessários do corpo que estão em Kalina. Depois de tomar as bagas:

    • os navios fortalecem-se, a pele fica mais elástica, a regeneração celular acelera-se. Não é incomum que o Kalina seja recomendado como agente regenerador para acelerar a recuperação pós-operatória. Promove a cura rápida e encurta o período de recuperação,
    • reduz o risco de sangramento pós-parto, que às vezes nem consegue lidar com drogas,
    • Toxinas são eliminadas do corpo da mãe e o bebê recebe proteção adicional contra compostos nocivos que podem penetrar com o leite materno,
    • acelera a cicatrização de lesões pós-parto dos órgãos genitais e rachaduras no peito. Para fazer isso, para as áreas afetadas colocar compressas com suco de viburnum,
    • o metabolismo é normalizado e a qualidade do leite materno melhora,
    • inchaço desaparece, diminui a pressão, a temperatura do corpo é normalizada devido às propriedades diuréticas leves das bagas.

    Durante a amamentação, o viburnum como diurético deve ser usado com cautela, uma vez que a retirada excessiva de fluidos pode causar uma crise de lactação. Em quantidades moderadas, a baga, ao contrário, melhora a produção de leite em caso de hsv e é usada como analgésico para várias dores.

    Não só as bagas de viburnum têm propriedades úteis. Em caldos e xaropes que aumentam o apetite e curam as cordas vocais, além da fruta, adicionam flores à planta. Suco aliviar a inflamação, estimular o trabalho das glândulas sudoríparas, curar feridas.

    Compressas com uma decocção de folhas de viburnum são usadas para inflamação da pele. Eles são usados ​​em acne e líquen rash. A casca da árvore insiste em álcool, ferver e fazer capuzes. As soluções resultantes têm efeitos anti-inflamatórios e regenerantes.

    Tratamento a frio com viburno

    O conteúdo de ácido ascórbico viburnum muitas vezes maior do que frutas cítricas e frutas do jardim. Com resfriados, o viburnum é usado devido ao seu poderoso efeito antiinflamatório. Esta planta pode aliviar a condição mesmo com uma forte doença respiratória ou gripe aguda.

    Kalina tem outras propriedades necessárias no tratamento de resfriados.

    Como perder peso depois de dar à luz?

    Muitas mulheres após o parto são confrontadas com o problema do aparecimento de excesso de peso. Alguém, ele aparece até durante a gravidez, alguém - depois do parto.

    • E agora você não pode se dar ao luxo de usar maiôs abertos e shorts curtos ...
    • Você começa a esquecer aqueles momentos em que os homens cumprimentaram sua figura perfeita ...
    • Toda vez que você vem ao espelho, parece que os velhos tempos nunca retornarão ...

    Mas um remédio eficaz para o excesso de peso é! Siga o link e descubra como Anna perdeu 24 kg em 2 meses.

    Como perder peso depois de dar à luz?

    Muitas mulheres após o parto são confrontadas com o problema do aparecimento de excesso de peso. Alguém, ele aparece até durante a gravidez, alguém - depois do parto.

    • E agora você não pode se dar ao luxo de usar maiôs abertos e shorts curtos ...
    • Você começa a esquecer aqueles momentos em que os homens cumprimentaram sua figura perfeita ...
    • Toda vez que você vem ao espelho, parece que os velhos tempos nunca retornarão ...

    Mas um remédio eficaz para o excesso de peso é! Siga o link e descubra como Anna perdeu 24 kg em 2 meses.

    1. Anti-séptico. Destrói as bactérias e inibe o desenvolvimento do processo infeccioso.
    2. Antiviral e immunomoduliruyuschim. A produção de interferon é estimulada e o processo de cura é acelerado.
    3. Descongestionante e vasoconstritor. Puffiness removido de membranas mucosas e congestão nasal. Consequentemente, a respiração é mais fácil.
    4. Calmante. Ao tomar chás e infusões à noite, será mais fácil dormir e a insônia não irá atrapalhar.
    5. Cura Kalina acelera a regeneração celular.
    6. Restaurador Ela ajuda não apenas com resfriados, mas também em restaurar a vitalidade e a capacidade de trabalho depois dela.
    7. Antitussígeno e expectorante. Bagas ajudam com qualquer tosse fria.
    8. Antipirético. Isso ajuda o efeito diaforético e diurético da planta.

    O tratamento de resfriados em uma mãe que amamenta é complicado pelo fato de que nem todos os remédios podem ser usados. Kalina é um excelente antiviral durante a lactação, criado pela própria natureza.

    Onde melhor para comprar viburnum e como escolher um produto de qualidade?

    Kalina pode ser usado fresco, congelado ou seco. Por conseguinte, pode ser comprado diferente.

    Os frutos mais seguros podem ser coletados independentemente na floresta. Para muitos, esta árvore cresce no país. Nestes casos, não haverá dúvidas sobre a qualidade do produto e sua compatibilidade com o meio ambiente. Mas e se não houver tal oportunidade?

    Frutas secas podem ser pesquisadas na farmácia, mas elas não são tão comuns quanto gostaríamos. A maioria dos farmacêuticos oferece xarope de viburnum. Frutas congeladas estão nas prateleiras dos supermercados. Para não perder de vista a qualidade do produto, você deve escolher marcas de produtos bem conhecidas e comprovadas.

    Se a preferência é dada aos anos novos, então você precisa procurá-los nas bancas do mercado após a primeira geada. Final de outubro - início de novembro. É neste momento que os frutos estão ganhando mais nutrientes.

    Bagas de qualquer forma oferecem farmácias on-line e lojas. Ao fazer o pedido on-line, é melhor dar preferência aos frutos secos, pois eles têm uma vida útil mais longa e não são tão extravagantes para as condições de armazenamento e transporte.

    De que forma é melhor usar a mamãe que amamenta?

    Viburno fresco quando a amamentação não é adequada para o início da recepção. Contém o maior número de substâncias que podem causar alergias no bebê.

    No Kalina esfregado com açúcar, xarope ou geléia, todas as propriedades úteis da fruta também são preservadas. Ambas as opções são permitidas durante a lactação. Mas além do fato de que as crianças correm o risco de desenvolver alergia ao viburnum, a probabilidade de diátese se desenvolve. Portanto, o viburnum em tais formas deve ser introduzido na dieta em pequenas porções e gradualmente.

    A maneira mais segura de comer viburno durante a amamentação é um suco de fruta pouco concentrado, uma bebida de frutas ou um chá com frutas. Os frutos tratados desta maneira contêm todos os componentes benéficos, mas sua concentração é praticamente incapaz de prejudicar o bebê.

    Como entrar na fruta na dieta?

    Comece a tomar viburnum é desejável quando o bebê supera três meses de idade. Se depois da primeira dose a criança tiver uma reação alérgica, então não é necessário continuar experimentando com esta baga. Você deve adiar este produto para um período posterior e tentar inseri-lo novamente na dieta após outros 3 meses.

    A recepção de viburnum ou produtos feitos em sua base durante a amamentação deve realizar-se segundo certas regras:

    1. não comece com bagas frescas, porque a concentração de substâncias que podem provocar alergias é muito maior
    2. pela primeira vez, uma compota de kalyn levemente concentrada serve. É preparado a uma taxa de 10 bagas para 2,5 copos de água,
    3. o número de frutos no caldo aumenta gradualmente e monitora a reação do bebê. Se alergias não ocorrem, você pode tentar bagas frescas.

    Com a introdução do viburnum na dieta, você precisa usá-lo de manhã ou à tarde. Isso ajudará a tempo para detectar uma reação negativa do bebê (se houver). Erupção cutânea, comichão, descamação, transpiração excessiva, bochechas avermelhadas ou outras doenças devem ser alertados.

    Não se recomenda usar bagas mais de 1 vez por semana.

    Receitas com base em viburnum para jovens mães

    Para a preparação do chá de viburnum, você pode usar bagas que foram previamente esfregadas com açúcar. Um par de colheres de chá da mistura é derramada água fervente e depois de alguns minutos a bebida está pronta para uso.

    Além disso, você pode adicionar pequenas quantidades de suco de viburnum às folhas de chá e usá-las como chá comum.

    Para mais um método de preparar uma bebida de chá, tanto as bagas frescas como as secas são adequadas. Várias frutas derramaram água fervente e infundiram. Acontece bebida muito saborosa e saudável, em que, se desejar, você pode adicionar um pouco de açúcar.

    De viburnum resulta o engarrafamento muito saboroso. É desejável cozinhá-lo de bagas frescas, mas os congelados farão. Para 1 kg de fruta vai precisar de 200 ml de água e 800 gramas. açucar

    As bagas são colocadas no forno antes da evaporação a 170 graus. Frutas moles são derramadas xarope quente pré-cozido de açúcar e água. A geléia é fervida, depois resfriada e ajustada por pelo menos 8 horas, fervida novamente. Se você adicionar uma colher de chá de tal delicadeza a um copo com 200 ml de água, você terá um ótimo suco, que é tão útil para mulheres lactantes.

    Kalina e lactação

    Depois que a mãe se certifica de que ela e a criança não são hipersensíveis à Kalina, os frutos desta planta podem ser adicionados com segurança ao chá (várias frutas frescas para um copo) ou suco de frutas.

    Essas bebidas quentes, ingeridas antes de alimentar o bebê, ajudam a melhorar a descarga de leite ea saturam com componentes úteis da planta.

    Tal bebida é indispensável como prevenção de frios.

    Comentários de mães que amamentam

    Irina, filha de 1 ano. Desde a infância, sofria de amigdalite frequente. Ela estava com muito medo desta doença durante a gravidez e alimentando sua filha. Ela começou a procurar informações sobre como evitar uma dor de garganta e recebeu o conselho de seu médico. Fui aconselhado a gargarejar com uma decocção de casca de bola de neve. Eu nunca me arrependi de ouvir a opinião deles. Enxaguar feito regularmente, duas vezes por dia. Durante a gravidez e até agora não houve exacerbação da angina. Estou satisfeito com o resultado!

    Svetlana, filho de 4 meses. Nunca distingue-se pela imunidade forte. Na infância foi o que é chamado, muitas vezes criança doente. Na gravidez, ela se protegeu das infecções da melhor forma possível: tentou não ir a lugares públicos, colocou uma máscara médica. Após o nascimento do meu filho em três meses, a quantidade de leite começou a diminuir e eu estava tão preparada para amamentar! Eu vim para o resgate de decocção do fruto do viburnum. Vou fazer uma reserva imediatamente: não sou adepto de experimentos com drogas, todas as consultas foram recebidas de um médico. Duas vezes por dia ela tomava chá com a adição de decocção. Até agora, é possível salvar a mim mesmo e ao pequeno de um resfriado. E leite, a julgar pelas pesagens de controle, aumentou. Não vou argumentar que isso foi conseguido apenas à custa do viburnum, mas acho que também contribuiu.

    Pin
    Send
    Share
    Send
    Send